Cuidados odontológicos com gestantes

1.673 visualizações

Publicada em

Slide básico sobre cuidados odontológicos com gestantes.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cuidados odontológicos com gestantes

  1. 1. Trabalho para aquisição de conhecimento apresentado no Curso Técnico em Saúde Bucal da escola técnica Nova Biotec, pelas alunas Yasmim Zarur e Elisa Pereira sob a supervisão do Professor Eduardo Gomes.
  2. 2. • Consequências com a Saúde Bucal • Odontologia na Gestação
  3. 3. Consequências com a Saúde Bucal Os estudos revelam que um grande número de mulheres tem gengivite durante a gravidez, com acúmulo de placa bacteriana que se deposita nos dentes irritando a gengiva. Mantendo seus dentes sempre limpos, especialmente na região do colo dentário, área em que a gengiva e os dentes se encontram, você pode reduzir significativamente ou até evitar a gengivite durante a gravidez. Uma higiene bucal adequada, o uso diário do fio dental, uma alimentação equilibrada e visitas periódicas ao dentista são medidas que ajudam a reduzir os problemas dentários que acompanham a gestação. O melhor conselho que se pode dar a uma mulher que está pensando em engravidar é ir ao dentista e resolver todos os problemas bucais, antes de ficar grávida.
  4. 4. Odontologia na Gestação Na gestação o organismo feminino sofre alterações que podem levar ao aparecimento ou agravamento de problemas dentários. É importante que a gestação tenha uma boa escovação, uma dieta adequada e acompanhamento odontológico para prevenir outros problemas com o bebê e com ela própria. Esclarecemos a seguir algumas duvidas sobre odontologia na gestação:
  5. 5.  Atendimento: Em qualquer idade gestacional, ela poderá ser atendida, embora o segundo trimestre seja o momento mais oportuno, porque, nessa fase ela se encontra num período de maior estabilidade.  Anestesia local: Não existe risco com anestesia local desde que o dentista conheça o efeito dos anestésicos e as alterações que ocorrem durante a gravidez. As gestantes podem apresentar uma elevação da pressão arterial e isso deve ser levado em conta. O dentista, juntamente com o ginecologista, devera escolher o anestésico apropriado.  Radiografia: No primeiro trimestre (período da embriogênese), as radiografias devem ser evitadas. No caso tomadas radiográficas serem imprescindíveis, o avental de chumbo deverá ser utilizado em qualquer fase gestacional.
  6. 6.  Gengivite: A gravidez também não causa inflamação na gengiva. Apesar de haver uma maior vascularização do periodonto, a gravidez só afeta áreas inflamadas e, não, a gengiva sadia. Mais uma vez: é a presença da placa bacteriana que causa a gengivite.  Cuidados: Os cuidados são os mesmos de uma mulher não grávida: limpeza diária dos dentes com uso adequado da escova e fio/fita dental. A qualidade dessa limpeza é mais importante do que a frequência.  Flúor: O fato de a gestante tomar flúor durante a gestação não significa que o bebê terá menos cárie. Ele é mais importante depois da erupção dos dentes, que se inicia mais ou menos aos 6 meses de idade.
  7. 7. Referências Bibliográficas  http://www.colgate.com.br/app/CP/BR/OC/Informati on/Articles/Oral-and-Dental-Health-at-Any- Age/Adults/Oral-Health-and- Pregnancy/article/Pregnancy-Prenatal-Care-and- Oral-Health.cvsp  http://www.oralvitallis.com.br/ler-noticia.php?id=26

×