Andrei TarkovskyPesquisa de AutorUnidade Curricular: Produção Audiovisual ICorpo Docente: Pedro Colaço RosárioComunicação ...
Biografia•   Filho do poeta russo Arseni Tarkovski, autor de muitos dos poemas recitados em seus filmes, nasceu    em 1932...
• Quando questionado a explicar o sentido de seus filmes, Andrei Tarkovski,  respondia com a seguinte metáfora: "Você olha...
FilmografiaO Rolo Compressor e o Violinista - 1961• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky, Andrey Konchalov...
A Infância de Ivan - 1962• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Vladimir Bogomolov, Mikhail Papava, AndreiTarkovsky, Andrey...
Andrei Rublev - 1969• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky, Andrey Konchalovskiy• Gênero: Drama/Guerra/His...
Solaris - 1972• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Stanislaw Lem (romance), FridrikhGorenshtein, Andrei Tarkovsky• Gênero...
O Espelho - 1975• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Aleksandr Misharin, Andrei Tarkovsky• Gênero: Drama• Origem: União S...
Stalker - 1979• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Arkadiy Strugatskiy (romance e roteiro), BorisStrugatskiy (romance e r...
Nostalgia - 1983• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky, Tonino Guerra• Gênero: Drama• Origem: Itália/Rússi...
O Sacrifício - 1986• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky• Gênero: Drama• Origem: França/Reino Unido/Suéci...
A Tecnica de Andrei TarkovskyFilmes de Tarkovsky são caracterizados por temas metafísicos, extremamente longos, e imagensm...
Água, nuvens, e as reflexões foram usados ​por ele para sua beleza surreal e valor fotogénico, bemcomo o seu simbolismo, c...
Estatua de Andrei Tarkovsky naentrada do Gerasimov Instituteof Cinematography
InfluênciasTarkovsky tornou-se um director de cinema durante a década de 1950, um período durante oqual a sociedade soviét...
WebGrafiahttp://www.cineplayers.com/perfil.php?id=11858http://www.imdb.pt/name/nm0001789/http://www.imdb.com/name/nm000178...
Andrei Tarkovsky
Andrei Tarkovsky
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Andrei Tarkovsky

1.169 visualizações

Publicada em

Trabalho feito para a unidade curricular Produção Audiovisual I, do Curso Comunicação e Multimédia, UTAD

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Andrei Tarkovsky

  1. 1. Andrei TarkovskyPesquisa de AutorUnidade Curricular: Produção Audiovisual ICorpo Docente: Pedro Colaço RosárioComunicação e Multimédia 11/12José Vitor MartinsNº 41084
  2. 2. Biografia• Filho do poeta russo Arseni Tarkovski, autor de muitos dos poemas recitados em seus filmes, nasceu em 1932. Tendo se formado em Geologia, abandona a profissão para se dedicar ao cinema, iniciando a sua carreira ao entrar no Instituto Central de Cinema da URSS (VGKI) em 1956. Em 1960 dirige seu primeiro filme um média metragem de 44 minutos ( O Rolo Compressor e O Violinista) e em 1962 ganha o Leão de Ouro do Festival de Veneza com o seu segundo trabalho, A Infância de Ivan.• Com o ambicioso filme Andrey Rublev (1966), sobre a vida do famoso pintor russo, o realizador apresenta características que formariam a base principal de seu cinema: intimista, conciso e com boa atenção para os detalhes.• Em 1972 lança Solaris, um complexo filme misto de ficção científica e drama existencial, com discretas citações do filme 2001: Uma odisséia no espaço, de Stanley Kubrick. Esse filme é considerado por muitos seu melhor trabalho.• Seus filmes posteriores, O espelho (1974), filme com altos traços autobiográficos e principalmente Stalker (1979), apesar de apresentarem a boa qualidade do director, são prejudicados pela forte censura existente na URSS.• Desiludido com o controle exercido sobre o seu trabalho, Tarkovski decide sair da URSS em 1983. Nesse mesmo ano lança Nostalgia. Ainda, depois de Nostalgia, filmaria O Sacrifício.• De personalidade irritadiça e muitas vezes angustiada, o realizador sempre recusou qualquer tipo de influência e controle sobre o seu trabalho. Sua obra é marcada por um profundo sentido espiritual, e seu compromisso com a arte ficou marcado em seu livro Esculpir o Tempo, obra essencial a todos os amantes da sétima arte.• Morreu em Paris de cancro no pulmão em 1986.
