Investimentos da cadeia produtiva

2.400 visualizações

Publicada em

Apresentação Sebrae PR

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.400
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Investimentos da cadeia produtiva

  1. 1. O Petróleo na Economia do Paraná Vale a pena ser um fornecedor da cadeia de petróleo e gás? Participar de um setor economicamente importante, dinâmico e em crescimento abre uma grande possibilidade da empresa contar com um fluxo longo e contínuo de demanda aquecida
  2. 2. O Petróleo na Economia do Paraná 12% do PIB paranaense é gerado pela Refinaria Getúlio Vargas (REPAR) em Araucária 22% do ICMS arrecadado no Paraná em 2006 foi contribuído pela REPAR e pela SIX, ou seja, cerca de R$ 2,04 bi O principal agente da cadeia tem forte representação na economia paranaense
  3. 3. Geração de Empregos do Setor Número de Funcionários Diretos do Setor de Petróleo e Gás Brasil versus Paraná O setor gera cerca de 22 mil postos de trabalhos diretos 7,1% 17.098 241.470 Comércio varejista de combustíveis 9,4% 3.039 32.394 Comércio atacadista de combustíveis 6,6% 21.860 331.727 Total 8,8% 1.169 13.338 Transporte e distribuição de combustíveis e derivados 2,7% 503 18.757 Atividades de transformação e refino 0,2% 51 25.768 Atividades de extração de gás e petróleo % Paraná Brasil Área de Atuação
  4. 4. Os Investimentos Previstos no Paraná Fonte: ANP Participação na Produção de Derivados em 2006 US$ 2,890 Bi É a quantia que será investida pela Petrobras na REPAR e na SIX para os projetos de ampliação entre 2007 e 2011 Entre os projetos está a ampliação da capacidade produtiva da REPAR em 10% Na SIX está prevista a construção de uma termoelétrica 0,40% CEARÁ 1,96% AMAZONAS 6,81% RIO GRANDE DO SUL 7,97% MINAS GERAIS 10,36% PARANÁ 13,06% RIO DE JANEIRO 15,07% BAHIA 44,37% SÃO PAULO % ESTADO
  5. 5. Os Investimentos Previstos na REPAR Complexo para Diesel e Coque Complexo para Gasolina Produção de Propeno Ampliação da Capacidade da REPAR Caldeira Geração de Vapor (GV5603) HCC Solventes US$ 2,531 Bi
  6. 6. Investimentos Previstos na REPAR Postos de Trabalhos que Serão Gerados na Fase de Obras Empregos Diretos Construção e Montagem Empregos Diretos Materiais e Equipametos 17.990 Postos de Trabalho 11.541 6.449
  7. 7. Investimentos Previstos na SIX Emulsão Bombeada Montagens Eletromecânicas Obras C ivis UTEX Xisto Agrícola Serviços de Rotina Parada 2008 Mina Dois Irmãos US$ 359 Milhões 6.845 Postos de Trabalho
  8. 8. O Centro da Cadeia de Petróleo e Gás no Paraná
  9. 9. A Cadeia de Petróleo e Gás <ul><li>Destina 85% dos seus produtos aos seguintes estados: </li></ul><ul><li>Paraná </li></ul><ul><li>Santa Catarina </li></ul><ul><li>Mato Grosso do Sul </li></ul><ul><li>Sul de São Paulo </li></ul>A REPAR Produz 9,5% dos derivados de petróleo do país
  10. 10. A Cadeia de Petróleo e Gás TRANSPETRO A subsidiária transporta no Paraná e Santa Catarina cerca de 1.000.000 m3/mês de petróleo e possui capacidade de armazenamento de 470.000 m³. Opera cerca de 10 navios por mês e atua há mais de 28 anos. Terminal de São Francisco do Sul
  11. 11. A Cadeia de Petróleo e Gás SIX A SIX fica em São Mateus do Sul e ocupa uma área de 7 milhões de metros quadrados e é considerada uma das mais importantes do mundo na exploração do mineral. A unidade abrange os seguintes estados: São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Goiás.
  12. 12. As Oportunidades da Cadeia de Petróleo e Gás no Paraná
  13. 13. A Cadeia de Petróleo e Gás PETROBRAS 1º Nível Fornecimento Direto Grandes empresas que administram projetos e contratos 3º Nível Atividades complementares ao suporte direto 4º Nível Atividades gerais e contínuas, impactadas pelos investimentos e demandas freqüentes 2º Nível Fornecimento aos Sistemistas Suporte direto às obras de engenharia e prestação de serviços
