Conversando com Deus parte 1

637 visualizações

Publicada em

esboço de pregação

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
155
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conversando com Deus parte 1

  1. 1. TENHA REVERÊNCIAÀ PALAVRA DE DEUS
  2. 2. FAÇA SILÊNCIO
  3. 3. MOMENTO DE ORAR PELALEITURA DA PALAVRA DE DEUS
  4. 4. FIQUE DE PÉ
  5. 5. LEVANTE A SUA BÍBLIA E ORE COMIGO:
  6. 6. Parte 1
  7. 7. TEXTO:JOÃO 11:41-44.
  8. 8. JOÃO 11:41-44.• 41 Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste.• 42 Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste.• 43 E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!• 44 Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir. 41 Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste.• 42 Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste.• 43 E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!• 44 Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir.
  9. 9. ORAR É CONVERSAR COM DEUS. É UM DIÁLOGO COM DEUS. É FALAR COM ELE E OUVIR A SUA VOZ. POR ISSO ESTE DIÁLOGO NÃO PODE SER DECORADO (REZA).
  10. 10. PERCEBEMOSTRÊS TIPOS DE ORAÇÃO. VEJAMOS:
  11. 11. 1. Oração feita em silêncio, no lar (II Rs 20:2- 3; Dn 6:10; Mc 1:35, etc)
  12. 12. 2REIS 20:2-3 “ENTÃO, VIROU O ROSTO PARA A PAREDE E OROU AO SENHOR, DIZENDO: AH! SENHOR! SÊ SERVIDO DE TELEMBRAR DE QUE ANDEI DIANTE DE TI EM VERDADE E COM O CORAÇÃOPERFEITO E FIZ O QUE ERA RETO AOS TEUS OLHOS. E CHOROU EZEQUIAS MUITÍSSIMO”.
  13. 13. • Daniel 6:10• “Daniel, pois, quando soube que aescritura estava assinada, entrou em sua casa (ora, havia no seu quarto janelas abertas da banda de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças, diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.”
  14. 14. Marcos 1:35 “E, levantando-se de manhã muito cedo, estando aindaescuro, saiu, e foi paraum lugar deserto, e ali orava.”
  15. 15. 2. Oração feita em alta voz e em público (Ex 5:22-23; I Rs 18:36; Jo 11:41)
  16. 16. ÊXODO 5:22-23“ENTÃO, TORNOU MOISÉS AO SENHOR E DISSE: SENHOR! POR QUE FIZESTE MAL A ESTE POVO? POR QUE ME ENVIASTE?PORQUE, DESDE QUE ENTREI A FARAÓ PARA FALAR EM TEU NOME, ELE MALTRATOU A ESTE POVO; E, DENENHUMA MANEIRA, LIVRASTE O TEU POVO”.
  17. 17. 1 REIS 18:36 “36SUCEDEU, POIS, QUE, OFERECENDO-SE A OFERTA DE MANJARES, O PROFETA ELIAS SE CHEGOU E DISSE: ÓSENHOR, DEUS DE ABRAÃO, DE ISAQUEE DE ISRAEL, MANIFESTE-SE HOJE QUETU ÉS DEUS EM ISRAEL, E QUE EU SOU TEU SERVO, E QUE CONFORME A TUA PALAVRA FIZ TODAS ESTAS COISAS.”
  18. 18. João 11:41 “Tiraram, pois, a pedra. EJesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido.”
  19. 19. 3. Oração coletiva em forma de clamor (Judas 9; Num 9; At 4:23:31)
  20. 20. JUDAS 9 • “Mas o arcanjo Miguel, quandocontendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, nãoousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.”
  21. 21. • Números 9• “1 ¶ E falou o SENHOR a Moisés no deserto do Sinai, no segundo ano da sua saída da terra do Egito, no primeiro mês, dizendo:• 2 Que os filhos de Israel celebrem a Páscoa a seu tempo determinado.• 3 No dia catorze deste mês, pela tarde, a seu tempo determinado a celebrareis; segundo todos os seus estatutos e segundo todos os seus ritos, a celebrareis.• 4 Disse, pois, Moisés aos filhos de Israel que celebrassem a Páscoa.• 5 Então, celebraram a Páscoa no dia catorze do primeiro mês, pela tarde, no deserto do Sinai; conforme tudo o que o SENHOR ordenara a Moisés, assim fizeram os filhos de Israel.• 6 E houve alguns que estavam imundos pelo corpo de um homem morto; e no mesmo dia não podiam celebrar a Páscoa; pelo que se chegaram perante Moisés e perante Arão aquele mesmo dia.• 7 E aqueles homens disseram-lhe: Imundos estamos nós pelo corpo de um homem morto; por que seríamos privados de oferecer a oferta do SENHOR a seu tempo determinado no meio dos filhos de Israel?• 8 E disse-lhes Moisés: Esperai, e ouvirei o que o SENHOR vos ordenará.• 9 Então, falou o SENHOR a Moisés, dizendo:• 10 Fala aos filhos de Israel, dizendo: Quando alguém entre vós ou entre as vossas gerações for imundo por corpo morto ou se achar em jornada longe de vós, contudo, ainda celebrará a Páscoa ao SENHOR.
