Imunofluorescencia

17.231 visualizações

Publicada em

Conceitos Basicos de Imunofluorescencia.

2 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
443
Comentários
2
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imunofluorescencia

  1. 1. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Instituto de Biociências Disciplina: DidáticaImunofluorescência Trabalho final realizado por Yuli Maia e Natalia Romeiro como forma de avaliação para conclusão da disciplina sob coordenação de Rachel Colacique. Atualizado em Outubro de 2012.
  2. 2. Imunofluorescência é uma técnica que permite a detecção ou localização de antígenos em tecidos ou células a partir de uma marcação com anticorpos conjugados a uma molécula fluorescente.
  3. 3. Antígeno – É qualquer molécula que induza uma resposta imunológica.Anticorpo – É a resposta gerada pelo sistema imunológico para combater ou neutralizar os antígenos. Google imagens
  4. 4. Os anticorpos se ligam especificamente ao antígeno como em um sistema de chave e fechadura, ou seja, jamais um anticorpo se ligará erroneamente a um antígeno.Entretanto os anticorpos não são visíveis, por isso é necessário marca-los de alguma forma, nessa técnica marcaremos os anticorpos com moléculas fluorescentes que são denominadas de fluorocromos.
  5. 5. Fluorocromos – São moléculas que possuem a capacidade de absorver a energia proveniente de uma luz ultravioleta e emitir parte dessa energia em forma de luz em um comprimento de onda visível aos olhos. Esse fenômeno é denominado de fluorescência.A visualização dessa reação é feita em um microscópio de fluorescência.
  6. 6. Microscópio de fluorescência – É um tipo de microscópio capaz de energizar a amostra, que está marcada com anticorpos conjugados a moléculas fluorescentes, e de captar a luz emitida pela a amostra, tornando assim o resultado visível aos olhos. Google imagens
  7. 7. Existem dois tipos de imunofluorescência.Imunofluorescência direta e Imunofluorescência indireta
  8. 8. Imunofluorescência Direta Fluorocromo Anticorpo primário Antígeno LâminaÉ colocado apenas um anticorpo e esseé conjugado ao fluorocromo, ou seja, oantígeno é detectado diretamente peloanticorpo primário.
  9. 9. Imunofluorescência Indireta Fluorocromo Anticorpo secundário Anticorpo primário Antígeno Lâmina Nessa modalidade de imunofluorescência, além do anticorpo primário é colocado um anticorpo secundário, e esse secundário anticorpo está conjugado a um fluorocromo, ou seja, o antígeno é detectado indiretamente.
  10. 10. Aplicabilidade da técnica Tem relevância no diagnostico de doenças humanas e veterinárias, e no campo da pesquisa para a detecção de microorganismos e moléculas em diversos materiais. Também pode ser usada na fenotipagem de células tumorais.
  11. 11. Vantagens da técnica Desvantagens da técnica Especificidade • Alto custo do microscópio de Sensibilidade fluorescência Reprodutibilidade • Técnica realizada manualmente, Simples padronização aumentando a chance de erro Detecção e localização de • Subjetividade na leitura do antígenos intra e extracelulares resultado
  12. 12. Imagem de células marcadas por Imunofluorescencia Google imagens
  13. 13. Obrigada! Google imagensImagem de imunofluorescência de células-tronco

×