A Era Vargas

458 visualizações

Publicada em

Nenhum outro político foi tão influente quanto Getúlio Vargas durante sua estadia no comando do Brasil. A pessoa misteriosa, culta, o político "democrata", o pai dos pobres... Várias foram as faces atribuídas a Getúlio no apogeu de sua vida pessoal e politiqueira. Mas qual seria (ou qual foi) a fórmula deste ícone da História do Brasil, senão dizer da História mundial, quais as benfeitorias que fizeram de Getúlio um político admirado pelas massas populacionais? Nesta apresentação é explícita sua forma de governo e de "destruição" da corrupção que se perpetuava com o coronelismo desde o Império brasileiro.

Seguem links de apoio em vídeos sobre a Era Vargas.

https://www.youtube.com/watch?v=jVYrUogWhgo

https://www.youtube.com/watch?v=ptXYbllr0BQ

https://www.youtube.com/watch?v=zgSa4qYniT4

https://www.youtube.com/watch?v=0FzmhyYi8hk

https://www.youtube.com/watch?v=Wpnw9wgqA5k

https://www.youtube.com/watch?v=I3oWrFddNSY

https://www.youtube.com/watch?v=fnUEKuQiKz0

https://www.youtube.com/watch?v=4gNaqOtJ9bk

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
458
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • ¹Darcy Ribeiro. Aos trancos e barrancos. Rio de Janeiro, Guanabara Dois, 1985. nota 624.
  • A Era Vargas

