SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Disciplina:  Biologia e Geologia Professor:  Leonor Paiva Ano lectivo 2010/2011 Trabalho elaborado por: Adriana Almeida, n. 1 Joel Melão Alcântara, n. 15 Sara Moreno, n. 27 Vânia Rodrigues, n. 29 12.º ano turma B   Fig.1 - Métodos contraceptivos não naturais de barreira ( tema 3 )
Preservativo Masculino Preservativo Feminino Espermicida Diafragma Conclusão Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.2 – Preservativo masculino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.3 – Preservativo masculino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.4 – Etapas de colocação do preservativo masculino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.5 – Preservativo feminino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.6 – Preservativo feminino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.7 – Etapas de colocação do preservativo feminino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.8 – Preservativo masculino
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.9 – Diafragma
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.10 – Diafragma
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.11 – Etapas de colocação do Diafragma Fig.12 – posição correcta do diafragma
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.13 – Espermicida em creme
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.12 – Várias formas de espermicida
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.12 – Espermicida
Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA  3 :  Métodos contraceptivos não naturais de barreira Tab.1 – Síntese do efeito dos métodos contraceptivos não naturais de barreira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTs
Aula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTsAula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTs
Aula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTsLeonardo Kaplan
 
Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)
Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)
Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)Caroline Gomes
 
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8Pelo Siro
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivosCésar Milani
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosCarlos Priante
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivospetehunttoons
 
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoSistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoGabriel Resende
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivosCatir
 
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesDST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesPibid Biologia Cejad
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivosvitorjbf
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisEdvaldo S. Júnior
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivosAulas Biologia
 
Sistema Genital Feminino
Sistema Genital FemininoSistema Genital Feminino
Sistema Genital FemininoMarcia Regina
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Alinebrauna Brauna
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualÉrik Silva Oliveira
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivosmartins1977
 
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisMétodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisAntónio Luís
 

Mais procurados (20)

Aula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTs
Aula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTsAula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTs
Aula 8º ano - Métodos contraceptivos e DSTs
 
Infecções sexualmente transmissíveis
Infecções sexualmente transmissíveisInfecções sexualmente transmissíveis
Infecções sexualmente transmissíveis
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)
Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)
Planejamento Familiar - Saude da Mulher (Caroline Gomes - Enfermagem 2014.1)
 
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Cuidados na gravidez
Cuidados na gravidezCuidados na gravidez
Cuidados na gravidez
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoSistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor Feminino
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesDST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Sistema Genital Feminino
Sistema Genital FemininoSistema Genital Feminino
Sistema Genital Feminino
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisMétodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
 

Mais de zeopas

A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2zeopas
 
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTelesO Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeleszeopas
 
Guião tr4
Guião tr4Guião tr4
Guião tr4zeopas
 
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBO Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBzeopas
 
Guião tr4 1
Guião tr4 1Guião tr4 1
Guião tr4 1zeopas
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºdzeopas
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2zeopas
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 zeopas
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0zeopas
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4zeopas
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºczeopas
 
Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3zeopas
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºczeopas
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4zeopas
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 zeopas
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0zeopas
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºdzeopas
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2zeopas
 
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e ziftTécnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e ziftzeopas
 
Metodos contraceptivos naturais
Metodos contraceptivos naturaisMetodos contraceptivos naturais
Metodos contraceptivos naturaiszeopas
 

Mais de zeopas (20)

A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2A biblioteca e o centro de recursos educativos2
A biblioteca e o centro de recursos educativos2
 
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTelesO Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
 
Guião tr4
Guião tr4Guião tr4
Guião tr4
 
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBO Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
 
Guião tr4 1
Guião tr4 1Guião tr4 1
Guião tr4 1
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºd
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºc
 
Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3Energia renovável 10º c 3
Energia renovável 10º c 3
 
Energia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºcEnergia renovável 10ºc
Energia renovável 10ºc
 
Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4Ambiente 10ºd 4
Ambiente 10ºd 4
 
Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1 Ambiente 10ºd 1
Ambiente 10ºd 1
 
Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0Ambiente 10ºd 0
Ambiente 10ºd 0
 
Ambiente 10ºd
Ambiente 10ºdAmbiente 10ºd
Ambiente 10ºd
 
Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2Ambiente 10ºd 2
Ambiente 10ºd 2
 
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e ziftTécnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
Técnicas de reprodução assistida icsi, gift e zift
 
Metodos contraceptivos naturais
Metodos contraceptivos naturaisMetodos contraceptivos naturais
Metodos contraceptivos naturais
 

Último

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 

Último (20)

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 

Métodos contraceptivos de barreira

  • 1. Disciplina: Biologia e Geologia Professor: Leonor Paiva Ano lectivo 2010/2011 Trabalho elaborado por: Adriana Almeida, n. 1 Joel Melão Alcântara, n. 15 Sara Moreno, n. 27 Vânia Rodrigues, n. 29 12.º ano turma B Fig.1 - Métodos contraceptivos não naturais de barreira ( tema 3 )
  • 2. Preservativo Masculino Preservativo Feminino Espermicida Diafragma Conclusão Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira
  • 3. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.2 – Preservativo masculino
  • 4. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.3 – Preservativo masculino
  • 5. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.4 – Etapas de colocação do preservativo masculino
  • 6. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.5 – Preservativo feminino
  • 7. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.6 – Preservativo feminino
  • 8. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.7 – Etapas de colocação do preservativo feminino
  • 9. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.8 – Preservativo masculino
  • 10. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.9 – Diafragma
  • 11. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.10 – Diafragma
  • 12. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.11 – Etapas de colocação do Diafragma Fig.12 – posição correcta do diafragma
  • 13. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.13 – Espermicida em creme
  • 14. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.12 – Várias formas de espermicida
  • 15. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Fig.12 – Espermicida
  • 16. Métodos Contraceptivos e de Reprodução Assistida TEMA 3 : Métodos contraceptivos não naturais de barreira Tab.1 – Síntese do efeito dos métodos contraceptivos não naturais de barreira