RD On The Road 2016 - Porto Alegre - Dicas e Hacks de Aquisição de tráfego e leads

420 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre canais de aquisição de tráfego, focada em canais de SEM (SEO e PPC) com dicas sobre como melhorar a performance nestes canais. A apresentação aconteceu no dia 30/03/2016 no RD On The Road Porto Alegre 2016.

Publicada em: Marketing
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RD On The Road 2016 - Porto Alegre - Dicas e Hacks de Aquisição de tráfego e leads

  1. 1. RD ON THE ROAD Dicas e Hacks de Aquisição de Tráfego e Leads Victor Magalhães Março/2016
  2. 2. v Agenda 1. O Mercado de Busca 2. Hacks para Busca Paga 3. Hacks para Busca Orgânica
  3. 3. v Slides 1. http://goo.gl/ebjTua
  4. 4. v Sobre Victor Magalhães SEO & BI Director Twitter @victorrm linkedin.com/in/victorrm Trabalha com SEO há mais de 6 anos, em projetos para médias e 
 grandes empresas e gerenciando equipes multidisciplinares. Pós-graduado em Design e Tecnologia Digital pela FAAP no ano de 2010. Tecnólogo em Sistemas de Bancos de Dados pelo IBTA em 2005, com especializações em Arquitetura de Informação, Métricas para a Web e Marketing Digital. Na Cadastra desde janeiro de 2012 e no mercado digital desde 2001, participou de projetos para GVT, Insper, Abril, Lojas Colombo, Petrobras, entre outros.
  5. 5. v Canais de Aquisição de Tráfego Busca Orgânica Busca Paga SEM SMM E-mail Marketing Referral / Direto
  6. 6. v Busca Orgânica Busca Paga SEM SMM E-mail Marketing Referral / Direto Canais de Aquisição de Tráfego
  7. 7. OMERCADO
 DEBUSCA
  8. 8. v BUSCA A importância da Fonte: Google e PewResearch Alta penetração de mercado: 80-90% usam ferramentas de busca.
  9. 9. v 51% dos consumidores realizam uma busca após serem impactados por um anúncio na TV. BUSCA A importância da Fonte: Google e PewResearch
  10. 10. v 73% das pessoas confiam nas informações encontradas na busca. BUSCA A importância da Fonte: Google e PewResearch
  11. 11. v BUSCA Google domina a Fonte: Hitwise 2% 1% 3% 3% 91% google.com.br bing.com.br google.com yahoo.com.br google.pt
  12. 12. v Intenção de Busca O Google classifica as buscas em 3 tipos: Transacional (Do): “comprar passagem aérea fortaleza” Informacional (Kwon): “melhores restaurantes de porto alegre” Navegacional (Go): “Cadastra”, “RD Station”, “rdstation.com.br" Referências: http://goo.gl/YSZ8ef | http://goo.gl/uluRRp 10% 80% 10% Transacional Informacional Navegacional
  13. 13. INTENÇÃO DE BUSCA Conversão
  14. 14. BUSCA PAGA
  15. 15. v 1.TesteSeusAnúncios • Preço à vista ou preço a prazo? • Azul ou Verde? • Diferenciais da loja/negócio ou condições comerciais? • Qual o melhor call to action (compre, clique, confira)? A resposta para todas as perguntas é: teste, teste, teste, teste e mais testes!
  16. 16. v 2.ExploreoLongTail corretamente Consulta de Pesquisa Anúncio Página de Destino televisões http://www.novomundo.com.br/loja/ eletronicos/televisores tv led http://www.novomundo.com.br/loja/ eletronicos/televisores/tv-led kdl32r435a http://www.novomundo.com.br/tv-led-32- sony-kdl-32r435a
  17. 17. v 3.InvistaemAutomação Utilize a API do Adwords, ela pode ser o sua maior aliada: • Criação automatizada de grupos de anúncios de acordo com o xml de produtos; • Atualização automática, de preço, condições comerciais e ativação de acordo com o estoque.
  18. 18. v 3.InvistaemAutomação
  19. 19. v 4.PenseRegionalmente • Crie campanhas separadas para as regiões onde a sua marca possui um alcance maior.
  20. 20. v 4.PenseRegionalmente
