Trabalho

230 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho

  1. 1. Curso de gestão : supervisão,Curso de gestão : supervisão, orientação e inspeçãoorientação e inspeção Professora: KetiuceProfessora: Ketiuce Aluna: Virgínia MariaAluna: Virgínia Maria Conclusão da primeira atividadeConclusão da primeira atividade avaliativa que foi proposta emavaliativa que foi proposta em nosso primeiro encontro:nosso primeiro encontro:
  2. 2. •• postagem, no blog que criaram no blogspot.com, da produçãopostagem, no blog que criaram no blogspot.com, da produção (no formato que escolherem - apresentação, síntese, mapa(no formato que escolherem - apresentação, síntese, mapa conceitual, vídeo etc.) acerca do material de estudos já indicadoconceitual, vídeo etc.) acerca do material de estudos já indicado em nosso • primeiro encontro (dois textos e um vídeo).em nosso • primeiro encontro (dois textos e um vídeo).
  3. 3.  1-O campo da tecnologia educacional algumas1-O campo da tecnologia educacional algumas propostas de para sua reconceituação Diversaspropostas de para sua reconceituação Diversas definições sobre tecnologia coexistem:definições sobre tecnologia coexistem:  -técnicas como resolução de problemas enfatizá-técnicas como resolução de problemas enfatizá o controle do sistema de ensino e aprendizagemo controle do sistema de ensino e aprendizagem como aspecto central;como aspecto central;  –– estudos científicos das praticas educativasestudos científicos das praticas educativas que visam diminuir distancia entre ciência eque visam diminuir distancia entre ciência e técnica;técnica;  –– a tecnologia por si só não cria os saberes masa tecnologia por si só não cria os saberes mas mudarão o ritmo da aprendizagem e as formasmudarão o ritmo da aprendizagem e as formas de acesso a aprendizagem;de acesso a aprendizagem;
  4. 4.  –– conclui meios, estrategias, métodos;conclui meios, estrategias, métodos;  –– As teorias psicológicas que dão ênfase à aprendizagem comAs teorias psicológicas que dão ênfase à aprendizagem com enfoques cognitivo, psicogenético e sociocultural. Entre suasenfoques cognitivo, psicogenético e sociocultural. Entre suas derivações mais destacadas encontram- : aprendizagemderivações mais destacadas encontram- : aprendizagem significativa e gerativa; estratégias de instrução (organizadoressignificativa e gerativa; estratégias de instrução (organizadores prévios, mapas conceituais, redes semânticas, analogias,prévios, mapas conceituais, redes semânticas, analogias, estruturas textuais, resumos por macrorregras, estratégias deestruturas textuais, resumos por macrorregras, estratégias de aprendizagem I para a compreensão de textos, composição,aprendizagem I para a compreensão de textos, composição, solução de problemas; programas para ensinar a pensar; tutoressolução de problemas; programas para ensinar a pensar; tutores eletrônicos inteligentes, sistemas especializa dos, etceletrônicos inteligentes, sistemas especializa dos, etc
  5. 5.  –– a globalização dos mercados; a interdependência; a celeridade daa globalização dos mercados; a interdependência; a celeridade da produção, o desenvolvimento e a difusão de tecnologias, comprodução, o desenvolvimento e a difusão de tecnologias, com impacto sobre a dinâmica da significação social do conhecimento; aimpacto sobre a dinâmica da significação social do conhecimento; a incorporação da robótica na produção industrial e a pobreza comoincorporação da robótica na produção industrial e a pobreza como efeito não-desejado da aplicação de políticas de ajuste estrutural. Eefeito não-desejado da aplicação de políticas de ajuste estrutural. E isso mudará os modos de ensino na América latina com seusisso mudará os modos de ensino na América latina com seus contrastes de pobrezacontrastes de pobreza
  6. 6.  –– faz-se necessário conceituar a tecnologia em seufaz-se necessário conceituar a tecnologia em seu contexto epistemológico em seu status;contexto epistemológico em seu status;  –– As teorias da comunicação constituem um ponto deAs teorias da comunicação constituem um ponto de referência forte para o campo da Tecnologiareferência forte para o campo da Tecnologia Educacional desde suas origens.Educacional desde suas origens.  –– Na atualidade, muitas das preocupações aparecemNa atualidade, muitas das preocupações aparecem centradas no desenvolvimento das novas tecnologias,centradas no desenvolvimento das novas tecnologias, nas novas formas de comunicação a partir danas novas formas de comunicação a partir da interatividade e do estabelecimento de redesinteratividade e do estabelecimento de redes informáticasinformáticas..
