Aspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento

606 visualizações

Publicada em

- Planejamento e aspectos organizacionais
- Ativação e motivação
- Preleção
- Processos de Coaching
- Formação de equipe

Publicada em: Esportes

Aspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento

  1. 1. Futebol Teoria do Caos Complexidade Ciências Humanas Teoria Geral dos Sistemas Pedagogia Teorias do Treinamento Desportivo Neurociência Gestão de Pessoas Teoria dos Jogos
  2. 2. “É sabido que a água (H2O) é um meio essencial para apagar o fogo, no entanto, se separarmos as suas componentes, hidrogênio e oxigênio, qualquer uma destas ao invés de apagar o fogo, incandesce-o ainda mais.” Karl Popper Teoria da Complexidade
  3. 3. Elevador https://www.youtube.com/watch?v=oXrTGD_A4WQ
  4. 4. ... a melhor equipe não é a que tem os melhores jogadores mas sim àquela que joga como uma equipe. MOURINHOConjunto de jogadores que se inter-relacionam em uma unidade coletiva. MARISA GOMES “A equipa que eu desejo é aquela em que, num determinado momento perante uma determinada situação, todos os jogadores pensam em função da mesma coisa ao mesmo tempo. Isso é que é jogar como equipa. Isso é que é ter organização de jogo” . MOURINHO Interações dos jogadores a uma determinada intenção individual subjugada a uma idéia / organização coletiva de jogo.
  5. 5.  Ataque à bola após a perda
  6. 6. “quem marca ao homem corre por onde o rival quer. Essa caçada tem por fim capturar um inimigo, mas o meio usado converte o marcador em prisioneiro” (Valdano, 2002) Para que uma equipe consiga dominar o seu adversário, ela precisa naquele período de domínio (sejam trechos dentro de uma partida ou a partida toda) ter um controle sobre um maior número de variáveis que influenciem no resultado da partida do que seu rival. E aí inclui- se a estruturação do espaço de jogo, princípios de ataque e defesa, timings de transição e outras inúmeras variáveis. Leandro Zago (2008)
  7. 7.  Recuperação rápida da bola
  8. 8. “Os marcadores-somáticos são, portanto, adquiridos por meio da experiência, sob o controle de um sistema interno de preferências e sob a influência de um conjunto externo de circunstâncias que incluem não só entidades e fenômenos com os quais o organismo tem de interagir, mas convenções sociais e regras éticas” DAMÁSIO, A. “A antecipação resulta da experiência dos jogadores fazendo com que se inclinem a ter comportamentos que os levaram a ter sucesso anteriormente na resolução dos seus problemas”. GOMES, M.
  9. 9.  Reação após perda
  10. 10.  Expansão rápida da equipe
  11. 11. O neurocientista Antônio Damásio, em seu livro “O Erro de Descartes” (1994) propõe alguns conceitos interessantes para essa discussão. Concebendo a razão como sendo baseada na seleção automatizada, ele nos dá a seguinte solução: 1) se a ordem tiver de ser criada entre as possibilidades disponíveis, nesse caso elas terão que ser ordenadas; 2) se tiverem que ser ordenadas, então são necessários critérios; 3) os critérios são fornecidos pelos marcadores-somáticos, que exprimem, a qualquer momento, as preferências cumulativas que recebemos adquirimos.
  12. 12.  Retirada da pressão