  3. 3. • Quando questionado a explicar o sentido de seus filmes, Andrei Tarkovski, respondia com a seguinte metáfora: "Você olha um relógio. Ele funciona, mostra as horas. Você tenta compreender como ele funciona e o desmonta. Ele não anda mais. E no entanto essa é a única maneira de compreender..."• Tarkovski passou a vida montando e desmontando "relógios" na tentativa de compreender o funcionamento da vida e do espírito dos homens.• Nove filmes em 26 anos de carreira parecem pouco aos olhos da estatística. Mas a escala grandiosa da obra de Andrei Tarkovski não se mede por números.• Em Esculpir o Tempo, seu livro de reflexões sobre arte e cinema, ele comparou o trabalho do director ao de um escultor que, “guiado pela visão interior de sua futura obra, elimina tudo o que não faz parte dela.”• O seu cinema tem essa qualidade essencial das obras perfeitas: o que não está ali é excesso.
  4. 4. FilmografiaO Rolo Compressor e o Violinista - 1961• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky, Andrey Konchalovskiy, S. Bakhmetyeva (história)• Gênero: Drama• Origem: União Soviética• Duração: 46 minutos• Tipo: Média-metragem Sinopse Conta uma história de amizade entre um menino violinista e um operador de rolo compressor. Em O Rolo Compressor e o Violinista (Katok i Skripka, 1961) Sasha é um menino que mora em Moscou e sempre é perseguido pelos outros garotos do prédio, que pretendem destruir o violino dele. Em frente ao edifício, dois rolos compressores asfaltam a rua. Um dirigido por uma mulher, que sempre se insinua para o motorista da outra máquina. Sasha desenvolve uma amizade com Sergei, o motorista, que corresponde e defende o garoto dos ataques dos outros garotos. Sasha e Sergei, um pequeno artista e um trabalhador braçal, estabelecem uma ligação de companheirismo à margem das vidas de ambos
  5. 5. A Infância de Ivan - 1962• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Vladimir Bogomolov, Mikhail Papava, AndreiTarkovsky, Andrey Konchalovskiy• Gênero: Drama/Guerra• Origem: União Soviética• Duração: 95 minutos• Tipo: Longa-metragemGanhador do Leão de Ouro em Veneza.SinopseDurante a segunda Grande Guerra, os russos tentavam combater a investida nazista ao seuterritório. Nas frentes soviéticas, Ivan, um garoto órfão de 12 anos, trabalha como umespião, podendo atravessar as fronteiras alemãs para obter informação sem ser visto, e vivesob os cuidados de três oficiais russos. Mas, após inúmeras missões, e com um desgastefísico cada vez maior, os oficiais resolvem poupar Ivan, mandando-o para a escola militar.
  6. 6. Andrei Rublev - 1969• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky, Andrey Konchalovskiy• Gênero: Drama/Guerra/Histórico• Origem: União Soviética• Duração: 205 minutos• Tipo: Longa-metragem Sinopse A Rússia do século XV passa por um período turbulento, o povo sofre injustiças e está fragilizado pela fome. Nesse cenário, acompanhamos um pouco da vida do pintor Andrei Rublev, que mais tarde abandonaria seu ofício para dedicar-se a Deus.
