Projeto Horlandina

556 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Projeto Horlandina

  1. 1. O PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA TURMA:1º FASE DO 1º CICLO DO ENSINO FUNDAMENTAL DA ESCOLA ESTADUAL SÃO JOSÉ PONTES E LACERDA - MT. DOCENTES: ANA JOSÉ, CAMILA, CLEIDIANE E HORLANDINA SEQUÊNCIA DIDÁTICA LA NA CASA DA VIZINHA JANE EMIRENE EIXOS NÚMEROS E OPERAÇÕES TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO/ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE
  2. 2. Direitos de Aprendizagem - Perceber a importância da utilização de uma linguagem simbólica universal na representação e modelagem de situações matemáticas como forma de comunicação. - Desenvolver o espírito investigativo, crítico e criativo, no contexto de situações problema, produzindo registros próprios e buscando diferentes estratégias de solução.
  3. 3. Capacidades • Resolver situações problemas envolvendo as operações matemáticas; • Utilizar informação disponível para resolução de problemas; • Associa número ao numeral; • Reconhece, lê e escreve numeral; • Realiza correspondência entre diferentes ordens do sistema numérico (unidade, dezena e centena); • Conta e registra quantidades utilizando estratégia própria; • Identifica informações numéricas contidas em texto; • Agrupa e reagrupa usando diversos materiais.
  4. 4. Metodologia/Recursos • O texto “Lá na casa da vizinha”, utilizando cartaz de cartolina para escrever a Parlenda, pincel atômico colorido e figuras para enfeita. • Atividades xerocadas envolvendo as capacidades previstas. • Atividades extras elaboradas, repassados no quadro que intensifique as capacidades previstas. • Utilizar material dourado e/ou outros disponíveis. • Cardápio semanal dos alimentos servidos na merenda e fazer uma pesquisa com os alunos de cada ano sobre seu alimento preferido, registrando depois uma tabela e gráfico de barras a preferência de cada turma. Os registros serão feitos no caderno do aluno e num cartaz de cartolina para expor no mural da escola. • Brincadeira do bingo, jogo de trilha confeccionada pelo professor.
  5. 5. Avaliação Será observado o desenvolvimento de cada aluno, acompanhando e respeitando o tempo de construção de conhecimento do mesmo através da participação nas atividades desenvolvidas.
  6. 6. No primeiro dia foi apresentado como deleite a parlenda “La na casa da vizinha” em forma de música, as crianças interagiram demonstrando gosto pela parlenda cantada. Após foi entregue o texto para os alunos relacionar o numeral, a quantidades e a escrita dos mesmos como também o prazer de colorir suas atividades.
  7. 7. No segundo momento foi realizado com os alunos uma atividade explorando adição e subtração com idéias de acrescentar e tirar. Após os alunos, teriam que encontrar os resultados dos numerais no caça - resultados.
  8. 8. 2º dia Iniciamos a aula como deleite a música Mariana. Logo em seguida foi introduzido a leitura do calendário, juntamente com a quantidades de alunos presentes e ausentes do dia. Depois foi entregue uma atividade para registrarem a quantidade dos alunos presentes do dia apresentados com a pintura.
  9. 9. Foi apresentado outra atividade com seqüência numérica para os alunos representar com o material dourado, no entanto a maioria dos alunos realizaram sem utilizar o material dourado.
  10. 10. 3º dia Musiquinha como deleite deleite a minhoquinha da minhoquinha.
  11. 11. • No decorrer do jogo da trilha houve alguns conflitos, até o momento em que foi mencionado as regras de como jogar o jogo onde os alunos teriam que passar sua vez para o próximo colega. No jogo foi preciso um dado numerado de um até sei.
  12. 12. Logo após o jogo foi entregue uma atividades com seqüência numérica até 50 com desenho para colorir.
  13. 13. 4ºdia fazendo retomada da parlenda “La na casa da vizinha”. Logo Após a história a Caixinha da Galinha Felicidade e apresentação do cardápio dos lanches da primeira semana do mês, onde os alunos escolheram o lanche preferido.
  14. 14. 5º dia construção do gráfico.
  15. 15. • Nesse dia foi realizado um momento de reflexão sobre a alimentação saudável e sobre o desperdício da merenda escolar no momento de lanchar. Após a conversa foi realizado a construção do gráfico, os alunos demonstraram interesse, fazendo leitura dos dias da semana e os lanches mencionado.
  16. 16. Conclusão • Durante a execução das atividades foi observado momentos de dificuldades para a realização das atividades, como também houve grande avanços com alguns alunos que no decorrer do dia a dia desenvolveram suas atividades com mais interesse e prazer surgindo estratégias próprias para resolver as situações encontradas no decorrer das realizações, interações dos alunos envolvidos. • Diante dessas atividades esplanadas percebi o companheirismo entre eles demonstrando mais aprendizagem no processo do conhecimento.
  17. 17. • No momento da história os alunos ficaram ansiosos para ouvir a história de Felicidades ao verem a caixa foi observando a importância das atividades diferenciadas, pois os alunos ficaram compenetrados e entusiasmados com o desfecho da história. • Conta se a história que Felicidade era uma galinha que saiu para cacarejar em outro quintal... Mas felicidades não conseguiu voltar para casa, no entanto teve a sorte de encontrar o menino Paulinho, que imediatamente levou-a para a sua casa, pois estava franzininha e faminta... Depois de algum tempo, percebeu o quanto era feliz, pois o futuro havia reservado muitos ovinhos para ela chocar. Um belo dia... Saiu do ninho para ciscar... A caixa de história da Galinha felicidades.

×