Relação no além túmulo

1.643 visualizações

Publicada em

Escala Espírita; Relação entre os Espíritos de diferentes ordens

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.643
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relação no além túmulo

  1. 1. Livro dos EspíritosLivro Segundo – Mundo Espírita ou dos Espíritos<br />Cap. VI – VIDA ESPÍRITA<br />RELAÇÕES NO ALÉM TÚMULO<br />
  2. 2. Espíritos errantes<br />Mundos transitórios<br />Percepções, sensações e sofrimentos dos Espíritos <br />Ensaio teórico sobre as sensações nos Espíritos<br />Escolha das provas<br />Relações de além-túmulo<br />Relações simpáticas e antipáticas dos Espíritos. Metades eternas <br />Lembrança da existência corporal<br />Comemoração dos mortos. Funerais <br />
  3. 3. IMORTALIDADE DA ALMA<br />REENCARNAÇÃO<br />
  4. 4. DIFERENTES ORDENS DE ESPÍRITOS: ESCALA ESPÍRITA<br />Existem entre os Espíritos diferentes ordens, de acordo com o grau de perfeição que tenham alcançado. Esse grau de perfeição pode ser maior ou menor, dependendo das qualidades que os Espíritos já adquiriram e das imperfeições de que ainda não se despojaram.<br />
  5. 5. Considerando-se, todavia, os caracteres gerais dos Espíritos, pode-se classificá-los em três ordens principais, a saber.<br /><ul><li>Primeira Ordem: Espíritos Puros: os que já chegaram à perfeição;
  6. 6. Segunda Ordem: Bons Espíritos: aqueles nos quais o desejo do bem é predominante;
  7. 7. Terceira Ordem:Espíritos Imperfeitos: aqueles em que predomina a ignorância, o desejo do mal e todas as paixões más que lhes retardam o progresso.</li></li></ul><li>Primeira ordem: Única classe;<br />Segunda ordem:Espíritos Superiores, Prudentes, Sábios e Benévolos;<br /> Terceira ordem: Batedores, Neutros, Pseudo-sábios, Levianos e Impuros.<br />
  8. 8. 274. Da existência de diferentes ordens de Espíritos, resulta para estes alguma hierarquia de poderes? Há entre eles subordinação e autoridade? <br /> “Muito grande. Os Espíritos têm uns sobre os outros a autoridade correspondente ao grau de superioridade que hajam alcançado, autoridade que eles exercem por um ascendente moral irresistível.”<br />
  9. 9. 274 – a. - Podem os Espíritos inferiores subtrair-se à autoridade dos que lhes são superiores?<br />  <br />“Eu disse: irresistível”.<br />
  10. 10. 275. O poder e a consideração de que um homem gozou na Terra lhe dão supremacia no mundo dos Espíritos?<br />  <br />“Não; pois que os pequenos serão elevados e os grandes rebaixados. Lê os salmos.”<br />
  11. 11. 275 – a. Como devemos entender essa elevação e esse rebaixamento?  <br /> “Não sabes que os Espíritos são de diferentes ordens, conforme seus méritos? Pois bem! O maior da Terra pode pertencer à última categoria entre os Espíritos, ao passo que o seu servo pode estar na primeira. Compreendes isto? Não disse Jesus: aquele que se humilhar será exaltado e aquele que se exaltar será humilhado?”<br />
  12. 12. 276. Aquele que foi grande na Terra e que, como Espírito, vem a achar-se entre os de ordem inferior, experimenta com isso alguma humilhação?<br /> “As vezes bem grande, sobretudo se era orgulhoso e invejoso.”<br />
  13. 13. “Que trouxe eu comigo da minha realeza terrena? Absolutamente nada. E, como que para tornar mais terrível a lição, ela nem sequer me acompanhou até o túmulo! Rainha entre os homens, como rainha julguei que penetrasse no reino dos céus! Que desilusão! Que humilhação, quando, em vez de ser recebida aqui qual soberana, vi acima de mim, mas muito acima, homens que eu julgava insignificantes e aos quais desprezava, por não terem sangue nobre! Oh! como então compreendi a esterilidade das honras e grandezas que com tanta avidez se requestam na Terra!” (Uma Rainha de França - E.S.E. Cap. II, Item 8.)<br />
  14. 14. 277. O soldado que depois da batalha se encontra com o seu general, no mundo dos Espíritos, ainda o tem por seu superior? <br />  <br />“O título nada vale, a superioridade real é que tem valor.”<br />
  15. 15. 278. Os Espíritos das diferentes ordens se acham misturados uns com os outros?<br />  <br />“Sim e não. Quer dizer: eles se veem, mas se distinguem uns dos outros. Evitam-se ou se aproximam, conforme à simpatia ou à antipatia que reciprocamente uns inspiram aos outros, tal qual sucede entre vós. Constituem um mundo do qual o vosso é pálido reflexo. Os da mesma categoria se reúnem por uma espécie de afinidade e formam grupos ou famílias, unidos pelos laços da simpatia e pelos fins a que visam: os bons, pelo desejo de fazerem o bem; os maus, pelo de fazerem o mal, pela vergonha de suas faltas e pela necessidade de se acharem entre os que se lhes assemelham.”<br />  <br />
  16. 16. A.K. : Tal uma grande cidade onde os homens de todas as classes e de todas as condições se veem e encontram, sem se confundirem; onde as sociedades se formam pela analogia dos gostos; onde a virtude e o vício se acotovelam, sem trocarem palavra.<br />
  17. 17. 279. Todos os Espíritos têm reciprocamente acesso aos diferentes grupos ou sociedades que eles formam?<br />  <br />“Os bons vão a toda parte e assim deve ser, para que possam influir sobre os maus. As regiões, porém, que os bons habitam estão interditadas aos Espíritos imperfeitos, a fim de que não as perturbem com suas paixões inferiores.”<br />

×