Gercivaldo Peixoto Jeronilde Pereira
<ul><li>Freinet nasceu em 15 de outubro de 1896, em Gars, povoado na região da Provença, sul da França.  </li></ul><ul><li...
<ul><li>Para ele, a atividade é o que orienta a prática escolar e o objetivo final da educação é formar cidadãos para o tr...
<ul><li>Freinet dedicou a vida a elaborar técnicas de ensino que funcionam como canais da livre expressão e da atividade c...
<ul><li>        - Aula passeio         - Texto livre         - Imprensa escolar         - Correção         - Livro da vida...
<ul><li>Aula Passeio         Por acreditar que o interesse da criança não estava na escola e sim fora dela, Freinet ideali...
<ul><li>Correção         Para o texto ser divulgado é necessário que esteja perfeito e a correção é fundamental. Ela pode ...
<ul><li>Plano de Trabalho         Tendo o currículo escolar como ponto de partida, os grupos de alunos se organizavam para...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Celestin Freinet

12.850 visualizações

Publicada em

Para apresentar na disciplina de Didática!

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.850
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
266
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Celestin Freinet

  1. 1. Gercivaldo Peixoto Jeronilde Pereira
  2. 2. <ul><li>Freinet nasceu em 15 de outubro de 1896, em Gars, povoado na região da Provença, sul da França. </li></ul><ul><li>Crítico da escola tradicional e das escolas novas, Freinet foi criador do movimento da escola moderna. Seu objetivo básico era desenvolver uma escola popular. </li></ul><ul><li>Em 1920, começou a lecionar na aldeia de Bar-sur-Loup, onde pôs em prática alguns de seus principais experimentos, como a aula - passeio e o livro da vida. No ano de 1925, Freinet filiou-se ao Partido Comunista Francês. </li></ul><ul><li>No ano de 1935, Freinet construiu uma escola própria em Vence. Durante a Segunda Guerra Mundial o educador foi preso e adoeceu num capo de concentração alemão. Após um ano, foi libertado e reorganizou a escola. O educador liderou em 1956 a vitoriosa campanha: 25 Alunos por Classe. Freinet morreu em 1966. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Para ele, a atividade é o que orienta a prática escolar e o objetivo final da educação é formar cidadãos para o trabalho livre e criativo, capaz de dominar e transformar o meio e emancipar quem o exerce. </li></ul><ul><li>Um dos deveres do professor, segundo Freinet, é criar uma atmosfera laboriosa na escola. </li></ul><ul><li>Freinet propôs uma pedagogia do bom senso, pela qual a aprendizagem resulta de uma relação dialética entre ação e pensamento, ou teoria e prática. </li></ul><ul><li>Na teoria do educador francês, o trabalho e a cooperação vêm em primeiro plano, a ponto de ele defender, em contraste com outros pedagogos, incluindo os da Escola Nova, que não é o jogo que é natural da criança, mas sim o trabalho. Seu objetivo declarado é criar uma escola do povo. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Freinet dedicou a vida a elaborar técnicas de ensino que funcionam como canais da livre expressão e da atividade cooperativa, com o objetivo de criar uma nova educação. </li></ul><ul><li>A pedagogia de Freinet se fundamenta em quatro eixos: </li></ul><ul><li>- A cooperação </li></ul><ul><li>- A comunicação </li></ul><ul><li>- A documentação </li></ul><ul><li>- A afetividade </li></ul><ul><li>Esses quatro eixos abordam: O senso de responsabilidade,  senso cooperativo , sociabilidade , julgamento pessoal, autonomia, expressão , criatividade , comunicação, flexão individual e coletiva. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>        - Aula passeio        - Texto livre        - Imprensa escolar        - Correção        - Livro da vida        - Fichário de consulta        - Plano de Trabalho        - Correspondência interescolar        - Auto-avaliação </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Aula Passeio        Por acreditar que o interesse da criança não estava na escola e sim fora dela, Freinet idealizou esta atividade com o objetivo de trazer motivação, ação e vida para a escola. </li></ul><ul><li>Texto Livre        É a base da livre expressão, pode ser um desenho, um poema ou pintura. A criança determina a forma, o tema e o tempo para sua realização. Porém se a criança desejar que seu texto seja divulgado deverá passar pela correção coletiva. </li></ul><ul><li>Imprensa Escolar        Seu ponto de partida são as entrevistas, pesquisas, vivências e aulas-passeio. Freinet usava o tipógrafo. Todo processo de construção e impressão é coletivo. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Correção        Para o texto ser divulgado é necessário que esteja perfeito e a correção é fundamental. Ela pode ser feita coletivamente, ou em auto-correção. Freinet acredita que o &quot;erro&quot; deva ser trabalhado com a criança para que ela perceba e faça o acerto. </li></ul><ul><li>Livro da Vida        Funciona como um diário da classe, registrando a livre expressão (texto, desenho e pintura). Esta atividade permite que as crianças exponham seus diferentes modos de ver a aula e a vida. </li></ul><ul><li>Fichário de Consulta        Põe a disposição da criança exercícios destinados à aquisição dos mecanismos do cálculo, ortografia, gramática, história, ciências etc. São construídas em sala de aula pelos professores na interação com a turma. Freinet criticava duramente os livros didáticos fora da realidade da criança. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Plano de Trabalho        Tendo o currículo escolar como ponto de partida, os grupos de alunos se organizavam para escolher as estratégias de desenvolvimento das atividades que podiam ser realizadas em grupos, duplas, ou individualmente. Para registro do plano são elaboradas fichas onde são anotadas as realizações da semana. </li></ul><ul><li>Correspondência Interescolar        É uma atividade em que a criança faz a aprendizagem da vida cooperativa, uma classe se corresponde com a outra. Depois dos professores terem se comunicado e organizado a forma. Podem enviar: cartas, textos, fitas, vídeos, desenhos e e-mail. </li></ul><ul><li>Auto-Avaliação        A criança registra o resultado do seu trabalho em fichas de auto-avaliação que permitem constantes comparações entre os trabalhos realizados. Segundo Freinet o aluno e o professor devem se avaliar regularmente. </li></ul>

×