slide aula período joanino

883 visualizações

Publicada em

aula período joanino

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
883
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

slide aula período joanino

  1. 1. Atividade 1: Relembrando Vamos relembrar o que você aprendeu na última aula? Na última aula, você estudou sobre a Revolução no Haiti. Será que você seria capaz de responder essas questões?  O que há de diferente nessa revolução comparada as outras da América?  Que influências externas teve esse movimento? Clique no ícone abaixo e relembre esse assunto. Bons estudos! François-Dominique Toussaint Louverture, líder da Revolução Haitiana
  2. 2. Atividade 2: Apresentação inicial Nesta aula você aprendera sobre a vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil. Um acontecimento que mudará a história do Brasil e transformará completamente a nossa cidade do Rio de Janeiro. Ao final desta aula, você estará pronto para: • Compreender os motivos que levaram a Família Real Portuguesa a se mudar para o Brasil. Ao final desta aula, você estará pronto para: • Compreender os motivos que levaram a Família Real Portuguesa a se mudar para o Brasil.
  3. 3. Atividade 3: Pergunta-desafio Você conhece esse lugar? Qual a relação dele com a nossa aula?
  4. 4. Atividade 4: Por que isso é importante? Na atividade anterior você pode observar a Quinta da Boa Vista. Hoje esse local abriga o Museu Nacional, mas antes ele serviu de moradia para a Família Real Portuguesa enquanto ela esteve aqui no Rio de Janeiro. Por que é importante estudarmos a vinda da corte para o Brasil? Através desse episódio podemos compreender: as disputas políticas entre Inglaterra e França, duas das principais potências da época e a importância que o Brasil passou a ter após 1808, já que com a Corte no Rio, ele tornou-se o centro de todo o império português.
  5. 5. Atividade 5: Educoquiz 1 – O que você já sabe? Vamos ver o que já sabemos sobre o assunto de nossa aula. Responda as questões do quiz e teste seus conhecimentos. 1. Qual o nome atual do local que servia de moradia para a família real portuguesa no Rio de Janeiro? a)Museu Nacional. b)Paço Imperial. c)Palácio de Cristal. d)Palácio Laranjeiras.
  6. 6. Atividade 5: Educoquiz 1 – O que você já sabe? 2. Com tantos lugares no mundo para fugir da França, por que a corte portuguesa decidiu morar justamente no Brasil? Que relação o Brasil tinha com Portugal para que a corte viesse parar logo aqui? a)Porque o Brasil era um lugar lindo que os portugueses sempre quiseram conhecer. b)Porque o Brasil era uma colônia de Portugal. c)Porque o Brasil já tinha sido visitado diversas vezes pelo rei português. d)Porque o Brasil era colônia da Inglaterra e assim esse país teria o rei português sob sua vigilância.
  7. 7. Atividade 5: Educoquiz 1 – O que você já sabe? 3. Qual a conjuntura vivida na Europa que levou D. João a optar por deixar Portugal e trazer sua corte para o Rio de Janeiro? a)O processo de Reconquista da Península Ibérica. b)As invasões napoleônicas. c)A descoberta de novas terras além do Atlântico. d)A necessidade de diminuir a população do reino.
  8. 8. Atividade 6: Momento de reflexão Se você fosse um rei, você moraria em uma colônia? Essa é uma das reflexões que fazemos quando pensamos na vinda da corte portuguesa para o Brasil. Que motivos levariam a Família Real a deixar todas as pompas da Europa e vir morar aqui? Clique no ícone abaixo e tente entender os motivos dessa mudança. Depois pense se você faria uma aventura dessa.
  9. 9. Atividade 7: Quem era a Família Real? D. Maria I (a rainha), a princesa Carlota Joaquina (esposa de D . João); as crianças D. Miguel, D. Maria Teresa, D. Maria Isabel, D. Maria Assunção, D. Ana de Jesus Maria e D. Pedro, o futuro imperador do Brasil, todos membros diretos da família real. Além deles ainda vieram mais cerca de 15 mil pessoas entre nobres, militares, religiosos e funcionários da Coroa. Trazendo tudo o que era possível carregar; móveis, objetos de arte, joias, louças, livros, arquivos e todo o Tesouro Real. Curioso para ver melhor quem eram os membros da família real? Clique no ícone e veja a imagem ampliada Estamos começando a entender melhor os motivos que levaram a corte portuguesa a vir para o Brasil. Mas quem era essa corte? A corte portuguesa que saiu às pressas de Lisboa, em 29 de novembro de 1807, tinha D. João (o príncipe regente) , sua mãe
