Aula ergonomia

2.362 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.362
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
150
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula ergonomia

  1. 1. ERGONOMIA NO AMBIENTE DE TRABALHO Wagner Silva Escola Técnica Estadual de Hortolândia “Buscando o equilíbrio entre conforto e produtividade”
  2. 2. DEFINIÇÃO Adequação do ambiente e das ferramentas de trabalho a fim de prover condições favoráveis à realização das tarefas de forma satisfatória. Do Grego Ergo = trabalho / Nomos = leis Etec – Hortolândia, 2008
  3. 3. A QUEM SE APLICA A qualquer pessoa, no seu cotidiano, especialmente em locais de trabalho onde o indivíduo permanecerá horas exercendo a mesma atividade. Alguns exemplos: - Escritórios - Telemarketing - Construção civil - Indústria - Trabalhadores rurais - Salas de aula Etec – Hortolândia, 2008
  4. 4. OBJETIVO • Principal conseqüência dos problemas ergonômicos • Alto índice de afastamentos e até aposentadorias • Tratamento difícil e às vezes incuráveis PAIR LER DORT DermatitesPerda auditiva --------------- Alto nível de ruído Esforços Repetitivos --------------- Digitação Produção Doença Osteomuscular --------------- Posição de trabalho Postura ao sentar-se Doença da pele --------------- Contato com materiais REDUZIR O ÍNDICE DAS DOENÇAS OCUPACIONAIS Etec – Hortolândia, 2008
  5. 5. O QUE AVALIAR ? • Posição de trabalho • Condições ambientais • Mobiliário • Trabalhos repetitivos • Trabalhos contínuos Etec – Hortolândia, 2008
  6. 6. POSIÇÃO DE TRABALHO Guardando objetos objetos pesados à altura da cintura Abaixe-se de forma correta utilize equipamentos de apoio (escadas, etc) Etec – Hortolândia, 2008
  7. 7. POSIÇÃO DE TRABALHO Outros exemplos Etec – Hortolândia, 2008
  8. 8. POSIÇÃO DE TRABALHO No computador Pés apoiados no chão ou suporte Cadeira ajustável altura / inclinação Cotovelos paralelos ao teclado Coluna e cabeça eretos Tela limpa e sem reflexos Distância do monitor entre 40 e 70 cm Etec – Hortolândia, 2008
  9. 9. UM ESCRITÓRIO TRABALHADOR STRESS PRAZOS CURTOS FRACASSO INSATISFAÇÃO FALTA DE COMUNICAÇÃO FALTA DE ORGANIZAÇÃO BEM ESTAR FÍSICO E MENTAL CRONOGRAMA SUCESSO DO GRUPO INTERAGIR COM COLEGAS AMBIENTE ORGANIZADO RUIM IDEAL Etec – Hortolândia, 2008
  10. 10. ESCRITÓRIO PANORÂMICO • Visualização de todo o ambiente • Interligação das áreas • Facilidade de comunicação • Interação com colegas • Incentiva a organização pessoal • Melhor aproveitamento • iluminação • ventilação Vantagens: Etec – Hortolândia, 2008
  11. 11. ESCRITÓRIO PANORÂMICO Administrar pessoas, com seus valores e crenças Maior dificuldade: Etec – Hortolândia, 2008
  12. 12. Disponível no site do Ministério do Trabalho: http://www.mte.gov.br/legislacao/normas_regulamentadoras/nr_17.asp LEGISLAÇÃO NR 17 – Ergonomia (117.000-7) Norma reguladora que trata sobre ergonomia Praticantes da ergonomia = ergonomista Etec – Hortolândia, 2008
  13. 13. CONDIÇÕES AMBIENTAIS • Iluminação • Ideal 500 lux • Temperatura • 20º a 23º C • Nível de ruído • 30 a 65 dB (A) * Valores de referência para escritórios Etec – Hortolândia, 2008
  14. 14. CONDIÇÕES AMBIENTAIS Fatores de desconforto que podem interferir no desempenho das pessoas FATOR Temperatura Qualidade do ar Iluminação Ruído Layout EFEITO Interfere no humor, bem-estar e desempenho interfere no bem-estar e saúde pode causar depressão, cansaço e stress pode causar irritabilidade e falta de concentração pode causar depressão, irritabilidade, etc Abrantes, Antonio Francisco Curso de ergonomia industrial - IMAM Etec – Hortolândia, 2008
  15. 15. ASSÉDIO MORAL • Tema amplamente discutido atualmente • Causa de doenças ocupacionais (stress) CARACTERÍSTICAS • Pressão dos chefes / supervisores • Coação e constrangimento • Autoritarismo • Arrogância Etec – Hortolândia, 2008
  16. 16. COMO MINIMIZAR OS PROBLEMAS • Adequando o ambiente • Conscientizando os trabalhadores / chefes • Estipulando pausa para descanso • Ideal: 5 a 10 minutos a cada hora • Promovendo ginástica laboral Etec – Hortolândia, 2008
  17. 17. GINASTICA LABORAL • Alcançar o equilíbrio físico e mental • Compensar posturas estáticas • Reduzir o acúmulo de fadiga • Prevenir • Acidentes • Distensões musculares • Doenças ocupacionais Etec – Hortolândia, 2008
  18. 18. Como fazer - Deve ser feita com orientação profissional - Sessões durante o expediente - Exercícios seqüenciais - Específico para cada setor Histórico - Criada em 1928 (Japão) - No Brasil desde 1969 GINASTICA LABORAL Etec – Hortolândia, 2008
  19. 19. ERGONOMIA DEVE SER PRATICADA A TODO MOMENTO Etec – Hortolândia, 2008
  20. 20. Dúvidas ? Obrigado ! wagner@etechortolandia.com.br Etec – Hortolândia, 2008

×