2 encaminhamento

285 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 encaminhamento

  1. 1. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas A Philips Business Communications, ao elaborar esta apostila, teve como objetivo assegurar-lhe informações completas e precisas com a mais alta credibilidade. Logo, as informações desta apostila podem sofrer alterações sem aviso prévio. Se você descobrir algum erro ou omissão, ou desejar fazer alguma sugestão para melhorar a qualidade desta apostila, envia sua proposta para: PHILIPS BUSINESS COMMUNICATIONS Departamento de Marketing e Produtos RUA: VERBO DIVINO 1400 TÉRREO CEP 04719-002 - SÃO PAULO - SP Encaminhamento de chamadas iS3000 Versão Software 810 (Edição : Março 2006) Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 1
  2. 2. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas Índice 1 CHAMADA INTERNA (ANALÓGICA)............................................................................................................3 1.1 DETEÇÃO DA CHAMADA........................................................................................................................3 1.2 ENVIO DOS DÍGITOS............................................................................................................................4 1.3 SINALIZAÇÃO ENTRE PROCESSADORES...........................................................................................5 1.3.1 SOPHO-iS3050..................................................................................................................................5 1.3.2 SOPHO-iS3070..................................................................................................................................6 1.3.3 SOPHO-iS3090..................................................................................................................................7 1.4 ENVIO DA CORRENTE DE CHAMADA...................................................................................................8 1.5 CONVERSAÇÃO...................................................................................................................................... 9 2 CHAMADA DE SAIDA (ANALÓGICA)........................................................................................................10 2.1 DETEÇÃO DA CHAMADA......................................................................................................................10 2.2 ENVIO DOS DÍGITOS............................................................................................................................11 3 CHAMADA INTERNA (DIGITAL).................................................................................................................12 4 CHAMADAS EXTERNAS (VIA TRONCO DIGITAL)...................................................................................13 4.1 ENCAMINHAMENTO: TRONCO DE ENTRADA DIGITAL NO SOPHO IS3030/3050.............................................13 4.2 OCUPAÇÃO DE UM CANAL...........................................................................................................................14 4.3 INFORMAÇÕES PARA O ESTABELECIMENTO DA CONEXÃO..............................................................................16 4.4 ESTABELECIMENTO DA CONEXÃO................................................................................................................17 4.4.1 conexão para um ramal analógico...................................................................................................17 Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 2
  3. 3. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 1CHAMADA INTERNA (Analógica) 1.1 DETEÇÃO DA CHAMADA O usuário de ramal retira o monofone do gancho; o seu terminal telefônico providencia o envio de um sinal de ocupação para o PABX, através de um fechamento de loop no fios a/b. Este sinal será detectado pelo Detetor de Loop, e sinalizado no Registrador de Estado do Circuito Periférico ALC (Circuito de Linha Analógico), associado a este ramal analógico. Através do Processo de Varredura Cíclica, realizado pelo Controlador PCC (localizado na placa PMC), em todos os Circuitos Periféricos dotados de Registros de Estado, esta condição será passada ao Processador Periférico. A transferência desta informação, do Registro de Estado (localizado no Circuito Periférico) para o "chip "PCC (localizado na placa PMC) se dará através de uma linha de 2Mbits/s , chamada CODI destinada à transferência dos dados de