BancoDeDados_BombaDoHemeterio_PoloCultural

841 visualizações

Publicada em

Banco de Dados do Polo Cultural da Bomba do Hemetério, no Recife. Produzido numa parceria de: Universidarte, Fundação Gilberto Freyre,, IADH, Instituto Walmart,Sebrae, Prefeitura do Recife, Empetur, Secretaria de Turismo de Pernambuco e Ministério do Turismo.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
841
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BancoDeDados_BombaDoHemeterio_PoloCultural

  1. 1. O destino turístico Polo Cultural da Bomba do Hemetério já é uma realidade. Foi desenvolvido para fortalecer uma rede de produtos e serviços nesta comunidade, com vistas a operacionalizá-los e comercializá-los através de empreendedores parceiros, garantindo a sustentabilidade dos pequenos negócios. Trata-se de uma demonstração da identidade e da cultura local, traduzidas em diversas linguagens artísticas. O Sebrae não apenas apoia, mas endossa iniciativas assim, de desenvolvimento local, mobilização e organização comunitária. O turismo de base comunitária permuta experiências que desafiam o visitante a conhecer melhor as práticas e simbologias dos territórios urbanos. Vivências e tradições precisam ser valorizadas para o fortalecimento das manifestações culturais locais. É promissora a atuação do Sebrae na culturalização das economias, priorizando ações com foco na inserção da cultura local em produtos e serviços das micro e pequenas empresas. E isto é só o começo. Sebrae Pernambuco
  2. 2. A transformação da comunidade da Bomba do Hemetério, outrora bairro representativo de desigualdades sociais e de renda, não aconteceu por acaso. Por mais que já existissem movimentos de cooperação e organização local, a chegada do Programa Bombando Cidadania1 foi determinante na articulação de políticas públicas voltadas para valorizar a cultura da região enquanto elemento de empreendedorismo e cidadania. Somaram- se esforços em direção ao desenvolvimento cultural comunitário da Bomba do Hemetério e, juntos, Instituto Walmart, Sebrae, Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH), Ministério do Turismo e lideranças da região implementaram o Projeto de Roteirização Turística da Bomba do Hemetério, de modo a fortalecer os grupos artísticos locais e a economia do bairro, buscando-se melhorar a qualidade de vida dos seus moradores. Não deu outra. Os resultados são expressivos do ponto de vista de uma gestão empreendedora que começa a despontar na comunidade com o emblema da solidariedade, como nos tempos da distribuição de água da bomba de Seu Hemetério. 1 O Programa Bombando Cidadania é uma iniciativa impulsionada pelo Instituto Walmart, desde 2008, que mobiliza parcerias para a implementação de um programa integrado de desenvolvimento local, com foco na organização social, geração de renda e desenvolvimento cultural, educação, saúde e meio ambiente. Os projetos implementados na comunidade beneficiam diretamente cerca de três mil pessoas.
  3. 3. Conteúdo Atividades 11 Alegria do samba de raiz 12 Bailando com as senhoras e senhores da Corte 14 Bombaguá 16 Brincando com o Boi Mimoso 18 Cortejo do Boi Malabá 20 Criando e recriando 22 Emoções afro 24 História brilhante 26 Muito brilho e tambores 28 O encontro do maracatu e do sítio sagrado 30 O rei do Sertão 32 Riscos e rabiscos 34 Senhoras do bem 36 Sete flechas de pura alegria e paixão 38 Tributo à África 40 Troça com bolo de bacia 42 Um boi muito louco 44 Vivências do terreiro 46 Sugestões de roteiros 49 Mapa da região 60 Bares e restaurantes 63 7
  4. 4. Este banco de dados contém informações sobre as atividades turísticas do Polo Cultural da Bomba do Hemetério. Cada atividade está identificada com o seu histórico, apresentando também fotos e dados para operação turística. Por meio dessas informações, o operador ou agente de turismo poderá formatar roteiros turísticos diferenciados, uma vez que acompanham o documento o livreto institucional dos roteiros, contendo os chamados roteiros padrões – Roteiro das Artes, Conhecendo o Território, Cultura e Tradição e BombÁfrica; e o tarifário de atividades, sujeito a alterações de preços e que deve ser consultado a cada operação. A partir da escolha do roteiro no livreto institucional, o leitor encontrará atividades descritas como padrão ou opcional, sugeridas e disponibilizadas detalhadamente no banco de dados. O material contém todas as informações de operação da atividade, tais como contato, breve descrição, tempo de duração e período de antecedência para reservas. A consulta ao banco de dados é importante, visto que muitas das atividades sugeridas nos roteiros são realizadas somente mediante contato e reserva prévios. Conhecendo esses dados, o agente de viagem também poderá organizar o seu próprio roteiro, priorizando as atividades de seu interesse e utilizando as sugestões como base de informação e pesquisa. Boa viagem! 9
  5. 5. Atividades 11
