Só tem maluco em time Scrum

948 visualizações

Publicada em

As pessoas são diferentes, isso todo mundo sabe. Mas, será que sabemos quais são os tipos de pessoas do nosso time? O que as motivam? O que as incomodam? Como reagem em grupo? Como reagem sozinhas? Como abordá-las para despertar o seu melhor engajamento?
Nesta apresentação serão vistos alguns conceitos/práticas/dinâmicas para acelerar o processo de team building, usando o compartilhamento de perfis, valores, motivadores dentro de um time.

1 comentário
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Alexandre Amorim, muito enriquecedora sua palestra no Agile Brazil 2015. Fiquei muito interessada no assunto. Obrigada !
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
948
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
1
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Só tem maluco em time Scrum

  1. 1. Complexidade, Desempenho Tempo, Energia Formação Tumulto Normalidade Desempenho Acomodação Transformação Nova Visão Estratégica Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Fase 3 Declínio
  2. 2. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Ideias  Imprecisas; ü  Visão  comum  não  desenvolvida; ü  Senso  de  propósito  não  compar8lhado; ü  Comunicação  cautelosa; ü  Baixo  nível  de  confiança; ü  Ausência  de  procedimentos; ü  Baixa  consciência  das  diferenças; ü  Baixa  Flexibilidade; ü  Potencial  de  aprendizagem  individual.
  3. 3. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Ausência  de  consenso;   ü  Conflitos  sobre  obje8vos; ü  Procura  de  um  es8lo  de  trabalho; ü  Comunicação  mais  aberta; ü  Tomada  de  consciência  das  diferenças; ü  Estabelecimento  de  prá8cas; ü  Enfrentamento  de  conflitos; ü  Potencial  de  aprendizagem  do  8me.
  4. 4. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Consenso  sobre  uma  visão; ü  Clarificação  dos  obje8vos; ü  Comunicação  aberta; ü  Fortalecimento  da  confiança; ü  Aceitação  das  lideranças; ü  Estabelecimento  de  procedimentos; ü  Aceitação  das  diferenças  de  talentos,   habilidades  e  es8los; ü  Potencial  de  aprendizagem  organizacional.
  5. 5. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Senso  de  propósito; ü  Comunicação  aberta; ü  Confiança  e  respeito  mútuo; ü  Liderança  compar8lhada; ü  Procedimentos  de    trabalho  eficazes; ü  Criação  a  par8r  das  diferenças; ü  Adaptabilidade  e  flexibilidade; ü  Aprendizagem  conQnua.
  6. 6. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Enfraquecimento  do  propósito; ü  Menor  mo8vação  pela  visão; ü  Auto  confiança  exagerada  (arrogância); ü  Choque  de  lideranças; ü  Perda  da  eficácia  dos  procedimentos; ü  Acirramento  das  diferenças  (conflitos); ü  Mudanças  presas  ao  an8go  padrão; ü  Acomodação.
  7. 7. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Mudança  de  propósito; ü  Rediscussão  da  visão  dos  obje8vos; ü  Recuperação  da  autoes8ma; ü  Desenvolvimento  de  novas  lideranças; ü  Rediscussão  dos  procedimentos; ü  Compar8lhamento  das  diferenças; ü  Renovação  da  equipe.
  8. 8. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia
  9. 9. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia Normalidade ü  Ideias  Imprecisas; ü  Visão  comum  não  desenvolvida; ü  Senso  de  propósito  não  compar8lhado; ü  Comunicação  cautelosa; ü  Baixo  nível  de  confiança; ü  Ausência  de  procedimentos; ü  Baixa  consciência  das  diferenças; ü  Baixa  Flexibilidade; ü  Potencial  de  aprendizagem  individual. Comunicação  Cautelosa  
  10. 10. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia Normalidade ü  Ideias  Imprecisas; ü  Visão  comum  não  desenvolvida; ü  Senso  de  propósito  não  compar8lhado; ü  Comunicação  cautelosa; ü  Baixo  nível  de  confiança; ü  Ausência  de  procedimentos; ü  Baixa  consciência  das  diferenças; ü  Baixa  Flexibilidade; ü  Potencial  de  aprendizagem  individual. Baixo  Nível  de  Confiança  
  11. 11. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia Normalidade ü  Ideias  Imprecisas; ü  Visão  comum  não  desenvolvida; ü  Senso  de  propósito  não  compar8lhado; ü  Comunicação  cautelosa; ü  Baixo  nível  de  confiança; ü  Ausência  de  procedimentos; ü  Baixa  consciência  das  diferenças; ü  Baixa  Flexibilidade; ü  Potencial  de  aprendizagem  individual. Baixa  Consciência  das  Diferenças  