  22. 22. • 11 No segundo mês, no dia catorze, de tarde, a celebrarão: Com pães asmos e ervas amargas a comerão.• 12 Dela nada deixarão até à manhã e dela não quebrarão osso algum; segundo todo o estatuto da Páscoa, a celebrarão.• 13 Porém, quando um homem for limpo, e não estiver de caminho, e deixar de celebrar a Páscoa, tal alma do seu povo será extirpada; porquanto não ofereceu a oferta do SENHOR a seu tempo determinado; tal homem levará o seu pecado.• 14 E, quando um estrangeiro peregrinar entre vós e também celebrar a Páscoa ao SENHOR, segundo o estatuto da Páscoa e segundo o seu rito, assim a celebrará; um mesmo estatuto haverá para vós, assim para o estrangeiro como para o natural da terra.• 15 ¶ E, no dia de levantar o tabernáculo, a nuvem cobriu o tabernáculo sobre a tenda do Testemunho; e, à tarde, estava sobre o tabernáculo como uma aparência de fogo até à manhã.• 16 Assim era de contínuo: a nuvem o cobria, e, de noite, havia aparência de fogo.• 17 Mas, sempre que a nuvem se alçava sobre a tenda, os filhos de Israel após ela partiam; e, no lugar onde a nuvem parava, ali os filhos de Israel assentavam o seu arraial.• 18 Segundo o dito do SENHOR, os filhos de Israel partiam e segundo o dito do SENHOR assentavam o arraial; todos os dias em que a nuvem parava sobre o tabernáculo, assentavam o arraial.• 19 E, quando a nuvem se detinha muitos dias sobre o tabernáculo, então, os filhos de Israel tinham cuidado da guarda do SENHOR e não partiam.
  23. 23. • 20 E era que, quando a nuvem poucos dias estava sobre o tabernáculo, segundo o dito do SENHOR, se alojavam e, segundo o dito do SENHOR, partiam.• 21 Porém era que, quando a nuvem desde a tarde até à manhã ficava ali e a nuvem se alçava pela manhã, então, partiam; quer de dia quer de noite, alçando-se a nuvem, partiam.• 22 Ou, quando a nuvem sobre o tabernáculo se detinha dois dias, ou um mês, ou um ano, ficando sobre ele, então, os filhos de Israel se alojavam e não partiam; e, alçando-se ela, partiam.• 23 Segundo o dito do SENHOR, se alojavam e, segundo o dito do SENHOR, partiam; da guarda do SENHOR tinham cuidado, segundo o dito do SENHOR pela mão de Moisés. ”
  24. 24. • Jesus nos adverte em Mateus 6:5-8, à respeito de vãsrepetições.Ele não proíbe o orar em público ou em voz alta, mas o orar com o fim de ser visto pelos outros e com hipocrisia. • Mateus 6:5-8• “5 ¶ E, quando orares, não sejas como os hipócritas, pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. 6 Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai, que vê o queestá oculto; e teu Pai, que vê o que está oculto, te recompensará. 7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que, por muito falarem, serão ouvidos. 8 Não vos assemelheis, pois, a eles, porque vosso Pai sabe o que vos é necessário antes de vós lho pedirdes.”
  25. 25. JOÃO 11:41-44.• 41 Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste.• 42 Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste.• 43 E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!• 44 Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir. 41 Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste.• 42 Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste.• 43 E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!• 44 Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir.
  26. 26. CANTINA:•Refrigerante: R$ 0,50 •Salgado: R$ 1,00

×