Nutrição na Hipertensão Arterial

3.510 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado ao curso de NUTRIÇÃO E DIETÉTICA

  • Seja o primeiro a comentar

Nutrição na Hipertensão Arterial

  1. 1. O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL OU PRESSÃO ALTA?
  2. 2. H ip e r te n sã o A r te r ia l o u P r e ssã o A lta é q u a n d o a p re ssã o q u e o sa n g u e fa z n a p a r e d e d a s a r té r ia s, p a r a e le s e m o v i m e n t a r, é m u i t o fo r te , fic a n d o a c im a d o s lim ite s n o r m a is. E x p lic a r e i: M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  3. 3. O sa n g u e c ir c u la p e lo c o r p o h u m a n o g r a ç a s a o e fe ito im p u lso r d o c o r a ç ã o ... ...Q u e a tu a co m o se fo sse u m a b o m b a . M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  4. 4. O coração trabalha em dois tempos Quando se dilata (diástole) enche-se de sangue DIÁSTOLE Quando se contrai (sístole) expulsa o sangue SÍSTOLE Graças a esses movimentos de contração e dilatação o sangue circula permanentemente pelos vasos sangüíneos (artérias e veias).
  5. 5. CLASSIFICAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL Classificação Normal PS mmHg PD mmHg <120 e <80 Pré-hipertensão 120–139 ou 80–89 Hipertensão Estágio 1 140–159 ou 90–99 Hipertensão Estágio 2 >160 ou >100
  6. 6. Os níveis pressóricos considerados ÓTIMOS são 120/80 mmHg
  7. 7. RELÓGIO PÊRA VÁLVULA ESTETOSCÓPIO MANGUITO
  8. 8. ALGUNS CUIDADOS NA MEDIDA DA PRESSÃO ARTERIAL   Não beber café ou fumar cigarro 30 minutos antes de ter a pressão medida Ir ao banheiro antes da verificação. Uma bexiga cheia pode alterar a leitura de sua pressão arterial Antes do teste, ficar sentado por, pelo menos, 5 minutos, com as costas encostadas confortavelmente na cadeira, pés soltos no chão e braço estendido sobre uma mesa     Vestir algo com mangas curtas de maneira que o braço fique descoberto Fazer, pelo menos duas leituras, com intervalo de dois minutos ou mais e considere a média dos resultados Fornecer o resultado da medida da pressão em números
  9. 9. QUAL A CAUSA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL OU PRESSÃO ALTA?
  10. 10. Cerca de 90% dos causas de hipertensão arterial são de causa desconhecida. Fonte: Dr. Drauzio Varella
  11. 11. FATORES NÃO MODIFICÁVEIS HEREDITARIEDADE Algumas pessoas herdam a predisposição à hipertensão arterial, que pode apresentar-se em vários membros de uma família. RAÇA IDADE O envelhecimento A hipertensão é aumenta o risco da mais comum em hipertensão arterial pessoas da raça em ambos os sexos. negra
  12. 12. FATORES MODIFICÁVEIS OBESIDADE É um fator de risco para hipertensão arterial
  13. 13. FATORES MODIFICÁVEIS
  14. 14. FATORES MODIFICÁVEIS
  15. 15. FATORES MODIFICÁVEIS ESTRESSE Excesso de trabalho, angústia, preocupações e ansiedade, podem ser responsáveis pela elevação da pressão arterial.
  16. 16. M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  17. 17. Por que é importante fazer o diagnóstico precoce e o tratamento adequado da hipertensão arterial ou pressão alta?
  18. 18. CONSEQUÊNCIAS DA PRESSÃO ALTA Derrame Cerebral Desgaste acelerado no coração por Doenças no Coração (infarto, insuficiência cardíaca e arritmias) Dano sério nos rins Diminuição da visão por lesões na retina Lesão nas artérias
  19. 19. CONSEQUÊNCIA DA PRESSÃO ALTA “Artéria entupida.“ Artéria normal Artéria com aterosclerose
  20. 20. C O N S E Q U Ê N C IA D A P R E S S Ã O A LTA “ D a n o sé r io n o s rin s.“ M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  21. 21. C O N S E Q U Ê N C IA D A P R E S S Ã O A LTA “A u m e n ta o r isc o d e d e r r a m e “ M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  22. 22. Como tratar?
  23. 23. Bem, primeiro, para o indivíduo saber se é hipertenso, basta medir sua pressão arterial Após confirmado o aumento da pressão arterial: você é hipertenso. Vamos ao tratamento!
  24. 24. Como pode ser o tratamento? Não medicamentoso ou mudanças no estilo de vida Medicamentoso
  25. 25. Sendo hipertenso, com um tratamento adequado, pode-se controlar a pressão arterial levando o paciente a ter uma vida absolutamente normal. Esse tratamento poderá estender-se por toda a vida. Nos casos em que o indivíduo não possa curar-se.
  26. 26. PRACOMEÇAR: Fuja do sal. SEGUNDO: Reduza a ingestão de alimentos com muitas calorias e diminuam os alimentos ricos em gordura animal.
  27. 27. TERCEIRO: Prefira alimentos frescos. E que tenham pouco sal. QUARTO: Relaxe! Muitas pessoas conseguem controlar sua pressão apenas com alimentação apropriada.
  28. 28. Permita-me agora, demonstrar o que seria uma dieta para hipertensão arterial. ALIMENTOS R ECOMENDADOS - Frutas frescas e sucos - Verduras frescas - Aves - Pescados - Carnes magras - Cereais
  29. 29. A LIM E N TO S N - Ã O R ECO M EN D A D O S F r itu r a s C r e m e d e le ite M a io n e se F r io s E m b u tid o s (s a lsic h a , lin g u iç a , p r e su n to , m o r ta d e la , sa la m e , c o p a , e tc .) - Banha - E n la ta d o s M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  30. 30. D e v e - se p a r a r to ta lm e n te d e u sa r b e b id a a lc o ó lic a . M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  31. 31. N o te b e m , o s e x e r c íc io s f ís ic o s d e v e m se r o r ie n ta d o s p e lo m é d ic o p a r a q u e n ã o s e ja m p r e ju d ic ia is. M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s E x e r c íc io s q u e e x ija m g r a n d e s e s fo r ç o s fís ic o s n ã o s ã o re co m e n d a d o s.
  32. 32. PRATIQUE Caminhada pelo bairro
  33. 33. Po r si só , e le s n ã o d im in u e m a te n sã o a r te r ia l, m a s c o n tr ib u e m p a r a r e d u z ir o e xce sso d e p e so . C o n se rva r o b o m e sta d o d o co ra çã o e a r té r ia s, a liv ia r o e stre ss e fa v o re c e r o r e la x a m e n to . M IN IS T É R IO D A S A Ú D E C o o r d e n a ç ã o d e D o e n ç a s C r ô n ic o - D e g e n e r a t iv a s
  34. 34. ghhhh hhhhh hhhhh
  35. 35. É fundamental no tratamento seguir todas as orientações médicas e de toda a equipe de saúde envolvida com o tratamento Não perder as consultas agendadas Não interromper o tratamento Considerar sempre o médico e todos os integrantes da equipe de saúde, pessoas amigas e que estão preocupadas com sua saúde e qualidade de vida.
  36. 36. LEMBRE-SE:  HIPERTENSÃO ARTERIAL NÃO TEM CURA, MAS TEM CONTROLE !  NÃO ABANDONE O TRATAMENTO !
  37. 37. MUITO OBRIGADO ! Yorana Mendes n° 20 Nutrição e Dietética

×