  13. 13. “De acordo com esta lógica, a ação de um jogador influencia a dinâmica do sistema e portanto, nas intenções e decisões dos demais” GOMES, M. Tomada de decisão individual não é circunscrita apenas ao indivíduo em que a executa, pois tem repercussões no contexto onde se inscreve.
  14. 14. Desafio – Contagem de Passes https://www.youtube.com/watch?v=vJG698U2Mvo
  15. 15. https://www.youtube.com/watch?v=_kBdwTfNwIU
  16. 16. • Espaço de Jogo Meio Campo • Objetivos Essenciais 1. Criar e Fechar Linhas de Passe 2. Ataque ao espaço 3. Progressão 4. Centro de Jogo 5. Pivô  Apoio • Objetivos Pontuais  Atividade 1 - As equipes pontuam quando: - Realizar 2 passes de primeira com jogadores diferentes (5 vs 5 + 2 Coringas)  Atividade 2 - As equipes pontuam quando: - Invadir a zona azul (1 ponto) - Há impedimento na zona azul - Defesa não entra na zona azul Dens Vel C. Cog Tarefa AT1 PC AT2 PE AT2 Tarefa AT2 PPri AT2 Tempo +++++ ++++ ++++ E1 => 51 / E2 => 44 E3 => 18 / E4 => 12 168 65 38 32 AT1 3 x 4’ AT2 6 x 4’
  17. 17. • Espaço de Jogo Meio Campo • Objetivos Essenciais 1. Criar e Fechar Linhas de Passe 2. Ataque ao espaço 3. Progressão 4. Centro de Jogo 5. Pivô  Apoio • Objetivos Pontuais  Atividade 1 - A cada sequência de 10 passes a equipe faz 1 ponto (os coringas jogam pra equipe em posse de bola)  Atividade 2 - As equipes pontuam quando: - Invadir a zona azul (1 ponto) - Há impedimento na zona azul - Defesa não entra na zona azul Dens Vel C. Cog NP AT1 NP AT2 Tempo +++++ ++++ ++++ C => 678 (81,1%) E => 158 (18,9%) C => 297 AT1 4 x 4’ AT2 12 x 4’
  18. 18. G • Espaço de Jogo Nos espaços determinados • Objetivos Essenciais 1. Relação com bola 2. Soluções técnicas 3. Finalização 4. Proteção do gol • Objetivos Pontuais  Atividade 1 - Manutenção da posse de bola utilizando o lado não dominante  Atividade 2 - Sincronismo <<Pivô + Apoio + Bola em Profundidade + Cruzamento + Finalização>> / G + 4 vs 6  Atividade 3 - G + 1 vs 1 com Finalização (Frontal e Diagonal) 2 3 1 G Dens Vel C. Cog NPC NPE Tempo ++ +++ +++ 295 (78,0%) 83 (22,0%) 3 x 8’
  19. 19. • Espaço de Jogo Dentro do espaço tracejado • Objetivos Essenciais 1. Desenvolvimento Técnico 2. Passe acelerado 3. Circulação da bola 4. Criação de zonas de pressão • Regras  Atividade 1 - As equipes pontuam quando: - Realizar 5 passes acelerados sem perder a posse da bola  Atividade 2 - As equipes pontuam quando: - Trocar a bola em posse de um quadrante para outro Dens Vel C. Cog NP AT1 Tarefa AT1 NP AT2 Tarefa AT2 Tempo +++++ +++++ ++++ PC => 227 (70,0%) PE => 97 (30,0%) PCh => 87 (26,8%) PC => 410 (81,0%) PE => 96 (19,0%) BL1 => 169 (33,3%) BL2 => 188 (37,1%) AT1 => 6 x 4’ AT2 => 12 x 4’
  20. 20. • Espaço de Jogo Dentro do espaço tracejado • Objetivos Essenciais 1. Desenvolvimento Técnico 2. Pressão na bola 3. Circulação da bola 4. Apoios / Triangulações • Regras  Atividade 1 - As equipes pontuam quando: - Realizar mais passes certos em relação ao adversário (7 vs 7 + 2 Coringas)  Atividade 2 - As equipes pontuam quando: - Realizar 2 passes de primeira com jogadores diferentes (7 vs 7 + 2 Coringas) Dens Vel C. Cog NPC AT1 NPE AT1 NPC AT2 Tarefa AT2 Tempo +++++ +++++ ++++ Equipe 1 => 176 (82,6%) Equipe 2 => 178 (81,6%) Equipe 1 => 37 (17,4%) Equipe 2 => 40 (18,4%) Equipe 1 => 183 (71,2%) Equipe 2 => 204 (73,1%) Equipe 1 => 74 (28,8%) Equipe 2 => 75 (26,9%) AT1 => 4 x 4’ AT2 => 4 x 4’