controle. Esta informação será passada ao Processador Central (localizado no Módulo CM), que providenciará a conexão de um Receptor MF(localizado na placa PMC, ou também na placa RST-KD), ao Circuito de Linha (ALC), associado ao Ramal em questão. SN ALC SOPHO-iS Detetor de Loop a/b USI USO Codec CODI PMC PCC BUS I/O PPU Registro de Estado PS PHILIP S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 T 0 # l Memo recall Paus e Recal l Stor e A conexão do Receptor MF (localizado na placa PMC, ou também na placa RST-KD) se dará através da Rede de Comutação SN. No caso do SOPHO-iS3070 o caminho de comutação, envolverá o Módulo de Rede de Comutação - SM; no SOPHO-iS3030/3050 o caminho de comutação de dará preferencialmente através do Módulo de Comutação local, localizado na placa PMC. Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 3 P M1 M2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 T 0 # Last Number Redial Memo recall Recal l Stor e Paus e D-9039 M3 Ringe r
  4. 4. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas Será transmitido ao usuário do ramal em questão, através da Rede de Comutação SN, um Tom de Discar (425 Hz), gerado no Status & Tone Circuit (STC), localizado no PMC. 1.2 ENVIO DOS DÍGITOS O envio da informação correspondente aos dígitos, por parte do usuário do terminal telefônico analógico, poderá ser processado de duas maneiras, dependendo do tipo de aparelho telefônico disponível, ou seja, Decadico ou Teclado MF: · Decadico, neste caso o envio se dará através de interrupções sucessivas no loop de ramal (fios a/b), conforme o dígito a ser transmitido (ex: 5 interrupções correspondem ao dígito 5). Estas interrupções serão colhidas pelo Detetor de Loop, passadas ao processador periférico através do PCC, e em seguida passadas ao Processador Central (através do protocolo IMP), que procederá a análise dos mesmos. · Teclado, neste caso os dígitos serão transmitidos através de pares de freqüências, escolhidas dentre um "pool" de freqüências, previstas para este fim no aparelho MF do usuário. Através de filtros sintonizados nestas freqüências - Receptor MF, presente na Placa RKT, (ou no chip DSP - Processador de Sinal Digital, no PMC), a informação correspondente ao dígito é recebida e passada para um Registrador de Estado, e a seguir, via PCC, passada ao processador periférico; em seguida a informação destes dígitos é passada ao Processador Central (através do protocolo IMP), que procederá a análise dos mesmos. SN ALC SOPHO-iS Detetor de Loop Tom de Discar pulsos MF RST-KD CODI PMC USO USI PCC PPU USO Codec BUS I/O STC Receptor RMKFT DSP RKT PS PHILIP S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 T 0 # l Memo recall Paus e Recal l Stor e 10 0 BUFFER DE ESTADO Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 4
  5. 5. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 1.3 SINALIZAÇÃO ENTRE PROCESSADORES Através do Protocolo IMP, a Unidade de Processamento Central (CPS: SOPHO iS3070 ou CPU-3000: SOPHO-iS3030/3050) se comunica com os demais processadores do sistema (ex: PPU), enviando comandos & recebendo mensagens. A Unidade de Processamento Periférico - PPU está contida na placa PMC (Controlador do Módulo Periférico). 1.3.1 SOPHO-iS3050 O microprocessador localizado na PM, através do Co-Processador (PCP), transfere mensagens/ recebe comandos para o Processador Principal (CPU-3000), utilizando o protocolo IMP. A mensagem é transmitida utilizando, o canal D (designado para o transporte de mensagens IMP) da linha de 2Mbits/s que conecta a PM em questão à CSN-BC; na CSN-BC a informação contida no Canal-D é comutada, através de enlace semi-permanente à um canal da linha de 2Mbps que se conecta ao Módulo PM - Primário (onde está localizada a placa CPU-3000). Neste Módulo PM - Primário, a informação contida neste canal, sofre uma nova comutação para um canal de controle pertencente à linha de 2Mbps, que conecta o PMC-MC Primário à CPU-3000. Co-processador PPU BUS I/O Memória m 2 Mbits/s canais de controle TSW CSN-BC TSW PMC-MC PRIMÁRIO TSW Co-processador PPU BUS I/O Memória m PMC-MC D D PMC-MC PMC-MC CPU 3000 Memória m Bus I/O PCP Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 5
