Subindo ao monte

326 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Subindo ao monte

  1. 1. Subindo ao monteSubindo ao monteSubindo ao monteSubindo ao monte
  2. 2. Quando Moisés subiu, a nuvem cobriu o monte,e a glória do Senhor permaneceu sobre o monte Sinai. Durante seis dias anuvem cobriu o monte. No sétimo dia o Senhor chamou Moisés dointerior da nuvem.Aos olhos dos israelitas, a glória do Senhor parecia um fogo consumidorno topo do monte.Moisés entrou na nuvem e foi subindo o monte. E permaneceu no montequarenta dias e quarenta noites.E o Senhor disse a Moisés: "Vá ao povo e consagre-o hoje e amanhã. Elesdeverão lavar as suas vestese estar prontos no terceiro dia, porque nesse dia o Senhor descerá sobreo monte Sinai, à vista de todo o povo.Ao amanhecer do terceiro dia houve trovões e raios, uma densa nuvemcobriu o monte, e uma trombeta ressoou fortemente. Todos noacampamento tremeram de medo.Moisés levou o povo para fora do acampamento, para encontrar-se comDeus, e eles ficaram ao pé do monte.O monte Sinai estava coberto de fumaça, pois o Senhor tinha descidosobre ele em chamas de fogo. Dele subia fumaça como que de umafornalha; todo o monte tremia violentamente,e o som da trombeta era cada vez mais forte. Então Moisés falou, e a vozde Deus lhe respondeu.Vocês não chegaram ao monte que se podia tocar, e que estava emchamas, nem às trevas, à escuridão, nem à tempestade,ao soar da trombeta e ao som de palavras tais que os ouvintes rogaramque nada mais lhes fosse dito;pois não podiam suportar o que lhes estava sendo ordenado: "Até umanimal, se tocar no monte, deve ser apedrejado".O espetáculo era tão terrível que até Moisés disse: "Estou apavorado etrêmulo!"Segue o post abaixo para que possamos ter uma analogia física, uma vaga noçãodo que estava sendo visto. Os eventos do Sinai não eram uma erupção vulcânica.O fogo que eles viam não era fruto da combustão. Os relâmpagos avistados nãoeram de eletricidade. Eles representavam manifestações de energia conhecidaspelo ser humano. A caminhada de Moisés e de Josué até o monte Sinairepresenta o homem indo de encontro a DEUS. Esse momento de revelação éuma apresentação do PODER, PODER admirável, PODER grandioso, FORÇAabsoluta, assustadora. Memorável.Diante dos olhos das crianças e adultos a lembrança perene de uma tempestade,dos ruídos de trombetas, dos raios que se agigantavam, a sensação da terratremendo, a visão do fogo sobre a montanha.As leis divinas foram entregues em uma manifestação de PODER, para que osisraelitas entendessem o significado do lhes seria entregue relacionava-se com aessência de DEUS, com sua AUTORIDADE, com seu DOMINIO, com suaSOBERANIA. Que o universo era impactado e mesmo sustentado por LEISdivinas, tais como essas que lhes seriam outorgadas.
  3. 3. Para que para sempre a associação entre LEI, PODER, DOMINIO,AUTORIDADE e DEUS ficassem intimamente relacionadas.vulcões soltando relâmpagosPor mais estranho que pareça, é verdade: uma erupção vulcânica é capaz decriar raios. Por quê?Relâmpagos que acontecem nas tempestades normais ainda são um fato nãobem explicado pela ciência, mas sabe-se que eles ajudam a resfriar áreas decargas elétricas opostas.Uma hipótese para o espetáculo raro que se vê em alguns vulcões, chamado de“tempestade suja”, é que as bolhas de magma ou as cinzas do vulcão possuem cargaselétricas e, com o movimento, conseguem criar áreas separadas de cargas elétricasopostas – a condição para a criação dos arcos voltaicos.Outra hipótese é que os raios aparecem por causa das colisões na poeiravulcânica que induzem a eletricidade.O processo tem início quando as partículas se separam, seja após uma colisão ouquando partículas maiores se partem. Então, alguma diferença de aerodinâmicaentre essas partículas faz com que as que possuem carga positiva se afastem dasnegativamente carregadas.Quando a separação da carga é tão alta que supera a resistência do ar, aeletricidade flui entre as partículas – e os raios são este fluxo de eletricidade.A erupção vulcânica em si é incapaz de gerar carga elétrica suficiente paraacender relâmpagos. Os cientistas acreditam que as cargas elétricas são geradasquando fragmentos de rochas, cinzas e partículas de gelo na nuvem colidempara produzir cargas estáticas, da mesma maneira que as partículas de gelocolidem para criar trovoadas regulares.1 – Vulcão Chaitén
  4. 4. Em 2008, o vulcão chileno Chaitén, de 1.122 metros de altura, entrou emerupção depois de um período de 9.000 anos adormecido, explodindo metalliquefeito e relâmpagos para o céu. Ele fica localizado na região dos Lagos, nosul do país, a 10 km da cidade de Chaitén.[EventosFinais, MOONSCOOCH]2 – Vulcão Eyjafjallajökull
  5. 5. A foto acima, feita pela National Geographic mostra a pluma de cinzas do vulcãoEyjafjallajökull, da Islândia, que entrou em erupção atrapalhando até mesmoviagens aéreas em 2010. Os raios da chamada “tempestade suja” ocorreramquando partículas de rocha e gelo soltas pela explosão de magma colidiram naatmosfera. Abaixo, mais fotos do vulcão.[TheRoosevelts]
  6. 6. 3 – Grímsvötn
  7. 7. O Grímsvötn é um sistema lacustre-vulcânico, composto por um vulcão e várioslagos, localizados debaixo do glaciar Vatnajökull, na Islândia. Situado a umaaltitude de 1.725 metros, este sistema ocupa uma área de 300 km². Essas fotosforam tiradas na erupção de 22 de maio de 2012.[TheAtlantic, JonGustafsson]4 – Vulcão Shinmoe-dake
  8. 8. Em 2011, um vulcão situado no sudoeste do Japão entrou em erupção lançandocinzas e pedras a uma altura de 4.000 metros. Shinmoedake, situado na ilhaKyushu, tem 1.420 metros de altura e estava adormecido há 52 anos.[Telegraph,G1, ChugginMonkeys]5 – Vulcão Puyehue
  9. 9. Em 2011, a erupção do vulcão Puyehue, do Chile, explodiu uma nuvem de cinzaspara o ar que prejudicou voos de aeroportos na Argentina, Uruguai e Paraguai.No Brasil, a nuvem causou cancelamentos principalmente no aeroporto dePorto Alegre. O Puyehue tem 2.440 metros de altura e fica na Patagônia chilena,em meio à Cordilheira dos Andes. As duas cidades mais populosas próximas aovulcão são Osorno, no Chile, e Bariloche, na Argentina. Desde a última erupção,em 1960, o Puyehue não dava sinais de perigo. [Gatag, G1, WPB]
  10. 10. 6 – Vulcão ArenalO vulcão Arenal da Costa Rica, uma das principais atrações turísticas do país,entrou em erupção pela última vez em 2010, derramando lavas, cinzas e gases, oque provocou a evacuação do parque nacional onde está localizado. A atividadevulcânica começou com a queda de ao menos oito avalanches de lava que saíramininterruptamente de uma cratera de 1.633 metros de altura. A foto acima foitirada na erupção de agosto de 2005

×