ESTÓRIAS da VOVÓ MIMA
O BAÚ DA VOVÓ
Nome: Catarina Apelido: Cacá Idade: 9 anos Cabelos: ruivos Hobby: colecionar coisas interessantes Irmãos: não tem
Cacá bem que gostaria de ter irmãos, principalmente uma irmã, assim teria companhia para brincar, para trocar idéias... Ma...
Cacá ia ao shopping com a avó, ao parque com a tia, ao supermercado com a mãe, que até esforçava para que Cacá se distraís...
Quando Dona Cida era moça, tinha sido artista de teatro e isso ela só contou quando Cacá, explorando o sótão, encontrou o ...
Tinha vestidos cheios de brilho, sapatos bem altos, colares, pulseiras e chapéus! Tinha roupa de bailarina, de odalisca, d...
Sempre que podia (e até quando não podia), Cacá ia para a casa da avó fazer explorações no baú... E Cacá gostava mesmo é d...
Coisas estranhas, MUITO ESTRANHAS  começaram a acontecer...  Cacá ficou muito assustada, até com um bocado de medo... Será...
Quando Cacá colocava um vestido, sapatos, chapéus, colares que estavam no baú... Ela olhava no espelho e o que via não era...
Então Cacá resolveu verificar se aquilo tudo era coisa de sua cabeça: tirou a roupa e vestiu uma outra, de princesa. Olhou...
Cacá foi mudando de roupas, de fantasias e lá ia ela se transformando numa outra pessoa... Acabou gostando da brincadeira!...
Um dia, durante uma de suas explorações, a mãe de Cacá chegou no sótão e se surpreendeu: onde estaria Cacá, sua filha? Que...
A mãe de Cacá saiu correndo do sótão e quase nem conseguiu falar para Dona Cida o que estava acontecendo... Dona Cida fico...
Mas... Essa descoberta foi uma festa para Dona Cida e para Dona Sonia, mãe de Cacá. Elas entraram na brincadeira também!!!...
Dona Cida, com a sabedoria que só as vovós têm,  disse para sua amada neta que o baú não tinha  nada de mágico... Ela havi...
Enquanto Cacá usava tudo aquilo que estava no baú ela se distraia, parava de ter pena de si mesma...  Assim Dona Cida foi ...
Dona Cida continuou por um bom tempo aconselhando, conversando com Cacá...  E de conversa em conversa Cacá parecia estar c...
Pois é, Cacá parou de resmungar porque não tem irmã, irmão e está se aproximando dos colegas de escola, das crianças que m...
Ah, antes da história terminar tenho uma coisa pra contar... Sou a mãe da Cacá e vou correndo contar  que a irmãzinha tão ...
CRIAÇÃO e FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badan, a Vovó Mima [email_address] MÚSICA: Edelweiss  Richard Charles Rodgers, compôs a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Baú da Vovó - Vovó Mima Badan

969 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
969
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Baú da Vovó - Vovó Mima Badan

