Laboratório de Informática Educativa

12.218 visualizações

Publicada em

Apresentação dos Laboratórios de Informática Educativa, no I Seminário de Gestão, da SER II, Fortaleza - CE.

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
129
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
307
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Laboratório de Informática Educativa

  1. 1. "Por que cometer erros antigos se há tantos erros novos a escolher?"   Bertrand Russel
  2. 2. Informática Educativa Laboratórios de Informática Educativa <ul><li>S U M Á R I O </li></ul><ul><li>Plano Municipal de Informática Educativa </li></ul><ul><li>O que é Informática Educativa </li></ul><ul><li>Laboratório de Informática Educativa - LIE </li></ul><ul><li>Funções do LIE </li></ul><ul><li>Atribuições do professor de LIE </li></ul><ul><li>Atribuições da SME </li></ul><ul><li>Gestão do acompanhamento </li></ul><ul><li>Desafios e perspectivas </li></ul>
  3. 3. PLANO MUNICIPAL DE INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>O Plano Municipal de Informática Educativa - PMIE foi implantado no ano de 2000 e está vinculado ao PROINFO INTEGRADO , cujo objetivo é: </li></ul><ul><li>Promover o uso pedagógico das tecnologias de informação e comunicação nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. </li></ul>
  4. 4. PLANO MUNICIPAL DE INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>AS AÇÕES SE DÃO NA PERSPECTIVA DE: </li></ul><ul><li>Equipar as Escolas com Laboratórios e conexão com Internet; </li></ul><ul><li>Formar professores para o uso das TIC no contexto escolar; </li></ul><ul><li>Organizar um sistema manutenção e suporte; </li></ul><ul><li>Organizar um sistema de gestão e acompanhamento pedagógico; </li></ul><ul><li>Desenvolver seu próprio Sistema Operacional customizado. </li></ul>
  5. 5. LIE – SER II UNIDADES ESCOLARES 48 ESCOLAS COM LIE 19 PAROFESSORES DOS LIE 23 CARÊNCIAS DOS LIES 17 ESCOLAS COM MÁQUINAS NOVAS 13 ESCOLAS A SEREM REVITALIZADAS 6 RÁDIOS ESCOLARES 5 ESCOLAS COM BLOG DOS ALUNOS 2
  6. 8. Rádio da Escola Maria Odnilra
  7. 9. Rádio da Escola Maria Odnilra
  8. 10. Rádio da Escola Maria Odnilra
  9. 11. Rádio da Escola Maria Odnilra
  10. 12. Rádio da Escola Maria Odnilra
  11. 13. Me perdi e me achei no Brasil <ul><li>&quot;Me perdi e me achei no Brasil&quot; - projeto realizado com os alunos do 4º ano da tarde, da Escola Torres de Melo com a mediação da UFC e apoio do BNB. </li></ul><ul><li>O objetivo do projeto foi a promoção de trocas culturais com os alunos de uma escola da cidade de Villejuif, na França, através da criação de uma história. </li></ul><ul><li>Para a realização do projeto, foram feitas conferências através da Internet, nas quais os alunos podiam conversar e criar a história conjuntamente. </li></ul><ul><li>Essa história foi ilustrada pelos próprios alunos: os alunos da Escola Torres de Melo pintaram os cenários e objetos de cena, baseados nas pinturas do artista Fernand Léger, e os alunos franceses pintaram os personagens, com base na Xilogravura, presente na Literatura de Cordel. </li></ul><ul><li>O projeto encerrou-se no final do ano passado, culminando com a apresentação do vídeo da história criada pelas crianças. </li></ul>
  12. 14. Me perdi e me achei no Brasil <ul><li>Projeto aceito pelo XXX Congresso da Sociedade Brasileira de Computação - 20 a 23 de julho de 2010 - Belo Horizonte – MG. </li></ul><ul><li>Me perdi e me achei no Brasil </li></ul><ul><li>Me perdi e me achei no Brasil </li></ul><ul><li>Making of </li></ul>