  6. 6. Público-alvo Visitantes e comunidade em geral Local Sede da escola de samba Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência De 15 em 15 dias, às quartas-feiras, preferencialmente às 16h. Durante o mês de agosto, às terças e sextas, às 20h Antecedência da reserva 7 dias Inclui  Brinde (chaveiro da escola de samba) Não inclui Bebida alcoólica, DVD E CD Contato Rivaldo Lacerda e Marize Araújo 81 3444.4656 / 9973.0184 / 8861.4557 Rua das Crianças, 63 – Bomba do Hemetério CEP 52111-070 – Recife/PE gigantedosamba@hotmail.com Roteiro Cultura e tradição Preço (clique para consultar tabela) Alegria do samba de raiz Escola Gigante do Samba É samba de raiz no pé... É com esta proposta que a Escola Gigante do Samba, tradicional agremiação da Bomba do Hemetério fundada em 1942, revela seus enredos, fantasias, adereços, baianas e conta toda a sua história numa alegre apresentação para turistas e visitantes. Um ensaio da mais pura tradição na cidade do Recife. Durante quase uma hora, a Gigante do Samba dá um show de emoção e tradição na sede da sua escola. São anos de ritmo e dedicação para turista nenhum botar defeito. A atividade acontece de 15 em 15 dias, sempre às quartas- feiras, por volta de 16 horas. É luxo só... 13
  7. 7. Bailando com as senhoras e senhores da Corte Troça Abanadores do Arruda A troça Abanadores do Arruda é uma verdadeira prova de amor à cultura de raiz e ao frevo pernambucano. Não por acaso, os cenários e figurinos da atividade são convidativos. Tudo para o turista entrar literalmente na magia da dança. Não há quem resista às belas composições do mestre do frevo José Constantino, ou mesmo ao entusiasmo e alegria de Dona Auzira, presidente da famosa agremiação do Recife, fundada em 1934. Palavra de reis e rainhas. A sede do Abanadores do Arruda é um típico ambiente de dança de salão, com cenários e figurinos apropriados para a atividade. A agremiação apresenta-se uma vez por mês (ora sábados, às 19 horas; ora domingos, às 16 horas), durante 45 minutos. De lembrança, os turistas levam abanadores artesanais para casa. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede da troça Duração da atividade 45 minutos  Tamanho dos grupos 20 a 40 pessoas Frequência Uma vez por mês (sábados, às 19h; e domingos, às 16h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Brinde confeccionado com abanadores artesanais Não inclui Bebida alcoólica e comida Contato Auzira Dantas e Cristiana Santos 81 8704.1228 / 8604.5525 Rua Bomba do Hemetério, 234 – Bomba do Hemetério – CEP 52111-070 – Recife/PE cristiana_santos25@yahoo.com.br Roteiro Cultura e tradição Preço (clique para consultar tabela) 15
  8. 8. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede da escola de samba Duração da atividade 30 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência Uma vez por mês (sábados e domingos, às 16h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Brinde (ímã de geladeira do Bombaguá) Contato Jaqueline Luna 81 8807.4307 Rua das Crianças, 63 – Bomba do Hemetério CEP 52111-070 – Recife/PE (sede da escola de samba) lunadanca@live.com Roteiros Artes / Cultura e tradição / Conhecendo o território Preço (clique para consultar tabela) Bombaguá Universidart O Jaraguá da Bomba reúne dança, música, teatro e poesia em um só espetáculo: o Bombaguá. Um canto, um passo, uma história, uma brincadeira, uma arte. Sob o signo da riqueza e da diversidade cultural da região, o grupo alia-se aos movimentos de bairro e a todos os segmentos artísticos para se fortalecer e crescer. Em ritmo de frevo, maracatu, coco e mangue beat, o turista participa de tudo. E se encanta com o show de movimentos, cores e alegria. Sem dúvida, o Bombaguá é um belo cartão de visita da Bomba do Hemetério e suas peculiaridades. O Bombaguá não é apenas um animal fantástico do universo popular. O Jaraguá da Bomba reúne conceito e atitude de mudança. A diversidade do espetáculo do grupo Universidart impressiona. A apresentação, que dura 30 minutos, acontece uma vez por mês, aos sábados ou domingos, às 16 horas. Há distribuição de brindes e muita animação. 17
  9. 9. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Largo do Córrego Bombeirense Duração da atividade 45 minutos Tamanho dos grupos 10 a 30 pessoas Frequência Uma vez por mês (sábados, às 18h ou 19h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Mochila com a logomarca do Boi Mimoso e degustação de tapioca com café Contato Ricardo Estevan / Jodileno / Deibson Filipe de Melo / Viviane Filipe de Melo 81 8507.7468 / 8718.5002 / 8531.7418 / 8795.7290 Córrego Bombeirense, 136-B – Água Fria CEP 52111-600 – Recife/PE boi_recife_mimoso@yahoo.com.br Roteiro Conhecendo o território Preço (clique para consultar tabela) Brincando com o Boi Mimoso Boi Mimoso É na apresentação do Boi Mimoso que as ruas e os córregos da comunidade se transformam em pura alegria. A brincadeira do boi atrai crianças, jovens e também adultos para o universo mágico de Matheus, Catirina, Bastião, Ema e Babau, só para citar alguns dos personagens mais irreverentes da agremiação que muito valoriza as danças e músicas populares. Sem dúvida, esta atividade é garantia de cultura, educação e cidadania. A apresentação do Boi Mimoso envolve vários personagens que se revezam em encenações caricatas para fazer valer a brincadeira. O espetáculo é mensal, realizando-se sempre aos sábados, às 18 ou 19 horas. Há degustação de tapioca com café para os visitantes. 19
