“Internet e Multimédia Digital Vistas por Nós”“Tecnologias de Redes Informáticas”Docente: Lino OliveiraTrabalho realizado ...
IntroduçãoREDES INFORMÁTICAS : Tipos de Redes Modelo OSI Equipamentos de Interligação NAT Network Address Translation...
CLASSIFICAÇÃO DAS REDES INFORMÁTICAS Podemos classificar as redes de acordo com o/a: Débito (baixo, médio, alto, muito a...
 LAN (Local Area Networks) – também designadas de redes locais, são o tipo deredes mais comuns uma vez que permitem inter...
VLANs (Virtual LANs – redes locais virtuais) Redes físicas serem constituídas por várias redeslógicas, denominas de VLANs...
Equipamentos de interligação As redes necessitam de peças fundamentaispara qualquer rede informática Repetidores Concen...
Modelo OSI É um modelo de referência da ISO que tinha com principal objectivo serum modelo standard, para protocolos de c...
Principais funções de cada camada Aplicação (Application)◦ Fornece serviços às aplicações do utilizador. Apresentação (P...
(Network Address Translation) O NAT tem como objectivo poupar o espaçode endereçamento público, recorrendo a IP’sprivados...
Existem 3 tipos de NAT: NAT Estático – Um endereço privado é traduzidonum endereço público. NAT Dinâmico – Existe um con...
POWER – OVER – ETHERNET Permite transmitir energia eléctricaatravés do mesmo cabo de dados (ex.Cabo UTP).Disponível em: h...
 Algumas vantagens do PoE Levar energia a equipamentos em zonas de difícil acesso Fácil instalação e manutenção Poupan...
“A ciência de hoje é a tecnologia deamanhã.”Edward TellerDisponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:EdwardTeller...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tecnologias das Redes Informáticas

372 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
372
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologias das Redes Informáticas

  1. 1. “Internet e Multimédia Digital Vistas por Nós”“Tecnologias de Redes Informáticas”Docente: Lino OliveiraTrabalho realizado por:• Hélder Braga• Miguel Lima• Pedro PereiraDisponível em: https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1366&bih=677&q=redes+informaticas&oq=redes+informaticas&gs_l=img.3..0j0i24l9.6299.8774.0.8894.18.16.0.2.2.0.104.1239.15j1.16.0...0.0.0..1ac.1.15.img.JDr3InC22hY#facrc=_&imgrc=JdQurGEpk674_M%3A%3ByH2aWXScQ1tk4M%3Bhttps%253A%252F%252Finformatecnico.files.wordpress.com%252F2012%252F05%252Fdia_17_05.png%3Bhttp%253A%252F%252Finformatecnico.wordpress.com%252Fcategory%252Fredes-informaticas%252F%3B274%3B249
  2. 2. IntroduçãoREDES INFORMÁTICAS : Tipos de Redes Modelo OSI Equipamentos de Interligação NAT Network Address Translation Tecnologia Power-over-EthernetDisponível em: https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1366&bih=677&q=redes+informaticas&oq=redes+informaticas&gs_l=img.3..0j0i24l9.6299.8774.0.8894.18.16.0.2.2.0.104.1239.15j1.16.0...0.0.0..1ac.1.15.img.JDr3InC22hY#facrc=_&imgrc=z-uWYrK69wAdMM%3A%3BrePj0DaLt-HOWM%3Bhttp%253A%252F%252F2.bp.blogspot.com%252F-IMpkejf3MUE%252FUXx8JIX_4RI%252FAAAAAAAAAAU%252Fn71-qvzEyTE%252Fs1600%252FREdes%25255B1%25255D.png%3Bhttp%253A%252F%252Fhttkcp.blogspot.com%252F%3B741%3B682
  3. 3. CLASSIFICAÇÃO DAS REDES INFORMÁTICAS Podemos classificar as redes de acordo com o/a: Débito (baixo, médio, alto, muito alto) Topologia (bus, anel, estrela, híbrida) Meios físicos (cobre, fibra óptica, micro-ondas,infravermelhos…) Tecnologia de suporte (comutação de pacotes,comutação de circuitos, assíncronas, plesiócronas,síncronas, etc) Segundo o ambiente ao qual se destinam (redes deescritório, redes industriais, redes militares, redes desensores, etc)Disponível em: https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1366&bih=677&q=redes+informaticas&oq=redes+informaticas&gs_l=img.3..0j0i24l9.6299.8774.0.8894.18.16.0.2.2.0.104.1239.15j1.16.0...0.0.0..1ac.1.15.img.JDr3InC22hY#facrc=_&imgrc=Qmt_ykM1UwcskM%3A%3BHNcGYh11-lH8kM%3Bhttp%253A%252F%252F4.bp.blogspot.com%252F_bP42ABYPvIw%252FTOCFKb7Uq2I%252FAAAAAAAAEu8%252FAaj_5zq5uNI%252Fs400%252Fred_ethernet_02.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Ffdbaudio.blogspot.com%252F2010%252F11%252Faudio-en-red-parte-ii-puntos-tener-en.html%3B400%3B300
