O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

OKR - Objetivos e Resultados Chave

3.393 visualizações

Publicada em

Guia rápido sobre como utilizar OKR - Objectives and Key Results.
Uma técnica para alinhamento da estratégia com a execução, desenvolvida na Intel e utilizada pelo Google, LinkedIn e várias outras empresas.

  • Seja o primeiro a comentar

OKR - Objetivos e Resultados Chave

  1. 1. OKR OU, NÃO ADIANTA IR RÁPIDO NA DIREÇÃO ERRADA
  2. 2. POR QUE ? Aonde você quer chegar ? Como você sabe que está indo na direção certa? Exemplo • Você tem uma super festa que vai durar 3 dias no Rio amanhã. • Objetivo: Chegar ao Rio o mais rápido possível • Resultado-chave: distância em metros entre você e o endereço da festa Como você vai chegar lá depende dos recursos disponíveis ($$$, tem carro, helicóptero? etc) e vai definir seu plano de ação/To Do/Épico.
  3. 3. BIG IDEA Alinhe os objetivos da companhia (Estratégia) com os planos da gerência (Táticas) e o trabalho das equipes (Operações) para garantir que todos estão indo na mesma direção
  4. 4. UM POUCO DE HISTÓRIA “Management By Objectives (MBO)” é uma técnica gerencial idealizada por Peter Drucker nos anos 60. Drucker queria garantir que os gerentes não fossem engolidos pelo dia-a-dia e perdessem foco no objetivo de sua área e o alinhamento com o restante da companhia. MBO é praticamente o oposto de ‘management by control’, herdado dos militares e popular na época – e em várias empresas ainda... Tradicionalmente o planejamento era deixado para um grupo senior e especializado na empresa. Com o MBO, o planejamento é compartilhado com toda a equipe e o plano de ação que emerge desse processo tem o comprometimento de todos. MBO virou parte do “HP Way” e foi sistematizado por uma subsidiária japonesa da HP no método “Hoshin Kanri” – uma metodologia para definir a direção estratégica de uma companhia e alinhar os esforços de todos.
  5. 5. OKR Utilizando as ideias de Drucker, da HP e outros, Andy Grove e sua equipe na Intel desenvolveram um método mais simples e eficiente criando o “Objectives and Key Results – OKR” Depois de sair da Intel, John Doerr virou VC na KPCB e sugeriu a uma ambiciosa startup do seu portfolio que usasse OKRs. Essa companhia era o Google e eles utilizam OKRs desde então. Quem usa:
  6. 6. PROCESSO OKR Missão e Visão Objetivo Anual 1 Objetivo 1 do Quarter Objetivo 2 do Quarter Objetivo 3 do Quarter Resultado Chave 1 Resultado Chave 2 Resultado Chave 3 Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Objetivo Anual 2 OKRs são definidos em CASCATA. Se a empresa não sabe para aonde quer ir e como medir se está indo nessa direção, não faz sentido definir OKRs para os departamentos.
  7. 7. IMPLEMENTANDO OKR 1) Comece pelo topo e liste 3-4 Objetivos que você quer alcançar em cada nível 2) Para cada Objetivo, liste 3-4 Resultados-chave a serem alcançados 3) Divulgue os Objetivos e Resultados-chave para todos 4) Cada um atualiza seus resultados com frequência numa escala de 0-100% 5) Ao final de um período definido, normalmente um trimestre, os Objetivos são avaliados e se necessário redefinidos
  8. 8. REGRAS OKR Foco, foco, foco • No máximo 3 Objetivos com 3-4 resultados-chave por trimestre. Mais do que isso dificulta chegar a resultados concretos Defina seus objetivos e métricas anuais e por trimestre • Mas acompanhe e atualize os Resultados-chave com frequência Objetivos são ambiciosos • Pesquisas demonstraram que quem define metas ambiciosas chega mais longe. Um resultado chave é mensurável • Isso permite avaliações objetivas e criam um processo de aprendizado contínuo. Plan, Do, Measure, Learn
  9. 9. NOTAS  OKRs são públicos. Todos na companhia devem conseguir ver os OKRs de todos e suas notas passadas  A nota de um objetivo é a média de seus resultados chave  As notas mostram o progresso e permitem o aprendizado e correção de rumo  A nota ideal é atingir 60-70% dos OKRs  Ter uma Visão e Missão claras facilita a implementação de OKRs
  10. 10. ATENÇÃO  Atingir 100% frequentemente indica que os objetivos não são ambiciosos o suficiente  Notas baixas não devem ser punidas. Use essa informação para ajustar os OKRs do próximo trimestre  Defina as notas antes de iniciar um novo trimestre  Utilizar OKRs para promoções e bônus fará com que os objetivos não sejam ambiciosos
  11. 11. LEMBRANDO  Objetivos são AMBICIOSOS e INSPIRADORES  Resultados chave são MENSURÁVEIS.  Um OKR sem uma medida de tempo não faz sentido  OKRs não são a única coisa que você faz mas eles são as coisas que você TEM que fazer
  12. 12. EXEMPLO Objetivo: Reduzir a quantidade de bugs Resultados chave (0-100%): • Fechar todos os bugs já resolvidos • Classificar todos os bugs em no máximo 1 dia (SLA) • Determinar um dono por bug • Resolver 3 bugs por dia
  13. 13. BENEFÍCIOS - Alinhamento da estratégia com a execução - Foco no resultado e não no esforço - O planejamento participativo aumenta o engajamento e senso de propriedade de todos - Decisões baseadas em dados e não em opiniões - Conhecimento crescente. Planejar.Fazer.Medir.Aprender.
  14. 14. ERROS COMUNS - O Objetivo é mensurável - O Objetivo deve ser inspiracional. Deixe a métrica para o resultados chave - Os resultados chave são tarefas - Um resultado chave não é o que você faz, é algo que acontece por causa de algo que você fez - Não checar os OKRs com frequencia - OKRs precisam ser acompanhados e discutidos para gerar os resultados esperados - Atrelar o cumprimento dos OKRs ao bônus - Não dá para pedir para as pessoas serem ambiciosas e punir quando não conseguem cumprir os objetivos
  15. 15. OBRIGADO Carlos Freitas carlos@quantic.com.br Skype:CF2020 Cel./Whatsapp: 011 999 88 5161 http://www.linkedin.com/in/carlosf

×