  10. 10. Cortejo do Boi Malabá Boi Malabá Dizem na Bomba do Hemetério que o cortejo do Boi Malabá pelas ruas do bairro é mais do que envolvente. É de fazer chorar moradores e turistas... A apresentação de cada personagem é rica em improvisos, adereços e fantasias. O envolvimento de crianças e jovens da comunidade no cortejo provoca muita emoção e enriquece ainda mais o espetáculo. O Boi Malabá sai em cortejo, aos sábados e domingos, contando a história do bumba meu boi. Arrasta muitas crianças na brincadeira, tamanha é a animação. A atividade dura uma hora, em média, atraindo diversos turistas pela força da sua cultura e pela riqueza dos seus personagens. O grupo sempre se apresenta às 16 horas. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Ruas da comunidade e sede do grupo Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 50 pessoas Frequência Duas vezes por mês (sábados ou domingos, às 16h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Brinde (boizinho artesanal) Contato Sandra Barros e Anderson Pereira 81 8789.4457 / 8514.2227 Rua São Rafael, 237 – Bomba do Hemetério CEP 52111-360 – Recife/PE boimalabasandra@yahoo.com Roteiro Cultura e tradição Preço (clique para consultar tabela) 21
  11. 11. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Ateliê do artista ou no Cantinho do Rio Duração da atividade 45 minutos Tamanho dos grupos 6 a 10 pessoas Frequência De 15 a 15 dias (quintas e sextas, das 14h30 às 16h) Antecedência da reserva 10 a 15 dias Inclui Artesanato confeccionado pelo visitante Contato José Edilson de Souza 81 3266.2360 / 8625.9351 Rua da Macaíba, 208 – Alto José do Pinho CEP 52210-230 – Recife/PE edilsonje@hotmail.com Roteiro Roteiro das artes Preço (clique para consultar tabela) Criando e recriando Ateliê Arte Sousa Visitar o Ateliê Arte Sousa significa botar a mão na massa. É lá que o artesão Edilson conta sua história e mostra seu trabalho, realizado com material reciclado a partir de referências da cultura local – o boizinho de carnaval pode ser confeccionado em biscuit pelo visitante e levado de lembrança para casa. O artesão Edilson entra em ação às quintas e sextas-feiras, das 14:30 às 16 horas. No ateliê do artista, é possível fazer peças de artesanato inspiradas na cultura local. A visitação dura, em média, 45 minutos de pura arte. 23
  12. 12. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede do grupo Duração da atividade 45 minutos Tamanho dos grupos 10 a 20 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (terças e quintas, às 19h) Antecedência da reserva 10 dias Inclui Brinde artesanal, frutas e sucos da época Não inclui Bijuterias e outros adereços artesanais expostos para venda Contato Maria da Guia Mendes (Lia da Bomba) 81 3443.3556 / 8519.6512 Rua Córrego Antônio Rodrigues, 238 – Bomba do Hemetério – CEP 52211-050 – Recife/PE mario.jrm@hotmail.com Roteiros Conhecendo o território / BombÁfrica Preço (clique para consultar tabela) Emoções afro Grupo Omobirim Música e dança não faltam na apresentação do Omobirim. Quem garante é o próprio grupo afro, que vem realizando, com êxito, um trabalho social com jovens e crianças da comunidade. Durante a atividade, o visitante poderà dançar e tocar instrumentos com os jovens, além de adquirir adereços, bijuterias e instrumentos percussivos, degustando frutas e sucos da época. É a cultura afro como ferramenta de transformação de um povo. É na sede do Omobirim que, às terças e quintas, a atividade acontece. Seus integrantes encarregam- se de animar a festa, que começa às 19 horas e dura, aproximadamente, 45 minutos. Há brindes (“turista Omobirim”) artesanais confeccionados pelas talentosas jovens da comunidade, entregues aos visitantes no encerramento do espetáculo. 25
  13. 13. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede do grupo Duração da atividade 50 minutos Tamanho dos grupos 4 a 15 pessoas Frequência Uma vez por semana (de segunda a domingo) Antecedência da reserva 6 dias Inclui Mostra de fantasias, adereços e local de trabalho, com possibilidade de participar da atividade Contato Dona Marivalda dos Santos 81 3267.3753 / 8514.3599 Rua Tuiná, 15 – Mangabeira CEP 52110-473 – Recife/PE maracatuestrelabrilhante@gmail.com www.maracatuestrelabrilhante.com.br Roteiros Conhecendo o território / BombÁfrica Preço (clique para consultar tabela) História brilhante Maracatu Estrela Brilhante Nem sempre as histórias são brilhantes, mas a de Dona Marivalda, rainha do Maracatu Estrela Brilhante, sem dúvida é. Sua sabedoria é infinita. Ouvi-la contar a história da origem da agremiação fundada em 1906 é algo mágico e encantador. Coisa de mestre. Na verdade, a atividade é uma volta ao passado e aos valores de um movimento cultural forte e significativo para um povo. O grupo Maracatu Estrela Brilhante apresenta- se uma vez por semana para os turistas e a comunidade em geral, durante 50 minutos aproximadamente. Ao som do rico batuque dos tambores, eles chegam até a participar da atividade de forma ativa. 27
