Teoria da interactividade

1.722 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria da interactividade

  1. 1. Trabalho realizado por:Carlos Barbosa 12ºD Nº7Pedro Barbosa 12ºD Nº 21Rodolfo Monteiro 12ºD Nº 25 1
  2. 2.  Com o nosso trabalho pretendemos clarificar alguns termos sobre a teoria da interactividade. Iremos abordar temas como a interface gráfica GUI, da Interface Homem-Máquina, da Interactividade e Realidade Virtual. 2
  3. 3. → Interface Gráfica ( GUI ) → Interface Homem-Máquina  O que é?  O que é?  Componentes  Importância  A sua evolução  Cronologia → Realidade Virtual  Conceito→ Interactividade  História  Definição  Tipos  Características  Aplicações /Dispositivos  Tipos / Níveis  Características  Vantagens 3
  4. 4. É a interface doprograma que tira proveito dosrecursos gráficos docomputador para tornar oprograma mais fácil de usar.  As interfaces gráficas de usuário, tais como o Microsoft Windows e o Macintosh da Apple, apresentam os seguintes componentes básicos: 4
  5. 5.  Pointer Pointing Device Icons Desktop Windows Menus 5
  6. 6.  A primeira interface gráfica foi projectada por Palo Xerox Corporation Alto Research Center na década de 1970. Contudo foi nos anos 80 com o surgimento do Macintosh da Apple que as interfaces gráficas de usuário se tornaram populares. 6
  7. 7. É o conjunto de características com o qual os utilizadores interagem com as máquinas, dispositivos, programas de computador ou alguma outra ferramenta complexa É o canal de comunicaçãoentre o homem e ocomputador, através do qualinteragem, visando atingirum objetivo comum. 7
  8. 8.  Diminui erros Maior interação e entendimento do usuário Cativam curiosidade e interesse do usuário Maior aceitação 8
  9. 9. SEGUNDA GERAÇÃO: 1960-1964 9
  10. 10. QUARTA GERAÇÃO: 1971 –Actualmente 10
  11. 11. É uma forma de as pessoas visualizarem,manipularem, interagirem comcomputadores e dados, de elevadacomplexidade. 11
  12. 12. 1970 2000 2010 1950 1960 1980 1990 1950 – Primeiros simuladores de voos1956 – Iniciação do programa “Sensorama”1960 – Inicio do desenvolvimento do projecto “HeadMounted Display”1975 – É criado o sistema “VideoPlace” que permitiriaa interacção virtual entre os utilizadores. 12
  13. 13. Consoante a interactividade proporcionada Imersiva Não Imersiva Baseada no uso de  Consiste no uso de monitorescapacetes ou salas deprojecção 13
  14. 14.  Cinema  Simulação de Ambientes  Medicina Arquitectura  Aeronáutica 14
  15. 15.  HMD’s (Head Mounted Displays)  AMD’s (Arm Mounted Displays) Scanner 3D  Ratos 3D 15
  16. 16.  Produção em grandes quantidades Grande qualidade Pode consistir em diferentes tipos de máquina para diferentes tarefas Cada célula possui o seu controlador local e podem ser controlados separadamente 16
  17. 17.  Visualização de Alta Fidelidade (ambientes virtuais em 3D) Presenças virtuais em lugares perigosos, na linha de montagem Possibilidade de simular e testar os produtos antes da sua produção 17
  18. 18.  Ser interactivo significa tercapacidade para fornecerinformação como resultado daintrodução de dados, numprocesso resultante de modos dere-alimentação sustentáveis ealgo imprevisíveis.  A interacção é o modo normal de enfrentar a maioria das ocorrências do nosso quotidiano. 18
  19. 19. → Comunicação→ Feedback→ Controlo e resposta→ Tempo de resposta→ Adaptabilidade→ Co-criatividade 19
  20. 20.  Linear  Reflexiva De suporte  De hiperligação Hierárquica  De actualização Sobre objectos  Construtiva 20
  21. 21.  Baixa: O utilizador não se sente como parte do ambiente virtual, mas alguns dos seus sentidos estão a ser utilizados  Média: Apenas alguns sentidos do utilizador estão a ser utilizados e exercem um controlo limitado sobre o desenrolar da acção num ambiente virtual. Elevada: O utilizador está completamente imerso num ambiente virtual, onde são estimulados todos os seus sentidos. 21
  22. 22.  http://jovensinteractivos.blogspot.com/2009/09/caracteristicas-ou-componentes-da.html http://teodainteractividade.blogspot.com/2009/09/caracteristicas-ou-componentes-da.html http://www.baddesigns.com/ http://www.apergo.pt/http://www.webopedia.com/TERM/G/Graphical_User_Interface_GUI.html http://www.webopedia.com/TERM/V/virtual_reality.html http://teodainteractividade.blogspot.com/2009/09/niveis-e-tipos-de-interactividade.html 22
  23. 23. 23

×