  7. 7.  –– A preocupação da didático enquanto objeto é normativa por suaA preocupação da didático enquanto objeto é normativa por sua vinculação com a educação, uma pratica reflexiva com suavinculação com a educação, uma pratica reflexiva com sua finalidade educativa, – a tecnologia educacional poderia se propôsfinalidade educativa, – a tecnologia educacional poderia se propôs a fazer como a didática e ser mais proposicional em suas praticasa fazer como a didática e ser mais proposicional em suas praticas educativas para gerar propostas com finalidades educativas;educativas para gerar propostas com finalidades educativas;
  8. 8.  2-A escola não pode ignorar o que se passa no mundo. Ora, as2-A escola não pode ignorar o que se passa no mundo. Ora, as novas tecnologias da informação e da comunicação (TICS OUnovas tecnologias da informação e da comunicação (TICS OU NTIC) transformam espetacularmente. Não só nossas maneiras deNTIC) transformam espetacularmente. Não só nossas maneiras de comunicação social mas também de trabalhar, de decidir, decomunicação social mas também de trabalhar, de decidir, de pensar.pensar.  Temos de ver as novas tecnologia como instrumentos de seu usoTemos de ver as novas tecnologia como instrumentos de seu uso uma forma de familiarização transferível a outros contextos?uma forma de familiarização transferível a outros contextos? Ninguém pensa que, utilizando um quadro negro em aula,Ninguém pensa que, utilizando um quadro negro em aula, preparam-se os alunos para usá-Io na vida. Com o computador épreparam-se os alunos para usá-Io na vida. Com o computador é diferente.diferente.
  9. 9.  Não é um instrumento próprio da escola, bem ao contrario .Pode-seNão é um instrumento próprio da escola, bem ao contrario .Pode-se esperar que, ao utilizá-lo nesse âmbito, os alunos aprendam aesperar que, ao utilizá-lo nesse âmbito, os alunos aprendam a utilizá-lo em outros contextos' Será uma finalidade da escola, ou sóutilizá-lo em outros contextos' Será uma finalidade da escola, ou só um beneficio secundário, ainda que valioso? Podem-se matar doisum beneficio secundário, ainda que valioso? Podem-se matar dois coelho com uma só cajadada? Se do uso banal das tecnologias emcoelho com uma só cajadada? Se do uso banal das tecnologias em classe, são esperados a familiarização e de formação para aclasse, são esperados a familiarização e de formação para a informática, irá insistir-se na oportunidade por essa única razão, deinformática, irá insistir-se na oportunidade por essa única razão, de informatizar diversas atividades e desenvolver atividades novas,informatizar diversas atividades e desenvolver atividades novas, possíveis somente com tecnologias, formar para as novaspossíveis somente com tecnologias, formar para as novas tecnologias é formar o julgamento, o senso crítico, o pensamentotecnologias é formar o julgamento, o senso crítico, o pensamento hipotético e dedutivo, as faculdades de observação e de pesquisa,hipotético e dedutivo, as faculdades de observação e de pesquisa, a imaginação, a capacidade de memorizar e classificar, a leitura e aa imaginação, a capacidade de memorizar e classificar, a leitura e a análise de textos e de imagens, a representação de redes, deanálise de textos e de imagens, a representação de redes, de procedimentos e de estratégias de comunicação.procedimentos e de estratégias de comunicação.
  10. 10.  É evidente que o progresso das tecnologias oferece novos camposÉ evidente que o progresso das tecnologias oferece novos campos de desenvolvimento a essas competências fundamentaisde desenvolvimento a essas competências fundamentais (Perrenoud, 1998a) e, sem dúvida, aumenta o alcance das(Perrenoud, 1998a) e, sem dúvida, aumenta o alcance das desigualdades no domínio das relações sociais, da informação e dodesigualdades no domínio das relações sociais, da informação e do mundo. Extraio daí uma consequência paradoxal: preparar para asmundo. Extraio daí uma consequência paradoxal: preparar para as novas tecnologias é, para uma proporção crescente de alunos,novas tecnologias é, para uma proporção crescente de alunos, atingir mais plenamente os mais ambiciosos objetivos da escola.atingir mais plenamente os mais ambiciosos objetivos da escola.
