O slideshow foi denunciado.
IntroduçãoO objetivo deste trabalho é mostrar um exemplode aula extraclasse onde, com análises desituações físicas são exp...
INSANO   A Física está presente em muitas atividades de    nosso dia, e poucas vezes associamos as    atividades com a ci...
INSANO Descrição do brinquedo e informações:        Partindo do ponto mais alto do tobogã e “Você vai viver uma das exp...
KALAFRIO O Kalafrio também é um    briquedo interessante    devido a sua forma de    “half de skate” como    mostrado na ...
KALAFRIO Kalafrio “Segure firme e solte a adrenalina! O frio na barriga é só uma parte de  toda a emoção que você vai s...
KALAFRIO   Devido a sua forma O Kalafrio apresentaria    um M.H.S o que nos daria uma movimentação    infinita se sua ene...
Modelo de “loop” vertical Explicação Iremos para efeito de simplificação considerar carrinho como uma esfera e analisar ...
Modelo de “loop” vertical Modelo real: leva em    consideração o atrito e a    energia cinética de rotação    das rodas....
Barco Viking Um brinquedo bem requisitado  nos parques de diversões é o  “Barco Viking”. È basicamente um estrutura de  ...
Barco Viking E seu período de oscilação está             Mas, T.f = 1 (1.3) ,então a freqüência de  relacionado comprime...
Considerações Finais Como podemos verificar a Física está presente em nosso cotidiano  mesmo quando estamos em momentos d...
http://diariodonordeste.globo.comhttp://www.jogosegamesdahora.com.brhttp://www.jogosegamesdahora.com.brhttp://www.rc.unesp...
A física nos parques de diversão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A física nos parques de diversão