  6. 6. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 1.3.2 SOPHO-iS3070 O microprocessador localizado na PM, através do Co-Processador (PCP), recebe comandos & transfere mensagens do/para o Processador Principal (CPS), localizado no Módulo CM, utilizando o protocolo IMP. Mensagens & Comandos são transferidos, utilizando o canal 16 (D), designado para o transporte de mensagens IMP, pertencentes às duas primeiras linhas de 2Mbits/s (máximo 8), que conectam a PM em questão, à SCU (Módulo SM); na SCU a informação contida no Canal 16 é comutada, através de enlace semi-permanente, a um canal da linha de 2Mbps (canais de controle), que se conecta através da unidade C-II, ao processador central - CPS (Módulo CM). Co-processador PPU BUS I/O Memória m 2 Mbits/s CM TSW SM TSW PMC-MC PRIMÁRIO PM TSW Co-processador PPU BUS I/O PMC-HR Memória m PM 16 16 16 16 m Memória 0 CSG 0 1 CSG 1 2 CSG 2 3456789 10 11 15 C-II C-II MCI m Memória m Memória m Memória MIC 2 Mbits/s SCU 0 SCU 7 PM 0 PM 2 canais de controle Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 6
  7. 7. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 1.3.3 SOPHO-iS3090 O microprocessador localizado na PM, através do Co-Processador (PCP), recebe comandos & transfere mensagens de/para a Camada de Controle Central (CCS), localizado no Módulo de Controle, utilizando o protocolo IMP; na placa SNS o protocolo IMP é convertido de/para LAPD através do Co-processador PCP. Através do Bus CM, a informação é passada para o Módulo de Controle formado pelas 4 placas CCS, que trabalham em conjunto, através do Conceito 4/2. Mensagens & Comandos são transferidos, utilizando o canal 16 (D), designado para o transporte de mensagens IMP, pertencentes às duas primeiras linhas de 2Mbits/s (máximo 8), que conectam a PM em questão, à SCU (Módulo SM); na SCU a informação contida no Canal 16 é comutada, através de enlace semi-permanente, a um canal pertencente a uma linha de 16 canais de 64 Kbits/s (canais de controle), que se conecta ao Co-Processador (PCP) TSW BUS I/O Módulo de Controle BUS I/O CCS 0 1 2 3 30 30 LAPD/IMP 2 Mbits/s LAP Bus LAP Bus Bus CM (duplicado & alta velocidade) SNS circuit VOTE 0 1 2 3 4x2Mbits/s TSW conversão MC68xxx Co-processador PPU Memória m 2 Mbits/s TSW PMC-MC PRIMÁRIO Co-processador PPU PMC-HR Memória m 16 16 16 16 PCP Co-processador Outra SNS SNS canais de controle 4x2Mbits/s 1 3 4 5 6 7 8 9 10 11 15 PCP 0 0 31 31 0 2 LAP Bus LAP Bus Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 7
  8. 8. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 1.4 ENVIO DA CORRENTE DE CHAMADA A corrente de chamada é gerada na Placa PSU - MLD; ela é injetada nos fios a/b, do Ramal de Destino, através de contatos do relê de corrente de chamada, que por sua vez é acionado sob comando do Processador. ALC PMC-MC Relé de Corr. Chamada a/b Codec CODO PCC BUS I/O PPU Registro de Controle USI PSU-MLD USO O tom de Controle de Chamada é obtido a partir do tom de 425 Hz, proveniente do Gerador de Tom implementado no Status & Tone Circuit (STC), e comutado para o ramal chamador, através do estagio de comutação periférica presente na PMC. Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 8
  9. 9. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 1.5 CONVERSAÇÃO Durante o período de conversação, o "enlace de comutação", que conecta a Parte Chamadora A e a Parte Chamada - B, é supervisionado através dos Detectores de Loop, presentes nos Circuitos de Linha ALC associados a cada ramal. Através dos Detectores de Loop o Processador pode ter acesso à condição de loop de cada ramal; desta forma, ações de consulta (interrupção curta no loop do ramal solicitante) ou de desligamento (interrupção longa no loop do ramal solicitante) podem ser detectadas pelo Processador. CSN-BC TSW ALC Detetor de Loop a/b Codec USI USO TSW ALC Detetor de Loop a/b Codec USI USO TSW PMC-MC PMC-MC Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 9
  10. 10. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 2CHAMADA de SAIDA (Analógica) 2.1 DETEÇÃO DA CHAMADA O processo usado na detecção da chamada, é o mesmo de uma chamada interna; neste caso contudo, o usuário do ramal envia o código de acesso externo (padrão: "0"). Ao receber o código de acesso externo, a CPU providenciará: · Verificação da permissão de acesso externo, através da análise da classe de tráfego do ramal; · Envio do sinal de ocupação para a Central Pública, associada ao PABX (fechamento de loop); · Conexão de um enlace ligando o tronco a um Receptor de Tom de Discar - RDT, para a detecção do sinal de confirmação de ocupação, proveniente da Central Pública (tom de discar); · Envio de um segundo Tom de Discar (tom contínuo de 425Hz) para o usuário de ramal, orientando-o para que prossiga a discagem dos demais dígitos referentes à destinação desejada. ALC Detetor de Loop a/b Codec USI USO TSW ATU -SS Central Pública Detetor de Loop tronco Codec USI USO TSW PMC-MC PMC-MC RDT (425 Hz) m Tom de Discar fechamento de loop (425 Hz) STC 2o. tom de discar USO CODO PCC BUS I/O Registro deControle PPU DSP Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 10