  13. 15. INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>Se caracteriza pelo uso da informática como suporte ao professor, como um instrumento a mais à sua disposição. </li></ul><ul><li>Computador como uma ferramenta auxiliar no processo de construção do conhecimento. </li></ul><ul><li>Computador como meio e nunca como fim. </li></ul><ul><li>Utilização do Computador considerando os componentes curriculares. </li></ul>
  14. 16. LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>É um espaço pedagógico, que deve ser chamado de Sala de Aula . O que difere o LIE das outras salas de aula é o fato de possuir os recursos tecnológicos, como computadores, DVD, impressora, TV e outros. </li></ul><ul><li>O LIE só é útil para Escola se estiver vinculado ao seu Projeto Pedagógico. Se todos que fazem a Escola tiverem clareza de sua finalidade; </li></ul><ul><li>O LIE pertence à toda a Escola, compreendendo as creches e os anexos. </li></ul>
  15. 17. LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>O LIE deve estar disponível para toda comunidade escolar, com prioridade para alunos e professores. </li></ul><ul><li>O horário de funcionamento será o mesmo da escola, sempre com um professor responsável pelo ambiente. </li></ul>
  16. 18. LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>As atividades realizadas deverão ser planejadas com antecedência, sempre relacionadas com os conteúdos curriculares. </li></ul><ul><li>O atendimento em Laboratório de Informática Educativa depende de prévio agendamento. </li></ul><ul><li>O LIE poderá atender à comunidade, em horário extra-escolar, devendo ser disponibilizado um professor, agente administrativo, secretário ou gestor para acompanhar o projeto, tornando-se co-responsável. </li></ul>
  17. 19. LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCATIVA <ul><li>Proporcionar aos professores e alunos infra-estrutura e suporte de recursos computacionais; </li></ul><ul><li>Servir como suporte pedagógico facilitador da aprendizagem; </li></ul><ul><li>Inclusão digital de alunos e professores; </li></ul><ul><li>Inserção das Tecnologias da Informação e Comunicação no contexto da escola; </li></ul><ul><li>Todas as atividades dos LIEs são extensivas aos anexos e creches correspondentes, nas mesmas dondições das escolas patrimoniais. </li></ul>
  18. 20. Agendamento das aulas <ul><li>Contínuo, estabelecido no planejamento; </li></ul><ul><li>Não há um cronograma fixo por turma ou professor; </li></ul><ul><li>O agendamento é criado necessariamente pelo professor regente; </li></ul><ul><li>É passível de negociação. </li></ul>
  19. 21. PROFESSOR DO LIE <ul><li>É professor efetivo da SME; </li></ul><ul><li>É licenciado na área do magistério; </li></ul><ul><li>Tem formação em Informática Educativa; </li></ul><ul><li>É credenciado pela SME. </li></ul>
  20. 22. Atribuições do professor de LIE <ul><li>Elaborar o Projeto Pedagógico para o LIE; </li></ul><ul><li>Definir junto à comunidade escolar o funcionamento do LIE, considerando as diretrizes e orientações (SME/ CRP/SER); </li></ul><ul><li>Planejar, juntamente com o professor regente da disciplina as atividades pedagógicas a serem desenvolvidas no LIE; </li></ul><ul><li>Registrar e arquivar todas as atividades planejadas e executadas nas aulas; </li></ul><ul><li>Assessorar o professor-regente em suas aulas realizadas no LIE; </li></ul>