  10. 10. Atividade 8: A Viagem Imagine uma viagem de 99 dias, com pouca água, comida ruim, dormindo apertado e sem conforto. Foi assim que a corte portuguesa atravessou o Oceano Atlântico, deixando Portugal rumo a São Sebastião do Rio de Janeiro. A única pausa nesse tormento foi a estratégica parada em Salvador, mas fora isso, todo o percurso que deveria ter sido tranquilo foi extremamente exaustivo para aqueles que estavam nas embarcações. No ícone abaixo você poderá observar um pouco melhor esse trajeto, após isso pense e comente com seu colega sobre a viagem ou percurso mais longo que você já fez. Aproveite para comparar com a viagem de D. João e sua família.
  11. 11. Atividade 9: Entre piolhos e enjoos Agora que falamos do trajeto e das considerações gerais da viagem, vamos ver alguns acontecimentos bem interessantes dessa trajetória. Clique no ícone abaixo e veja um vídeo explicativo muito interessante. Embarque da Família real no porto de Lisboa Após vermos os fatos e dificuldades passadas pela família real, vamos debater sobre o que é preciso para se viajar melhor em nosso país.
  12. 12. Atividade 10: Um passeio em Salvador Você viu que a viagem da corte portuguesa não saiu muito como planejado. Por isso ao invés de seguir direto para o Rio de Janeiro, D. João decidiu fazer um pausa e repousar uns dias em Salvador. Essa pausa estratégica, acabou em tratados e documentos de grande importância para o Brasil, como a abertura dos portos as nações amigas. Vamos dar uma olhada no vídeo abaixo e depois refletiremos sobre a importância desse momento de nossa história.
  13. 13. Atividade 11: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui? Responda as perguntas e teste seu conhecimento até aqui. 1. Há quase 200 anos, em 29 de novembro de 1807, zarpava de Portugal uma esquadra conduzindo a Família Real portuguesa para a sua Colônia americana, onde chegou em janeiro de 1808. Sobre a travessia é correto afirmar que: a)Transcorreu de forma muito tranquila e confortável. b)A frota foi escoltada pela marinha inglesa. c)As questões de higiene dos tripulantes foram resolvidas de forma satisfatória. d)Por ter sido uma viagem planejada com antecedência, os portugueses mandaram inúmeros navios de carga que antecederam em meses os navios de passageiros.
  14. 14. Atividade 11: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui? 2. Sobre a transferência da corte para o Brasil é correto afirmar que: a)A corte chegou ao Rio em fins do século XIX. b)Uma das preocupações do governo português era manter relações comerciais com a França. c)D. João, seguindo o exemplo do monarca espanhol, transferiu sua corte para a América, procurando assim fugir da invasão napoleônica. d)A abertura dos portos às nações amigas beneficiou majoritariamente a Inglaterra.
  15. 15. Atividade 11: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui? 3. O Bloqueio Continental, decretado por Napoleão, tinha como um de seus principais objetivos: a)dificultar o comércio britânico, levando a Inglaterra à crise econômica. b)impedir a vinda da Família Real portuguesa para o Brasil. c)facilitar a invasão da Espanha. d)dificultar a aquisição de mercadorias vindas das colônias africanas.
  16. 16. Atividade 11: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui? “... quando o príncipe regente português, D. João, chegou de malas e bagagens para residir no Brasil, houve um grande alvoroço na cidade de/o/a _____________. Afinal era a própria encarnação do rei (...) que aqui desembarcava. D. João não precisou, porém, caminhar muito para alojar-se. Logo em frente ao cais estava localizado o Palácio dos Vice-Reis”. (Lilia Schwarcz. As Barbas do Imperador.) 4. Complete o texto com o nome da cidade. a) Salvador. b) Porto Alegre. c) São Paulo. d) Rio de Janeiro.
  17. 17. Atividade 12: A corte portuguesa chega ao Brasil Na chegada ao Rio de Janeiro, a Corte portuguesa foi recebida com uma grande festa: o povo aglomerou-se no porto e nas principais ruas para acompanhar a Família Real em procissão até a Catedral, onde, após uma missa em ação de graças, o rei concedeu o primeiro "beija-mão". Mas onde a corte iria morar? Para acomodar os novos habitantes e tornar a cidade digna de ser a nova sede do Império português, muitas mudanças ocorreram. Duas mil residências foram requisitadas, pregando-se nas portas o "P.R.", que significava "Príncipe Regente", mas que o povo logo traduziu como "Ponha-se na Rua". Prédios públicos, quartéis, igrejas e conventos também foram ocupados. A cidade passou por uma reforma geral: limpeza de ruas, pinturas nas fachadas dos prédios e apreensão de animais. Clique no ícone e saiba mais sobre o momento da chegada da Família Real ao Rio de Janeiro. Compare essa chegada com o que acontece hoje quando recebemos um astro ou uma pessoa muito importante em nossa cidade.
