Modelo de Negócios - Business Model Canvas

462 visualizações

Publicada em

Como transformar idéias visionárias em modelo de negocio?Como questionar, desafiar e transformar modelos
velhos e ultrapassados? O Business Model Canvas é um ferramenta essencial na busca dessas respostas.

Publicada em: Negócios
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
462
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelo de Negócios - Business Model Canvas

  1. 1. Modelo de Negócios: Business Model Canvas
  2. 2. O que é um Modelo de Negócios?
  3. 3. “ Um Modelo de Negócios descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor por parte de uma organização. Osterwalder e Pigneur
  4. 4. Características de um Modelo de Negócios Possibilidade de visualizar a descrição do negócio, das partes que o compõem, de modo que a ideia sobre o negócio seja compreendida por quem lê da forma como pretendia o dono do modelo. Deve ser simples, relevante e intuitivamente compreensível, mas não simples demais, a ponto de esconder as complexidades do negócio ou projeto.
  5. 5. Business Model Canvas É uma ferramenta de modelagem de negócios ou projetos: novos, inovadores ou já existentes.
  6. 6. Business Model Canvas É uma forma inovadora e simplificada de planejar um negócio, apresentada por Alexandre Osterwalder em seu livro Business Model Generation, resultado de sua tese de doutorado e de um grande processo de co-criação. O Canvas representa a síntese de funções de uma empresa em um único quadro.
  7. 7. Os nove componentes do Canvas
  8. 8. Segmentos de Clientes Para quem estamos criando valor? Que são nossos consumidores mais importantes? 1
  9. 9. “ Os Segmentos de Clientes define os diferentes grupos de pessoas ou organizações que uma empresa busca alcançar e servir.
  10. 10. Segmentos de Clientes Grupos de clientes representam segmentos distintos se: • Suas necessidades exigem e justificam uma oferta diferente; • São alcançados por canais de distribuição diferentes; • Exigem diferentes tipos de relacionamento; • Tem lucratividades substancialmente diferentes; • Estão dispostos a pagar por aspectos diferentes da oferta.
  11. 11. Proposta de Valor Que valor entregamos ao cliente? Que problemas estamos ajudando a resolver? Que necessidade estamos satisfazendo? Que conjunto de produtos e serviços estamos oferecendo para cada Segmento de Clientes? 2
  12. 12. “ A Proposta de Valor descreve o pacote de produtos e serviços que criam valor para um Segmento de Clientes específico.
  13. 13. Canais Através de quais Canais nossos Segmentos de Clientes querem ser contatado? 3
  14. 14. “ Os Canais descrevem como uma empresa se comunica e alcança seus Segmentos de Clientes para entregar uma Proposta de Valor.
  15. 15. Funções dos Canais • Ampliar o conhecimento dos clientes sobre os produtos e serviços da empresa; • Ajudar os clientes a avaliar a Proposta de Valor de uma empresa; • Permitir que os clientes adquiram produtos e serviços específicos; • Levar uma Proposta de Valor aos clientes; • Fornecer suporte ao cliente após a compra.
  16. 16. Relacionamento com Clientes Que tipo de relacionamento cada um dos nosso Segmentos de Clientes espera que estabelecemos com ele? Quais já estabelecemos? Qual o custo de cada um? Como se integram ao restante do nosso modelo de negócios? 4
  17. 17. “ O Relacionamento com Clientes descreve os tipos de relação que uma empresa estabelece com Segmentos de Clientes específicos.
  18. 18. Fontes de Receita Quais valores nosso clientes estão realmente dispostos a pagar? Pelo que eles pagam atualmente? Como pagam? Como preferiam pagar? O quanto cada fonte de receita contribui para o total de receita? 5
  19. 19. “ Fontes de Receita representa o dinheiro que uma empresa gera a partir de cada Segmento de Clientes.
  20. 20. Recursos Principais Que Recursos Principais nossa Proposta de Valor requer? Nossos Canais de Distribuição? Relacionamento com o Cliente? Fontes de Receita? 6
  21. 21. “ Os Recursos Principais descreve os recursos mais importantes exigidos para fazer um Modelo de Negócio funcionar.
  22. 22. Atividades Chave Que Atividades Chave nosso proposta de valor requer Nossos Canais de Distribuição? Relacionamento com Clientes? Fontes de Receita? 7
  23. 23. “ Descreve as ações mais importantes que uma empresa deve realizar para fazer seu Modelo de Negócios funcionar.
  24. 24. Parcerias Principais Quem são nossos principais parceiros? Quem são nossos fornecedores principais? Que recursos principais estamos adquirindo dos parceiros? Que Atividades Chave os parceiros executam? 8
  25. 25. “ As Parcerias principais descrevem a rede de fornecedores e os parceiros que põem o Modelo de Negócios para funcionar.
  26. 26. Tipos de Parcerias Principais Podemos distinguir quatro tipos diferentes de parcerias: 1. Alianças estratégicas entre não competidores; 2. Coopetição: Parcerias estratégicas entre concorrentes; 3. Joint Ventures para desenvolver novos negócios; 4. Relação comprador-fornecedor para garantir suprimentos confiáveis.
  27. 27. Estrutura de Custos Quais são os custos mais importantes em nosso Modelo de Negócio? Que recursos principais são mais caros? Quais Atividades Chave são mais caras? 9
  28. 28. “ A Estrutura de Custos descreve todos os custos mais importantes envolvidos na operação de um Modelo de Negócio.
  29. 29. Padrões em Modelos de Negócio Os Padrões são Modelos de Negócios com características, arranjo ou comportamento similares. Os 5 padrões básicos são: • Empresas Desagregadas (Unbundling); • Cauda Longa (Long Tail); • Multi-faces (Multi-sided Platforms); • Gratuito (Free); • Aberto (Open).
  30. 30. Empresas Desagregadas São empresas que tem uma forte atuação em três áreas de negócios: Relacionamento com clientes, Inovação de produtos e Infraestrutura. Exemplo: TIM
  31. 31. Cauda Longa É baseado em oferecer uma grande quantidade de produtos de nicho que vendem individualmente pouco, mas que, no seu total, geram alta receita. Exemplo: My Space
  32. 32. Multi-faces São plataformas que unem dois ou mais segmentos de clientes, onde a presença de um gera valor para o outro. Exemplo: Jornal Destak
  33. 33. Gratuito É o modelo em que a empresa oferece um produto ou serviço gratuito como forma de atrair usuários. Exemplo: Dropbox
  34. 34. Aberto São modelos em que a criação e captura de valor vem em parte de parceiros externos à organização. Exemplo: Innocentive
  35. 35. Junior Magalhães – Especialista em Gestão Estratégica de Negócios pela USP. magalhaesmauricio_@hotmail.com

×