A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E OS USOS POTENCIAIS DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS EM EDUCAÇÃO<br />Kátia Esther Fonseca dos Santos ...
As tecnologias digitais e a escola<br />Não podemos negar que os avanços tecnológicos têm contribuído de maneira muito imp...
Segundo Kellner (1999, p. 23), a nova realidade do mundo atual, ao mesmo tempo em que se pode reforçar as relações capital...
A tecnologia como democratizadora<br />A tecnologia é democratizadora na medida em que não está restrita a uma única socie...
Exclusão digital<br />Mas existe ainda uma desigualdade significativa quando o assunto é mundo digital.<br />No Brasil, po...
A escola no contexto tecnológico<br />A escola não pode ficar à margem das transformações e dos avanços tecnológicos que v...
Escola e as tecnologias digitais<br />A utilização de novas tecnologias nas escolas pode trazer, sem dúvida alguma, ganhos...
O professor  e as tecnologias digitais<br />Para que a escola utilize essa tecnologia em sua plenitude, enriquecendo o pro...
O professor precisa se capacitar e compreender o seu novo papel a desempenhar, precisam saber os limites dessas tecnologia...
A formação dos professores<br />Um fator importante, e que geralmente não é muito levado em conta é a preparação desses pr...
O professor tem em sua bagagem uma pedagogia baseada em procedimentos que visam a acumulação de informações pelos alunos e...
Repensar... <br />Devemos repensar o papel e a função da educação escolar e reconhecer essa transformação com uma visão qu...
O papel do professor<br />Diante do quadro de novas demandas inseridas na Educação, o professor terá papéis diferentes a d...
Tecnologia para fins educacionais<br />A utilização da internet para fins educacionais é cada vez mais importante e já é u...
Concluindo...<br />A adoção das tecnologias digitais na educação requer a utilização de novos princípios, noções, critério...
Bibliografia<br />KELLNER, Douglas. Marxismo e a Supervia da Informação. Tradução de Newton Ramos de Oliveira. LOCAL, EDIT...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E OS USOS POTENCIAIS DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS EM EDUCAÇÃO

698 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado para a disciplina "Educação á Distância" do curso de Licenciatura em Pedagogia - UERJ.
Wilou H. Penha - 20091208166
Katia Esther F. dos Santos - 20091208241
Mayara da C. Menezes - 20091208211
Patrícia de O. G. Lamy - 20091208073

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
698
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E OS USOS POTENCIAIS DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS EM EDUCAÇÃO

