O DESERTO DE DEUS Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração. (Oséias 2:14) E l...
Que lugar estranho para se acharem vinhas – o deserto! E será que as riquezas de que uma alma precisa podem ser encontrada...
Parece que sim! “E não é só isto, mas o “vale de Acor” (que significa amargura), é chamado, no texto, de Porta de Esperanç...
Sim, Deus conhece a nossa necessidade desta experiência no deserto. Ele sabe como e quando trazer para fora aquilo que est...
A alma era idólatra, rebelde; esqueceu-se de Deus e disse, voluntariosamente: “Irei atrás de meus amantes.” Contudo, ela n...
.  E quando já estava desesperada e sozinha, Deus disse: “Eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao cora...
Que Deus cheio de amor é o nosso! Nós nunca sabemos onde Deus esconde suas águas. Vemos uma rocha e não podemos imaginar q...
Vemos um lugar pedregoso e não sabemos que esconde um manancial. Deus nos guia a lugares difíceis e depois nós descobrimos...
.  A minha oração é para que vocês permaneçam firmes nas promessas do nosso Deus. Ele é fiel para cumprir todas, a seu tem...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Deserto De Deus

8.778 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.778
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Deserto De Deus

  1. 1. O DESERTO DE DEUS Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração. (Oséias 2:14) E lhe darei as suas vinhas dali, e o vale de Acor, por porta de esperança; e ali cantará, como nos dias de sua mocidade,(Oséias 2:15.a)
  2. 2. Que lugar estranho para se acharem vinhas – o deserto! E será que as riquezas de que uma alma precisa podem ser encontradas no deserto, que é um lugar de solidão, e onde, se perdidos, dificilmente acharemos a saída?
  3. 3. Parece que sim! “E não é só isto, mas o “vale de Acor” (que significa amargura), é chamado, no texto, de Porta de Esperança.” E ali cantará como nos dias de sua mocidade!
  4. 4. Sim, Deus conhece a nossa necessidade desta experiência no deserto. Ele sabe como e quando trazer para fora aquilo que está dentro de nós.
  5. 5. A alma era idólatra, rebelde; esqueceu-se de Deus e disse, voluntariosamente: “Irei atrás de meus amantes.” Contudo, ela não os alcançou.
  6. 6. . E quando já estava desesperada e sozinha, Deus disse: “Eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração.”
  7. 7. Que Deus cheio de amor é o nosso! Nós nunca sabemos onde Deus esconde suas águas. Vemos uma rocha e não podemos imaginar que ela abrigue uma fonte.
  8. 8. Vemos um lugar pedregoso e não sabemos que esconde um manancial. Deus nos guia a lugares difíceis e depois nós descobrimos que encontramos na habitação das fontes eternas.
  9. 9. . A minha oração é para que vocês permaneçam firmes nas promessas do nosso Deus. Ele é fiel para cumprir todas, a seu tempo. Autor: Pr. Luiz Soares Adaptação para slide: F.Ribeiro [email_address]

×