  14. 14. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede do grupo Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 20 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (sábados e domingos, às 16h; e terças, às 19h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Visita à sede e brinde artesanal (miniatura de alfaia) Não inclui Demais objetos artesanais para venda (miniaturas de estandartes, calungas e instrumentos percussivos, DVD e CD) Contato Clóvis Cosme dos Santos 81 3441.5415 / 8626.9531 Rua Corema, 40 – Mangabeira CEP 52110-300 – Recife/PE vescultura@hotmail.com Roteiros Cultura e tradição / BombÁfrica Preço (clique para consultar tabela) Muito brilho e tambores Maracatu Encanto da Alegria Como sugere o nome, o Maracatu Encanto da Alegria é cultura, sedução e felicidade. E também projeto social para jovens e crianças. Nesta atividade, turistas poderão vivenciar as mais diversas manifestações artísticas do ritmo afro-brasileiro, com destaque para o toque do baque virado liderado por jovens da própria comunidade. Além disso, visitar a exposição de fantasias, adereços, artesanato e souvenirs pode ser um ótimo pretexto para encerrar o programa. O toque do baque virado do maracatu é o ponto alto da atividade. Emociona espectadores de todas as partes. Trata-se de uma excelente opção assistir os jovens da comunidade exalando talento e vigor cultural. O grupo pode ser visto quinzenalmente, aos sábados e domingos, às 16 horas. 29
  15. 15. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sítio de Pai Adão Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 20 pessoas Frequência A cada 15 dias (de segunda a domingo, às 16h) Antecedência da reserva 5 dias Inclui Degustação de comida africana Não inclui Bebida alcoólica Contato Itaiguara Felipe da Costa 81 3451.2041 / 8525.3622 Rua Abdon Lima, 86 – Água Fria CEP 52120-480 – Recife/PE raizesdepaiadao@hotmail.com Roteiros Cultura e tradição / BombÁfrica Preço (clique para consultar tabela) O encontro do maracatu e do sítio sagrado Maracatu Raízes de Pai Adão A visita ao sítio de Pai Adão é inesquecível. Tombado pelo Governo do Estado de Pernambuco e legítimo representante da nação nagô em Pernambuco, lá se encontram a Capela de Santa Inês, a árvore sagrada (Irocô) – que guarda os segredos da ancestralidade africana – e o quilombo urbano dos parentes afrodescendentes de Pai Adão. Nesta atividade, as atrações se complementam: do lado religioso, o terreiro Obá Ogunté; do lado cultural, o Maracatu Raízes de Pai Adão. A visita contempla ainda a degustação de comida africana e a venda de artesanato local. Este maracatu é responsável pelo lendário encontro. O grupo apresenta-se todos os dias, às 16 horas (ou em outro horário previamente agendado), durante uma hora. O“sítio sagrado”serve de palco para uma apresentação rica em história e cultura. 31
  16. 16. O rei do Sertão Cia de Dança Traçando Cultura Já imaginou se fosse possível entrar no mundo do Cangaço e, melhor ainda, fazer parte dele? Pois é. A imaginação é o limite nesta atividade. Então não se surpreenda se for recepcionado por Lampião, Maria Bonita e diversos cangaceiros na Bomba do Hemetério. E com muita música e dança típica, em especial o xaxado, ritmo preferido do bando para celebrar suas vitórias e conquistas em pleno Sertão pernambucano. A Cia de Dança Traçando Cultura responde pela apresentação da atividade, sempre no primeiro e último sábado do mês, preferencialmente nos finais de tarde. São 40 minutos de espetáculo, com entrega de um brinde artesanal alusivo ao Cangaço. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Cantinho do Rio Duração da atividade 40 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência Primeiro e último sábado do mês, preferencialmente às 17h Antecedência da reserva 5 dias Inclui Brinde artesanal alusivo ao Cangaço Contato Jaqueline Maria Lima Luna 81 8807.4307 Rua do Rio, 633 – Bomba do Hemetério CEP 52110-490 – Recife/PE lunadanca@live.com Roteiro Roteiro das Artes Preço (clique para consultar tabela) 33
  17. 17. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Ateliê do artista Duração da atividade 40 minutos Tamanho dos grupos 4 a 10 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (sábados, às 16h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Desenho executado pelo visitante Contato Zildo Marques 81 3266.4307 / 8891.8348 Rua Sena Madureira, 98 – Alto José Bonifácio CEP 52080-160 – Recife/PE zildomarques@hotmail.com Roteiro Conhecendo o território Preço (clique para consultar tabela) Riscos e rabiscos Zildo Marques Nesta atividade, a oportunidade única de estar lado a lado com a arte e também com Zildo Marques, que abre seu ateliê para os visitantes“brincarem”com a imaginação. E ouvirem“causos”contados pelo próprio artista sobre os acontecimentos mais importantes da Bomba do Hemetério. Haja história... A oficina de desenho promovida por Zildo Marques ocorre quinzenalmente, aos sábados, às 16 horas. Lá o turista pode conhecer bem de perto o trabalho do artista, que brinca com a imaginação e criatividade dos interessados. A atividade dura 40 minutos. 35