  7. 7. Solaris - 1972• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Stanislaw Lem (romance), FridrikhGorenshtein, Andrei Tarkovsky• Gênero: Drama/Ficção Científica• Origem: União Soviética• Duração: 165 minutos• Tipo: Longa-metragemSinopseSolaris é um planeta distante, que vem sendo constantemente estudado há décadas, e cujo mistériosobre seu oceano ainda não foi esclarecido, nem seus efeitos. Por falta de interesse e resultados, asolarística está morrendo; aliado a isto, os membros na estação espacial que orbita o planeta estãosendo afetados pelo oceano. Por conta disto, o psicólogo Kelvin - conhecido de um dos doutores dasolarística e amigo de um dos tripulantes - é mandado para a estação para averiguar a situação. Lá,ele percebe aos poucos que Solaris é, mais que um planeta, um espelho da alma.
  8. 8. O Espelho - 1975• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Aleksandr Misharin, Andrei Tarkovsky• Gênero: Drama• Origem: União Soviética• Duração: 108 minutos• Tipo: Longa-metragemSinopseO mais autobiográfico trabalho do director Andrei Tarkovsky, onde o garoto Alexéipassa pelos mesmos problemas, alegrias e desgraças que o director passou, só quena tela. É um estudo da vida espiritual do homem contemporâneo, suas buscas eresoluções.
  9. 9. Stalker - 1979• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Arkadiy Strugatskiy (romance e roteiro), BorisStrugatskiy (romance e roteiro)• Gênero: Ficção Científica/Suspense• Origem: União Soviética• Duração: 163 minutos• Tipo: Longa-metragem Sinopse Após a suposta queda de meteoritos numa região do planeta, essa região adquire propriedades estranhas e é chamada de Zona. Dentro da Zona, diz a lenda ter o Quarto, que seria um lugar onde todos os seus desejos são realizados. Temendo que a população invada a Zona à procura do Quarto, o exército a isola, mas eles próprios não têm coragem de entrar nela. Apenas alguns poucos, chamados Stalkers, têm habilidade suficiente para entrar e sobreviver lá dentro. Um dia, um escritor famoso e um físico contratam um Stalker para os guiarem ao Quarto, sem exactamente saber o que procuram.
  10. 10. Nostalgia - 1983• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky, Tonino Guerra• Gênero: Drama• Origem: Itália/Rússia• Duração: 125 minutos• Tipo: Longa-metragemSinopseJornada mística do poeta russo Andrei Gorchakov à Itália em busca de um novo modo de vida.Depois de 3 meses, viajando em companhia de Eugenia, uma atriz italiana, chegam a umpequeno vilarejo ao norte da Itália. Frustrado e deprimido por ainda não ter encontrado seucaminho, Gorchakov mergulha em seu passado, isolando-se em impenetrável silêncio.
  11. 11. O Sacrifício - 1986• Direção: Andrei Tarkovsky• Roteiro: Andrei Tarkovsky• Gênero: Drama• Origem: França/Reino Unido/Suécia• Duração: 149 minutos• Tipo: Longa-metragemSinopseFamília burguesa sueca celebra o aniversário do patriarca Alexander (ErlandJosephson), escritor e actor aposentado. Esta celebração será marcada para o restoda vida de cada membro da família: na televisão anuncia-se uma catástrofenuclear. A crise familiar é alimentada pelo desespero, dúvida, angústia física emoral de cada um.
  12. 12. A Tecnica de Andrei TarkovskyFilmes de Tarkovsky são caracterizados por temas metafísicos, extremamente longos, e imagensmemoráveis ​de beleza excepcional. Motivos recorrentes são sonhos, memória, da infância, água correnteacompanhada por fogo, dentro de chuva, reflexões, levitação, e os personagens reaparecem em primeiroplano de longos movimentos de deslizamento da câmara. Ele disse uma vez “ uma pessoa com umambiente que não tem limites, confrontando-o com um número incontável de pessoas que passam porperto dele e longe, relacionando uma pessoa para o mundo inteiro, que é o significado do cinema”Tarkovsky incluiu cenas de levitação em vários de seus filmes, mais notavelmente Solaris. Para ele, essascenas possuem grande poder e são usados ​para o seu valor fotogénico e inexplicável magia.
