Apocalipse 12 e 13

359 visualizações

Publicada em

Estudos do livro Apocalipse 12 e 13

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apocalipse 12 e 13

  1. 1. A MULHERA MULHER E OE O DRAGÃODRAGÃO APOCALIPSE 12
  2. 2. É a primeira vez, em todo o livro de Apocalipse, que aparece a palavra sinal. Portanto, se é um sinal, não é uma mulher literal, mas é símbolo de algo mais.
  3. 3. No sonho de José, seu pai era o sol, mãe era a lua e irmãos eram as estrelas. Sol, lua e a coroa representam a graça e a glória do Senhor que a reveste e sua eleição (Salmos 84.11; Mal 4.2).
  4. 4. Os quais são israelitas e de quem descende o Cristo. Rom 9: 4 e 5 E estando grávida, gritava com as dores do parto, sofrendo tormentos para dar à luz. Apoc 12:2 E deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono. Apoc 12:5 Sofre dores e trabalha, ó filha de Sião, como a que está de parto; porque agora sairás da cidade, e morarás no campo, e virás até Babilônia. Ali, porém serás livrada; ali te remirá o Senhor da mão de teus inimigos. Miquéias 4:10 Mas tu, Belém Efrata, posto que pequena para estar entre os milhares de Judá, de ti é que me sairá aquele que há de reinar em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da
  5. 5. Viu-se também outro sinal no céu: eis um grande dragão vermelho que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas; a sua cauda levava após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que estava para dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho. Viu-se também outro sinal no céu: eis um grande dragão vermelho que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas; a sua cauda levava após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que estava para dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho. Apocalipse 12:3-4 O grande dragão vermelho: A cor vermelha é sangue derramado; A antiga serpente: Jardim do Éden Diabo (v. 9): acusador ou caluniador Satanás (v. 9):adversário. O sedutor de todo o mundo (v. 9): Toda estratégia usada pelo diabo para enganar o ser humano é baseada em sedução; O ex-acusador de nossos irmãos (v.10):
  6. 6. E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias. Apocalipse 12:6 E foram dadas à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente. Apoc 12:14
  7. 7. E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para fazer que ela fosse arrebatada pela corrente. A terra, porém acudiu à mulher; e a terra abriu a boca, e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca. E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus. Apocalipse 12:15-17
  8. 8. O GOVERNO DO ANTICRISTO E OO GOVERNO DO ANTICRISTO E O FALSO PROFETAFALSO PROFETA APOCALIPSE 13
  9. 9. O mar, aqui, traz o mesmo significado de várias passagens do Velho Testamento. Ele representa as nações ou a sociedade humana. Em Salmo 65:7 o “rugir dos mares” é igual ao “tumulto das gentes”. Em Isaías 17:12 “Ai do bramido dos grandes povos que bramam como bramam os mares, e do rugido das nações que rugem como rugem as impetuosas águas!” . Em Isaías 57:20 “Mas os perversos são como o mar agitado, que não se pode aquietar, cujas águas lançam de si lama e lodo” . Então vi subir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças nomes de blasfêmia. Apoc 13:1 É a imagem e semelhança do dragão vermelho do capítulo 12, com uma pequena diferença. DRAGÃO VERMELHO sete cabeças dez chifres sete diademas PRIMEIRA BESTA sete cabeças dez chifres dez diademas Dez chifres coroados com diademas representam dez nações confederadas à Besta, que ainda terão lugar no tempo do fim o seu cumprimento.
  10. 10. Daniel 7:4 a 7 começa com a descrição do leão até a do leopardo. E João faz o caminho inverso. Isso justamente porque Daniel olhava para o futuro, e já na época de João, esses impérios já eram do passado e o Império do Anticristo era o presente.