  18. 18. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede do grupo Duração da atividade 45 minutos Tamanho dos grupos 5 a 10 pessoas Frequência Duas vezes por semana (segundas e quartas, das 14h às 17h) Antecedência da reserva 7 dias Inclui Chá com biscoitos e brindes do grupo Não inclui Sabões artesanais para venda (em barra e em pasta) Contato Maria Solene dos Santos 81 3304.2616 / 3269.5406 / 9258.9112 Rua Maratá, 64 – Mangabeira CEP 52110-340 – Recife/PE solenems@hotmail.com Roteiro Conhecendo o território Preço (clique para consultar tabela) Senhoras do bem Sabão Ecobem A história das Senhoras do Bem é um exemplo de empreendedorismo na Bomba do Hemetério. Criadoras do grupo fabricante do Sabão Ecobem, elas relatam curiosidades do passado e do presente, além do processo produtivo do sabão feito a partir de óleo de cozinha usado. No final da atividade, muita poesia com chá e biscoitos, e exposição do produto (em barra e em pasta). Formado por donas de casa, o grupo Senhoras do Bem recebe turistas na sua fábrica de sabão para visitação, que ocorre duas vezes por semana (às segundas e quartas), das 14 às 17 horas. 37
  19. 19. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede do grupo Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (domingos, às 19h) Antecedência da reserva 10 dias Inclui Degustação de bolo caseiro com suco de frutas da época Contato Paulinho 7 Flexas 81 3444.9814 / 8854.0994 Travessa do Dowsley, 66/04 – Água Fria CEP 52111-300 – Recife/PE eroeneepaulo@hotmail.com Roteiro Cultura e tradição Preço (clique para consultar tabela) Sete flechas de pura alegria e paixão Caboclinhos 7 Flexas Data de 1971 a fundação da agremiação que é um expoente da cultura popular pernambucana, reverenciada por artistas de renome como Ariano Suassuna e Antônio Carlos Nóbrega. O Caboclinhos 7 Flexas é um registro muito fiel do universo indígena. Mestre Alfaiate, seu ilustre representante, confecciona com primor as fantasias e adereços do grupo, expostos aos visitantes interessados nessa arte. Mas são os passos de Paulinho 7 Flexas que chamam a atenção dos turistas, cuja apresentação destaca as mais tradicionais danças do ritmo: guerra, baião, perré e macumba de caboclo. Durante uma hora (somente aos domingos), a apresentação chama todas as atenções. Não há quem resista a tanta arte popular. E ao talento de Paulinho 7 Flexas, passista de renome nacional, e de mestre Alfaiate, famoso aderecista da agremiação. 39
  20. 20. Público-alvo   Turistas e comunidade em geral Local Sede do grupo Duração da atividade 45 minutos Tamanho dos grupos 10 a 15 pessoas Frequência No primeiro sábado e domingo do mês (a partir das 16h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Brinde artesanal e degustação de culinária afro- brasileira Não inclui Bebida alcoólica Contato Thiago Ferreira e Antônia Batista Ferreira 81 3444.3710 / 9617.8044 / 9252.7944 Rua Raul Pompéia, 462 – Água Fria CEP 52120-050 – Recife/PE bacnare.pe@bol.com.br Roteiros Roteiro das artes / BombÁfrica Preço (clique para consultar tabela) * Trata-se de uma atividade âncora do Polo Cultural da Bomba do Hemetério Tributo à África* Bacnaré (Balé de Cultura Negra do Recife) Ao som dos tambores e dos gritos de resistência, o Bacnaré traduz a genuína África que reside no Brasil. Sinônimo de cultura, danças e ritmos que remetem o visitante à Mãe África, o grupo é resultado de ampla pesquisa e estudo sobre a cultura negra. Liderado pelo mestre Ubiracy, grande referência da cultura negra em Pernambuco, o espetáculo é singular em todos os sentidos. A visita inclui degustação de comida afro-brasileira e exposição e venda de produtos artesanais, além de brindes no final da apresentação. O Balé de Cultura Negra do Recife, mais conhecido como Bacnaré, é histórico e reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho. Seus bailarinos apresentam-se no primeiro sábado e domingo do mês, a partir das 16 horas, valorizando a legítima cultura negra em Pernambuco. São 45 minutos de atividades voltadas para o que há de melhor na dança afro-brasileira. 41
