Princípio de Arquimedes (EMPUXO)
Contam os livros, que o sábio grego Arquimedes (282-212 AC) descobriu, enquanto tomava ba...
E = mfg = dfVfg
Para corpos totalmente imersos, o volume de fluido deslocado é igual ao próprio volume do corpo. Neste cas...
1°)Em um recipiente há um líquido de densidade 2,56g/cm³. Dentro do líquido encontra-se um corpo de
volume 1000cm³, que es...
8°)Um objeto com massa de 10 kg e volume de 0,002 m3
é colocado totalmente dentro da água (d = 1000 kg/m3
).
a) Qual é o v...
12°)Corpo suspenso por 2 fios ideais, conforme a figura. Determine as trações T1 e T2.
13°)Corpo suspenso por 2 fios homog...
12°)Corpo suspenso por 2 fios ideais, conforme a figura. Determine as trações T1 e T2.
13°)Corpo suspenso por 2 fios homog...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividades 1 ano .empuxo e estática prof.waldir montenegro

3.146 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.146
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
71
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividades 1 ano .empuxo e estática prof.waldir montenegro

  1. 1. Princípio de Arquimedes (EMPUXO) Contam os livros, que o sábio grego Arquimedes (282-212 AC) descobriu, enquanto tomava banho, que um corpo imerso na água se torna mais leve devido a uma força, exercida pelo líquido sobre o corpo, vertical e para cima, que alivia o peso do corpo. Essa força, do líquido sobre o corpo, é denominada empuxo. Portanto, num corpo que se encontra imerso em um líquido, agem duas forças: a força peso (P) , devida à interação com o campo gravitacinal terrestre, e a força de empuxo (E) , devida à sua interação com o líquido. Quando um corpo está totalmente imerso em um líquido, podemos ter as seguintes condições: * se ele permanece parado no ponto onde foi colocado, a intensidade da força de empuxo é igual à intensidade da força peso (E = P); * se ele afundar, a intensidade da força de empuxo é menor do que a intensidade da força peso (E < P); e * se ele for levado para a superfície, a intensidade da força de empuxo é maior do que a intensidade da força peso (E > P) . Para saber qual das três situações irá ocorrer, devemos enunciar o princípio de Arquimedes: Todo corpo mergulhado num fluido (líquido ou gás) sofre, por parte do fluido, uma força vertical para cima, cuja intensidade é igual ao peso do fluido deslocado pelo corpo. Seja Vf o volume de fluido deslocado pelo corpo. Então a massa do fluido deslocado é dada por: mf = dfVf A intensidade do empuxo é igual à do peso dessa massa deslocada: Aluno (a): ________________________________________ n° ______ 1° Ano/turma A/B_____ Professor (a): Waldir__Montenegro_________________________________Data: _____/_____/2013. ATIVIDADE: HIDROSTÁTICA (EMPUXO) E ESTÁTICA VALOR: QUESTÕES RASURADAS NÃO SERÃO VÁLIDAS PARA FINS DE CORREÇÃO
  2. 2. E = mfg = dfVfg Para corpos totalmente imersos, o volume de fluido deslocado é igual ao próprio volume do corpo. Neste caso, a intensidade do peso do corpo e do empuxo são dadas por: P = dcVcg e E = dfVcg Comparando-se as duas expressões observamos que: * se dc > df , o corpo desce em movimento acelerado (FR = P – E); * se dc < df , o corpo sobe em movimento acelerado (FR = E – P); * se dc = df , o corpo encontra-se em equilíbrio. Quando um corpo mais denso que um líquido é totalmente imerso nesse líquido, observamos que o valor do seu peso, dentro desse líquido , é aparentemente menor do que no ar. A diferença entre o valor do peso real e do peso aparente corresponde ao empuxo exercido pelo líquido: Paparente = Preal - E Flutuação Para um corpo flutuando em um líquido, temos as condições a seguir. 1) Ele encontra-se em equilíbrio: E = P 2) O volume de líquido que ele desloca é menor do que o seu volume: Vdeslocado < Vcorpo 3) Sua densidade é menor do que a densidade do líquido: dcorpo < dlíquido 4) O valor do peso aparente do corpo é nulo: Paparente = P – E = O A relação entre os volumes imerso e total do corpo é dada por: E = P  dliquidoVimersog = dcorpoVcorpog 