13.343 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

A física nos parques de diversão

  1. 1. IntroduçãoO objetivo deste trabalho é mostrar um exemplode aula extraclasse onde, com análises desituações físicas são expostas em umalinguagem acessível aos estudantessecundaristas mostrando que a física está bempróxima de nosso cotidiano.
  2. 2. INSANO A Física está presente em muitas atividades de nosso dia, e poucas vezes associamos as atividades com a ciência, especialmente quando nos divertimos. Mostrar os conceitos, princípios e leis da física através de algo concreto de nosso cotidiano é sem dúvida bem mais palpável para o aprendizado. Será feita uma apresentação de alguns brinquedos de certos parques e em seguida uma análise básica de conceitos, princípios e leis da física peculiares de cada brinquedo. Comecemos pelo Beach Park, é um ótimo local para fazer análises, pois, suas estruturas nos permite retirar várias informações sobre os brinquedos e componentes da diversão no parque, as bóias por exemplo, são alternativas para se mostrar conceitos de hidrostática, os tobogãs – conservação da energia, entre outros a geometria dos brinquedos também interferem e tudo pode ser analisado. http://www.google.com.br/imgres?q=insano+water+slide&um=1&hl= en&sa=N&biw=1123&bih=597&tbm=isch&tbnid=8LdjXvYFdtESPM:&i O primeiro exemplo foi do Beach Park seu mgrefurl=http://www.beachpark.com.br/site/en/water- nome é “Insano”. park/attraction- insano.asp&docid=j6Gy4c8YqIVb3M&imgurl=http://www.beachpark .com.br/site/en/imagens_/sidebar-parque-aquatico-insano- img.jpg&w=343&h=317&ei=LzF0ULHtK6ix0QGUzYD4Dw&zoom=1&i act=rc&dur=409&sig=109921372039348741369&page=1&tbnh=125&tbn w=139&start=0&ndsp=18&ved=1t:429,r:0,s:0,i:71&tx=27&ty=45
  3. 3. INSANO Descrição do brinquedo e informações:  Partindo do ponto mais alto do tobogã e “Você vai viver uma das experiências adimitindo que a pessoa parta do mais radicais da sua vida. repouso pelo princípio da conservação O Insano é o mais alto toboágua do da energia temos: mundo com 41 metros de altura, recorde  registrado no Guiness Book. Sua altura  Eponto+alto = Eponto+baixo equivale a dimensão vertical de um  m.g.H = (½).m.V2 prédio de 14 andares.  com: Em função da sua altura e inclinação, o  g = 9,8m/s2 , H = 41m toboágua proporciona uma descida extremamente rápida - cinco segundos -  a uma velocidade de 105 km/h. Por essas  implica em V ~ 102,05 Km/h características, o Insano é considerado o  mais radical dos equipamentos do  que é o valor aproximado da gênero no planeta. Ao final do percurso, apresentação do brinquedo. o Insano possibilita um relaxante mergulho na piscina.”  Sabemos também que a energia não se conserva devido ao trabalho que força de atrito realiza sobre o corpo em descida.
  4. 4. KALAFRIO O Kalafrio também é um briquedo interessante devido a sua forma de “half de skate” como mostrado na figura 3.
  5. 5. KALAFRIO Kalafrio “Segure firme e solte a adrenalina! O frio na barriga é só uma parte de toda a emoção que você vai sentir ao "navegar" em uma bóia, numa pista radical de sete metros de altura e quase 90º de inclinação. No Kalafrio, você vai deslizar de uma torre a 11 metros de altura direto em um "half" gigante, em formato de pista de skate, e subir a quase sete metros de altura num ângulo de quase 90º, numa velocidade média de 22km/h. O equipamento utiliza bóias para uma ou duas pessoas.”
  6. 6. KALAFRIO Devido a sua forma O Kalafrio apresentaria um M.H.S o que nos daria uma movimentação infinita se sua energia se conservasse. Como existe o atrito entre a água e a bóia a altura que será atingida no lado oposto ao inicial do movimento será reduzida e assim sucessivamente até q a bóia pare caracterizando um movimento harmônico amortecido. Considerando que um homem de 70Kg, escorrega num local onde a aceleração da gravidade vale g = 9,8m/s2. Podemos calcular o trabalho realizado pela força de atrito durante o movimento do ponto A até o ponto B através do teorema: Watrito = −ΔEp (1.1) Watrito = - m.g.hB - m.g.hA Watrito = -70.9,8.7 +70.9,8.11 Watrito = 2744 J
  7. 7. Modelo de “loop” vertical Explicação Iremos para efeito de simplificação considerar carrinho como uma esfera e analisar seu movimento. Modelo ideal: não considerando as forças de atrito nem o movimento de rotação da esfera. A energia mecânica se conserva, em qualquer ponto da trajetória, ou seja: Energia Mecânica em A = Energia Mecânica em B. Assim, desprezando-se a rotação (energia cinética de rotação) obtém-se o resultado: mgH = (1/2)mv2 + mg(2R), onde m = massa da esfera e v = velocidade da esfera ao passar por B. A velocidade mínima da esfera para fazer a curva em B, sem desprender-se, está relacionada com a força centrípeta em B, de forma que a 2a Lei de Newton aplicada em B resulta em: mv2/R = mg , e, portanto, v2 = Rg. Substituindo-se esse resultado na expressão inicial e fazendo as simplificações obtém-se o valor da altura mínima na qual a esfera deve ser solta, para que efetue o “loop” com sucesso: H = (5/2).R
  8. 8. Modelo de “loop” vertical Modelo real: leva em consideração o atrito e a energia cinética de rotação das rodas. Nesse caso, a altura mínima resulta num valor maior e 2,7.R, pois parte da Energia Potencial em A, será transformada em Energia Cinética de Rotação das rodas e também dissipada em forma de energia sonora, vibracional e de calor.
  9. 9. Barco Viking Um brinquedo bem requisitado nos parques de diversões é o “Barco Viking”. È basicamente um estrutura de movimento pendular que provocam sensações de “aumento e diminuição de peso”. O movimento é descrito como um pêndulo simples que consegue manter a oscilação por longo tempo porque através de dispositivos mecânicos mantém sua velocidade praticamente constante e pode ser analisado da seguinte forma mostrada na figura 8.
  10. 10. Barco Viking E seu período de oscilação está  Mas, T.f = 1 (1.3) ,então a freqüência de relacionado comprimento do pendulo e a oscilação também está relacionada com aceleração da gravidade no local como o comprimento de pêndulo e w= 2.3,14. f indica a equação abaixo. (1.4) logo temos como encontrar a velocidade. T = 2 (L / g )1/2 (1.2)  Reorganizando as equações E poderíamos nos perguntar qual a (1.2),(1.3),(1.4), obtemos: velocidade que um Barco Viking atinge?  Bem, vamos fazer algumas considerações  w= ( g / L )1/2 (1.5) iniciais como sabemos que a relação  w= 0,9899 s-1 matemática que rege o movimento do  barco depende do comprimento do  E a velocidade V está relacionada da pêndulo vamos supor um comprimento seguinte forma: L de 10m para nossos cálculos, num local onde 9,8m/s2.  V = w.L Utilizando a equação (1.2)  V = 0,9899.10 encontraremos o período de oscilação T.  V = 9,899 m/s   Ou 35,6 Km/h.
  11. 11. Considerações Finais Como podemos verificar a Física está presente em nosso cotidiano mesmo quando estamos em momentos de lazer. Com conceitos e análises simples encontramos algumas grandezas físicas que talvez nem pudéssemos em pensar nelas, mas que alguém pensou e projetou tudo para nosso lazer e segurança. A física não é uma ciência absurda ou fora de nossa realidade como escutamos muitas vezes os alunos comentando, e isso se deve aos docentes que não estimulam seus alunos a pensar na realidade e se restringem suas aulas a monotonia de sempre usando apenas o quadro e reproduzindo livros texto. Sabemos também que os modelos da física são metafóricos, porém se aproximam muito de nossa realidade e deixar de apresentar-los relacionando com o dia-a-dia deixamos a porta da abstração aberta no entendimento dos discentes. Os parques de diversão, locais escolhidos neste trabalho, são atrações que quebram o gelo da rotina da sala de aula fazendo que os conceitos se solidifiquem de forma agradável para os alunos trazendo a aproximação da Física e suas aplicações.
  12. 12. http://diariodonordeste.globo.comhttp://www.jogosegamesdahora.com.brhttp://www.jogosegamesdahora.com.brhttp://www.rc.unesp.brhttp://educar.sc.usp.br/sam/pendulo

×