  13. 13. Água, nuvens, e as reflexões foram usados ​por ele para sua beleza surreal e valor fotogénico, bemcomo o seu simbolismo, como as ondas ou água corrente.Sinos e velas também são símbolos frequentes. Estes são símbolos da visão cinematográfica, e som, efilme de Tarkovsky frequentemente tem temas de auto-reflexão.Tarkovsky desenvolveu uma teoria de cinema que ele chamou de "esculpir o tempo". Por isso ele quisdizer que a característica única de cinema como um meio de se levar a nossa experiência do tempo ealterá-lo. Cenas de filmes inéditos transcreve tempo em tempo real. Ao usar tomadas longas e cortesde poucos em seus filmes, ele teve como objectivo dar aos espectadores uma sensação de passagemdo tempo, perdido, e a relação de um momento no tempo para outro.Até, inclusive, seu filme O Espelho, Tarkovsky concentrou seus trabalhos cinematográficos em exploraresta teoria. Depois de The Mirror, ele anunciou que iria concentrar o seu trabalho na exploração dasunidades dramáticas propostas por Aristóteles: uma acção concentrada, acontecendo em umlugar, dentro da extensão de um único dia.Vários dos filmes de Tarkovsky tem sequências de cores ou preto e branco, incluindo, porexemplo, Andrei Rublev, que apresenta um epílogo em cores de pinturas de ícones religiosos, bemcomo Solaris, O Espelho e Stalker, que apresentam sequências monocromáticas e sépia.Em 1966, numa entrevista realizada pouco depois de concluir Andrei Rublev, Tarkovsky alegou que nodia a dia não se percebe conscientemente as cores, na maioria das vezes.Daí a cor do filme deve ser usada principalmente para enfatizar certos momentos, mas não todo otempo e que esta distrai o espectador.Para ele, os filmes a cores são como pinturas ou fotografias em movimento, que são demasiado bonitapara ser uma representação realista da vida.
  14. 14. Estatua de Andrei Tarkovsky naentrada do Gerasimov Instituteof Cinematography
  15. 15. InfluênciasTarkovsky tornou-se um director de cinema durante a década de 1950, um período durante oqual a sociedade soviética abriu as portas a filmes estrangeiros, literatura e música.Tarkovsky teve então permissão para ver filmes de directores europeus, americanos ejaponeses, uma experiência que influenciou a sua maneira de pensar e criar os seus própriosfilmes.Seu professor e mentor na escola de cinema, Mikhail Romm, permitiu queseus alunos tivessem liberdade, criando um estilo próprio e independente.Tarkovsky foi, de acordo com Shavkat Abdusalmov, um colega na escola de cinema, umfascinado por filmes japoneses.Ele ficou surpreso pela forma como cada personagem na tela é excepcional e como oseventos colidíamos, como um samurai cortando o pão com sua espada são elevados para algoespecial e colocar no centro das atenções.Tarkovsky também manifestou interesse na arte de Haiku e sua capacidade decriar "imagens de tal forma que elas não significam nada além de si mesmos."
  16. 16. WebGrafiahttp://www.cineplayers.com/perfil.php?id=11858http://www.imdb.pt/name/nm0001789/http://www.imdb.com/name/nm0001789/http://en.wikipedia.org/wiki/Andrei_Tarkovskyhttp://www.filmref.com/directors/dirpages/tarkovsky.htmlhttp://www.grupoestacao.com.br/arquivo/mat1999/festival/catalogo/tarkovsky.htmlhttp://www.youtube.com/watch?v=lFtNG1wZ4zU

×