SlideShare uma empresa Scribd logo

Torre eiffel

Z
zeopas
1 de 13
Torre eiffel
Quando foi construída ??
A torre Eiffel foi
inaugurada em 1889 mas o
inicio da sua construção
deu-se em 1887. Logo
levou por volta de 2 anos a
ser construída.
Porque é que foi construída ??
A torre Eiffel foi construída
para comemorar o
centenário da revolução
francesa. Este grandioso
monumento era para ser
uma estrutura temporária
mas o governo acabou por
decidir não desmontá-la e
mais tarde, em 1900,
participou numa exposição .
Constituição
A torre Eiffel tem
cerca de 324 metros
e 10000 toneladas.
E possui museus,
restaurantes, lojas e
entre outros.
Utilidades !
A torre Eiffel para
além de ser uma
grande fonte de
turismo tem outras
utilidades ela
também é uma torre
de transmissão essa
foi uma das razões de
ela não ter sido
destruída.
Onde está situada ??
Este monumento
situa-se em Paris no
Champ de Mars que
em português
significa campo de
Marte que era o
deus Romano da
guerra.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O dia em que eu nasci, morra e pereça
O dia em que eu nasci, morra e pereçaO dia em que eu nasci, morra e pereça
O dia em que eu nasci, morra e pereçaHelena Coutinho
 
O principezinho - resumo
O principezinho - resumoO principezinho - resumo
O principezinho - resumosofiasimao
 
O antes e o depois do 25 de abril - educação
O antes e o depois do 25 de abril - educaçãoO antes e o depois do 25 de abril - educação
O antes e o depois do 25 de abril - educaçãoMaria Costa
 
Relatório final pap leandro
Relatório final pap   leandroRelatório final pap   leandro
Relatório final pap leandroLeandro Pacheco
 
Guerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial PortuguesaGuerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial PortuguesaJorge Almeida
 
Aquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugadaAquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugadaHelena Coutinho
 
D.JoãO Mestre De Avis
D.JoãO Mestre De AvisD.JoãO Mestre De Avis
D.JoãO Mestre De Aviscrie_historia8
 
Msf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteirasMsf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteirasbeatrizroque1998
 
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºCDiário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºCAlexandra Santos
 
Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoRaquel Antunes
 
Texto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemploTexto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemploFJDOliveira
 
A arquitetura gótica
A arquitetura góticaA arquitetura gótica
A arquitetura góticaAna Barreiros
 

Mais procurados (20)

O dia em que eu nasci, morra e pereça
O dia em que eu nasci, morra e pereçaO dia em que eu nasci, morra e pereça
O dia em que eu nasci, morra e pereça
 
Amor é fogo que arde
Amor é fogo que ardeAmor é fogo que arde
Amor é fogo que arde
 
O principezinho - resumo
O principezinho - resumoO principezinho - resumo
O principezinho - resumo
 
20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal20 Datas Da HistóRia De Portugal
20 Datas Da HistóRia De Portugal
 
Anne Frank
Anne FrankAnne Frank
Anne Frank
 
O antes e o depois do 25 de abril - educação
O antes e o depois do 25 de abril - educaçãoO antes e o depois do 25 de abril - educação
O antes e o depois do 25 de abril - educação
 
Relatório final pap leandro
Relatório final pap   leandroRelatório final pap   leandro
Relatório final pap leandro
 
Guerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial PortuguesaGuerra Colonial Portuguesa
Guerra Colonial Portuguesa
 
Aquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugadaAquela triste e leda madrugada
Aquela triste e leda madrugada
 
Valor aspetual
Valor aspetualValor aspetual
Valor aspetual
 
Paula rego
Paula regoPaula rego
Paula rego
 
D.JoãO Mestre De Avis
D.JoãO Mestre De AvisD.JoãO Mestre De Avis
D.JoãO Mestre De Avis
 
O Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca sínteseO Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca síntese
 
Msf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteirasMsf – médicos sem fronteiras
Msf – médicos sem fronteiras
 
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºCDiário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
 
Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correção
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
Texto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemploTexto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemplo
 
SucessõEs 4
SucessõEs 4SucessõEs 4
SucessõEs 4
 
A arquitetura gótica
A arquitetura góticaA arquitetura gótica
A arquitetura gótica
 

Destaque (20)

Power point de francês
Power point de francêsPower point de francês
Power point de francês
 
França
FrançaFrança
França
 
Torre Eiffel!
Torre Eiffel!Torre Eiffel!
Torre Eiffel!
 
