Por: Victor Bianchi
• XVI – álcool consumido pelos escravos com o principio de acalmar.
• XVI – já no fim do século começa a produção em alamb...
• Feita de cana de açúcar, planta da família das gramíneas, originária da Ásia.
• Água.
• 1º passo – plantação nos meses de junho a dezembro e sua colheita 12 meses após o plantio –
melhor quantidade de açúcar....
• É uma bebida mista, pois pode ser envelhecida ou não.
• É DOC.
• Sabor, aroma, cor e oleosidade influenciados pela madei...
• Observar se não há resíduos.
• Sentir o aroma vindo da cana e da madeira.
• Observar a “lágrima” no copo, para ver sua o...
• O rum surgiu no Caribe.
• Primo da cachaça.
• Usado por piratas para como moeda de troca e para aguentar as longas horas...
• Cana de açúcar (feito do melaço da cana).
• Água.
• Obtida pela fermentação (agrícola ou industrial) e destilação do melaço.
• Ao sair do alambique ele é cristalino , fica ...
• De 38 a 40% de teor alcoólico.
• Acima de 1 ano de envelhecimento – Añeho.
• Rum branco até 6 meses em barris.
• Bebida ...
• Observar se não há resíduos.
• Sentir o aroma vindo da cana e da madeira.
• Observar a “lágrima” no copo, para ver sua o...
• Rum de Barbados – leve de sabor acentuado.
• Rum da Jamaica – o mais forte de todos, teor de 75%.
• Rum cubano – rum lev...
• O fermento usado.
• Processo de fabricação.
• Usam barricas de carvalho americano, já a cachaça o carvalho brasileiro.
• Caipirinha
• Mojito
• Daiquiri
• Cuba libre
• Pina colada
YURILATUCHA 7
YURILATUCHA 7
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

YURILATUCHA 7

304 visualizações

Publicada em

YURILATUCHA

Publicada em: Alimentos
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

YURILATUCHA 7

  1. 1. Por: Victor Bianchi
  2. 2. • XVI – álcool consumido pelos escravos com o principio de acalmar. • XVI – já no fim do século começa a produção em alambiques de barro e em seguida nos de cobre. • XVII – aprimoramento da produção, uso como moeda de troca. • 1635 – pelo não consumo da bagaceira, Portugal incentiva a proibição da produção de cachaça. Devido ao boicote do vinho, Portugal autoriza a produção mas coloca uma taxa sobre o produto. • XIX – aprimoramento da produção, grande consumo até a metade do século, surgimento do quentão. Já na segunda metade com a abolição da escravatura ocorreu um declínio da cachaça. • XX – com a ajuda da Semana de Arte Moderna, a cachaça volta ao senário mundial, como a bebida brasileira. • XXI – A cachaça ganha seu DOC (Denominação de Origem Controlada), só sendo cachaça o destilado de cana produzido no Brasil.
  3. 3. • Feita de cana de açúcar, planta da família das gramíneas, originária da Ásia. • Água.
  4. 4. • 1º passo – plantação nos meses de junho a dezembro e sua colheita 12 meses após o plantio – melhor quantidade de açúcar. • 2º passo – moagem da cana e fermentação. Artesanal = forma espontânea; Caipira = uso de farelos; industrial = induzido com agentes biológicos. • 3º passo – destilação do líquido, descartando a primeira parte por ser muito forte e tóxico. Aqui a graduação alcoólica esta em 57%, • 4º - engarrafamento para as cachaças brancas ou envelhecimento para as envelhecidas, essas vão para tonéis de madeira para adquirir cor e sabor específico. • As madeiras mais usadas são: Carvalho*, Bálsamo, Umburana, Jatobá, Cerejeira, Ipê, jequitibá, etc. o tipo de madeira e tempo de descanso é o que irá dar a característica da cachaça.
  5. 5. • É uma bebida mista, pois pode ser envelhecida ou não. • É DOC. • Sabor, aroma, cor e oleosidade influenciados pela madeira. • 38 a 48% de teor alcoólico. • Para ser considerada envelhecida no Brasil deve-se ficar 1 ano na barrica.
  6. 6. • Observar se não há resíduos. • Sentir o aroma vindo da cana e da madeira. • Observar a “lágrima” no copo, para ver sua oleosidade. • Degustar e tentar definir o paladar. • Tentar sentir o retro gosto da bebida.
  7. 7. • O rum surgiu no Caribe. • Primo da cachaça. • Usado por piratas para como moeda de troca e para aguentar as longas horas de viajem. • No século XVIII o rum já era muito consumido nos EUA. • Inglaterra passa a ser grande produtora no séc. XVIII, porém com a lei seca essa produção cai no mundo todo. • Voltando nos anos 60 com a família Bacardi.
  8. 8. • Cana de açúcar (feito do melaço da cana). • Água.
  9. 9. • Obtida pela fermentação (agrícola ou industrial) e destilação do melaço. • Ao sair do alambique ele é cristalino , fica com uma cor dourada através de descanso em barris de carvalho ou pela adição de corante caramelo. • Destilação continua ou tradicional. Continua = mais leve; tradicional = mais pesado. • Engarrafamento com o blend da bebida. • Para se chegar a um rum premium pode levar até 20 anos.
  10. 10. • De 38 a 40% de teor alcoólico. • Acima de 1 ano de envelhecimento – Añeho. • Rum branco até 6 meses em barris. • Bebida mista.
  11. 11. • Observar se não há resíduos. • Sentir o aroma vindo da cana e da madeira. • Observar a “lágrima” no copo, para ver sua oleosidade. • Degustar e tentar definir o paladar. • Tentar sentir o retro gosto da bebida.
  12. 12. • Rum de Barbados – leve de sabor acentuado. • Rum da Jamaica – o mais forte de todos, teor de 75%. • Rum cubano – rum leve, com teor de 40%. • Rum de Porto Rico – mais famoso, leve, de boa qualidade, marca mais famosa é a Bacardi.
  13. 13. • O fermento usado. • Processo de fabricação. • Usam barricas de carvalho americano, já a cachaça o carvalho brasileiro.
  14. 14. • Caipirinha • Mojito • Daiquiri • Cuba libre • Pina colada

×