  12. 12. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia Normalidade ü  Ideias  Imprecisas; ü  Visão  comum  não  desenvolvida; ü  Senso  de  propósito  não  compar8lhado; ü  Comunicação  cautelosa; ü  Baixo  nível  de  confiança; ü  Ausência  de  procedimentos; ü  Baixa  consciência  das  diferenças; ü  Baixa  Flexibilidade; ü  Potencial  de  aprendizagem  individual. Baixa  Flexibilidade  
  13. 13. D   I   S   C   William Moulton Marston
  14. 14. Focado  em  Tarefas   Focado  em  Pessoas   Reservado   ExtroverDdo  
  15. 15. D   Indica  como   você  lida  com   Problemas  e   Desafios   Observado  em  Pessoas:   •  Diretas   •  Decididas   •  Compe33vas   •  Orientadas  a  Resultados   0   20   40   60   80   100   D   I   S   C   Score  %  
  16. 16. I   Indica  como   você  lida  com   Pessoas  e  as   Influencia   Observado  em  Pessoas:   •  Confiantes   •  Inspiradoras   •  O3mistas   •  Populares   •  Sociáveis   •  Confia  nos  outras   0   20   40   60   80   100   D   I   S   C   Score  %  
  17. 17. S   Indica  como   você  lida  com   Mudanças  e   estabelece   seu  ritmo   Observado  em  Pessoas:   •  Agradáveis   •  Boas  Ouvintes   •  Pacientes   •  Sinceras   •  Constantes   •  Membro  de  Equipe   •  Estáveis   0   20   40   60   80   100   D   I   S   C   Score  %  
  18. 18. C   Indica  como  você   lida  com  Regras,     Procedimentos   estabelecidos   por  outros   Observado  em  Pessoas:   •  Precisas   •  Analí3cas   •  Perfeccionistas   •  Cuidadosas   •  Minuciosas   0   20   40   60   80   100   D   I   S   C   Score  %  
  19. 19. D   D  
  20. 20. D D I   I  
  21. 21. C   C   C C
  22. 22. S   S  
  23. 23. hPp://discpersonalitytesDng.com/discassess/work-­‐free/ free-­‐start.php  
  24. 24. Passo  1   Entender  a  você  mesmo   D   I   S   C  
  25. 25. Passo  2   Entender  as  outras   pessoas   D   I   S   C  
  26. 26. Passo  3   Adaptar-­‐se   D   I   S   C   0   20   40   60   80   100   D   I   S   C   Score  %  
  27. 27. D   S  
  28. 28. Dr.  William  Moulton  Marston,   também  conhecido  por  seu   pseudônimo,  Charles  Moulton.  
  29. 29. Técnica  Disney   hPp://golfinho.com.br/arDgo/a-­‐estrategia-­‐disney-­‐da-­‐pnl-­‐passo-­‐a-­‐passo.htm  
  30. 30. That  Guy,  This  Guy  
  31. 31. Clear  Trade  offs  sliders  
  32. 32. Moving  MoDvators  
  33. 33. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Senso  de  propósito; ü  Comunicação  aberta; ü  Confiança  e  respeito  mútuo; ü  Liderança  compar8lhada; ü  Procedimentos  de    trabalho  eficazes; ü  Criação  a  par8r  das  diferenças; ü  Adaptabilidade  e  flexibilidade; ü  Aprendizagem  conQnua. Criação  a  parDr  das  diferenças  
  34. 34. Plant  
  35. 35. Resource     InvesDgator  
  36. 36. Cordinator  
  37. 37. Shaper   •  Desafiador,    dinâmico,   trabalha  bem  sob   pressão   •  Modifica  o  ponto    de   equilíbrio  e    desafia  a   inércia   •  Mantém  iniciaDva  e   coragem  para  superar   obstáculos  
  38. 38. Complexidade, Desempenho Formação Desempenho Acomodação Fase 1 Inovação Fase 2 Maturação e Estabilidade Tumulto Normalidade Fase 3 Declínio Transformação Nova Visão Estratégica Tempo, Energia ü  Mudança  de  propósito; ü  Rediscussão  da  visão  dos  obje8vos; ü  Recuperação  da  autoes8ma; ü  Desenvolvimento  de  novas  lideranças; ü  Rediscussão  dos  procedimentos; ü  Compar8lhamento  das  diferenças; ü Renovação  da  equipe.
  39. 39. Monitor   Evaluator  
  40. 40. Team   Worker   •  CooperaDvo,       moderado,  percepDvo  e   diplomáDco   •  Ouve,  executa,  evita   atritos   •  Socialmente  orientado,   sensível  e  calmo  
  41. 41. Implementer  
  42. 42. Completer   Finisher   •  Cuidadoso,  consciente,   ansioso   •  Procura  por  erros  e   omissões     •  Entrega  o  trabalho  no   tempo  correto  
  43. 43. Specialist   •  Gosta  do  processo  de   aprendizagem,  por  isso,   reúne  conhecimento  e   experiência   •  Atua  em  resolver   problemas  em  áreas   chaves  
  44. 44. Liderança   CriaDvidade   Execução   Orientados   a  Ação   Orientados   a  Pessoas   Cerebrais  
  45. 45. Lembre-­‐se!   São  apenas  diferenças  
  46. 46. Contatos:     acruz@fpf.br   alexandre@connectworks.com.br     Linkedin:   hPps://br.linkedin.com/in/alexandreamorimscruz     Facebook:   hPps://www.facebook.com/xande.amorim    

×