França
França França
França
 
Paris
ParisParis
Paris
 
Monumentos de França
Monumentos de FrançaMonumentos de França
Monumentos de França
 
Tour Eiffel
Tour EiffelTour Eiffel
Tour Eiffel
 
Gustave eiffel
Gustave eiffelGustave eiffel
Gustave eiffel
 
Montagem da Torre Eiffel
Montagem da Torre EiffelMontagem da Torre Eiffel
Montagem da Torre Eiffel
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do Ferro
 
Paris
ParisParis
Paris
 
França - Paris
França - Paris França - Paris
França - Paris
 
A França
A FrançaA França
A França
 
Gustave eiffel diapo
Gustave eiffel diapoGustave eiffel diapo
Gustave eiffel diapo
 
Torre Eiffel
Torre EiffelTorre Eiffel
Torre Eiffel
 
Esquema megacidades
Esquema megacidadesEsquema megacidades
Esquema megacidades
 
Torre eiffel (2)
Torre eiffel (2)Torre eiffel (2)
Torre eiffel (2)
 
El museo de louvre...
El museo de louvre...El museo de louvre...
El museo de louvre...
 
Wordpress é blog
Wordpress é blogWordpress é blog
Wordpress é blog
 
Museo de Louvre
Museo de LouvreMuseo de Louvre
Museo de Louvre
 

Semelhante a Torre eiffel

Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1Nequinho
 
La Tour Eiffel - Construção
La Tour Eiffel - ConstruçãoLa Tour Eiffel - Construção
La Tour Eiffel - ConstruçãoCapitão Kispo
 
ApresentaçãO1 (2)
ApresentaçãO1 (2)ApresentaçãO1 (2)
ApresentaçãO1 (2)zeole
 
Monumentos Franceses 2014
Monumentos Franceses 2014Monumentos Franceses 2014
Monumentos Franceses 2014Inês Moreira
 
Isabel versão final
Isabel versão finalIsabel versão final
Isabel versão finalSara Costa
 
Carolina sampaio 3-11
Carolina sampaio   3-11Carolina sampaio   3-11
Carolina sampaio 3-11Sara Costa
 
Cidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticosCidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticosThibyriçá Valle Junior
 
Cidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticosCidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticosThibyriçá Valle Junior
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroJorge Almeida
 
A Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIXA Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIXJorge Almeida
 
Pontos turísticos de Paris
Pontos turísticos de ParisPontos turísticos de Paris
Pontos turísticos de ParisPiaget1623
 
Arquitectura do Ferro no século XIX
Arquitectura do Ferro no século XIXArquitectura do Ferro no século XIX
Arquitectura do Ferro no século XIXJorge Almeida
 
Catarina - Sofia - 8L
Catarina - Sofia - 8LCatarina - Sofia - 8L
Catarina - Sofia - 8LInformatica_
 
Trabalho de património de simão rosendo e tiago
Trabalho de património de simão rosendo e tiagoTrabalho de património de simão rosendo e tiago
Trabalho de património de simão rosendo e tiagoTiago749
 

Semelhante a Torre eiffel (20)

Torre Eiffel
Torre EiffelTorre Eiffel
Torre Eiffel
 
Cris
CrisCris
Cris
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
La Tour Eiffel - Construção
La Tour Eiffel - ConstruçãoLa Tour Eiffel - Construção
La Tour Eiffel - Construção
 
ApresentaçãO1 (2)
ApresentaçãO1 (2)ApresentaçãO1 (2)
ApresentaçãO1 (2)
 
Monumentos Franceses 2014
Monumentos Franceses 2014Monumentos Franceses 2014
Monumentos Franceses 2014
 
Isabel versão final
Isabel versão finalIsabel versão final
Isabel versão final
 
Carolina sampaio 3-11
Carolina sampaio   3-11Carolina sampaio   3-11
Carolina sampaio 3-11
 