  3. 3. 1°)Em um recipiente há um líquido de densidade 2,56g/cm³. Dentro do líquido encontra-se um corpo de volume 1000cm³, que está totalmente imerso. Qual o empuxo sofrido por este corpo? Dado g=10m/s2 . 2°)(FUVEST - SP) - Um tijolo tem massa igual a 2 kg e volume de 1 000 cm3 . Calcule: a) a densidade do tijolo; b) o peso aparente do tijolo quando totalmente imerso em água. 3°)(UFSE) Uma pedra pesa 5,0 N e quando mergulhada em água aparenta ter peso de 3,6 N, devido ao empuxo que recebe. O empuxo sobre a pedra vale: a) 8,6 N b) 5,0 N c) 3,6 N d) 1,4 N e) 1,0 N 4°)Um corpo está flutuando em um líquido. Nesse caso (A) o empuxo é menor que o peso. (B) o empuxo é maior que o peso. (C) o empuxo é igual ao peso. (D) a densidade do corpo é maior que a do líquido. (E) a densidade do corpo é igual a do líquido 5°)Uma âncora de um barco que navega em um lago é feita de aço de densidade igual a 8,00 g/cm3 e tem peso de 400 N. Com o barco parado e a âncora assentada no fundo, a reação de apoio que o fundo do lago exerce sobre esta peça dentro d’água (considere a densidade igual a 1,00 g/cm3 ) em N, é igual a: a) 400 b) 350 c) 150 d) 200 e) 250 6°)Uma caixa contendo um tesouro, com massa total de 100 kg e 0,02 m3 de volume, foi encontrada no fundo do mar. Qual deve ser a força aplicada para se içar a caixa, enquanto dentro da água, mantendo durante toda a subida a velocidade constante? (Considere a aceleração da gravidade g =10 m/s2 e a densidade da água ρ = 1,0 · 103 kg/m3 ) (A) 725 N (B) 750 N (C) 775 N (D) 800 N (E) 825 N 7°)Um balão de ar, totalmente submerso, de massa m = 500 kg e volume V = 1,00 m3 está amarrado a uma pedra de peso 30.000 N, no fundo de um lago. Calcule a tensão na corda que amarra o balão à pedra. Considere g = 10 m/s2 e ρágua = 1.000 kg/m3 . a) 500 N. b) 1.000 N. c) 5.000 N. d) 10.000 N. e) 30.000 N.
  4. 4. 8°)Um objeto com massa de 10 kg e volume de 0,002 m3 é colocado totalmente dentro da água (d = 1000 kg/m3 ). a) Qual é o valor do peso do objeto ? b) Qual é a intensidade da força de empuxo que a água exerce no objeto ? c) Qual o valor do peso aparente do objeto ? d) Desprezando o atrito com a água, determine a aceleração do objeto. (Use g = 10 m/s2 .) 9°)A massa de um corpo é de 60 g e seu volume é de 100 cm3 . Considere que esse corpo esteja flutuando em equilíbrio na água. Qual é a porcentagem de seu volume que ficará acima da superfície da água? Considere a densidade da água igual a 1 g/cm3 . a) 30% b) 40% dcorpo.Vcorpo.g = dágua.Vdesl.g c) 60% d) 80% e) 90% 10°)Uma barra (20 m) de massa 200 kg é apoiada nas suas extremidades por suportes A e B. Uma pessoa começa a andar pela barra. Sabendo que a pessoa possui massa de 55 kg, determine as forças nos suportes A e B para manter a barra em equilíbrio nas seguintes situações: (a) a pessoa está na extremidade A; (b) a pessoa está na extremidade B; (c) a pessoa está no centro da barra; (d) a pessoa está a 5 m de uma das extremidades. 11°)Corpo suspenso por 2 fios homogêneos de mesmo comprimento com ângulos iguais conforme a figura. Determine as trações T1 e T2 nos fios 1 e 2.
  5. 5. 12°)Corpo suspenso por 2 fios ideais, conforme a figura. Determine as trações T1 e T2. 13°)Corpo suspenso por 2 fios homogêneos de mesmo comprimento com ângulos iguais conforme a figura. Determine as trações T1 e T2 nos fios 1 e 2. (cos37º = 0,8 e sen37º = cos53º = 0,6)
  6. 6. 12°)Corpo suspenso por 2 fios ideais, conforme a figura. Determine as trações T1 e T2. 13°)Corpo suspenso por 2 fios homogêneos de mesmo comprimento com ângulos iguais conforme a figura. Determine as trações T1 e T2 nos fios 1 e 2. (cos37º = 0,8 e sen37º = cos53º = 0,6)

×