  21. 23. Atribuições do professor de LIE <ul><li>Incentivar e sensibilizar os professores para a utilização pedagógica do LIE; </li></ul><ul><li>Viabilizar a infra-estrutura necessária ao funcionamento do LIE, relativamente à organização do espaço físico e ao agendamento do atendimento no LIE; </li></ul><ul><li>Realizar pesquisas e estudos para auxiliar no planejamento dos professores, em horários reservados para essa atividade; </li></ul><ul><li>Auxiliar no acompanhamento dos alunos em seus trabalhos e pesquisas individuais; </li></ul>
  22. 24. Atribuições do professor de LIE <ul><li>Desenvolver projetos na Área de Informática Educativa, envolvendo toda a comunidade escolar; </li></ul><ul><li>Zelar pela manutenção, conservação e limpeza dos equipamentos e recursos do LIE; </li></ul><ul><li>Abrir e fechar o LIE no início e fim do expediente; </li></ul><ul><li>Checar constantemente os equipamentos do LIE; </li></ul><ul><li>Registrar no livro de ocorrências, entradas e saídas de qualquer material do LIE; </li></ul><ul><li>Participar de reuniões e eventos dirigidos aos professores do LIE; </li></ul>
  23. 25. Atribuições do professor de LIE <ul><li>Solicitar atendimento da assistência técnica ou suporte técnico da SME quando necessário; </li></ul><ul><li>Exigir da SME/CRP e SER o acompanhamento pedagógico para o LIE; </li></ul><ul><li>Contribuir com a formação de todos os professores na área de Informática Educativa; </li></ul><ul><li>Realizar semestralmente relatórios sobre os trabalhos desenvolvidos no LIE e encaminhá-los ao CRP/SER. </li></ul>
  24. 26. É vedado ao professor de LIE <ul><li>Substituir professor, em sala de aula convencional ou funcionários em eventuais ausências; </li></ul><ul><li>Receber a turma no LIE sem planejamento e sem a presença do professor da disciplina ou turma; </li></ul><ul><li>Realizar, de forma obrigatória, trabalhos técnicos administrativos da escola. </li></ul>
  25. 27. RESUMO Papéis dos Professores <ul><li>Regente: </li></ul><ul><li>Planejar com o Professor do LIE as aulas; </li></ul><ul><li>Ministrar as aulas planejadas; </li></ul><ul><li>Avaliar e registrar as aulas no laboratório. </li></ul><ul><li>Do Laboratório: </li></ul><ul><li>Incentivar e sensibilizar o uso pedagógico do LIE; </li></ul><ul><li>Planejar com o professor as atividades; </li></ul><ul><li>Viabilizar e auxiliar as aulas; </li></ul><ul><li>Avaliar as aulas com o professor regente. </li></ul>
  26. 28. Atribuições da SME <ul><li>Equipar as Escolas com Laboratórios de Informática; </li></ul><ul><li>Efetuar a manutenção e proporcionar o suporte técnico; </li></ul><ul><li>Solicitar e acompanhar a instalação da conexão Banda Larga; </li></ul><ul><li>Cuidar da formação continuada de professores, através CRP além da celebração de convênios (UFC, Instituto Oi Futuro, Intel, Proinfo); </li></ul><ul><li>Acompanhamento pedagógico aos professores dos LIES; </li></ul><ul><li>Outros projetos como Lego, Rádio Escola, Produção de áudio visual. </li></ul>
  27. 29. LIE – GESTÃO DO ACOMPANHAMENTO <ul><li>SME: </li></ul><ul><li>Aparecida Albuquerque e Ana Cláudia Portela </li></ul><ul><li>SME - Manutenção e Suporte Técnico: </li></ul><ul><li>Davi Lima e Adalgiza Farias </li></ul><ul><li>CRP: </li></ul><ul><li>Ângela Torquato Onofre </li></ul><ul><li>SER II: </li></ul><ul><li>Vuldembergue Farias </li></ul>
  28. 30. Desafios e perspectivas <ul><li>Formação e adesão de professores e gestores; </li></ul><ul><li>Suprimento das carências de professores; </li></ul><ul><li>Integração tecnologia (computador, câmera digital, filmadora, celular, data show, DVD, etc.) e currículo; </li></ul><ul><li>Estrutura física das escolas (rede elétrica, conexão banda larga, suporte e manutenção). </li></ul>
  29. 31. Agradecemos pela atenção e-mail: vuldembergue@sme.fortaleza.ce.gov.br

×