Torre eiffel
Torre eiffelTorre eiffel
Torre eiffel
 
Cidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticosCidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticos
 
Cidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticosCidades importantes e seus pontos turísticos
Cidades importantes e seus pontos turísticos
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do Ferro
 
A Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIXA Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIX
 
Pontos turísticos de Paris
Pontos turísticos de ParisPontos turísticos de Paris
Pontos turísticos de Paris
 
Arquitectura do Ferro no século XIX
Arquitectura do Ferro no século XIXArquitectura do Ferro no século XIX
Arquitectura do Ferro no século XIX
 
Cultura da Gare
Cultura da Gare Cultura da Gare
Cultura da Gare
 
Pedro,guilherme,carolina conde[2]
Pedro,guilherme,carolina conde[2]Pedro,guilherme,carolina conde[2]
Pedro,guilherme,carolina conde[2]
 
Catarina - Sofia - 8L
Catarina - Sofia - 8LCatarina - Sofia - 8L
Catarina - Sofia - 8L
 
Trabalho de património de simão rosendo e tiago
Trabalho de património de simão rosendo e tiagoTrabalho de património de simão rosendo e tiago
Trabalho de património de simão rosendo e tiago
 

Mais de zeopas

A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2zeopas
 
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTelesO Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeleszeopas
 
Guião tr4
Guião tr4Guião tr4
Guião tr4zeopas
 
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBO Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBzeopas
 
Guião tr4 1
Guião tr4 1Guião tr4 1
Guião tr4 1zeopas
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºdzeopas
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2zeopas
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 zeopas
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0zeopas
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4zeopas
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºczeopas
 
Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3zeopas
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºczeopas
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4zeopas
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 zeopas
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0zeopas
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºdzeopas
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2zeopas
 
Métodos contraceptivos de barreira
Métodos contraceptivos de barreiraMétodos contraceptivos de barreira
Métodos contraceptivos de barreirazeopas
 
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e ziftTécnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e ziftzeopas
 

Mais de zeopas (20)

A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2
 
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTelesO Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
 
Guião tr4
Guião tr4Guião tr4
Guião tr4
 
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBO Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
 
Guião tr4 1
Guião tr4 1Guião tr4 1
Guião tr4 1
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºd
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºc
 
Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºc
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºd
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2
 
Métodos contraceptivos de barreira
Métodos contraceptivos de barreiraMétodos contraceptivos de barreira
Métodos contraceptivos de barreira
 
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e ziftTécnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
 

Último

Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...excellenceeducaciona
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 

Último (20)

Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 

Torre eiffel

  • 2. Quando foi construída ?? A torre Eiffel foi inaugurada em 1889 mas o inicio da sua construção deu-se em 1887. Logo levou por volta de 2 anos a ser construída.
  • 3. Porque é que foi construída ?? A torre Eiffel foi construída para comemorar o centenário da revolução francesa. Este grandioso monumento era para ser uma estrutura temporária mas o governo acabou por decidir não desmontá-la e mais tarde, em 1900, participou numa exposição .
  • 4. Constituição A torre Eiffel tem cerca de 324 metros e 10000 toneladas. E possui museus, restaurantes, lojas e entre outros.
  • 5. Utilidades ! A torre Eiffel para além de ser uma grande fonte de turismo tem outras utilidades ela também é uma torre de transmissão essa foi uma das razões de ela não ter sido destruída.
  • 6. Onde está situada ?? Este monumento situa-se em Paris no Champ de Mars que em português significa campo de Marte que era o deus Romano da guerra.
  • 7. Gustave Eiffel … Gustave Eiffel era um grande arquitecto francês que Trabalhava muito bem com o metal. Desenhou a estrutura de várias obras famosas em todo o mundo, incluindo obras portuguesas.
  • 8. Sabias que… Gustave Eiffel também desenhou a estrutura da estatua da liberdade que se situa em new York.
  • 9. Sabias que… A torre Eiffel quando foi construída não tinha restaurantes nem museus. Por isso pesava menos 2700 toneladas do que agora.
  • 13. Trabalho elaborado por : Mariana Beja 7º A Nº 14 Disciplina de: Francês Professora: Maria João Brasão