O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Coisas que eu gostaria de saber antes de começar a desenvolver temas e plugins para WordPress

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 35 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (19)

Semelhante a Coisas que eu gostaria de saber antes de começar a desenvolver temas e plugins para WordPress (20)

Anúncio

Mais de wordcamppoa (10)

Mais recentes (20)

Anúncio

Coisas que eu gostaria de saber antes de começar a desenvolver temas e plugins para WordPress

  1. 1. Leo Baiano #WebDev para pagar as contas Músico quando estou bêbado Poeta por vocação Romântico de nascença FAZEDOR DE SLIDES nas horas vagas Pode não parecer, mas ESTE CARA SOU EU
  2. 2. Coisas que eu gostaria de saber antes de trabalhar com Joomla! … isso mesmo que você ouviu, Joomla!
  3. 3. Esqueça o Joomla! Joomla! é legalzinho, mas você já ouviu falar de WordPress?
  4. 4. Coisas que eu gostaria de saber antes de começar a desenvolver temas e plugins para WordPress … uma palestra sobre mágica
  5. 5. Não seja preguiçoso A regra de ouro!
  6. 6. - Prazo curto - Pode bugar outras áreas - Tá funcionando, segue o fluxo - Não fui eu - Leo dá uma olhada nisso aqui - (15 em cada 10 atendimentos usam essa) Não seja preguiçoso
  7. 7. É importante ler a documentação das funções https://codex.wordpress.org/
  8. 8. Como funciona a query padrão do WordPress
  9. 9. A query padrão do WordPress O que é uma query? Traduzindo para o português query significa consulta. No universo do desenvolvimento uma query é o conjunto de instruções utilizadas para fazer uma consulta por informações armazenadas em um banco de dados. Exemplo: "SELECIONE todos os campos da tabela ALUNOS" - pt_BR "SELECT * FROM ALUNOS" - MySQL
  10. 10. Como escrevo minhas querys no WordPress? mistério!!! Não escreve
  11. 11. A query padrão do WordPress No desenvolvimento de temas você dificilmente vai precisar escrever uma query, o WordPress é bonzinho e faz isso para você. A query é gerada com base na página acessada através de parâmetros que são passados de forma mágica para que você não precise se preocupar. :D
  12. 12. Como modificar corretamente a query padrão do WordPress?
  13. 13. Ajude as fadinhas … não use query_posts( );
  14. 14. pre_get_posts(); Preguetinho para os íntimos.
  15. 15. Hierarquia de modelos do WordPress https://codex.wordpress.org/pt-br:Hierarquia_de_Modelos_WordPress
  16. 16. Exemplos Página Inicial (Home) home.php index.php Post único single-{post_type}.php single.php index.php Categoria category-{slug}.php category-{id}.php category.php archive.php index.php Exemplos Página modelo de página page-{slug}.php page-{id}.php page.php index.php Taxonomias Personalizadas taxonomy-{taxonomia}-{termo}.php taxonomy-{taxonomia}.php taxonomy.php archive.php index.php Hierarquia de modelos do WordPress
  17. 17. Nos modelos do tema do seu site você, normalmente, não precisa de multiplos loops ou modificações no loop principal, mas caso seja necessário opte sempre por pre_get_posts() ou WP_Query(); WP_Query(); permite que você informe argumentos para realizar uma query e trazer os posts que deseja para montar seu segundo loop. Hierarquia de modelos do WordPress
  18. 18. Deixando o site ou plugin pronto para internacionalização
  19. 19. Deixando o site ou plugin pronto para internacionalização Quando estamos desenvolvendo um site nem todo conteúdo vem do banco de dados, algumas strings (texto) são impressas diretamente no arquivo de modelo. Exemplos de strings que são impressas no arquivo: Botões, label e placeholder de campos de formulário, títulos e âncoras de links...
  20. 20. Funções para internacionalização Deixando o site ou plugin pronto para internacionalização https://codex.wordpress.org/L10n http://seusobrinho.com.br/blog/funcoes-de-internacionalizacao-do-wordpress/
  21. 21. Hooks: Actions and Filters A varinha mágica do desenvolvedor WordPress
  22. 22. Hooks: Actions and Filters Actions e filters são ganchos inseridos no core do WordPress para que os desenvolvedores possam modificar o comportamento e a resposta das funções ou disparar ações em momentos específicos. Actions - Disparam ações Filters - Modificam o comportamento e resposta
  23. 23. Exemplos de action - Enviar e-mail para um determinados usuários sempre que um novo post for cadastrado; - Verificar se existem imagens associadas e deleta-las sempre que um post for deletado - Exibir um aviso sempre que determinado usuário fizer login Hooks: Actions e Filters
  24. 24. Exemplos de filter - Modificar o conteúdo do post ou título para inserir um rodapé por exemplo. - Incluir classes personalizadas na tag <body> - Alterar textos da tela de login Hooks: Actions e Filters
  25. 25. add_action( string $tag, callable $function_to_add, int $priority = 10,int $accepted_args = 1 ); https://developer.wordpress.org/reference/functions/add_action/ add_filter( string $tag, callable $function_to_add, int $priority = 10,int $accepted_args = 1 ); https://developer.wordpress.org/reference/functions/add_filter/ Hooks: Actions e Filters
  26. 26. Para a mágica funcionar todos os detalhes são importantes Detalhes fazem a diferença, detalhes fazem TODA diferença
  27. 27. O core do WordPress mostrava: add_action( 'transition_post_status', 'post_unpublished', 10, 3 ); Eu esqueci da regra de ouro NÃO SEJA PREGUIÇOSO; Eu esqueci que É IMPORTANTE LER A DOCUMENTAÇÃO E EU ME FUDI! Detalhes fazem a diferença
  28. 28. O WordPress imprimi classes nos elementos HTML
  29. 29. Classes para estilo CSS body_class(); class="page page-id-2 page-parent page-template-default logged-in" post_class(); class="post post-4564 category-48 category-dancing logged-in"
  30. 30. Você pode fazer quase tudo com o que o WP lhe trás pronto Cavalo dado não se olha os dentes
  31. 31. Cavalo dado não se olha os dentes Quase tudo no WordPress é um post, então quando for fazer plugin pense nisso e se aproveite disso. A maioria dos plugins só precisa de alguns CPTs, então quando for criar seu plugin chame os posts pra dançar, abrace eles com carinho, fale baixinho em seu ouvido e garanta um final feliz.
  32. 32. Enviando e-mail do plugin ou Tema wp_mail(); O WordPress já tem uma função para envio de e-mail, não precisa criar sua própria função no tema ou plugin. https://developer.wordpress.org/reference/functions/wp_mail/
  33. 33. Ler dados de API wp_remote_post(); e wp_remote_get(); As duas funções recebem 2 parâmetros, a URL do endpoint que deseja ler e os argumentos, e retorna um array com o cabeçalho e conteúdo. https://codex.wordpress.org/Function_Reference/wp_remote_post https://codex.wordpress.org/Function_Reference/wp_remote_get
  34. 34. Verifica usuário logado e redireciona auth_redirect(); Essa função verifica se o usuário está logado e caso não esteja ela redireciona ele para a página de login. Ela guarda a página que o usuário tentou acessar e redireciona ele de volta para ela quando ele faz o login. Esqueci dessa função ontem!
  35. 35. Senta aqui, vamos conversar!

×