  11. 11.  Simples transferência do impresso para os suporte digitais supõeSimples transferência do impresso para os suporte digitais supõe que o professor construa uma grande capacidade de saber o estáque o professor construa uma grande capacidade de saber o está disponível, de mover-se nesse mundo e de fazer escolha. Passa Sedisponível, de mover-se nesse mundo e de fazer escolha. Passa Se um universo documental limitado (o da sala de aula e do centro deum universo documental limitado (o da sala de aula e do centro de documentação próximo) a um universo sem verdadeiros limites, odocumentação próximo) a um universo sem verdadeiros limites, o do hipertexto . Tal conceito não está ligado à rede, mas àdo hipertexto . Tal conceito não está ligado à rede, mas à possibilidade oferecida pela informática de criar laços entrepossibilidade oferecida pela informática de criar laços entre qualquer parte de um documento .qualquer parte de um documento .
  12. 12.  É pouco provável que o sistema educacional imponhaÉ pouco provável que o sistema educacional imponha autoritariamente aos professores em exercício o domínio dos novosautoritariamente aos professores em exercício o domínio dos novos instrumentos, ao passo que, em outros setores, não se abrirá mãoinstrumentos, ao passo que, em outros setores, não se abrirá mão desse domínio. Talvez isso seja necessário: os professores quedesse domínio. Talvez isso seja necessário: os professores que não quiserem envolver-se nisso disporão de Informações científicasnão quiserem envolver-se nisso disporão de Informações científicas e de fontes documentais cada vez mais pobres em relação aquelase de fontes documentais cada vez mais pobres em relação aquelas as quais terão acesso seus colegas mais avançados se podeas quais terão acesso seus colegas mais avançados se pode excluir certos paradoxos:excluir certos paradoxos:
  13. 13.  alguns daqueles que têm os de um uso crítico e seletivo das novasalguns daqueles que têm os de um uso crítico e seletivo das novas tecnologias irão manter-se à parte, ao passo que se atirarão detecnologias irão manter-se à parte, ao passo que se atirarão de corpo e alma sem ter a formação requerida para avaliar ecorpo e alma sem ter a formação requerida para avaliar e compreender essa flutuação prejudica ao alunos do ensino médio ecompreender essa flutuação prejudica ao alunos do ensino médio e os menores em seu sentido critico e o uso dos meios digitais seos menores em seu sentido critico e o uso dos meios digitais se banalizam sem que as competências técnicas não se desenvolvembanalizam sem que as competências técnicas não se desenvolvem no mesmo ritmo. A responsabilidade das escolas estãono mesmo ritmo. A responsabilidade das escolas estão comprometidas além das escolhas individuais dos professores.comprometidas além das escolhas individuais dos professores.
  14. 14.  Há muitas possibilidades didáticas programas com simulaçõesHá muitas possibilidades didáticas programas com simulações complexas, gestões de progressões e o computador faz ascomplexas, gestões de progressões e o computador faz as deduções, pode se ainda formar uma vasta classe de categorias:deduções, pode se ainda formar uma vasta classe de categorias: médicos, geógrafos, etc. Por outro lado softwares educativosmédicos, geógrafos, etc. Por outro lado softwares educativos tornam possíveis situações, operações, impossíveis etornam possíveis situações, operações, impossíveis e desencorajadoras, mais um editor de textos não redigir e com odesencorajadoras, mais um editor de textos não redigir e com o passar do tempo torna-se repetitivo devido ao seu poder, permitepassar do tempo torna-se repetitivo devido ao seu poder, permite correções ao infinito, revisões, deslocar ou inserir, colocarcorreções ao infinito, revisões, deslocar ou inserir, colocar ilustrações.ilustrações.
  15. 15.  Permite assistência ao trabalho de criação, de pesquisa ,Permite assistência ao trabalho de criação, de pesquisa , processamento de dados para melhorar o rendimento e a coerênciaprocessamento de dados para melhorar o rendimento e a coerência dos trabalhos humanosdos trabalhos humanos

×