Atividade Supervisionada
Integrantes: Aline Coelho, Arthur Meireles, Fernanda Virginio,
Joyce Ferreira, Marcus Azevedo, Na...
Introdução
A pesquisa contém perguntas elaboradas a partir da obra “Política
para não ser idiota” dos filósofos Mario Serg...
Organização e Análise de Dados
A fim de investigar o respeito mútuo, houve uma análise em gráficos sobre
a participação de...
Organização e Análise de Dados
33%
27%
13%
13%
7%
7%
1. Sobre a Lei Antifumo
Acreditam que proíbe a terceirização da fumaç...
Organização e Análise de Dados
Portanto, a maioria dos entrevistados considera que tal lei proíbe a
terceirização da fumaç...
Organização e Análise de Dados
87%
13%
2. Sobre as afirmações, que constantemente ouvimos, tais como “ouço música em casa ...
Organização e Análise de Dados
Possivelmente a maioria dos entrevistados discorda que cada um deva fazer
tudo da forma que...
Organização e Análise de Dados
20%
20%
20%
14%
13%
13%
3. Sobre a lei da terceirização, que ora está no Congresso, qual é ...
Organização e Análise de Dados
Contudo, percebemos que a maioria não concorda com a lei da terceirização
e possuem opiniõe...
Organização e Análise de Dados
47%
20%
13%
7%
13%
4. Sobre a lei da diminuição da maioridade penal, qual é o seu posiciona...
Organização e Análise de Dados
Provavelmente a maioria dos entrevistados concorda com a lei da diminuição
da maioridade pe...
Organização e Análise de Dados
6%
20%
13%
13%
20%
7%
7%
7%
7%
5. Idade e Gênero
18 anos de idade
20 anos de idade
23 anos ...
Organização e Análise de Dados
53%
47%
6. Você participa da vida política do país?
Sim
Não
Organização e Análise de Dados
Possivelmente metade dos entrevistados considera a participação política
importante para o ...
Organização e Análise de Dados
100%
7. Participa de algum movimento político?
Não
Organização e Análise de Dados
Provavelmente todos os entrevistados não simpatizam com movimentos
políticos, isto é, não q...
Organização e Análise de Dados
20%
80%
8. Já participou de alguma passeata?
Sim, e citaram as manifestações de junho de 20...
Organização e Análise de Dados
Provavelmente a maioria dos entrevistados não demonstra interesse em
passeatas, o que é neg...
Considerações Finais
Consideramos que o grupo entrevistado, composto por 15 alunos,
possivelmente não participa ou partici...
Referências Bibliográficas:
CORTELLA, Mario Sergio; RIBEIRO, Renato Janine. Política para não ser idiota.
Campinas/SP: Pap...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Entrevista sobre política em IES

261 visualizações

Publicada em

Pesquisa sobre a percepção da política cotidiana entre universitários do curso de Administração.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Entrevista sobre política em IES