  11. 11. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 2.2 ENVIO DOS DÍGITOS Ao receber da Central Pública a confirmação de ocupação, através do RDT estendido até o Circuito de Linha Tronco ATU-SS, o Processador procederá ao envio dos dígitos discados pelo usuário do ramal da seguinte forma: · Tronco Convencional - Através de aberturas sucessivas no loop do tronco para a Central Pública, proporcionais a cada dígito memorizado (discado pelo usuário do ramal). Estas aberturas são executadas no próprio circuito de linha tronco, sob comando do processador; ATU -SS tronco Codec USI USO TSW PMC-MC Central Pública pulsos decádicos m Registro de Controle CODO PCC BUS I/O PPU · Tronco MF - Através de freqüências MF, geradas a partir de um Gerador de Tons (ATC), conectado ao tronco. ATU -SS Central Pública Detetor de Loop tronco Codec USI USO TSW PMC-MC m pulsos MF STC pulsos MF Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 11
  12. 12. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 3CHAMADA INTERNA (Digital) Todos os terminais digitais estarão conectados ao sistema, através da Placa DTX - I, que fornece interface 2B + D a 4 fios. O SOPHO-SET P corresponde ao terminal de Voz digital; este terminal oferece versões (designadas com a sigla D), que possibilitam a utilização do segundo canal B para conexão de Dados (RS232), como por exemplo um PC. A conversão "Analógico < > Digital" do sinal de voz de/para o usuário, é feita no próprio aparelho SOPHO-SET P, através de um CODEC; uma vez convertido, este sinal digital (64 Kbits/s) é colocado em um canal B, para que seja em seguida, comutado pelo sistema. O aparelho dispõe de um microprocessador, que se comunica por meio de mensagens com o microprocessador presente na placa DTX-I, através do protocolo de Canal-D; através destas mensagens, todos os sinais necessários para a construção/ gerenciamento de uma conexão são trocados, entre aparelho e central telefônica (ex: ocupação, dígitos etc). · microprocessador da placa DTX-I executa a conversão de protocolo "Canal-D < > IMP" . Após ter sido transformado em protocolo IMP, o sinal é passado para o Processador Periférico (presente na placa PMC), através do Co-Processador que recebe o sinal IMP comutado proveniente do canal de usuário "0" (linha USI) transferindo-o através do Bus I/O para o Processador Periférico. CPU-ME Co-processador PPU BUS I/O Memória m 2 Mbits/s canais de controle Memória m TSW PMC-MC PRIMÁRIO Interfac dee linha m I/O Interfac dee linha B1 & B2 D 0 0 Conversão Protocdoelo: D <-> IMP 2B + D DTX-I RS 232 4- fios CI-IMP Bus I/O Interfac m B1 & B2 D Conversão Protocdoelo: D <-> IMP DTX-I Dados de Controle IMP MC68302 Bus I/O PCP Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 12
  13. 13. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 4CHAMADAS EXTERNAS (via Tronco Digital) 4.1 ENCAMINHAMENTO: TRONCO DE ENTRADA DIGITAL NO SOPHO IS3030/3050 A conexão do sistema SOPHO iS3030/3050 com a Central Pública é implementada através de links de 2 Mbits/s. Um link de 2 Mbits/s, ou tronco digital é bidirecional sendo constituído por uma linha de transmissão e outra de recepção; cada uma delas contém 30 canais de 64 Kbits/s. Estes canais são distribuídos da seguinte forma: *0 30 canais de usuário: “1...15” e “17...31”; *1 1 canal para sincronismo & alarme: “0”; *2 1 canal de sinalização (Canal Associado): “16”(Protocolo R2 Digital). Através de uma estrutura de Multiquadro a informação de linha (do tipo R2 Digital), é transferida, basicamente, através dos Bits A & B (dentro do canal 16, posicionado dentro do multiquadro de acordo com o canal de voz associado). A informação de Registrador (ex: 5C) é transferida através do canal de usuário associado. (ou também através de pulsos via bits A & B no canal 16) A placa DTU-PU (programada para sinalização “Canal Associado”) tem, no sistema SOPHO iS3030, a função de interface com este link de 2 Mbits/s. SOPHO iS3030/3050 REDE DE COMUTAÇÃO Central Pública Interface LC TRONCO DIGITAL (2 Mbits/s) 0 1 ............... 15 16 17 .............. 31 DTU-PU(CA) 1 ............... 15 17 .............. 31 0 16 Digital Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 13
