Não me faça pensar

7.348 visualizações

Publicada em

Resumo do Livro:
"Não me faça pensar"
Uma abordagemem de Bom Senso à usabilidade na Web
Steve Krug

Publicada em: Educação, Tecnologia, Design
  • Seja o primeiro a comentar

Não me faça pensar

  1. 1. Não me faça pensar!Uma abordagemem de Bom Senso à usabilidade na Web Steve Krug resumido por @altrs
  2. 2. Usabilidade = funcionar bem
  3. 3. Use o bom senso......e deixe que te mostrem o óbvio!
  4. 4. Primeira lei de Krug:Não me faça pensar!
  5. 5. Usuários querem atingir seu objetivo.
  6. 6. Crie uma hierarquia visual clara
  7. 7. Tire proveito das convenções
  8. 8. Tenha áreasclaramente definidas
  9. 9. Deixe óbvio o que pode ser >clicado
  10. 10. Minimize a confusão
  11. 11. Segunda lei de Krug: Não importa quantas vezes eu tenha que clicar, desde que cadaclique seja uma escolha óbvia e não ambígua.
  12. 12. Terceira lei de Krug:Livre-se da metade daspalavras de cada páginae depois de metade das que restaram.
  13. 13. Evite instruções
  14. 14. Navegação na web
  15. 15. Alguns preferem procurar,outros preferem fazer umabusca
  16. 16. Quais sinais guiammeu próximo passo?
  17. 17. Onde estou epara que direção estou indo? 30% a 40% dos cliques são no botão Voltar.
  18. 18. > Bread > crumbsNome da páginaSessões Subsessões
  19. 19. Faça o teste do porta-malas- Que site é este?- Em qual página estou?- Quais são as principais seções desta página?- Quais são minhas opções neste nível?- Onde estou no esquema das coisas?- Como posso realizar uma pesquisa?
  20. 20. Na página inicial tem sempre uma coisa a mais...- A identificação e a missão do site- A hierarquia do site- Uma caixa de pesquisa- Atrações, como novidades e recursos- Conteúdo oportuno, atualizado com freqüência- Negócios, atalhos, cadastro- O que estou procurando- O que não estou procurando, mas que é maravilhoso!- Por onde começar?- Credibilidade e confiança- Todos querem uma parte dela- Todos opinam sobre ela- Tem que ser atrativa para todos
  21. 21. Tenha um bom slogan,específico e atraente
  22. 22. O agricultor e o criador de gadosdevem ser amigos
  23. 23. não discutabaseado em crenças
  24. 24. não existe usuário médioUm bom projeto leva esta complexidade em conta.
  25. 25. tudo depende do contexto
  26. 26. Mantenha ostestes simples
  27. 27. Muitos testes são feitos:Muito tardeEm pouca quantidadePelos motivos errados
  28. 28. Grupos com foco xTestes de usabilidade
  29. 29. Verdades sobre testes:- Se quiser um ótimo site, tem que testar- Testar um usuário é 100% melhor do que nenhum- Testar um usuário no início é melhor do que 50 depois- É mais importante testar cedo e com freqüência do querecrutar usuários representativos- A questão não é provar algo, mas fornecer informaçõesque juntamente com sua experiência e bom sensofacilitarão a escolha- Testar é iterativo: Faz, testa, conserta e testa novamente- Nada é melhor do que a reação do público ao vivo
  30. 30. Quantos usuários você deve testar? Os três primeiros usuáriosprovavelmente encontrarão quase todos os problemas significativos.
  31. 31. Teste antes de começar!!!
  32. 32. Resista ao impulso de acrescentar coisas
  33. 33. Nunca esconda o que você não quer mostrar! Diga o que o usuário quer saber!
  34. 34. Acessibilidade Um site acessível não precisa ser menosatrativo e não deve necessitar de muito mais esforço para ser desenvolvido.Também não é fazer passar num validador.Tornar o site mais usável para o resto de nós também o tornará mais eficaz para pessoas com deficiência.
  35. 35. Não me faça pensar!Uma abordagemem de Bom Senso à usabilidade na Web Steve Krug resumido por @altrs

×