  21. 21. • Espaço de Jogo Dentro dos mini campos • Objetivos Essenciais 1. Jogar de frente 2. Finalização 3. Pressão na Bola • Regras  Atividade 1 - Depois de passes horizontais, o jogador deve realizar uma corrida pra frente (+ ou – menos 5 metros)  Atividade 2 - Ataque a bola na área (atacantes, meias e zagueiros) e Cruzamentos (laterais) G G 2 3 1 G Dens Vel C. Cog Passes Certos FIN Bloco 1 FIN Bloco 2 Tempo +++++ +++++ +++ BL1 => 235 BL2 => 90 116 (3,6 por min) 64 (4 por min) BL1 8 x 4’ BL2 4 x 4’
  22. 22. G • Espaço de Jogo Campo todo • Objetivos Essenciais 1. 1-4-1-4-1 (1-4-1-2-3) + 1-4-4-2 (linha) 2. Linha 2 3. Organização das transições 4. Pressão na bola 5. Manutenção da posse • Objetivos Pontuais  Atividade - 10 passes em sequência (1 ponto) - Gol (5 pontos)  Bloco 1: Time 1 0 vs 5 Time 2  Bloco 2: Time 1 3 vs 1 Time 2G Dens Vel C. Cog Bloco 1 - Time 1 Bloco 1 – Time 2 Bloco 2 - Time 1 Bloco 2 – Time 2 Tempo ++++ ++++ ++++ C => 223 (82,9%) E => 46 (17,1%) C => 228 (82,9%) E => 47 (17,1%) C => 224 (90,3%) E => 24 (9,7%) C => 216 (86,4%) E => 34 (13,6%) 2 x 40’
  23. 23. G • Espaço de Jogo Campo todo • Objetivos Essenciais 1. 1-4-1-4-1 (1-4-1-2-3) + 1-4-4-2 (linha) 2. Linha 2 3. Organização das transições 4. Pressão na bola 5. Manutenção da posse • Objetivos Pontuais  Atividade - 10 passes em sequência (1 ponto) - Gol (5 pontos)  Bloco 1: Time 1 1 vs 0 Time 2  Bloco 2: Time 1 1 vs 1 Time 2G Dens Vel C. Cog Bloco 1 - Time 1 Bloco 2 - Time 1 Passe Vertical Passe Horizontal BL1 Tarefa BL2 Tarefa Tempo ++++ ++++ ++++ C => 355 (84,9%) E => 63 (15,1%) C => 257 (79,0%) E => 68 (21,0%) BL1 => 209 BL2 => 150 BL1 => 144 BL2 => 109 E1 => 8 E2 => 2 E1 => 5 E2 => 5 2 x 30’
  24. 24. • Espaço de Jogo Entre as linhas • Objetivos Essenciais 1. 1-4-4-2 (linha) / 1-4-1-4-1 2. Saída de Bola 3. Mobilidade 4. Progressão da Bola • Regras  Atividade - As equipes pontuam quando conseguirem realizar 7 passes sem perder a posse de bola - As equipes pontuam quando conseguirem receber a bola na linha tracejada da defesa adversária Dens Vel C. Cog NPC NPE NPV NPH Tempo ++++ ++++ +++ 636 (85,4%) 108 (14,6%) 344 (57,6%) 253 (42,4%) 2 x 25’
  25. 25. G • Espaço de Jogo Campo todo • Objetivos Essenciais 1. 1-4-1-4-1 (pressão na linha 2) 2. 1-4-4-2 (linha / pressão na linha 2) • Objetivos Pontuais  Atividade - Jogo Treino 5 vs 0 Seleção Rio Preto (SUB-20) G Dens Vel C. Cog Bloco 1 - Passes Bloco 2 - Passes Tempo ++++ ++++ ++++ C => 152 (85,3%) E => 26 (14,7%) C => 190 (93,5%) E => 13 (6,5%) 2 x 40’
  26. 26. G • Espaço de Jogo Campo todo • Objetivos Essenciais 1. 1-4-1-4-1 (pressão na linha 2) 2. 1-4-4-2 (linha / pressão na linha 2) • Objetivos Pontuais  Atividade - Jogo Treino 2 vs 0 Botafogo-SP (SUB-20) G Dens Vel C. Cog Bloco 1 - Passes Bloco 2 - Passes Tempo ++++ ++++ ++++ C => 95 (80,5%) E => 23 (19,5%) C => 92 (82,1%) E => 20 (17,9%) 2 x 40’
  27. 27. Significado de Preleção 1. s.f. Lição; discurso didático e educativo antes da realização de uma tarefa: o técnico sempre faz uma preleção antes do jogo. 2. Exposição de um conteúdo cujo propósito é meramente didático. 3. Exposição pública de uma matéria, geralmente num auditório, conferência. (Etm. do latim: praelectio.onis)

×