  14. 14. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 4.2 OCUPAÇÃO DE UM CANAL Através do canal 16 (sinalização), a Central Pública envia para o sistema SOPHO iS3030/3050 , um pedido de ocupação relativo a um determinado canal. A DTU-PU(CA) identifica qual o canal que está sendo ocupado, através da posição do quadro(32 canais), dentro da estrutura de multiquadro da linha de 2 Mbits/s, em que o sinal de ocupação(dentro do canal 16) foi recebido. 2 Mbits/s Buffer TSW Elastico regen. clock HDB3 interface alinham. quadro manipulador sinalização CODO HDB3 interface PPU Memória m DTU-PU (CA) controle PCC TS16 CODI BUS I/O Central Pública/CPA (LOCAL ou TRANSITO) USI USO SOPHO iS3030/3050 PMC-MC Dentro da DTU-PU, o sinal de ocupação da Central Pública, é detectado através do Manipulador de Sinalização. Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 14
  15. 15. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas O PCC, associado à UG onde a placa DTU-PU está instalada, através de seu sistema de varredura cíclica (iniciado a cada 125 ms), obtém esta informação, gerando seguir, um pedido de interrupção à PPU. Após ter recebido o sinal de ocupação, a PPU procederá à transferência do mesmo, para a CPU-MT; esta transferência será feita utilizando o protocolo IMP. O circuito Co-processador da placa PMC-MC receberá da PPU, via Bus-I/O, a informação referente ao sinal de ocupação; utilizando um enlace semi- permanente, previamente estendido através da rede de comutação periférica, o Co-processador procederá à transferência desta informação (segundo o protocolo IMP) para a CPU-MT. CPU-ME Co-processador PPU BUS I/O Memória m 2 Mbits/s canais de controle Memória m TSW PMC-MC Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 15
  16. 16. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 4.3 INFORMAÇÕES PARA O ESTABELECIMENTO DA CONEXÃO A CPU-MT tomará as providências (através de comandos enviados para o processador periférico da PMC envolvida na ligação), para que possa ser estabelecida a comunicação entre o sistema SOPHO iS3030/3050 e Central Pública, ou seja: · conexão de um circuito RST-IM, receptor de sinais MFC (para chamadas de entrada), ao canal de entrada da linha de 2Mbits/s definido pela Central Pública, para a recepção dos dígitos referente a parte chamada. · envio de um sinal de confirmação de ocupação, para a Central Pública, através do canal 16 (sinalização) da linha de 2 Mbits/s. Após ter recebido o sinal de confirmação de ocupação, a Central Pública procederá ao envio da identidade da parte chamada e, opcionalmente a identidade da parte chamadora; após uma análise destas informações, o sistema SOPHO iS3030/3050 , retornará a informação, quanto a condição da parte chamada (livre, ocupada, etc.). Para o intercâmbio destas informações, utilizando o protocolo MFC, será utilizado o próprio canal de usuário, determinado pela Central Pública. 2 Mbits/s TSW PMC-HR PMC-MC PRIMÁRIO Buffer Elastico regen. clock HDB3 interface alinham. quadro manipulador sinalização CODO HDB3 interface PPU Memória m DTU-PU (CA) controle PCC TS16 CODI CODO BUS I/O Central Pública/CPA (LOCAL ou TRANSITO) RST- IM USI USO USO USI CODI Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 16
  17. 17. CENTRO DE TREINAMENTO S RAD Encaminhamento de Chamadas 4.4 ESTABELECIMENTO DA CONEXÃO 4.4.1 conexão para um ramal analógico A corrente de chamada, (25 Hz/ 70V) é produzida de forma contínua, na PSU-MLD e enviada para o usuário através de contatos do rele de Corrente de Chamada localizado na placa ALC-E. Através de comando recebido no buffer de comando da placa ALC-E, será operado o Relê de corrente de Chamada, na cadência (1seg. Sim/ 4 seg. Não). O atendimento por parte do ramal chamado, é sinalizado no Detetor de Loop, da placa ALC-E. · tom de controle de chamada (425 Hz) será enviado pelo SOPHO iS, para o assinante da Rede Pública, através do canal já selecionado, no link de 2Mbits/s que conecta o SOPHO iS à Central Pública Local. O tom de controle de chamada é gerado a partir do circuito STC, localizado na PMC, através de enlace comutado na PMC. 0 31 Detetor Loop de Corrente 0 31 0 31 0 31 425 Hz Processador Periférico ALC-E BUS PM PMC-MC USO USI a b Relé de Corrente de Chamada Alimentação de Linha Detetor B.Terra CODI BUFFER DE ESTADO CODEC BUFFER DE COMANDO CODO 1 1 1 TSW CODI 0 CODO 0 Bus I/O PCC DG 0 31 STC DTMF USO USI 0 31 Tom de Controlede Chamada DTU-PU Central Pública 29 29 Descritivo do SOPHO iS3000 pacote 810. Para uso do CENTRO DE TREINAMENTO 17

×