  11. 11. Na batalha no céu, o exército dos fiéis é liderado por Miguel, cujo nome quer dizer “Quem é semelhante a Deus?” Mas os povos do mundo, negam o poder de Deus e perguntam: “Quem é semelhante à besta?”. O poder do grande e irreverente perseguidor na terra vem de Satanás e o reconhecimento vem dos homens. Todos se maravilharam e adoraram a besta. Blasfêmia inegável são as palavras aplicadas à besta. São palavras de exaltação devidamente oferecidas a Deus. Também vi uma de suas cabeças como se fora ferida de morte, mas a sua ferida mortal foi curada. Toda a terra se maravilhou, seguindo a besta, e adoraram o dragão, porque deu à besta a sua autoridade; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? quem poderá batalhar contra ela? Apocalipse 13:3-4 Foi-lhe dada uma boca que proferia arrogâncias e blasfêmias; e deu-se lhe autoridade para atuar por quarenta e dois meses. E abriu a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome e do seu tabernáculo e dos que habitam no céu. Apocalipse 13:5-6
  12. 12. Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a perseverança e a fé dos santos. Apocalipse 13:10 Também lhe foi permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se lhe autoridade sobre toda tribo, e povo, e língua e nação. E adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça. Apocalipse 13:7-9 "Ele magoará os santos do Altíssimo e cuidará em mudar os tempos e a lei; e os santos lhe serão entregues nas mãos" Daniel 7:25 Guerra aos santos, receberá autoridade, adoração e fará alteração das leis. Modificações necessárias para simular o milênio e o governo de Cristo. Somente com perseverança e a fé será possível suportar a prisão e até mesmo a morte por amor a Jesus e ao Deus verdadeiro.
  13. 13. E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como dragão. Apocalipse 13:11 A PREGAÇÃO DO FALSO PROFETA 1)A promoção da mentira. Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam na mentira. 2Ts 2.11 2) A promoção do pecado. Temas polêmicos, como a questão do aborto, eutanásia, homossexualismo e prostituição, estão em evidência e caminham para uma aprovação legal. Ataques às crenças religiosas, marcha pela legalização do uso de drogas... nossa sociedade está marcada pela promoção do pecado 3) A promoção do culto a Satanás. Apoc 13:12 4) A promoção de uma economia e religião únicas. Apoc 13:15 a 17 O Falso Profeta (Ap 13:11-18) será o líder da futura rede mundial religiosa. O seu objetivo será fazer com que as nações adorem Satanás e o Anticristo (Ap 13:4, 8).
  14. 14. RESUMO
  15. 15. O CORDEIRO SOBRE O MONTE SIÃOO CORDEIRO SOBRE O MONTE SIÃO OS TRÊS ANJOS E O EVANGELHO ETERNOOS TRÊS ANJOS E O EVANGELHO ETERNO A CEIFA E A VINDIMAA CEIFA E A VINDIMA APOCALIPSE 14
  16. 16. E olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o Monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que traziam na fronte escrito o nome dele e o nome de seu Pai. Apocalipse 14:1 O que temos em 2 Sam. 5:3-5 é o começo do reinado de Davi. A Escritura nos diz que Davi foi um rei conforme o coração de Deus. Ele não foi o primeiro rei de Israel; o primeiro rei foi Saul. Mas Saul não era um rei conforme o coração de Deus; mas sim conforme o coração do povo. Sião é o nome de uma das colinas de Jerusalém e que por extensão tornou-se sinônimo de Jerusalém e que pela definição bíblica é a cidade de David. Após a morte do rei David, o termo Sião passou a se referir ao monte em Jerusalém, o Monte Sião, onde se encontrava o Templo de Salomão. Mais tarde, Sião passou a se referir ao próprio templo. É a última menção da Bíblia ao Monte Sião está em Apocalipse 14. A primeira em importância está em (2 Sam. 5:3-5). Vieram, pois, todos os anciãos de Israel ao rei em Hebron, e o rei Davi fez pacto com eles em Hebron diante do Senhor; e ungiram a Davi por rei sobre Israel. Davi tinha trinta anos quando começou a reinar, e reinou quarenta anos. Em Hebron reinou sobre Judá sete anos e seis meses, e em Jerusalém reinou trinta e três anos sobre todo Israel e Judá. Mas tendes chegado ao Monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, a miríades de anjos; à universal assembléia e igreja dos primogênitos inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados; Hebreus 12:22-23 No Salmo 51:18 e mais 179 vezes, Jerusalém é chamada Sião.