  21. 21. Público-alvo Turistas e comunidade em geral Local Sede provisória da troça Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (domingos, às 19h; e sábados, às 17h) Antecedência de reserva 15 dias Inclui Brinde (miniatura artesanal de estandarte) e bolo de bacia com suco regional Não inclui Bebida alcoólica Contato Givaldo Soares Fonseca 81 3443.3531 / 8799.8700 Rua Tamboara, 553 – Bomba do Hemetério CEP 52211-000 – Recife/PE j.silvarinaldo@bol.com.br Roteiro Roteiro das artes Preço (clique para consultar tabela) Troça com bolo de bacia Troça Tô Chegando Agora Tudo é muito singular na conhecida troça pernambucana“Tô chegando agora”. Ao ritmo do frevo, turistas podem vestir fantasias e adereços da agremiação e fazer parte da sua apresentação, interagindo com crianças, jovens, adultos e idosos. Em meio à evolução do grupo, é servido bolo numa bacia. A visita motiva o turista a participar da atividade em tempo integral. Puro encantamento e lirismo. Não há dúvida que a troça“Tô chegando agora”é muito original. Enquanto se apresenta, distribui bolo de bacia para os turistas, que são convidados a participar da atividade juntamente com seus integrantes. As apresentações duram uma hora e podem ser conferidas aos sábados, às 17 horas, e domingos, às 19 horas. 43
  22. 22. Um boi muito louco Boi D’Loucos Um espetáculo cultural original, que fala sobre a história e a cultura do bumba meu boi de forma cômica e irreverente. A versatilidade dos atores, com performances musicais e teatrais acompanhadas de poesia popular, prende a atenção do público do começo ao fim. A participação espontânea de turistas na atividade é praticamente obrigatória. Sempre às quartas-feiras, às 19 horas, o grupo Boi D’Loucos apresenta, no Cantinho do Rio, o espetáculo teatral“Um boi muito louco”. A atividade, que dura meia hora, conta com a participação de visitantes, além da comunidade em geral. Público-alvo   Turistas e comunidade em geral Local Cantinho do Rio Duração da atividade 30 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (todos os dias da semana, às 19h) Antecedência de reserva 7 dias Inclui Brinde (um boi artesanal) Contato Carlos Amorim 81 8709.1294 Rua Etiene Gomes, 104/bl-M – Linha do Tiro CEP 52131-679 – Recife/PE carlosamorim2010@hotmail.com Roteiro Roteiro das artes Preço (clique para consultar tabela) 45
  23. 23. Público-alvo   Turistas e comunidade em geral Local Sede do afoxé Duração da atividade 60 minutos Tamanho dos grupos 10 a 40 pessoas Frequência De 15 em 15 dias (quartas e sextas, às 16h) Antecedência da reserva 15 dias Inclui Degustação de comida de terreiro Não inclui Bebida alcoólica Contato Pai Everaldo 81 3449.0425 / 8541.8431 Córrego do Deodato, 529 – Água Fria CEP 52211-250 – Recife/PE paieveraldodesango@gmail.com Roteiros Conhecendo o território / BombÁfrica Preço (clique para consultar tabela) Vivências do terreiro Afoxé Ogbon Obá No terreiro de Pai Everaldo de Xangô, vivenciam-se experiências sensoriais muito particulares. Afinal, juntar cultura, religiosidade e gastronomia não é tão simples assim. As vivências são seguidas de depoimentos, batismo de instrumentos e apresentação de afoxé, maracatu, coco e capoeira. É a cultura de raiz dizendo a que veio. O ponto forte é a degustação da comida das oferendas de Carmem Virgínia de Xangô, a culinarista do terreiro. Há ainda venda de artesanato confeccionado pelos próprios moradores do local. A curiosidade dos turistas pelo Ogbon Obá é grande. Não se sabe se pela singularidade da atividade, que inclui rituais e oferendas para os santos, o fato é que o grupo traduz a verdadeira cultura de raiz e atrai bastante gente. A apresentação ocorre quinzenalmente no terreiro de Pai Everaldo, às quartas e sextas-feiras, sempre às 16 horas, com duração de uma hora. 47
  24. 24. Sugestões de roteiros 49
  25. 25. Roteiro Conhecendo o Território* Busca proporcionar um“caminhar”pela localidade, apresentando a história do bairro e oportunizando um contato mais direto com as pessoas e seu cotidiano, a fim de demonstrar a importância da atividade cultural para a comunidade. Este roteiro apresenta a identidade urbana do território, onde será possível observar também cada detalhe de casas, becos, ruelas e escadarias, além das paisagens urbanas do entorno que se misturam à natureza. Roteiro das Artes* Objetiva combinar atividades culturais distintas – artes cênicas, música, dança, cultura popular, artesanato – que propiciem a vivência de diversas linguagens artísticas, conhecendo suas técnicas e motivações com qualidade e originalidade. Trata-se de um momento de cultura e lazer para conhecer as produções artísticas que emergem da Bomba do Hemetério. Roteiro Cultura e Tradição* Visa a fomentar a manutenção de manifestações tradicionais, algumas de existência centenária, reconhecidas pela importância do repasse de tradições para as gerações futuras. Neste roteiro, as manifestações culturais se confundem com histórias que não se perderam com o tempo, preservadas e reestruturadas em processos educativos. É o Brasil e é o Nordeste em suas cores, danças, crenças e, principalmente, no jeito de ser especial da comunidade. Roteiro BombÁfrica Oferece atividades e produtos turísticos da Bomba do Hemetério, com foco na cultura de matriz africana predominante na região. Este roteiro reúne uma interpretação do território, movimentos artísticos locais e a tradição cultural da comunidade, ensinando o sabor e os saberes dos valores e crenças das raízes afro-brasileiras. *Bombaguá – Atividade que pode ser integrada a qualquer roteiro, por atender simultaneamente aos objetivos de todos. 51