  1. 1. Atividade Supervisionada Integrantes: Aline Coelho, Arthur Meireles, Fernanda Virginio, Joyce Ferreira, Marcus Azevedo, Natália Florentino, Wellington Silva Disciplina: Metodologia Científica Turma: 137 Professor: Marcio Mori Marques
  2. 2. Introdução A pesquisa contém perguntas elaboradas a partir da obra “Política para não ser idiota” dos filósofos Mario Sergio Cortella e Renato Janine Ribeiro. Houve a preparação de 8 questionários sobre política do cotidiano, seguido de pesquisa em campo. Na constatação resultante, gráfica e percentual, os pensamentos dos autores mencionados são alinhados as opiniões dos entrevistados.
  3. 3. Organização e Análise de Dados A fim de investigar o respeito mútuo, houve uma análise em gráficos sobre a participação de um grupo de universitários. Os entrevistados foram 15 alunos do curso de Administração, predominantemente do Centro Universitário Carioca, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro. O trabalho realizado é composto de uma entrevista estruturada.
  4. 4. Organização e Análise de Dados 33% 27% 13% 13% 7% 7% 1. Sobre a Lei Antifumo Acreditam que proíbe a terceirização da fumaça Acreditam que dá mais direitos ao não fumante do que ao fumante Não concordam, pois é contra a liberdade Acreditam que conscientiza as pessoas sobre os males do fumo Acham que quem quiser fumar, que fume Acham que trata o fumante como vilão, quando na verdade é vítima do sistema
  5. 5. Organização e Análise de Dados Portanto, a maioria dos entrevistados considera que tal lei proíbe a terceirização da fumaça. Constata-se a preponderância da opinião proposta por Mario Sergio Cortella em pensar no coletivo, onde ninguém é proibido de fumar, mas de fazer o outro aspirar seu fumo.
  6. 6. Organização e Análise de Dados 87% 13% 2. Sobre as afirmações, que constantemente ouvimos, tais como “ouço música em casa no último volume, pois a casa é minha”; “dane-se se eu dirijo mal, pois o carro é meu”; entre outras que você conhece, você acredita que: Acreditam ser errado, pois o indivíduo tem de aprender a conviver com o outro Acreditam não haver problema, desde sejam respeitados os limites do próximo
  7. 7. Organização e Análise de Dados Possivelmente a maioria dos entrevistados discorda que cada um deva fazer tudo da forma que bem entende. E assim como observado no diálogo entre Mario Sergio e Janine Ribeiro, aquele que não segue as ordens que dizem respeito à coletividade de fato é um infrator. Não há liberdade de movimento sem cumprimento de obrigações em sociedade, e isso engloba o respeito entre os homens.
  8. 8. Organização e Análise de Dados 20% 20% 20% 14% 13% 13% 3. Sobre a lei da terceirização, que ora está no Congresso, qual é o seu posicionamento? Não concordam Não souberam responder Não concordam, pois ignora os direitos trabalhistas Não concordam, pois encarece o serviço público Não concordam, pois temem o fim dos concursos públicos Acreditam que não beneficia nenhum dos lados
  9. 9. Organização e Análise de Dados Contudo, percebemos que a maioria não concorda com a lei da terceirização e possuem opiniões diversas quanto ao tema. Esse assunto pouco esclarecido na sociedade brasileira provocou divisões percentuais equiparáveis e contraditórias. A falta de debates políticos concisos sobre o tema pode ter provocado o não esclarecimento sobre pontos positivos e negativos da terceirização, prejudicando uma conclusão coletiva.
  10. 10. Organização e Análise de Dados 47% 20% 13% 7% 13% 4. Sobre a lei da diminuição da maioridade penal, qual é o seu posicionamento? Concordam, pois com 16 anos há maturidade para responder pelos seus atos Discordam, pois vinculam o término da criminalidade com a reforma educacional Acreditam que cada caso é um caso Não souberam responder Discordam
  11. 11. Organização e Análise de Dados Provavelmente a maioria dos entrevistados concorda com a lei da diminuição da maioridade penal. Alguns acreditam na reforma educacional, e outros não têm um posicionamento conciso sobre o assunto.
  12. 12. Organização e Análise de Dados 6% 20% 13% 13% 20% 7% 7% 7% 7% 5. Idade e Gênero 18 anos de idade 20 anos de idade 23 anos de idade 24 anos de idade 27 anos de idade 33 anos de idade 34 anos de idade 38 anos de idade 44 anos de idade 47% 53% Gênero masculino Gênero feminino
  13. 13. Organização e Análise de Dados 53% 47% 6. Você participa da vida política do país? Sim Não
  14. 14. Organização e Análise de Dados Possivelmente metade dos entrevistados considera a participação política importante para o desenvolvimento do país. Podemos concluir que, tomando-se como base o exposto pelo educador Cortella, grande parte dos entrevistados são omissos e não têm direito de reclamar do que acontece de ruim no país, por estarem ausentes das decisões que dizem respeito à coletividade.
  15. 15. Organização e Análise de Dados 100% 7. Participa de algum movimento político? Não
  16. 16. Organização e Análise de Dados Provavelmente todos os entrevistados não simpatizam com movimentos políticos, isto é, não querem participar de grupos que tem por finalidade discutir assuntos de reforma política. Janine Ribeiro diria que isso é consequência do cansaço, saturação política e que os entrevistados estão desesperançosos.
  17. 17. Organização e Análise de Dados 20% 80% 8. Já participou de alguma passeata? Sim, e citaram as manifestações de junho de 2013 Não
  18. 18. Organização e Análise de Dados Provavelmente a maioria dos entrevistados não demonstra interesse em passeatas, o que é negativo para o país, já que é assim que faz a democracia, indo às ruas, demonstrando anseios e insatisfações junto com pessoas que compartilham dos mesmos sentimentos. Certamente, os dados reforçam a ideia de que grande parte dos brasileiro não se interessa pela vida política do país.
  19. 19. Considerações Finais Consideramos que o grupo entrevistado, composto por 15 alunos, possivelmente não participa ou participa da vida política de maneira insatisfatória. Alguns sequer conhecem a importância da política como uma necessidade para a vida coletiva. Contudo, grande parte do grupo entrevistado demonstra uma preocupação em aprender a conviver com os direitos e limites do próximo.
  20. 20. Referências Bibliográficas: CORTELLA, Mario Sergio; RIBEIRO, Renato Janine. Política para não ser idiota. Campinas/SP: Papirus/7 Mares, 2010. MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Ed. Atlas, 2008.

×