  1. 1. A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E OS USOS POTENCIAIS DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS EM EDUCAÇÃO<br />Kátia Esther Fonseca dos Santos - 20091208241<br />Mayara da Conceição Menezes - 20091208211<br />Patrícia de Oliveira Gonçalves Lamy - 20091208073<br />Wilou Hudson Penha – 20091208166<br />Pólo: Angra dos Reis<br />Disciplina: Educação à Distância<br />
  2. 2. As tecnologias digitais e a escola<br />Não podemos negar que os avanços tecnológicos têm contribuído de maneira muito importante para que o mundo se torne mais homogêneo.<br />O mundo tornou-se uma grande rede, na qual, cada um dos componentes pode interagir e influenciar todo o sistema.<br />Os avanços tecnológicos e o computador estão criando profundas mudanças sociais, permitindo aos indivíduos, além da obtenção de informações e de entretenimento, a inserção em novas comunidades virtuais e até mesmo a criação de grupos com identidades próprias.<br />
  3. 3. Segundo Kellner (1999, p. 23), a nova realidade do mundo atual, ao mesmo tempo em que se pode reforçar as relações capitalistas de produção e de hegemonia, permite democratizar, humanizar e transformar as desigualdades existentes no domínio de classe, raça e gênero.<br />
  4. 4. A tecnologia como democratizadora<br />A tecnologia é democratizadora na medida em que não está restrita a uma única sociedade ou cultura específica;<br />Mas ela é uma simples ferramenta, que quando bem utilizada pode contribuir para enriquecer a sociedade.<br />
  5. 5. Exclusão digital<br />Mas existe ainda uma desigualdade significativa quando o assunto é mundo digital.<br />No Brasil, por exemplo, o acesso a computadores reflete as suas desigualdades econômicas e sociais e revela uma clara situação de “apartheid digital”.<br />
  6. 6. A escola no contexto tecnológico<br />A escola não pode ficar à margem das transformações e dos avanços tecnológicos que vem ocorrendo no mundo do trabalho e nas formas de vida em sociedade.<br />A difusão da informática e das TIC associadas à educação favorecem a aplicação de novas abordagens de ensino-aprendizagem e estratégias pedagógicas.<br />
  7. 7. Escola e as tecnologias digitais<br />A utilização de novas tecnologias nas escolas pode trazer, sem dúvida alguma, ganhos significativos para o aprendizado.<br />Estes ganhos podem ser expressos não somente em termos de enriquecimento de conteúdos, mas também sob a forma de motivação para alunos e professores.<br />
  8. 8. O professor e as tecnologias digitais<br />Para que a escola utilize essa tecnologia em sua plenitude, enriquecendo o processo de aprendizagem, não basta apenas a aquisição de equipamentos. O mais importante, e o mais difícil de se atingir, é a “cultura” necessária para se empregar a tecnologia de maneira adequada.<br />
  9. 9. O professor precisa se capacitar e compreender o seu novo papel a desempenhar, precisam saber os limites dessas tecnologias, precisam querer se adequar a esse mundo digital. E as escolas precisam ter uma visão clara e ampla do que significa ensinar “hoje”.<br />
  10. 10. A formação dos professores<br />Um fator importante, e que geralmente não é muito levado em conta é a preparação desses professores para utilização dessas tecnologias.<br />O que encontramos na maioria das escolas são profissionais despreparados para usarem as tecnologias em suas próprias tarefas e, mais ainda, para levar os alunos a usarem-nas plenamente.<br />
  11. 11. O professor tem em sua bagagem uma pedagogia baseada em procedimentos que visam a acumulação de informações pelos alunos e essa visão não cabe mais no espaço escolar.<br />Estamos diante de um processo de mudança da escola que coincide com a mudança da função do computador, considerando-o agora, como importante auxílio para a aprendizagem.<br />
  12. 12. Repensar... <br />Devemos repensar o papel e a função da educação escolar e reconhecer essa transformação com uma visão que pretenda alcançar novas exigências em relação ao aprender.<br />A escola como uma das instituições mais importantes e influentes da sociedade não pode ficar à margem do processo de modernização.<br />
  13. 13. O papel do professor<br />Diante do quadro de novas demandas inseridas na Educação, o professor terá papéis diferentes a desempenhar, o que evidentemente torna necessários novos modos de formação para sua prática e durante ela.<br />O professor agora é aquele que contribui, apoiando trabalhos escolares, atuando como um colaborador e um agente que estimulará a relação dos alunos com as tecnologias , em prol de uma educação melhor.<br />
  14. 14. Tecnologia para fins educacionais<br />A utilização da internet para fins educacionais é cada vez mais importante e já é uma realidade presente, mas é preciso que o professor saiba aproveitar as tecnologias que ele tem.<br />Não basta permanecer com a educação bancária, é necessário utilizar todos os recursos que o ambiente digital oferece e planejar uma aula dinâmica e interativa.<br />
  15. 15. Concluindo...<br />A adoção das tecnologias digitais na educação requer a utilização de novos princípios, noções, critérios, conceitos e valores, colocando em xeque o modelo de educação atual, fundamentado em teorias de ensino-aprendizagem tradicionais e já ultrapassadas, que se baseiam numa escola que só deve ensinar conteúdos e repassar grandes volumes de informações.<br /> Para que possa ocorrer uma ruptura significativa com esse modelo ultrapassado, que ainda continua existindo nas práticas pedagógicas é necessário que os professores assumam uma postura reflexiva em relação à sua formação.<br />
  16. 16. Bibliografia<br />KELLNER, Douglas. Marxismo e a Supervia da Informação. Tradução de Newton Ramos de Oliveira. LOCAL, EDITORA.. (Unesp/Ufscar/CNPq)., 1999.<br />TEPEDINO, Simone A. Santos Autoformação do professor para uso de tecnologiasdigitais na educação. Dissertação de mestrado apresentada na PUC – MG – 2004. Disponível em http://biblioteca.pucminas.br/teses/educação.<br />ALARCÃO, Isabel, Refletir na prática. São Paulo. Disponível em: <http://novaescola.abril.com.br/index.htm?ed/154_ago02/html/fala_mestre> Acesso em 30 maio 2004.<br />ALMEIDA, Fernando. J. Educação e informática: os computadores na escola. São Paulo: Cortez, 1984.<br />MORAN, José Manuel. O que é educação a distância. Disponível em WWW.ecas.usp.br/prof/moran/dist.htm.<br />jrbarboza.blogspot.com<br />tamireslimabio.blogspot.com<br />

×