Apresentação

4.516 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.516
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
199
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
76
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação

  1. 1. Evolução das Habitações
  2. 2. As cavernas/grutas foram utilizadas, em idades remotas, como ambiente seguro e moradia para o homem primitivo. Ao longo da Pré- História várias populações também usavam a caverna/ gruta como local de sepultamento e também para rituais religiosos.
  3. 3. Este tipo de casas são mais construídas nas zonas onde há abundância de madeira. São casas que não oferecem muita segurança e resistência, mas o seu interior é muito acolhedor. Casa de Madeira
  4. 4. Casa de Pedra
  5. 5. Este tipo de casa é o mais construído nos dias de hoje, pois adapta-se ao nosso modo de vida, ela oferece uma maior resistência as condições climatéricas, maior segurança, durabilidade e um maior conforto. O único problema é o seu custo elevado de mão-de-obra. Casa de Cimento
  6. 6. Betão armado Ferro Cimento
  7. 7. Estilo de vida correspondente ao espaço habitacional Pela casa conseguimos ter uma ideia do estilo de vida das pessoas que nela moram. A diferença na construção da casa do rico, para casa do pobre Na construção duma casa. Vem logo panejamento, Se é de rico ou de pobre Que vão fazer no momento Veja aqui meu camarada Provoca constrangimento.
  8. 8. Se a casa é de pobre, É chamada popular! É uma casa tão pequena Que mal se dar para morar, É paga em vinte anos Se o pobre fizer plano Talvez se possa quitar. A casa feita para o rico Chamaremos palacete, Outros chamam de mansão Feita após um balancete, Com dinheiro de desvios E sem nenhum desafio Pois é roubo para "cacete". A casa do pobre é feita Com produto de segunda, Madeira não vale nada E a telha é vagabunda, Na primeira enxurrada Talvez seja derrubada Deixando marca profunda. A estrutura da casa Que foi feita para o pobre, Foi simples e fragilizada E não tem nada de nobre, Apenas o necessário Para completar o cenário Pois o salário não cobre A estrutura da casa Que para o rico foi feita, Exageraram nos gastos Pois querem a coisa perfeita, Às vezes ficam indecisos E provocam prejuízos Nas finanças e na receita A casa de pobre é feita Sempre na periferia, Longe da facilidade Que aqui alguns queria, Vai depender de favores Daqueles donos e autores Dos projectos que faria A casa do rico é feita Com produtos de primeira, Madeira só usa as nobres As portas de Cerejeira, Com finos acabamentos Encontrados no momento Pago pela a roubalheira. A casa para o rico é feita Em área que tem nobreza, Longe da periferia Separado da pobreza, Com toda infra-estrutura Bem no meio da fartura Pois ele só quer moleza. Foi esse meu pensamento A respeito do assunto, Quem não gostou me desculpe Mas não 5posso chegar junto, Acredite nessa crença Pois existe diferença Até quando são defuntos. (08/12/2005) (Roberto Ribeiro)
  9. 9. Práticas de lazer nos espaços Podemos desfrutar do meio envolvente à nossa habitação Se tivermos uma casa na floresta, podemos passear por entre esta, fazer caminhadas, piqueniques… Na praia, podemos correr, nadar e praticar desportos aquáticos. Na cidade, podemos desfrutar dos espaços verdes ao redor da casa e também da piscina.
  10. 10. Arquitectura Moderna e Contemporânea
  11. 11. Arquitectura Moderna Arquitectura moderna é a designação para um conjunto de movimentos que vieram a caracterizar a arquitectura produzida durante grande parte do século XX. Um dos princípios básicos do modernismo foi o de renovar a arquitectura e rejeitar toda a arquitectura anterior, principalmente a arquitectura do século XIX. Os arquitectos aproveitaram as potencialidades dos novos materiais como o ferro, o aço, o vidro, o alumínio, e sobretudo o betão, para criar novas formas e testar todo o conjunto de experiências construtivas que caracterizam a arquitectura do século XX.
  12. 12. Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares Filho nasceu no Rio de Janeiro, Brasil a 15 de Dezembro de 1907. Considerado um dos nomes mais influentes na Arquitectura Moderna Internacional, foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado. Deram-lhe a alcunha de "arquitecto oficial", graças ao seu grande prestígio junto aos políticos . Os seus trabalhos mais conhecidos são os edifícios públicos que desenhou para a cidade de Brasília. Arquitecto Óscar Niemeyer
  13. 13. Algumas das obras de Óscar Niemeyer Ministério da Educação e Saúde: Pilhares e azulejos de Portinari. Inaugurado em 1943. Igreja São Francisco de Assis (Belo Horizonte). (Igrejinha da Pampulha). Concluída em 1943. Edifício Copan em São Paulo, cuja construção foi terminada em 1966.
  14. 14. No ano de 1960, Óscar Niemeyer concebeu um projecto para um conjunto de hotel, casino e centro de congressos no Funchal, capital da Ilha da Madeira, que acabou por ser concretizado cerca de dez anos depois e é a sua única obra construída em Portugal.
  15. 15. Arquitectura Contemporânea A arquitectura contemporânea cruza várias gerações em simultâneo que marcaram e continuam a marcar a corrente actual, desde meados do século XX até aos nossos dias. Ela teve o seu maior auge nos anos 70, quando as importantes mudanças no Mundo e na nossa relação de tempo e espaço transformaram globalmente os seres humanos. Quando se fala em arte contemporânea, não é para designar tudo o que é produzido no momento, mas sim aquilo que nos propõe um pensamento sobre a própria arte, ou uma análise crítica da prática visual. Como imagem de pensamento, esta arte interroga e atribui novos significados ao apropriar-se de imagens, não só as que fazem parte da história da arte, mas também as que existem no nosso quotidiano.
  16. 16. Arquitecto português, Eduardo Elísio Machado Souto de Moura nasceu em 1952, no Porto. Formou-se pela Escola Superior de Belas Artes do Porto. Iniciou a sua carreira no atelier de Álvaro Siza Vieira e, em 1981, recém-formado, surpreendeu a comunidade dos arquitectos, vencendo o concurso para o importante projecto do Centro Cultural da Secretaria de Estado da Cultura no Porto (1981-91) que o viria a lançar, dentro e fora de Portugal, como um dos mais importantes arquitectos da nova geração. O seu reconhecimento internacional viria a reforçar-se com a conquista do 1.º lugar no concurso para o projecto de um hotel na zona histórica de Salzburgo, Áustria (1987). Arquitecto Eduardo Elísio Machado Souto de Moura
  17. 17. Algumas das obras do Arquitecto Eduardo Elísio Machado Souto de Moura Pavilhão Serpentine Gallery em 2005, Londres Estação de metro da Trindade no Porto, 2007 Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações 1998
  18. 18. Evolução das Habitações Cavernas e Grutas Casas de Madeira Casas de Pedra Casas de Cimento Materiais industrializados Apartamentos e arranha-céus Praticas de Lazer Nossa casa de sonho Arquitectura Moderna e Contemporânea Arquitectura Moderna Óscar Niemeyer e suas Obras Arquitectura Contemporânea Arquitecto Eduardo Elísio Machado Souto de Moura
  19. 19.  http://santosesantos.informazione.com.br  http://portugal-hotels.net/hjpg/h2588.jpg http://pazemanel.blogspot.com/2009/06/evolucao-das-habitacoes.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Oscar_Niemeyer.jpg  http://wapedia.mobi/pt/Oscar_Niemeyer#3. http://pt.wikipedia.org/wiki/Eduardo_Souto_de_Moura http://www.gargantadaserpente.com/cordel/robertoribeiro/casa .shtml

×