  4. 4.  LAN (Local Area Networks) – também designadas de redes locais, são o tipo deredes mais comuns uma vez que permitem interligar computadores, servidores eoutros equipamentos de rede, numa área geográfica limitada (ex. sala de aula); MAN (Metropolitan Area Networks) – permitem a interligação de redes eequipamentos numa área metropolitana (ex. locais situados em diversos pontos deuma cidade); WAN (Wide Area Netwoks) – permitem a interligação de redes locais,metropolitanas e equipamentos de rede, numa grande área geográfica (ex.país,continente, etc); PAN (Personal Area Networks) – também designadas de redes de área pessoal,são redes que usam tecnologias de rede sem fios, nomeadamente Blutooth e Wi-Fi,para interligar os mais variados dispositivos (computadores, smartphones, etc)numa área muito reduzida; SAN (Storage Area Networks) – também designadas de redes de armazenamento,têm como objectivo a interligação entre vários computadores e dispositivos destorage (armazenamento) numa área limitada.
  5. 5. VLANs (Virtual LANs – redes locais virtuais) Redes físicas serem constituídas por várias redeslógicas, denominas de VLANs. Rede lógica onde podemos agrupar váriasmáquinas de acordo com vários critérios Permitem a segmentação das redes físicas Comunicação entre entre máquinas de VLANsdiferentes terá de passar obrigatoriamente porum router ou outro equipamento capaz derealizar encaminhamento, que será responsávelpor encaminhar o tráfego entre redes (VLANs)distintas
  6. 6. Equipamentos de interligação As redes necessitam de peças fundamentaispara qualquer rede informática Repetidores Concentradores (hubs) Pontes (bridges) Comutadores (switches) Encaminhadores (routers).Disponível em: https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1366&bih=677&q=redes+informaticas&oq=redes+informaticas&gs_l=img.3..0j0i24l9.6299.8774.0.8894.18.16.0.2.2.0.104.1239.15j1.16.0...0.0.0..1ac.1.15.img.JDr3InC22hY#hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&sa=1&q=equipamentos+interliga%C3%A7%C3%A3o&oq=equipamentos+interliga%C3%A7%C3%A3o&gs_l=img.3...64003.68327.2.68525.25.19.0.6.6.0.104.1398.18j1.19.0...0.0.0..1c.1.15.img.i7sWd5gdNno&bav=on.2,or.r_cp.r_qf.&bvm=bv.47244034,d.ZGU&fp=1ffe95adb6fe0e45&biw=1366&bih=677&facrc=_&imgrc=4K5U7dfu6_iJVM%3A%3Bau8oJjAzjhv94M%3Bhttp%253A%252F%252Factodosssdias.files.wordpress.com%252F2011%252F12%252Frouter.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Factodosssdias.wordpress.com%252Fcategory%252Ftipos-de-rede%252F%3B400%3B300
  7. 7. Modelo OSI É um modelo de referência da ISO que tinha com principal objectivo serum modelo standard, para protocolos de comunicação entre os maisdiversos sistemas, e assim garantir a comunicação end-to-end. É composto por 7 camadas, em que cada camada realizada funçõesespecíficas. Aplicação (Application) Apresentação (Presentation) Sessão (Session) Transporte (Transport) Rede (Network) Dados (Data Link) Física (Physical)
