WebQuest (WQ) 
Volnei F. Pereira
O que é WebQuest? 
O criador da Metodologia denominada WebQuest (WQ) foi 
Bernie Dodge (1995) que a definiu da seguinte ma...
A WEBQUEST COMO METODOLOGIA DE ENSINO 
Segundo Fernandes e Penteado (2007), o processo de 
elaboração de uma WQ envolve um...
WEBQUEST CURTA 
As WQs curtas são planejadas para serem 
executadas em no máximo três aulas e objetivam a 
aquisição e int...
WEBQUEST LONGA 
As WQs longas podem durar de uma a quatro semanas 
de trabalho e visam a ampliação e o aprofundamento dos ...
ESTRUTURA DE UMA WEBQUEST 
Segundo Dodge (1995) as WQs devem possuir os 
seguintes itens: 
1. Introdução: deve deixar clar...
ESTRUTURA DE UMA WEBQUEST 
4. Fontes ou Recursos: são as informações, 
previamente selecionadas pelo professor , 
disponib...
MODELO DE UMA WEBQUEST 
WebQuest de Química, desenvolvida pelo professor 
Volnei F. Pereira, disponível em: 
http://profvo...
Mais informações e modelos de WQ 
http://www.webquestbrasil.org/criador/ 
http://www.webquestfacil.com.br/ 
http 
://web.a...
Referências Teóricas 
BARROS, Gílian C. WebQuest: metodologia que ultrapassa os limites do ciberespaço. 
DODGE, Bernie. We...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentacao webquest

330 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre WebQuests.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
72
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao webquest

  1. 1. WebQuest (WQ) Volnei F. Pereira
  2. 2. O que é WebQuest? O criador da Metodologia denominada WebQuest (WQ) foi Bernie Dodge (1995) que a definiu da seguinte maneira: “WebQuests são investigações orientadas nas quais algumas ou todas as informações com as quais os alunos interagem são originadas de recursos da Internet.” Gilian Barros (2005) ainda acrescenta que: “A WebQuest é uma metodologia capaz de criar condições para a aprendizagem através de recursos de interação e pesquisa disponíveis na Internet de forma colaborativa.”
  3. 3. A WEBQUEST COMO METODOLOGIA DE ENSINO Segundo Fernandes e Penteado (2007), o processo de elaboração de uma WQ envolve uma proposta didática, desenhada passo a passo, com a sua estrutura formando espaços virtuais de aprendizagem na Web. Dodge (1995) distingue as WQs em dois níveis, de acordo com o grau de aprofundamento que se espera dos alunos ao executá-las : WQs Curtas e WQs Longas.
  4. 4. WEBQUEST CURTA As WQs curtas são planejadas para serem executadas em no máximo três aulas e objetivam a aquisição e integração de conhecimentos. Segundo Marinho (2001) numa WQ de curta duração os estudantes, isolados ou em grupos, obtém da internet uma quantidade significativa de novas informações e as processam dando-lhes significado quando constroem um produto final, que pode ser um textos originais, páginas na web, vídeos, apresentações em multimídia , etc.
  5. 5. WEBQUEST LONGA As WQs longas podem durar de uma a quatro semanas de trabalho e visam a ampliação e o aprofundamento dos conhecimentos. Marinho (2001) enfatiza que nas WQs de longa duração os estudantes são desafiados a ampliar e refinar os seus conhecimentos, analisando mais profundamente as informações disponíveis na WEB e em outros materiais, integrando-os à sua base de conhecimento e demonstrando a sua compreensão ao compartilhar o trabalho com os colegas de turma.
  6. 6. ESTRUTURA DE UMA WEBQUEST Segundo Dodge (1995) as WQs devem possuir os seguintes itens: 1. Introdução: deve deixar claro o tema ou assunto que será abordado de modo atrativo, interessante e estimulante para o aluno; 2. Tarefa: deve descrever a atividade que o aluno deverá executar de forma desafiadora e motivadora, para a busca de soluções ou a resolução de problemas; 3. Processo: deve descrever os passos necessários para o cumprimento da tarefa e orientar os estudantes, visando criar estratégias e organizar as informações coletadas;
  7. 7. ESTRUTURA DE UMA WEBQUEST 4. Fontes ou Recursos: são as informações, previamente selecionadas pelo professor , disponibilizadas on line por através de links de sites da internet, artigos, jornais, vídeos, revistas, livros, etc. que deverão ser consultados pelos alunos para realizar a tarefa; 5. Avaliação: deve conter uma descrição clara dos critérios de como os estudantes serão avaliados ao realizar a tarefa proposta; 6. Considerações Finais ou Conclusão: o professor deve comentar quais são as habilidades, competências ou conhecimentos que os alunos deverão ter evidenciado após o término da atividade, encorajando-os a uma reflexão sobre todo o processo. 7. Créditos: são informadas as fontes ou referências de onde foram retiradas as informações para montar a WQ.
  8. 8. MODELO DE UMA WEBQUEST WebQuest de Química, desenvolvida pelo professor Volnei F. Pereira, disponível em: http://profvolnei.wix.com/quimicadavida
  9. 9. Mais informações e modelos de WQ http://www.webquestbrasil.org/criador/ http://www.webquestfacil.com.br/ http ://web.archive.org/web/20070912194158/http://webquest.futuro.usp.br/index.html http://webeduc.mec.gov.br/webquest/ http://webquest.ctai.senai.br/ http://phpwebquest.org/newphp/index.php http://rosangelamentapde.pbworks.com/f/tutorial_wq_escolabr1.pdf http://webquest.org/
  10. 10. Referências Teóricas BARROS, Gílian C. WebQuest: metodologia que ultrapassa os limites do ciberespaço. DODGE, Bernie. WebQuest: uma Técnica para Aprendizagem na Rede Internet. FERNANDES, Gisele D.; PENTEADO, Maira T L. O uso da informática na escola: WebQuest como estratégia de aprendizagem construtivista. MARINHO, Simão P. P. WebQuest - um uso inteligente da Internet na escola.

×