  14. 14. Oportunidades na Cadeia Serviços de montagem e manutenção elétrica Serviços de instrumentação e automação industrial Fornecimento de materiais de serralheria 52 Exemplos de Oportunidades Relacionadas a Suporte Direto às Obras e Infra-Estrutura Categorias de oportunidades
  15. 15. Oportunidades na Cadeia Fornecimento de pneus Concreteiras e empresas de pré-moldados de concreto e guias Fornecimento de grades e telas de proteção 52 Categorias de oportunidades Exemplos de Oportunidades Relacionadas a Suporte Direto às Obras e Infra-Estrutura
  16. 16. Oportunidades na Cadeia Aluguel de veículos utilitários, ônibus, veículos leves, vans, táxis Serviços de alimentação Serviços de lavanderia industrial 23 Categorias de oportunidades Exemplos de Oportunidades Relacionadas ao Apoio e Suporte Funcional Fornecimento de produtos de armazém
  17. 17. Oportunidades na Cadeia Fornecimento de câmeras de vigilância, circuito interno de TV Fornecimento de equipamentos de informática Fornecimento de material de escritório 07 Categorias de oportunidades Exemplos de Oportunidades Relacionadas a Suprimentos e Apoio Patrimonial
  18. 18. Os Principais Benefícios de Fazer Parte da Cadeia de Petróleo e Gás Fornecedores Recém Qualificados
  19. 19. Em uma pesquisa encomendada pelo Sebrae, foram entrevistadas empresas que foram recém qualificadas a fornecer para a cadeia de Petróleo, Gás e Energia. Esta pesquisa teve como objetivo levantar quais os benefícios de se tornar um fornecedor. Os resultados mostram que todo o esforço para a capacitação foi bem recompensado.
  20. 20. Razões Para se Converter em um Fornecedor Quais São as Razões que Fizeram Com Que se Convertesse em um Fornecedor ? Referência no mercado (fornecer para a Petrobras é sinal de qualidade) Forte investimento no setor divulgado pela Petrobras Aumento da carteira de clientes 68% 25% 21%
  21. 21. Quais São as Vantagens em Ser um Fornecedor da Cadeia de Petróleo e Gás? Referência no mercado (fornecer para a Petrobras é sinal de qualidade ) Recebimento garantido Oportunidade para executar grandes trabalhos 72% 43% 24% Principais Vantagens em Ser um Fornecedor
  22. 22. Quais Melhorias Na Empresa Foram Verificadas a Partir da Qualificação Profissional? Melhoria no ambiente de trabalho 70% 63% 51% 50% Aumento da produtividade Obtenção de novos clientes Aumento do faturamento 38% Aumento da rentabilidade
  23. 23. Principais Razões Para a Obtenção de Novos Clientes Reconhecimento da capacidade técnica 33% 26% 26% 18% Credibilidade transmitida em função de possuir grandes empresas no portfólio Acesso a clientes oferecidos através da Cadeia de Petróleo e Gás Exposição gerada por ser fornecedor de grandes empresas 8% Investimento na área de tecnologia de informação da empresa, permitindo acesso a novos clientes
  24. 24. Resultados de Faturamento de Fornecedores Recém Qualificados 78% Registrou crescimento no faturamento do último ano (2006) Possui perspectivas de crescimento no faturamento para este ano (2007) 80%
  25. 25. Vantagens em Ser um Fornecedor Indicação das Empresas Para o Processo de Qualificação Profissional Indicaria a participação no Projeto da Cadeia Produtiva de Petróleo e Gás 86% Sua Empresa Indicaria a Participação de Outras Empresas Como a Sua a Participar do Projeto de Qualificação Profissional do Sebrae Para o Atendimento dos Requisitos Exigidos Pela Cadeia de Petróleo e Gás?
  26. 26. Hoje já são 83 empresas participando deste projeto aqui no Paraná. Para participar, é só entrar em contato com o Sebrae.

×