Resumo c#

352 visualizações

Publicada em

Resumo c#

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo c#

  1. 1. CEETEPS – CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA “PAULA SOUZA” ETEC FERNANDO PRESTES TÉCNICO EM INFOMÁTICA Resumo c# Sorocaba – SP 2013
  2. 2. Wesley Germano Otávio Nº27 Resumo c# Resumo referente a c# da disciplina Desenvolvimento de Software Professor (a): Neusa Sorocaba-SP 2013
  3. 3. Sumário 1. Introdução .................................................................................................... 4 2. .NET............................................................................................................. 4 3. .NET Framework .......................................................................................... 4 4. Tipos de Dados ............................................................................................ 5 5. Objeto .......................................................................................................... 5 6. Classes ........................................................................................................ 5 7. Atributos....................................................................................................... 5 8. Método ......................................................................................................... 6 9. Interfaces ..................................................................................................... 6 10. Tratamento de Erros ................................................................................. 6 11. Eventos e Delegates ................................................................................ 6 12. Namespace .............................................................................................. 6 13. Manipulação de datas, hora e números ................................................... 6 14. Leitura/escrita de texto e binário............................................................... 7
  4. 4. 1. Introdução Visual c# é uma linguagem de programação desenvolvida pela Microsoft, que é orientada a objetos, conduzida por eventos, sendo compatível com .Net framework e baseada em outras linguagens como Java. Sendo que possui características idênticas de sintaxe que é baseada em c++. Características A ferramenta frequentemente usada para se desenvolver esta linguagem é o Microsoft Visual Studio, que facilita na criação de softwares sendo muito poderosa que evolui juntamente conforme as versões do Windows. Foi projetada para ser mais simples que a linguagem visual basic e mais poderosa do que a linguagem c++, sendo inteiramente orientada a objetos possibilita qualquer variável fazer parte de uma classe, possui características fortes de tipagem que não permitem a atribuição e manipulações incorretas. Possui características de código gerenciável idêntica ao .NET. Tudo no C# é um objeto, por meio do system.objct que é a classe base de todo o sistema de tipos da linguagem. 2. .NET É uma plataforma que faz a conexões de informações, sistemas e dispositivos. Se faz presente na maioria do produtos Microsoft por fazer a ligação de vários dispositivos. Arquitetura .NET     Commom Language Runtime (Tempo de Execução Compartilhado): é responsável pela execução das aplicações, onde ele cuida do gerenciamento de memória através do coletor de lixo “GC” Common Type System (Sistema Comum de Tipos):é responsável por definir tipos e características que são suportadas pelo .NET Common Language Specification(Especificação Comum da Linguagem): é responsável por definir as regras para que qualquer linguagem que interprete o .NET compile o código corretamente para que seja entendido pelo Runtime do .Net Base Classe Library:é responsável por oferecem bibliotecas com componentes consistentes que possam ser reutilizados e sejam de fácil acesso e que tragam rapidez ao desenvolvimento. 3. .NET Framework É a base para desenvolvimento no Windows e web, sendo um componente que disponibiliza serviços que são necessários para a criação de aplicações. Utiliza-se Common Language Run Time para dispor de funções como: Interoperabilidade de linguagem, suporte de versões aprimorado, segurança aprimorada.