  18. 18. Atividade 13: A abertura dos portos Agora que atravessamos o oceano junto com a Família Real Portuguesa e chegamos ao Rio de Janeiro, é hora de começar a ver o quanto se modificou por aqui com a chegada da corte. E uma das maiores mudanças ocorridas aconteceu antes mesmo da chegada ao Rio. A abertura dos portos as nações amigas feita por D. João ainda em Salvador, modificou completamente a estrutura econômica do Brasil. Podendo comercializar com outras nações, principalmente com a Inglaterra o Brasil ganhou novos ares econômicos. No ícone ao lado temos mais informações sobre esse assunto, utilize essas informações para construir uma frase, historicamente correta, sobre a importância da Abertura dos Portos.
  19. 19. Atividade 14: Novos tempos para o Rio de Janeiro A presença da Família Real Portuguesa trouxe transformações para o Brasil, principalmente para o Rio de Janeiro. Para o Rio, foi um período de transformações culturais, econômicas e políticas. Tratava-se de adequar a cidade ao seu novo papel: sede da administração portuguesa. No ícone abaixo temos um pequeno texto com algumas realizações de D. João por aqui. Clique e descubra que realizações foram essas! Você já foi em algum desses lugares? Jardim Botânico do Rio de Janeiro, antigo Horto Real
  20. 20. Atividade 15: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu? 1. A abertura dos portos às nações amigas, ato de D. João quando este se encontrava ainda na Bahia, representou a) o fim do exclusivo comercial com a metrópole. b) o reforço das relações de dependência que mantínhamos com a França. c) um estímulo ao desenvolvimento manufatureiro nacional. d) um ato que, na verdade, não foi cumprido, pois logo após fomos invadidos por uma série de nações inimigas.
  21. 21. Atividade 15: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu? “De tudo trouxeram os ingleses desde as primeiras viagens: fazendas de algodão, lã e seda; peças de vestuário, alimentos, artigos de armarinho, móveis, vidros, cristais, louças, porcelanas, panelas de ferro, cutelaria, quinquilharias, carruagens, etc. O mercado brasileiro abria-se no momento em que a maioria dos outros mercados tradicionais estavam fechados para a Grã-Bretanha, de modo que os comerciantes ingleses logo exportaram quantidades enormes de mercadoria, acima da capacidade de absorção do mercado brasileiro.” Olga Pantaleão, A presença inglesa. 2. As referências presentes no trecho acima permitem relacioná-lo com a seguinte situação histórica: a)O comércio que piratas ingleses realizavam com os índios, ao longo do litoral brasileiro, nas décadas que se seguiram à descoberta do Brasil. b)a necessidade crescente de abastecimento da população das cidades mineiras, ao longo do período de auge da economia mineradora. c)a ampliação das relações comerciais entre Inglaterra e Brasil, resultado imediato da assinatura do Alvará de Abertura dos Portos pelo regente D. João. d)o estreitamento das relações entre Inglaterra e Brasil, depois de este romper com a Coroa portuguesa, em virtude do impasse político criado pela Revolução do Porto.
  22. 22. Atividade 15: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu? “Não corram tanto! Vão pensar que estamos fugindo!” Frase atribuída a D. Maria I, a Louca, quando a Família Real portuguesa se retirava de Lisboa para o Brasil, em 1807. Nossa História. Rio de Janeiro, a. 1, n. 2, dez. 2003. 3. Sobre o início do século XIX na América Portuguesa, é correto afirmar que: a)Poucas transformações ocorreram com a vinda da Corte portuguesa ao Brasil, já que a cidade do Rio de Janeiro já tinha um modo de vida muito próximo do europeu. b)Antes do estabelecimento da Corte portuguesa no Brasil, a Metrópole não havia demonstrado interesse em atender às reivindicações por melhorias na Colônia. c)A vinda da Família Real ao Brasil foi possível devido a um acordo diplomático estabelecido entre D. João e Napoleão Bonaparte, no qual Portugal comprometia-se a manter as colônias abertas ao comércio francês. d)As mudanças implantadas no Brasil para satisfazer os interesses portugueses impediram a continuidade da escravidão.
