O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Cuidados odontológicos com gestantes

2.144 visualizações

Publicada em

Slide básico sobre cuidados odontológicos com gestantes.

Publicada em: Economia e finanças
  • Seja o primeiro a comentar

Cuidados odontológicos com gestantes

  1. 1. Trabalho para aquisição de conhecimento apresentado no Curso Técnico em Saúde Bucal da escola técnica Nova Biotec, pelas alunas Yasmim Zarur e Elisa Pereira sob a supervisão do Professor Eduardo Gomes.
  2. 2. • Consequências com a Saúde Bucal • Odontologia na Gestação
  3. 3. Consequências com a Saúde Bucal Os estudos revelam que um grande número de mulheres tem gengivite durante a gravidez, com acúmulo de placa bacteriana que se deposita nos dentes irritando a gengiva. Mantendo seus dentes sempre limpos, especialmente na região do colo dentário, área em que a gengiva e os dentes se encontram, você pode reduzir significativamente ou até evitar a gengivite durante a gravidez. Uma higiene bucal adequada, o uso diário do fio dental, uma alimentação equilibrada e visitas periódicas ao dentista são medidas que ajudam a reduzir os problemas dentários que acompanham a gestação. O melhor conselho que se pode dar a uma mulher que está pensando em engravidar é ir ao dentista e resolver todos os problemas bucais, antes de ficar grávida.
  4. 4. Odontologia na Gestação Na gestação o organismo feminino sofre alterações que podem levar ao aparecimento ou agravamento de problemas dentários. É importante que a gestação tenha uma boa escovação, uma dieta adequada e acompanhamento odontológico para prevenir outros problemas com o bebê e com ela própria. Esclarecemos a seguir algumas duvidas sobre odontologia na gestação:
  5. 5.  Atendimento: Em qualquer idade gestacional, ela poderá ser atendida, embora o segundo trimestre seja o momento mais oportuno, porque, nessa fase ela se encontra num período de maior estabilidade.  Anestesia local: Não existe risco com anestesia local desde que o dentista conheça o efeito dos anestésicos e as alterações que ocorrem durante a gravidez. As gestantes podem apresentar uma elevação da pressão arterial e isso deve ser levado em conta. O dentista, juntamente com o ginecologista, devera escolher o anestésico apropriado.  Radiografia: No primeiro trimestre (período da embriogênese), as radiografias devem ser evitadas. No caso tomadas radiográficas serem imprescindíveis, o avental de chumbo deverá ser utilizado em qualquer fase gestacional.
  6. 6.  Gengivite: A gravidez também não causa inflamação na gengiva. Apesar de haver uma maior vascularização do periodonto, a gravidez só afeta áreas inflamadas e, não, a gengiva sadia. Mais uma vez: é a presença da placa bacteriana que causa a gengivite.  Cuidados: Os cuidados são os mesmos de uma mulher não grávida: limpeza diária dos dentes com uso adequado da escova e fio/fita dental. A qualidade dessa limpeza é mais importante do que a frequência.  Flúor: O fato de a gestante tomar flúor durante a gestação não significa que o bebê terá menos cárie. Ele é mais importante depois da erupção dos dentes, que se inicia mais ou menos aos 6 meses de idade.
  7. 7. Referências Bibliográficas  http://www.colgate.com.br/app/CP/BR/OC/Informati on/Articles/Oral-and-Dental-Health-at-Any- Age/Adults/Oral-Health-and- Pregnancy/article/Pregnancy-Prenatal-Care-and- Oral-Health.cvsp  http://www.oralvitallis.com.br/ler-noticia.php?id=26

×