Absolutismo

3.735 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
2 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.735
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
419
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Absolutismo

  1. 1. COLÉGIO ADVENTÍSTA DE SALVADOR Professor Wilton Reis
  2. 3. <ul><li>ABSOLUTISMO </li></ul><ul><li>I. Fatores ligados à crise do feudalismo que concorreram para a formação das monarquias nacionais: </li></ul><ul><li>Desaparecimento das monarquias nacionais </li></ul><ul><li>Revolta camponesas Cintra a exploração feudal </li></ul><ul><li>Desenvolvimento do comércio urbano </li></ul><ul><li>Produção agrícola voltada para o mercado </li></ul><ul><li>Enfraquecimento do poder local da nobreza feudal. </li></ul>
  3. 4. <ul><ul><li>a) Interesses de setores da nobreza e da burguesia no fortalecimento do poder real; </li></ul></ul><ul><li>- Reprimir as revoltas camponesas contra a nobreza feudal </li></ul><ul><li>- Melhorar as estradas e a segurança pública; </li></ul><ul><li>- Unificar as moedas e padronizar pesos e medidas; </li></ul><ul><li>- Criar leis e procedimentos jurídicos de âmbito nacional. </li></ul>
  4. 6. <ul><li>II. O Estado Moderno formou-se em oposição a duas forças características da Idade Média: </li></ul><ul><li>regionalismo político dos feudos e das conunas (cidades que adquiriam autonomia por rebelião ou negociação) </li></ul><ul><li>Universalismo religioso da Igreja Católica </li></ul><ul><li>a) Meios desenvolvidos pelo Estado Moderno para garantir o controle político da monarquia: </li></ul><ul><li>Burocracia administrativa -> corpo de funcionários </li></ul><ul><li>Força militar (exército, marinha, polícia permanentes) </li></ul><ul><li>Leis e justiças unificadas </li></ul><ul><li>Sistema tributário -> sustentar as despesas do governo </li></ul><ul><li>Idioma nacional </li></ul>
  5. 8. <ul><li>III. Consolidação do estado Moderno séc. XVI a XVIII (Absolutismo) </li></ul><ul><li>Regime político no qual os poderes se concentraram nas mãos dos soberanos e dos seus ministros, que decidem sobre todos os assuntos. </li></ul>
  6. 10. <ul><li>a) Pensadores absolutistas: </li></ul><ul><li>1. Nicolau Maquiavel ( 1469- 1527) </li></ul><ul><li>Considerado o “Pai da Ciência Política” </li></ul><ul><li>Segundo Maquiavel, “os fins justificam os meios” </li></ul><ul><li>Obra: O Príncipe </li></ul>
  7. 13. <ul><li>2. Jean Bodin (1530-1596) </li></ul><ul><li>Defendeu o convento do soberano perpétuo e absoluto, cuja autoridade representa a vontade de Deus -> teoria da origem divina do poder real. </li></ul><ul><li>Obra: a república </li></ul>
  8. 15. <ul><li>3. Thomas Hobbes ( 1588 – 1679) </li></ul><ul><li>Teoria do contrato social -> como origem do poder do governante, </li></ul><ul><li>Obra: Leviatã -> compara o Estado a um monstro todo poderoso. </li></ul><ul><li>4.Jacques Bossuet ( 1627 – 1704) </li></ul><ul><li>Reforçou a teoria da origem divina do poder real </li></ul><ul><li>O rei era homem predestinado por Deus para assumir o trono e governar toda a sociedade. </li></ul><ul><li>Frase que se tornou lema do Estado absolutista: “Um rei, uma fé, uma lei.” </li></ul>
  9. 16. <ul><li>IV. Estados absolutistas </li></ul><ul><li>Portugal </li></ul><ul><li>Espanha </li></ul><ul><li>França </li></ul><ul><li>Inglaterra </li></ul>
  10. 17. COLÉGIO ADVENTISTA DE SALVADOR PROFº WILTON REIS

×