  23. 23. Atividade 15: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu? A citação abaixo destaca a chegada da corte portuguesa ao Rio de Janeiro, em 1808, como um início de uma fase de grandes mudanças para a cidade que perdia então a sua imagem colonial. Para o Rio de Janeiro, principalmente, era toda uma fase de sua história que agora terminava. Fase de grandes transformações realizadas sob o impacto das necessidades de toda ordem despertadas pela chegada e instalação da Corte portuguesa. Em pouco mais de uma década, a cidade passara por um processo de modernização material e atualização cultural, perdendo muito de sua aparência colonial para transformar-se numa metrópole. FALCON, F. C.; MARROS, I. R. de. O processo de Independência no Rio de Janeiro. In: MOTA, C. G. (org). 1822. Dimensões. São Paulo: Perspectiva, 1972 4. Entre as medidas que favoreceram essas transformações podem ser assinaladas: a)o início da construção do Paço Imperial, a sede do governo, a criação da Imprensa Régia e a instalação da iluminação a gás. b)a construção da primeira estrada de ferro do Brasil, a criação do banco do Brasil e a fundação da Imperial Academia de Música. c)o estabelecimento da Intendência Geral de Polícia, a fundação do Banco do Brasil e a criação da Imprensa Régia.
  24. 24. Atividade 15: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu? Continuação da questão 4 d)a criação da Imprensa Régia, a instalação da iluminação a gás e a construção da primeira estrada de ferro do Brasil.
  25. 25. Atividade 15: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu? 5. Os Tratados de “Comércio e Navegação” e de “Aliança e Amizade”, assinados pelo Príncipe Regente D. João no Brasil, foram, sem dúvida, favoráveis: a)a Portugal. b)à França. c)à Espanha. d)à Inglaterra.
  26. 26. Atividade 16: Você está sendo desafiado A seguir, você será desafiado a responder uma questão sobre o tema da aula. Agora que você já pensou, analisou e produziu sobre o tema abordado nesta aula, te desafiaremos a fazer a seguinte tarefa: •Responda on line o quiz que está no link.
  27. 27. Atividade 17: Construindo um resumo Agora que você já pensou, analisou e produziu sobre o tema abordado nesta aula, te desafiaremos a fazer a seguinte tarefa: •Construa uma linha do tempo aonde se destaque os principais fatos que envolvem a Vinda da Família Real Portuguesa ao Brasil e sua estadia. Não esqueça de relatar as principais transformações ocorridas no Brasil durante o tempo que eles permaneceram aqui. Como fazer? •Realize a tarefa apresentada utilizando seu editor de texto e, caso queira, o programa de edição e produção de imagens de seu computador.
  28. 28. Atividade 18: Educossíntese Veja se em sua linha do tempo você citou ao menos 5 momentos que aparecem nos pontos destacados abaixo. Se suas palavras não foram citadas aqui, discuta com seus colegas e verifique se elas se relacionam à aula. • Em 1806, Napoleão Bonaparte, decretou o Bloqueio Continental, proibindo que qualquer país aliado ou ocupado pelas forças francesas comercializasse com a Inglaterra; •Sem condições de resistir à invasão francesa, D. João e toda a corte portuguesa fugiram para o Brasil, sob a proteção naval da marinha inglesa; •Após 54 dias de viagem a esquadra portuguesa chegou ao porto de Salvador na Bahia, em 22 de janeiro de 1808; •Seis dias após a chegada D. João cumpriu o seu acordo com os ingleses, abrindo os portos brasileiros às nações amigas, isto é, a Inglaterra. Eliminando em parte o monopólio comercial português, que obrigava o Brasil a fazer comércio apenas com Portugal; •Na chegada ao Rio de Janeiro, a Corte foi recebida com uma grande festa. A transferência da corte portuguesa para o Rio provocou uma grande transformação na cidade; •As construções passaram a seguir os padrões europeus. Novos elementos foram incorporados ao mobiliário; espelhos, bibelôs, biombos, papéis de parede, quadros, instrumentos musicais, relógios de parede; •Em abril de 1808, foi criado o Arquivo Central, que reunia mapas e cartas geográficas do Brasil e projetos de obras públicas. Em janeiro de 1810, foi aberta a Biblioteca Real, com 60 mil volumes trazidos de Lisboa; •Criaram-se as Escolas de Cirurgia e Academia de Marinha (1808), a Aula de Comércio e Academia Militar (1810) e a Academia Médico-cirúrgica (1813). A ciência também ganhou com a criação do Observatório Astronômico (1808), do Jardim Botânico (1810) e do Laboratório de Química (1818); •A presença de artistas estrangeiros, botânicos, zoólogos, médicos, etnólogos, geógrafos e muitos outros que fizeram viagens e expedições regulares ao Brasil; •Com a vitória das nações européias contra Napoleão em 1815, ficou decidido que os reis de países invadidos, pela França deveriam voltar a ocupar seus tronos.
  29. 29. Atividade 19: Na próxima aula... Na próxima aula, você aprenderá mais sobre a viagem da Família Real ao Brasil, veremos como se deu o final dessa história e em que condições eles voltam para Portugal. Vamos pensar: Que transformações feitas por Dom João no Brasil abalariam as coisas em Portugal?

×