  1. 1. ESTÓRIAS da VOVÓ MIMA
  2. 2. O BAÚ DA VOVÓ
  3. 3. Nome: Catarina Apelido: Cacá Idade: 9 anos Cabelos: ruivos Hobby: colecionar coisas interessantes Irmãos: não tem
  4. 4. Cacá bem que gostaria de ter irmãos, principalmente uma irmã, assim teria companhia para brincar, para trocar idéias... Mas, por mais que ela quisesse, a tal irmã nunca chegava... Assim, Cacá achava sua vida uma chatice!
  5. 5. Cacá ia ao shopping com a avó, ao parque com a tia, ao supermercado com a mãe, que até esforçava para que Cacá se distraísse. Mas, toda essa mesmice deixava a vida de Cacá bem chata... Até que Cacá descobriu... Um velho baú no sótão da casa de sua avó... Cacá é tão sozinha...
  6. 6. Quando Dona Cida era moça, tinha sido artista de teatro e isso ela só contou quando Cacá, explorando o sótão, encontrou o seu velho baú. E não era um baú qualquer não!!! Era o baú de uma grande atriz de teatro!!! E tinha cada coisa lá dentro!!! Cacá ficou maluquinha!!!
  7. 7. Tinha vestidos cheios de brilho, sapatos bem altos, colares, pulseiras e chapéus! Tinha roupa de bailarina, de odalisca, de princesa... Tinha sapatilhas de balé, botas, meias de todas as cores... Tinha perucas de muitas cores e tamanhos... Uma festa para Cacá!!!
  8. 8. Sempre que podia (e até quando não podia), Cacá ia para a casa da avó fazer explorações no baú... E Cacá gostava mesmo é de ficar sozinha no sótão... Não queria ninguém para atrapalhar, a não ser se fosse uma irmã, um irmão... Mas, como eles nunca chegavam, o melhor era explorar sozinha. Cacá resolveu vestir as roupas, calçar os sapatos e aí... Meu Deus!!!
  9. 9. Coisas estranhas, MUITO ESTRANHAS começaram a acontecer... Cacá ficou muito assustada, até com um bocado de medo... Será que aquilo estava acontecendo mesmo??? Seria apenas um sonho??? Teve vontade até de gritar tal foi sua surpresa!!! Pobre Cacá!!!
  10. 10. Quando Cacá colocava um vestido, sapatos, chapéus, colares que estavam no baú... Ela olhava no espelho e o que via não era ela!!! Quer dizer, era ela mas muito diferente!!! O que estaria acontecendo? Será que estava ficando meio maluquete? Estava vendo coisas?
  11. 11. Então Cacá resolveu verificar se aquilo tudo era coisa de sua cabeça: tirou a roupa e vestiu uma outra, de princesa. Olhou no espelho e lá estava uma princesa DE VERDADE!!! Ah, isso já era demais!!! Como pode acontecer uma coisa dessas???
  12. 12. Cacá foi mudando de roupas, de fantasias e lá ia ela se transformando numa outra pessoa... Acabou gostando da brincadeira!!! Era bem bom deixar essa vidinha chata e ir virando odalisca, princesa, bailarina, palhaço... Era bem legal mudar de cara...
  13. 13. Um dia, durante uma de suas explorações, a mãe de Cacá chegou no sótão e se surpreendeu: onde estaria Cacá, sua filha? Quem era aquela linda bruxinha??? Mas, bruxinha no sótão de sua mãe??? Cadê a filha??? Cadê Cacá???
  14. 14. A mãe de Cacá saiu correndo do sótão e quase nem conseguiu falar para Dona Cida o que estava acontecendo... Dona Cida ficou mais assustada ainda!!! Aquele baú tinha sido de sua bisavó, de sua avó, de sua mãe também e, Dona Cida contou para Cacá que tinha ouvida dizer que ele era mágico. Mas, o que estava acontecendo com Cacá... ela nunca tinha visto!!! Que confusão!!!
  15. 15. Mas... Essa descoberta foi uma festa para Dona Cida e para Dona Sonia, mãe de Cacá. Elas entraram na brincadeira também!!! E descobriram que de mágico o baú não tinha nada... O que as deixava diferentes, então???
  16. 16. Dona Cida, com a sabedoria que só as vovós têm, disse para sua amada neta que o baú não tinha nada de mágico... Ela havia brincado com Cacá dizendo de seu encantamento... O que deixava Cacá diferente não eram as roupas, os sapatos, os colares... O que era, então???
  17. 17. Enquanto Cacá usava tudo aquilo que estava no baú ela se distraia, parava de ter pena de si mesma... Assim Dona Cida foi dizendo para Cacá que não só irmão e irmã podiam preencher sua vida, dar alegria... Havia os colegas da escola que, se ela quisesse, poderiam se tornar amigos de verdade... Havia sua prima Júlia, o primo Luís... Era só querer ser amiga deles... Nós queremos ser amigas da Cacá, mas ela não fala com a gente...
  18. 18. Dona Cida continuou por um bom tempo aconselhando, conversando com Cacá... E de conversa em conversa Cacá parecia estar convencida de que a vida não é essa chatice não... Ela é que estava... Chata... Chata... E, quem vai querer ser amigo de uma chata??? O negócio era mudar... Será??? Será que ela vai mudar???
  19. 19. Pois é, Cacá parou de resmungar porque não tem irmã, irmão e está se aproximando dos colegas de escola, das crianças que moram no seu edifício. E não é que a solidão, a chatice já está querendo ir embora??? E o baú??? Agora ele está na casa de Cacá e é a maior festa para seus amigos!!! Se esse baú não é mágico... Sei lá!!! Mas, que ele fez uma bela mágica na vida de Cacá, isso fez!!! Vida chata??? Já era...
  20. 20. Ah, antes da história terminar tenho uma coisa pra contar... Sou a mãe da Cacá e vou correndo contar que a irmãzinha tão esperada vai chegar... Ou irmãozinho... Será que ela vai ficar feliz???
  21. 21. CRIAÇÃO e FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badan, a Vovó Mima [email_address] MÚSICA: Edelweiss Richard Charles Rodgers, compôs a melodia Execução: André Rieu IMAGENS: diversos da Internet (Repasse com os devidos créditos) Para minhas queridas netas, que, como Cacá, adoram explorar os meus armários, gavetas, caixas, caixinhas...

×