Conheco a residencia da dor

484 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
127
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conheco a residencia da dor

  1. 1. Conheço a residência da dor. É um lugar afastado,Sem vizinhos, sem conversa, quase sem lágrimas, Com umas imensas vigílias, diante do céu.
  2. 2. A dor não tem nome, Não se chama, não atende.Ela mesma é solidão: nada mostra, nada pede, não precisa. Vem quando quer.
  3. 3. O rosto da dor está voltado sobre um espelho, Mas não é rosto de corpo, Nem o seu espelho é do mundo.
  4. 4. . Conheço pessoalmente a dor. A sua residência, longe, em caminhos inesperados
  5. 5. Às vezes sento-me à sua porta, na sombra das suas árvores. E ouço dizer: “Quem visse, como vês, a dor, já não sofria”.E olho para ela, imensamente.Conheço há muito tempo a dor. Conheço-a de perto. Cecília Meireles Pessoalmente. 26, agosto, 1954
  6. 6. Música: Ernest_Cortazar Fire_and_Ice Imagens: Internet inesdedes@gmail.comwww.mensagensvirtuais.com.br

×