Aula 10 webjornalismo 2016_17

265 visualizações

Publicada em

Slides de apoio à UC de Webjornalismo da Univ. da Beira Interior

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
173
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 10 webjornalismo 2016_17

  1. 1. SUMÁRIO 14 Jornalismo e dispositivos móveis H1
  2. 2. (ITU/Tomi Ahonen 2011) 6,5% penetração imprensa 23,1% penetração televisão 56,3% penetração rádio 7,3 bilhões população total Jornalismo e dispositivos móveis 1. Novo ecossistema mediático
  3. 3. 7,3 bilhões população total 3,2 bilhões utilizadores Internet 3,7 bilhões utilizadores telemóvel 2,2 bilhões utilizadores redes sociais Jornalismo e dispositivos móveis 1. Novo ecossistema mediático (We are Social, 2015)
  4. 4. Facilita a participação dos cidadãos no processo informativo Permite a reportagem em locais recônditos (Ex: Voices of Africa) Possibilita o directo a baixo custo (ex: Qik e Live Cast) Oferece maior mobilidade aos jornalistas Jornalismo e dispositivos móveis 2. MoJo: Mobile Journalism
  5. 5. 1. Fenómeno transversal a toda a sociedade Razões para a utilização do telefone fixo: ■ Manter ligação a familiares e amigos (Wellman & Tindall, 1993) ■ Reduzir o isolamento e a ansiedade (Fisher, 1992) Razões para a utilização do telemóvel: ■ Mobilidade e entretenimento (Williams, Dordick & Jesuale, 1985) ■ Sensação de segurança pessoal (Dimmick, Sikand & Patterson, 1994) ■ Moda/Status (Leung y Wei, 2000; Souza e Silva, 2006). Jornalismo e dispositivos móveis 3. O telemóvel como recetor
  6. 6. Jornalismo e dispositivos móveis 3. O telemóvel como recetor 1979 - Communicate (voz & mensagens) 1998 - Consume (media) 1999 - Charging (money) 2000 - Commercials (advertising) 2001 - Create (cameraphone) 2003 - Community (social networking) 2005 - Cool (fashion) 2007 - (Remote) Control 2008 - Context (status, location etc) 2009 - Cyber (plants, animals, augmented) 2010 - Career (employment platform) (ITU/Tomi Ahonen 2016)
  7. 7. Adaptação: conteúdos de reduzida complexidade (SMS,WAP). Formatos condicionados pelas baixas velocidades de acesso, pequena dimensão do ecrã, interfaces pouco intuitivas e preço dos serviços pouco acessível. Autonomia (Internet nos telemóveis): meios criam versões próprias para telemóveis com texto e/ou coluna e fotos. Emancipação (3G e smartphones): desenvolvimento de aplicações próprias (apps) para aceder a conteúdos georeferenciados de natureza multimédia. Possibilidade de interagir Fases de desenvolvimento Jornalismo e dispositivos móveis 3. Informação jornalística para telemóveis
  8. 8. 27 de julho de 2016: Vendido o dispositivo mil milhões junho de 2016: Disponibilizados 2 mil milhões na Apple App Store Razões: Usabilidade, capacidade multimédia, inovação e design Inclui dispositivo, sistema operativo e app store Jornalismo e dispositivos móveis 3.1 Case Study: iPhone
  9. 9. Jornalismo e dispositivos móveis 4. O tablet como recetor: PC Portátil e PDAs Tablet PC Tablet ■ Vantagens em relação aos computadores: ■ Vantagens em relação ao smartphone: Permite uma maior personalização dos conteúdos Promove a colaboração, o envolvimento e a interatividade Mais leve e com mais altos níveis de usabilidade Ecrã com maiores dimensões Maior autonomia das baterias Maior capacidade de processamento Phablet
  10. 10. Jornalismo e dispositivos móveis 4. O tablet como recetor: ■ Permite conteúdos: Hipermultimediáticos Personalizados Que explorem a mobilidade e a realidade aumentada PC Portátil e PDAs Tablet PC Tablet Phablet ■ Modelos económicos ligados ao jornalismo: Venda de conteúdos criativos e diferenciados Micropagamentos Explorar melhor o Crowdfunding Parcerias de ISPs e fabricantes Novas formas de publicidades
  11. 11. Questões Técnicas 5. Falta de recursos humanos qualificados na produção 2. Rede de fibra e 4G sem cobertura total 3. Hábito de leitura linear 4. Falta de um design intuitivo 6. Passividade dos leitores 1. Exclusão de alguns setores da população Dificuldades para os “novos jornalismos”
  12. 12. Com paywall (premium) ■ Modelos económicos atuais Gratuito (publicidade - banners, Pre-roll nos vídeos, Intersticial, microsites, jogos, e-mail, etc ) Freemium (misto) Modelo 360ª (micropagamentos + acesso grátis + venda de apps + crowdfunding + publicidade imersiva + partilha com ISPs e fabricantes) ■ Modelo económico do futuro Questões Económicas Dificuldades para os “novos jornalismos” 1. Ausência de um modelo económico de viabilização 2. Preços de acesso ainda muito altos

×