  26. 26. Roteiro Conhecendo o Território (turistas hospedados durante um dia e uma noite) A partir das 17h A visita tem início com um passeio pela localidade, proporcionando a descoberta do território e do jeito de ser da comunidade, que tem na força criativa sua principal identidade. Uma conversa sobre a História Brilhante de Dona Marivalda, rainha do Maracatu Estrela Brilhante, em sua residência localizada no alto de uma escadaria, constitui o ponto forte da atividade. Em seguida, o turista vai conhecer danças, valores e gastronomia de santo na atividade Vivências do Terreiro, um momento mágico e cheio de ensinamentos. Logo após, passará na Ladeira da Alegria para assistir ao espetáculo Brincando com o Boi Mimoso e presenciar um trabalho social de“tirar o chapéu”. Atividades opcionais Passear pelas ruas e conhecer o ateliê de Zildo Marques, podendo participar da sua oficina (Riscos e Rabiscos), a fim de“brincar” com a própria imaginação, enquanto se ouve o artista plástico contar“causos”e acontecimentos da Bomba do Hemetério. A atividade Vivências do Terreiro pode ser substituída pela Emoções Afro, onde o visitante assistirá a uma apresentação repleta de elementos africanos, acompanhando o histórico do grupo e das suas vivências artísticas. 53
  27. 27. Roteiro das Artes (turistas hospedados durante dois dias e uma noite) A partir das 16h (1º dia) É possível apreciar a negritude da dança e da música no Tributo à África, com degustação de comida afro-brasileira. Após a apresentação, o turista será convidado a conhecer a vida de Lampião e a história do xaxado durante o espetáculo O Rei do Sertão. O final da visita fica por conta da troça Tô Chegando Agora. Muita alegria e dança com brincantes de várias gerações. Uma noite imperdível. A partir das 15h (2º dia) Visita à oficina Criando e Recriando, onde o visitante poderá confeccionar seu próprio artesanato, além de conhecer e comprar produtos feitos com materiais reciclados. A atividade mistura criação e interiorização, dando-se“asas à imaginação”aos que se interessarem por ela. O roteiro termina com o espetáculo Um Boi Muito Louco, uma mágica teatral sobre a história do boi e sua tradição, contada em verso e prosa com alegria e irreverência. O visitante poderá ainda degustar a culinária local em um dos restaurantes indicados. 55
  28. 28. Roteiro Cultura e Tradição (turistas hospedados durante três dias e duas noites) A partir das 16h (1º dia) Comece a tarde com muita emoção e tradição na atividade Muito Brilho e Tambores. Depois é hora de saborear deliciosos espetinhos de carne, frango, calabresa e queijo no restaurante Espetinho da Ceça, onde o visitante também poderá degustar outras especiarias caseiras. É importante conhecer Ceça e seu marido, Samuel, convite certo para uma breve prosa sobre a história deste empreendimento. A partir das 17h (2º dia) O Encontro do Maracatu e do Sítio Sagrado traz muita proteção e religiosidade para quem o prestigia. Não por acaso, tem grande força e tradição na comunidade. A descontração convida para a atividade Bailando com as Senhoras e Senhores da Corte, um baile com a tradicional troça de frevo. A partir das 15h (3º dia) O convite é para conhecer o trabalho do mestre Alfaiate e sua família em Sete Flechas de Pura Alegria e Paixão. Dançar e apreciar o movimento e a alegria de jovens e adultos da comunidade são as propostas da famosa agremiação pernambucana. Após a visita, a pedida é conhecer a atividade Alegria do Samba de Raiz, conhecendo a história e as alegorias da tradicional escola de samba da Bomba do Hermetério. O dia termina com o Cortejo do Boi Malabá, onde o turista poderá aplaudir de perto as crianças maravilhosas desta agremiação. Dizem que a atividade dá vontade de querer ficar e não sair mais. 57
  29. 29. Roteiro BombÁfrica (duas opções de visitação, com turistas hospedados durante um dia e uma noite) A partir das 16h (primeira opção) O momento é de conhecer o Balé de Cultura Negra do Recife (Bacnaré) na atividade Tributo à África, um grito de negritude que é sinônimo de espetáculo singular, com danças, sons e ritmos que transportam o visitante para a Mãe África. Em seguida, um momento de lazer e alegria na vivência da atividade Emoções Afro, que oferece uma apresentação com muitos elementos africanos, onde os turistas podem tocar e dançar com o grupo. Finalizando o mergulho na cultura afro-brasileira, um inesquecível Encontro do Maracatu e do Sítio Sagrado a vivenciar elementos culturais e religiosos no sítio de Pai Adão, um patrimônio já tombado pelo Iphan. A visita à Capela de Santa Inês e à árvore sagrada, seguida da apresentação do Maracatu Raízes de Pai Adão, é emocionante. Desperta curiosidade o quilombo urbano existente no sítio, abrigando diversas famílias afrodescendentes parentes de