  8. 8. Principais funções de cada camada Aplicação (Application)◦ Fornece serviços às aplicações do utilizador. Apresentação (Presentation)◦ Encriptação e compressão de dados.◦ Assegura a compatibilidade entre camadas de aplicação de sistemas diferentes Sessão (Session)◦ Controla (estabelece, faz a gestão e termina), as sessões entre aplicações. Transporte (Transport)◦ Controle de fluxo de informação, segmentação e controle de erros Rede (Network)◦ Encaminhamento (routing) de pacotes e fragmentação◦ Esquema de endereçamento lógico Dados (Data Link)◦ Controla o acesso ao meio físico de transmissão.◦ Controlo de erros da camada física Física (Physical)◦ Define as características do meio físico de transmissão da rede, conectores, interfaces, codificação oumodulação de sinais.Disponível em: https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1366&bih=677&q=redes+informaticas&oq=redes+informaticas&gs_l=img.3..0j0i24l9.6299.8774.0.8894.18.16.0.2.2.0.104.1239.15j1.16.0...0.0.0..1ac.1.15.img.JDr3InC22hY#hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&sa=1&q=modelo+OSI&oq=modelo+OSI&gs_l=img.3...520749.522478.0.522776.10.10.0.0.0.0.128.721.9j1.10.0...0.0.0..1c.1.15.img.YE4cVDyUbcE&bav=on.2,or.r_cp.r_qf.&bvm=bv.47244034,d.ZGU&fp=1ffe95adb6fe0e45&biw=1366&bih=677&facrc=_&imgrc=Ic4GOvBF59AxYM%3A%3Bf4Yzs1hOgx-WZM%3Bhttp%253A%252F%252Fpplware.sapo.pt%252Fwp-content%252Fuploads%252F2010%252F09%252Fosi_01.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fpplware.sapo.pt%252Fnetworking%252Fredes-sabe-o-que-e-o-modelo-osi%252F%3B552%3B382
  9. 9. (Network Address Translation) O NAT tem como objectivo poupar o espaçode endereçamento público, recorrendo a IP’sprivados.Os endereços públicos são geridospor uma entidade reguladora, são pagos, epermitem identificar univocamente umamáquina (PC, routers,etc) na Internet. Por outro lado os endereços privados apenasfazem sentido num domínio local e não sãoconhecidos (encaminháveis) na Internet,sendo que uma máquina configurada com umIP privado terá de sair para a Internetatravés de um IP público.
  10. 10. Existem 3 tipos de NAT: NAT Estático – Um endereço privado é traduzidonum endereço público. NAT Dinâmico – Existe um conjunto deendereços públicos (pool), que as máquinas queusam endereços privados podem usar. NAT Overload (PAT) – Esta é certamente atécnica mais usada. Um exemplo de PAT équando temos 1 único endereço público e por eleconseguimos fazer sair várias máquinas (1:N).Este processo é conseguido, uma vez que oequipamento que faz PAT utiliza portas queidentificam univocamente cada pedido dasmáquinas locais
  11. 11. POWER – OVER – ETHERNET Permite transmitir energia eléctricaatravés do mesmo cabo de dados (ex.Cabo UTP).Disponível em: https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1366&bih=677&q=power+over+ethernet&oq=power+over+ethernet&gs_l=img.3..0j0i24l9.1199.6417.0.6580.21.10.1.10.11.0.189.857.9j1.10.0...0.0.0..1ac.1.15.img.VkG7vxCpYm4#hl=pt-PT&site=imghp&tbm=isch&sa=1&q=cabo+utp&oq=cabo+utp&gs_l=img.3..0l5j0i24l5.13003.15027.0.15246.8.7.0.1.1.0.195.833.3j4.7.0...0.0.0..1c.1.15.img.XJCWPbRilF4&bav=on.2,or.r_cp.r_qf.&bvm=bv.47244034,d.ZGU&fp=1ffe95adb6fe0e45&biw=1366&bih=677&facrc=_&imgrc=O3vUclNh2O5lhM%3A%3BSC2fU34bI-yLiM%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.pplware.com%252Fwp-content%252Fimages2009%252Fimagem_ethernet_cable02.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fpplware.sapo.pt%252Ftruques-dicas%252Fredes-cabo-utp-categoria-6%252F%3B602%3B327
  12. 12.  Algumas vantagens do PoE Levar energia a equipamentos em zonas de difícil acesso Fácil instalação e manutenção Poupança nos custos de instalação (não é necessáriopassar cablagem para a rede eléctrica) Actualmente, através da nova norma designada de PoE+(802.3at), o limite de potência sobe os 30 Watts, enquantoo PoE (802.3af) tem um limite nos 15.4 Watts. Esta tecnologia é sem dúvida uma mais valia nas redes dedados pois permite fazer um 2 em 1 (dados + correnteeléctrica). Actualmente, além da sua ampla utilização nospontos de acesso em fios, é também um trunfo no VoIP.
  13. 13. “A ciência de hoje é a tecnologia deamanhã.”Edward TellerDisponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:EdwardTeller1958.jpg

×