  17. 17. E cantavam um cântico novo diante do trono, e diante dos quatro seres viventes e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil, aqueles que foram comprados da terra. Apocalipse 14:3 Selados na terra Louvam no Céu Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro. E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis. Apocalipse 14:4-5
  18. 18. Os 144 mil selados em Ap 7.1-8: Cenário: terra Origem: tribos de Israel Identidade: judeus remanescentes que se converterão a Cristo, distintos da igreja Selo de Deus: contraste com a marca da besta; não sofrem os danos no juízo de Deus sobre a terra durante a grande tribulação; Os 144 mil selados em Ap 14.1-5: Cenário: estão no céu diante do Cordeiro, junto com o seres viventes e dos anciãos, selados com o nome de Deus e de Cristo e cantam um novo cântico exclusivo; Origem: “Aqueles que foram comprados da terra”; Identidade: homens puros e virgens, sem mácula, redimidos dentre os homens e primícias para Deus e para o Cordeiro.
  19. 19. E vi outro anjo voando pelo meio do céu, e tinha um evangelho eterno para proclamar aos que habitam sobre a terra e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas. Apocalipse 14:6-7 • A verdadeira igreja está no céu e a falsa igreja está arruinada. Ela é grande, mas está perdida. Ela seduziu, enganou, mas agora está caída. • A grande Babilônia é o sistema mundano, a religião prostituída que vai estar a serviço da besta e de Satanás no mundo. • Enquanto durar o tempo os homens têm a oportunidade de se arrependerem e de se voltarem para Deus. Infelizmente o anjo não terá êxito. Não há mais tempo. • Somente Deus é digno de ser adorado (14:7), porque ele é o Deus criador. Ele é a origem de todas as coisas. A mensagem destina-se aos seguidores e adoradores do anticristo. Esse será o foco da ira de Deus durante a segunda metade da Tribulação. Um segundo anjo o seguiu, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição. Apocalipse 14:8 Seguiu-os ainda um terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na fronte, ou na mão, também o tal beberá do vinho da ira de Deus ... Apocalipse 14:9
  20. 20. E olhei, e eis uma nuvem branca, e assentado sobre a nuvem um semelhante a filho de homem, que tinha sobre a cabeça uma coroa de ouro, e na mão uma foice afiada. Apocalipse 14:14 E outro anjo saiu do santuário, clamando com grande voz ao que estava assentado sobre a nuvem: Lança a tua foice e ceifa, porque é chegada a hora de ceifar, porque já a seara da terra está madura. Então aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à terra, e a terra foi ceifada. Apocalipse 14:15-16 Vem do Senhor. Somente Ele sabe a hora. O anjo clamou. Não foi uma ordem do anjo. O trigo é ceifado. O joio fica. É a hora certa de separar o joio do trigo
  21. 21. Ainda outro anjo saiu do santuário que está no céu, o qual também tinha uma foice afiada. Apoc 14:17 E o anjo meteu a sua foice à terra, e vindimou as uvas da vinha da terra, e lançou-as no grande lagar da ira de Deus. E o lagar foi pisado fora da cidade, e saiu sangue do lagar até os freios dos cavalos, pelo espaço de mil e seiscentos estádios. Apocalipse 14:19-20 E saiu do altar outro anjo, que tinha poder sobre o fogo, e clamou com grande voz ao que tinha a foice afiada, dizendo: Lança a tua foice afiada, e vindima os cachos da vinha da terra, porque já as suas uvas estão maduras. Apoc 14:18
  22. 22.  Apocalipse 14 termina com a predição de que Jesus Cristo trará o  julgamento à terra, e que isso ocorrerá após três avisos por parte dos anjos  de Deus: A pregação final do Evangelho; A predição de que a Babilônia será finalmente destruída; A certeza de que o anticristo e seus seguidores serão sumariamente julgados pela ira de Deus. A foice virá sobre esses inimigos de Deus definitivamente.  E isso é uma etapa extremamente importante para o futuro  estabelecimento do Reino Milenar de Cristo na terra

×