Pai Adão. A partir das 16h (segunda opção) O turista poderá desfrutar da atividade Vivências do Terreiro, uma experiência singular proporcionada pelo afoxé Ogbon Obá no terreiro de Pai Everaldo de Xangô. Num ritual de cultura, religiosidade e gastronomia, as apresentações de maracatu, coco e capoeira encantam. O sentido de integração e amor à cultura de raiz é verificado na atividade. O ponto alto é a degustação da comida de santo ofertada pela culinarista de terreiro Carmem Virgínia de Xangô, proporcionando ao visitante uma experiência sensorial muito particular. Finalizando a visita, uma apresentação do Maracatu Encanto da Alegria na atividade Muito Brilho e Tambores, onde se pode vivenciar a dança (e a percussão) da agremiação ao toque do baque virado liderado por jovens da comunidade. É de emocionar. Na sede, uma linda exposição de fantasias, adereços e elementos do candomblé e do maracatu. 59
  30. 30. 10 9 1 16 15 2 5 43 11 12 7 8 14 13 6 Mapa da região Ruas onde ocorrem as atividades Limites da Bomba do Hemetério Principais avenidas e ruas para orientação Ruas de acesso secundárias para referência Olinda Centro do Recife Zona sul 10 9 1 16 15 2 5 4 3 11 12 7 8 14 13 6 Rua Maratá Senhoras do bem Córrego do Deodato Vivências do terreiro Rua Sena Madureira Riscos e rabiscos Rua Tamboara Troça com bolo de bacia Córrego Antônio Rodrigues Emoções afro Córrego Bombeirense Brincando com o Boi Mimoso Rua São Rafael Cortejo do Boi Malabá Travessa do Dowsley Sete flechas de pura alegria e paixão Rua da Macaíba Criando e recriando Rua do Rio O rei do Sertão Um boi muito louco Rua Bomba do Hemetério Bailando com as senhoras e senhores da Corte Rua das Crianças Alegria do samba de raiz Bombaguá Rua Raul Pompéia Tributo à África Rua Abdon Lima O encontro do maracatu e do sítio sagrado Rua Tuiná História brilhante Rua Coremas Muito brilho e tambores Rua Ladeira de Pedra Rua Dr. Eudes Costa EstradaVelha da Água Fria Av. Beberibe Av.Beberibe Av.Beberibe RuaRaulPompéia EstradaVelhadaÁguaFria Rua Mangabeira Rua Jacob Av. Professor José dos Anjos Av. Professor José dos Anjos Rua Egas Muniz RuaSãoSebastião RuaJoão UzêdaLuna RuaHeráclitoCavalcanti Rua São Bento N Av. Professor José dos Anjos RuaTaguatinga Rua Arlindo Cisneiros Rua Chã de Alegria EvangélicoBenobyC.deSouza Rua Pastor Av. Aníbal Benévolo Rua Ladeira de Pedra Av. Norte Av. Norte Rua Mangabeira Av. Professor José dos Anjos Azevedo R. Uriel de Holanda R. Uriel de Holanda Av. Operária Av.Vereador Otacílio RuaAltoJoséBonifácio RuaCórregodoBartolomeu RuaCórregoJoséGrande Rua Rua União da Vitória da Macaíba Rua Acaiaca Ruado Cinem a RuaBeloMonte Rua Monte Horeb Rua M aria Gonçalves RuaVascodaGama 61
  31. 31. Espetinho da Ceça Prato principal: espetinhos de carne, bode, frango com bacon e carne-de-sol com queijo e com macaxeira frita Responsável: Maria da Conceição Carneiro da Silva Rua Chã de Alegria, 235 – Bomba do Hemetério 81 3449.0700 / 8101.5644 samuel.manoel@hotmail.com Bar Tuca Versátil Prato principal: saramonete e dourado em posta Responsável: Gláucia Aquino Pereira Rua Bomba do Hemetério, 425 – Bomba do Hemetério 81 3444.5863 / 8650.3354 tucaversatil@gmail.com Bar da Geralda Prato principal: galinha à cabidela e carne-de-sol Responsável: Geralda Cardoso da Silva Praça do Morro da Conceição, 486 – Morro da Conceição 81 3442.1382 / 8603.8831 Restaurante/bar do Zaqueu Prato principal: rabada com pirão e língua ao molho de tomate Responsável: Zaqueu Barbosa de Lira Rua Prof. José Amarino dos Reis, 24 – Linha do Tiro 81 3443.1940 / 8780.2579 bardozaqueu@hotmail.com www.bardozaqueu.com.br Bar dos Homens Fortes Prato principal: cupim com fava e arrumadinho de carne-de-sol Responsável: Hidemburg Francisco do Amaral Rua da Mangabeira, 487 – Mangabeira 81 8575.8583 / 3442.2720 Bares e restaurantes 63
  32. 32. Sebrae Presidente do Conselho Deliberativo Estadual Pio Guerra Diretor-superintendente Roberto Castelo Branco Diretor técnico Aloísio Ferraz Diretora administrativo-financeira Maria Cândida Moreira Comissão de Editoração (Sebrae/PE) Aloísio Ferraz Ângela Miki Carla Almeida Eduardo Maciel Janete Lopes Jussara Leite Roberta Amaral Roberta Correia Tereza Nelma Alves Coordenação geral Adriana dos Santos Franco | Instituto Walmart Alexandre Ferreira Gomes | Sebrae/PE Karina Zapata | IADH Equipe técnica do projeto de roteirização (MTur/IADH) Ana Beatriz Hosken Elisângela Gonçalves Fátima Trópia Homero Pereira Júnior Karina Zapata Paula Lacerda Projeto gráfico e diagramação Z.diZain Comunicação Fotos Flávio Costa e Lana Pinho | Z.diZain Comunicação Textos Betânia Jerônimo | Z.diZain Comunicação Fátima Trópia | IADH Karina Zapata | IADH Revisão Betânia Jerônimo Agradecimentos à comunidade da Bomba do Hemetério. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Pernambuco – Sebrae/PE Rua Tabaiares, 360 – Ilha do Retiro – CEP 50750-230 – Recife/PE Telefones: 0800.570.0800 | 81 2101.8400 Internet: www.pe.sebrae.com.br Ministério do Turismo Secretaria de Turismo

×