  5. 5. 4. Tipos de Dados Texto/Caracteres:   String: Armazena uma série caracteres; (16 bits por caractere) Char: Armazena um único caractere. (16 bits) Faixa de valor: U+0000 a U+ffff Numérico:  Int: Armazena dados do tipo inteiro; Faixa de valor: -2.147.483.648 a 2.147.483.647 (32 bits por padrão)  Decimal: guarda valores numéricos com casas decimais. Faixa de valor: -2.147.483.648 a 2.147.483.647 (128 bits por padrão)  Double: armazena valores numéricos grandes, com casas decimais, suportando valores maiores que decimais. (Ponto flutuante) Faixa de valor: ±5,0 × 10-324 a ±1,7 × 10308 (63 bits por padrão)  Float: é utilizado normalmente para cálculos científicos de grande exatidão. Armazena valores numéricos com casas decimais com precisão maior que uma do tipo double. (Ponto flutuante) Faixa de valor: ±1,5 × 10-45 a ±3,4 × 1038 (32 bits por padrão)  long: Armazena valores inteiros maiores. Faixa de valor: -9,223,372,036,854,775,808 9,223,372,036,854,775,807 (64 bits por padrão) a Lógico:  bool: Armazena valores lógico. Exemplo: false e true. Faixa de valores: true ou false 5. Objeto São modelos de objetos reais, em tese abstrações, que consistem extrair as características mais importantes como estado e comportamento. 6. Classes Classe é a descrição de uma série de objetos com propriedades, denominados atributos, e comportamentos, denominados métodos, e faz a relação com outros objetos com associações e agregações. 7. Atributos Atributo pode ser considerado um pedaço de informação declarada adicionalmente que especifica uma declaração. (Descrição)
  6. 6. 8. Método Método é uma sequência de ações(instruções) que atende a uma necessidade especifica, sendo um mecanismo muito poderoso que possui um nome e um corpo que executam as instruções quando o método é chamado. Seu nome normalmente faz referência a sua finalidade. Habitualmente os métodos recém dados, faz o processo e devolve informação ou um resultado. 9. Interfaces Interface é um tipo de classe que especifica métodos, indexadores e métodos que se pretenda que as classe implementem. De uma maneira mais simples de entender as interfaces é que elas separam “o que” de “como”. As interfaces descrevem como o objeto será utilizado em vez da maneira que foi implementado. Utilizando os artifícios da abstração uma interface faz a definição de formato de classe sem implementar código. 10. Tratamento de Erros Verificação de erros em um sistema, adequadamente para ser executado corretamente. para serem corrigidos Para fazer o tratamento de erros utiliza-se o try e cath, comandos que detectam os erros e exceções. O try faz a delimitação de uma parte do código gerando exceções, e o cath termina o bloco de comando se ocorrer a exceção. 11. Eventos e Delegates  Delegates Os delegates permitem fazer referências a um método, tendo flexibilidade de implementação em tempo de execução de qualquer funcionalidade. Resumindo permitem apontar funções que chamam outras.  Eventos Os eventos são ações do sistemas juntamente com as manipulações do usuário (normalmente através de teclado, mouse, etc.). Em temos os eventos se informam os usuários quando ocorre algo com algum objeto. 12. Namespace Namespace é uma forma de organizar o código de uma aplicação em .NET. A biblioteca .NET está organizada através de namespaces baseados no system, também é um namespace. É uma boa alternativa para reutilização de códigos. 13. Manipulação de datas, hora e números A manipulação de datas, hora e números é feita através da classe time da biblioteca de classes do .NET Framework (system.DateTime), sendo uma alternativa pratica de manipulação fácil e de representação dos dados Exemplo: Inicializa a data com ano, mês e dia:
  7. 7. DateTime data1 = new DateTime(2007, 1, 21); Inicializa a data com ano, mês, dia, hora, minuto e segundo: DateTime data2 = new DateTime(2007, 1, 21, 20, 47, 35); Inicializa a data com um número de nano-segundos: DateTime data3 = new DateTime(123456789); 14. Leitura/escrita de texto e binário  Texto UM texto no c# é interpretado como sendo uma série de caracteres agrupados em linha. Sua leitura é feito através da classe Stream na biblioteca IO. Para Escrever: StreamWriter wr = new StreamWriter(@"c:pastaarquivo.txt", true); wr.WriteLine("Este é o texto a escrever no arquivo"); Para Ler: StreamReader rd = new StreamReader(@"c:pastaficheiro.txt");  Binário Arquivos binários são de muito utilizados por guardarem não somente valores do tipo texto, mais sim outros tipos. São fáceis de utilizar e dependendo de seu tipo não é necessário fazer conversão. Sua leitura e escrita é feita através do Para Escrever: BinaryWriter bw = new BinaryWriter(file); bw.Write("ArquivoBinario"); bw.Close(); Para Ler: FileStream file = new FileStream("arquivo.dat", FileMode.Open); BinaryReader br = new BinaryReader(file); Console.Write(br.ReadString());
  8. 8. Bibliografia C# - Wikipédia. Disponível em: < http://pt.wikipedia.org/wiki/C_Sharp>. Acesso em: 09/08/2013 à 06/09/13 Linguagens / c# Imasters. http://imasters.com.br/secao/linguagens/c-sharp/>. 06/09/13 Disponível em: < Acesso em: 09/08/2013 à Introdução ao C# - MSDN. Disponível em: < http://msdn.microsoft.com/ptbr/dd919145>. Acesso em: 09/08/2013 à 06/09/2013.

×