Japão   em Preto&Branco fotos de Pierre Verger
Tokio-1934 . Pierre Verger faz uma volta ao mundo, contratado pela revista France-Soir. Seu primeiro trabalho como fotógra...
Marinheiros trabalhando nos mastros do Tatsua Maru.
Hoje, no Google, Verger tem mais de 325 mil páginas. Pode, também, ser consultado na Wikipédia. Na fototeca da Fundação, s...
Ainda no navio Tatsuo Maru, Verger fez muitas fotos de japoneses voltando para seu país, sempre com sua câmera Rolleiflex....
Depois desta primeira viagem, em 1934, Verger fez muitas outras voltas ao mundo, até 1946, quando chegou ao Brasil,e adoto...
Oshima, Japão, 1934. Mulher sorrindo. Foto de número 53383, da Fundação Pierre Verger.
Mercado de Tokio, 1934.
Indigentes. Tokyo, 1934.
Nara , 1934. Jovens Agachadas. Foto# 53319
Tokyo , 1934. Casa de Prostituição.
Tokyo, 1934. Gigolô na zona de prostituição. Foto # 53743 da Fundação Pierre Verger.
Casa de prostituição em Tokyo, 1934. Fotografias mostrando mulheres disponíveis.
Mulher atende à porta da frente. Foto de número 53584 da Fundação Pierre Verger.
Verger fotografou muitas cenas no campo. Esta foto # 53404 foi selecionada da fototeca.
Ou cenas urbanas, como esta foto da mulher com lenço branco na cabeça. Registro # 53419.
Tokyo , 1934. Pessoas defronte ao templo.
Artesão trabalhando numa oficina. Prenúncio do que seria o Japão industrial do pós-guerra.
Mais tarde, em 1946, Verger vem ao Brasil. Levou aqui o restante da sua vida. Focou seu trabalho na relação Brasil-África....
Texto/Edição by Zuateg Fotos: Fototeca da Fundação Pierre Verger Consulta bibliográfica: Wikipédia em Português Uol Catálo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Japão em B&W - Pierre Verger

1.910 visualizações

Publicada em

Photographs on B&W. Japan, 1934. First voyage around the world by photographer Pierre Verger.

Publicada em: Turismo, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Japão em B&W - Pierre Verger

  1. 1. Japão em Preto&Branco fotos de Pierre Verger
  2. 2. Tokio-1934 . Pierre Verger faz uma volta ao mundo, contratado pela revista France-Soir. Seu primeiro trabalho como fotógrafo profissional.
  3. 3. Marinheiros trabalhando nos mastros do Tatsua Maru.
  4. 4. Hoje, no Google, Verger tem mais de 325 mil páginas. Pode, também, ser consultado na Wikipédia. Na fototeca da Fundação, seus registros são numerados.
  5. 5. Ainda no navio Tatsuo Maru, Verger fez muitas fotos de japoneses voltando para seu país, sempre com sua câmera Rolleiflex. Ano 1934.
  6. 6. Depois desta primeira viagem, em 1934, Verger fez muitas outras voltas ao mundo, até 1946, quando chegou ao Brasil,e adotou este país como sua pátria.
  7. 7. Oshima, Japão, 1934. Mulher sorrindo. Foto de número 53383, da Fundação Pierre Verger.
  8. 8. Mercado de Tokio, 1934.
  9. 9. Indigentes. Tokyo, 1934.
  10. 10. Nara , 1934. Jovens Agachadas. Foto# 53319
  11. 11. Tokyo , 1934. Casa de Prostituição.
  12. 12. Tokyo, 1934. Gigolô na zona de prostituição. Foto # 53743 da Fundação Pierre Verger.
  13. 13. Casa de prostituição em Tokyo, 1934. Fotografias mostrando mulheres disponíveis.
  14. 14. Mulher atende à porta da frente. Foto de número 53584 da Fundação Pierre Verger.
  15. 15. Verger fotografou muitas cenas no campo. Esta foto # 53404 foi selecionada da fototeca.
  16. 16. Ou cenas urbanas, como esta foto da mulher com lenço branco na cabeça. Registro # 53419.
  17. 17. Tokyo , 1934. Pessoas defronte ao templo.
  18. 18. Artesão trabalhando numa oficina. Prenúncio do que seria o Japão industrial do pós-guerra.
  19. 19. Mais tarde, em 1946, Verger vem ao Brasil. Levou aqui o restante da sua vida. Focou seu trabalho na relação Brasil-África. Pelo valor etnológico de seus registros, ganhou o título de Doutor em Etnologia, pela Universidade de Paris, Sorbonne. No candomblé, recebeu o título de Babalaô. Morreu em Salvador, como já disse, em 11/02/96.
  20. 20. Texto/Edição by Zuateg Fotos: Fototeca da Fundação Pierre Verger Consulta bibliográfica: Wikipédia em Português Uol Catálogo da Exposição “ O Japão de Pierre Verger” na Caixa Cultural Brasília. Site da Fundação Pierre Verger.

×