    1. 1. A Era Vargas (1930-45)
    2. 2. A Crise de 29  American way of life: Viver bem é consumir mais.  A produção cafeeira de 1929 atingiu aproximadamente 21.000.000 de sacas, mas apenas 14.000.000 delas foram exportadas para os Estados Unidos.  O preço da saca de café caiu mais de 50%, levando muitos cafeicultores à falência. “ (...) É também com capitais oriundos do café que se fazem indústrias, que se urbanizam cidades e que se moderniza a vida social. Assim, a crise da economia agroexportadora cafeeira afeta (...) do lavrador enxadeiro ao operário fabril, do financista portuário ao banqueiro e ao empresário fabril.”¹
    3. 3. O enfraquecimento da economia e da política  Graças à grande crise do capitalismo foi possível desmontar as bases políticas que sustentavam a República Velha.  A criação da Aliança Liberal: Getúlio Vargas e João Pessoa.
    4. 4. O programa da Aliança e a formação do Bloco Operário Camponês  Instituição do voto secreto.  Criação de leis trabalhistas.  Incentivo à produção industrial.  Combate à plutocracia.  Impostos somente para os ricos.  Habitação obrigatória.  Obrigação do ensino primário.  Voto secreto e obrigatório para as mulheres, inclusive.  Restabelecimento das relações diplomáticas e comerciais com a URSS.
    5. 5. A Revolução de 30 e a ascensão de Vargas  Eleições de 30: Júlio Prestes vence as eleições.  Fraudes, violência e revoltas.  “Façamos a revolução, antes que o povo a faça.”  Assassinato de João Pessoa.  Os 21 dias da Revolução de 30.  Deposição de Washington Luís.  Ascensão de Getúlio Dornelles Vargas.
    6. 6. Período Getulista: Vargas governa por 15 anos  Governo Provisório (1930-1934)  Governo Constitucional (1934-1937)  Governo Ditatorial (1937-1945)
    7. 7. Governo Provisório 1930-34
    8. 8. Um governo “provisório”  Fechamento do Congresso Nacional, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais.  Suspensão da Constituição Republicana de 1891.  Crise cafeeira e criação do Departamento Nacional do Café.  Interventores: Os enfraquecedores do coronelismo.  MMDC.  Revolução Constitucionalista.  Convocação da Assembleia Constituinte.
    9. 9. Governo Constitucional 1934-37
    10. 10. Uma nova constituição em vigor  Promulgação da nova Constituição do Brasil.  Integralistas e Aliancistas.
    11. 11. Integralistas: O nazi-fascismo brasileiro  Ação Integralista Brasileira (AIB).  Plínio Salgado.  “Deus, Pátria e Família.”  ANAUÊ!
    12. 12. Aliancistas: O comunismo contesta o integralismo  Partido Comunista Brasileiro.  A Coluna Prestes.  Aliança Nacional Libertadora (ANL).  “Pão, Terra e Liberdade.”  Intentona Comunista.  Estado de Sítio.
    13. 13. Olga e o Nazismo
    14. 14. Olga Gutmann Benário  Olga nasce a 12 de fevereiro de 1908 em Munique.  1923: Filiação ao Partido Comunista Alemão e à Liga Juvenil Comunista da Alemanha.  Primeira prisão.  Fuga para a União Soviética e Internacional Comunista.  Olga Benário Prestes.  Vida clandestina ao lado de Prestes no Brasil.
    15. 15.  1936: Olga é presa no Brasil e extraditada para a Alemanha.  1936: Olga é enviada para a prisão feminina de Barnimstrasse.  1936: Nasce Anita Leocádia, filha de Olga Benário e Luís Carlos Prestes.  1937-38: Período de lactação de Anita.  1938: Transferência para Lichtenburg.  1939: Transferência para Ravensbrück.  1942: Transferência para Bernburg.  1942: Olga é executada numa câmara de gás, junto com 199 prisioneiras.
    16. 16. O salvador da Pátria  Os integralistas querem Getúlio.  O Plano Cohen.  Golpe de Estado: Mais um.  O Congresso Nacional e a população nas mãos de Getúlio.
    17. 17. O Estado Novo 1937-45
    18. 18. O Führer Getúlio von Vargas e o Brasil ditatorial  O Brasil em estado de emergência.  Getúlio e o poder soberano.  Interventores estaduais.  Extinção dos partidos políticos.  Eleições suspensas.  Criação do Departamento de Imprensa e Propaganda.  Criação do Ministério da Educação e Cultura.  Música e Ditadura Getulista.  O rádio na Era Vargas.
    19. 19. O Estado Novo e a Segunda Guerra Mundial  Apenas de ter afinidades tanto com os regimes fascistas (eixo), quanto com os estadunidenses (aliados), o Brasil se manteve neutro, tendo em vista as vantagens político-econômicas de cada um dos lados.  O Brasil começa a fazer negociações com os Aliados em troca do financiamento da Usina Siderúrgica de Volta Redonda para alavancar a industrialização do país.  O Brasil declara guerra ao eixo, devido ao bombardeamento de 9 navios brasileiros pela Alemanha.  Criação da Força Expedicionária Brasileira em 1943.