  21. 21. v 5.MantenhaasCampanhas deBrandingativas! SEMPRE! • http://www.wordstream.com/blog/ws/2013/03/19/why-bid-on-branded-terms-ppc • http://www.networksolutions.com/education/branded-ppc-advertising/ • http://www.roirevolution.com/blog/2011/06/rethinking_branded_ads_in_paid_search.php
  22. 22. BUSCA ORGÂNICA
  23. 23. v 6. SERP
 Domination
  24. 24. v 6. SERP
 Domination
  25. 25. v 7.Tempode Carregamento “40% dos usuários abandonam sites que demoram mais de 3 segundos para carregar" Jonathon Colman
 Product UX + content strategy at Facebook
  26. 26. v 7. Tempo de
 Carregamento Final de Novembro, Implementação Relatório de Tecnologia (Speed)
  27. 27. v 7.Tempode Carregamento • Comprima os arquivos css e js com Gzip e minifique-os. • Combine as imagens estáticas com CSS-Sprities. • Determine o tempo de expiração do cache dos arquivos estáticos. • Otimize o tamanho das imagens. • Utilize o Google Tag Manager para scripts em Js.
  28. 28. v 7.Tempode Carregamento https://goo.gl/vdQqPO • Verifique quais os elementos da página são os vilões!
  29. 29. v MSF - Problema com estrutura HTTPS ~8.5s para ~1.5sTempo de carregamento diminuiu de 8,5s para 1,5s
  30. 30. v 7.Tempode Carregamento
  31. 31. v 8. Microformatos Marcação para dados estruturados. http://www.slideshare.net/crumplezone/beyond-10-blue-links-the-future- of-ranking
  32. 32. v 8.Microformatos São marcações HTML para: • Pessoas • Organizações • Eventos • Locais • Posts em Blogs • Produtos • Review de produtos • Receitas • Breadcrumbs
  33. 33. v Tipos de Microformatos: • Schema.org • Microformats.org • Microdata (HTML5) 8.Microformatos
  34. 34. v 8.Microformatos
  35. 35. v Microformato de produto pode aumentar a taxa de clique em 35%. 8.Microformatos
  36. 36. v 9. Páginas de Baixa Performance • Identifique páginas que possuem uma baixa performance nos resultados de busca; • Otimize os elementos da página (microformatos, title e meta- descrição)
  37. 37. v 9. Páginas de Baixa Performance
  38. 38. v 9. Páginas de Baixa Performance
  39. 39. v 9. Páginas de Baixa Performance Otimize: • Título • Meta-Descrição • H1 e Headers • Conteúdo na Página • Call to Action
  40. 40. v 9. Páginas de Baixa Performance
  41. 41. v 9. Páginas de Baixa Performance
  42. 42. v Este conteúdo é útil para a pessoa que está procurando por um acessório? 9. Páginas de Baixa Performance
  43. 43. v 9. Páginas de Baixa Performance
  44. 44. v • Não crie um conteúdo preguiçoso e sem objetivo. • Pense no objetivo de busca do usuário! 9. Páginas de Baixa Performance
  45. 45. v 10.Mobile,Desktop, ResponsivoouApp? Mobile Desktop App
  46. 46. v Depende do tamanho e objetivo do seu site/negócio. Em alguns cenários, responsivo é melhor em outros, ter o site separado para diferentes dispositivos tem melhor desempenho. Em mobile, nem sempre precisamos manter o mesmo conteúdo que temos na versão desktop. 10.Mobile,Desktop, ResponsivoouApp?
  47. 47. v 11.AMP O Accelerated Mobile Pages é um projeto open source para disponibilizar um conteúdo otimizado para mobile que carregue de forma rápida.
  48. 48. v Aparece em buscas informacionais em dispositivos móveis. Altamente recomendado para sites de conteúdo, portais de notícias e semelhantes. A entrega da página acontece em uma url separada e precisa de um vínculo através de rel=canonical e rel=alternate. Já existe um plug-in em Wordpress para criar a versão AMP do seu site. https://wordpress.org/plugins/amp/ 11.AMP
  49. 49. v 12.GoogleNow O Nubank anunciou, através de sua conta oficial no Twitter, que o serviço ganhou integração com o Google Now na mais recente atualização do app. Desta forma, o cliente do cartão de crédito receberá a fatura como um card, desde que possua um smartphone com Android. Fonte Techtudo: http://goo.gl/GkvoJL - 18/01/2016
  50. 50. Obrigado :)

×