    20. 20. Economia e Industrialização no Estado Novo  O regresso do café.  Cultivo do algodão, cana-de-açúcar, óleos vegetais e frutas tropicais.  Desenvolvimento industrial: Aumento dos impostos de importação e diminuição de impostos nacionais.  Intervenção econômica e criação de empresas estatais.  Criação da Companhia Vale do Rio Doce: Exploração de minério de ferro em Minas Gerais.  Criação da Companhia Siderúrgica Nacional: Criação de aço como matéria prima em outros setores industriais.
    21. 21. Trabalhismo e Populismo  Migração para o Sudeste.  Consolidação das Leis Trabalhistas: Salário mínimo, férias remuneradas, jornada diária não superior a 8 horas, proteção ao trabalho da mulher e do menor, estabilidade no emprego.  “O grande protetor” e o “Pai dos pobres”.
    22. 22. Decadência do Estado Novo  A Segunda Guerra Mundial chega ao fim e a guerra conta o nazi-fascismo na Europa foi evidência aqui no Brasil, na luta contra o ditador interno do próprio Estado Novo: Vargas.  Abertura política democrática: Volta dos partidos e de eleições, anistia aos presos políticos e retomada de relações com a União Soviética.
    23. 23. Partidos Políticos PARTIDO REPRESENTAÇÃO E FORMAÇÃO CANDIDATO União Democrática Nacional (UDN) Oposição liberal Empresários urbanos Brigadeiro Eduardo Gomes Partido Social Democrático (PSD) Conservadores Proprietários rurais General Dutra Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) Conservadores varguistas Dirigentes sindicais --- Partido Comunista Brasileiro (PCB) Alguns varguistas, alguns comunistas Yedo Fiúza Partido da Representação Popular (PRP) Conservadores extremistas Integralistas Plínio Salgado
    24. 24. Momentos finais...  Se aproximando das novas eleições, Getúlio aproveitando o prestígio do queremismo, aprova a Lei Antitruste em junho de 45, dificultando ainda mais as atividades do capital estrangeiro no Brasil, o que desagradou totalmente as empresas estrangeiras, principalmente as estadunidenses.  A oposição, concentrada na UDN, uniu forças e em 29 de outubro de 1945 obrigaram Getúlio a renunciar.  Getúlio foi exilado em sua cidade natal (São Borja, RS) e no seu lugar ficou o então presidente do STF, José Linhares. Era o fim do Estado Novo e da Era Vargas.
    25. 25. Governo Dutra (1946-50)  Reunião de uma Assembleia Constituinte e formação de uma nova Constituição.  Representação da Assembleia: UDN, PTB e PCB.  Promulgação da nova Constituição: 18 de setembro de 1946.  República federativa, governo presidencialista e poderes ao Legislativo, Executivo e Judiciário.  Voto secreto e universal (maiores de 18 anos).  Foi acrescentado o direito de greve aos trabalhadores.  Liberdade de pensamento, crença, expressão, locomoção e associação de classe.
    26. 26. A Guerra Fria e suas consequências para o Brasil  O governo Dutra aliou-se ao bloco capitalista comandado pelas forças dos Estados Unidos, e daí, teve de romper relações novamente com a União Soviética, e colocar o PCB na ilegalidade, fazendo com que seus membros fossem cassados pela alegação de receberem dinheiro da União Soviética.  Os trabalhadores reclamavam do baixo salário que não aumentava há anos. O governo de Dutra defendeu que não podia aumentar o salário pois deveria combater a inflação. Os trabalhadores fizeram greves em várias regiões do país.  Direito esse que foi suspenso logo após.  Plano SALTE.
    27. 27.  Com o plano SALTE, foi concluída da rodovia Rio-São Paulo, que recebeu o nome de Presidente Dutra.  O nacionalismo econômico de Vargas foi ofuscado com Dutra, a economia brasileira foi aberta aos interesses estrangeiros.  Com essa política, teve início a importação de brinquedos de plástico, aparelhos de televisão, automóveis, meias de náilon, geladeiras e aparelhos de rádio, e também a compra de ferrovias inglesas.  Os líderes industriais brasileiros protestaram contra as importações com a chamada seleção das importações, que ficaria voltada para a compra de bens de produção.  O governo passou a dificultar as importações mas já era tarde: 80% da reserva de dinheiro acumulada havia acabado.
    28. 28. (1951-54) O RETORNO DE VARGAS
    29. 29. O líder populista  Novas eleições: Vargas vence com 48,7%.  Nacionalismo e trabalhismo.
    30. 30. Nacionalismo  Independência econômica do Brasil.  “O petróleo é nosso”.  Criação da PETROBRAS em 1953.  Lei dos Lucros Extraordinários.  A oposição e o combate ao Varguismo.
    31. 31. Trabalhismo e Crise Política  Democracia social e econômica.  Aumento do salário mínimo.  Vargas: O corrupto.  A oposição e o atentado a Carlos Lacerda.  Os últimos dias de Vargas.  24 de agosto: Suicídio de Vargas e a Carta- Testamento.
    32. 32. “...Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história.” -Getúlio Vargas

    ×