Autoavaliação CNO

2.383 visualizações

Publicada em

Auto-avaliação do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Augusto Gomes

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.383
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.742
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Autoavaliação CNO

  1. 1. AUTO-AVALIAÇÃO CNO<br />1. Enquadramento. 2. Metodologia. 3.Chave de Classificação. 4. Reflexão final.<br />
  2. 2. 1. Enquadramento<br />Regular a qualidade do trabalho…<br />Recorrer a uma metodologia que proporciona a leitura da realidade, que a explica e a organiza, possibilitando a sua compreensão e aperfeiçoamento.<br />AUTO-AVALIAR é …<br />Conhecer para onde vamos e onde deveríamos estar…<br />Proporcionar indicações claras sobre o que fazer, como fazer, quando fazer…<br />Eliminar a distância entre os resultados reais e os resultados previstos<br />
  3. 3. 2. Metodologia<br />
  4. 4. 2.1. Meios<br />Divulgar a missão, os princípios orientadores, as etapas do trabalho do Centro e os resultados. <br />Criação de uma base de dados do Centro. Plataforma digital, para edição e partilha de documentos.<br />Critério1<br />Liderança<br />Placar com as parcerias estabelecidas e o respectivo ponto da situação, bem como o balanço final.<br />Dinâmica de diálogo, através da auto avaliação e hetero avaliação com as empresas/instituições de parceria.<br />
  5. 5. 2.1. Meios<br />Projectos de formação e educação de adultos, dinamização de oficinas.<br />Implementar diferentes ofertas de Língua estrangeira.<br />Projecto de desenvolvimento de competências básicas para iniciar o processo de RVCC de ensino básico.<br />Captar e sensibilizar uma população específica em áreas de exclusão social para o Centro.<br />Critério2<br />Planeamento e estratégia<br />
  6. 6. 2.1. Meios<br />Planear e gerir os recursos humanos em resposta ao planeamento e estratégia.<br />Organização de acções de formação. Fomentar a troca de experiência, optimizar procedimentos e articular metodologias. <br />Envolver as pessoas através do diálogo e da delegação de responsabilidades.<br />Critério3<br />Equipa Pedagógica<br />
  7. 7. 2.1. Meios<br />Gere os recursos financeiros.<br />Gere os recursos materiais.<br />Critério4<br />Parcerias e recursos<br />Gere os recursos tecnológicos.<br />Gere a informação.<br />Desenvolver e implementar parcerias com os adultos através do PAA.<br />Ofertas formativas que respondam às necessidades de encaminhamento dos adultos que recorrem ao Centro.<br />
  8. 8. 2.1. Meios<br />Guiões de apoio:<br /><ul><li>elaboração da HV;
  9. 9. operacionalização do referencial;
  10. 10. produção de texto expositivo e reflexivo;
  11. 11. plataforma Googledoc's.</li></ul>Fluxograma das etapas de intervenção do CNO.<br />Critério5<br />Processos<br />Apoiar os adultos no seu percurso formativo, criando mecanismos e critérios que respondam com eficiência e em tempo útil às mudanças de encaminhamento. <br />Normalização de documentos de registo dos resultados da acção dos processos chave.<br />
  12. 12. 2.2. Resultados<br />Implementação de inquéritos por questionário:<br />-medir a assiduidades, o desempenho, o grau de motivação e a clareza da informação prestada.<br />Recolher sugestões.<br />Horário adequado às características do público alvo, ao nível do atendimento geral quer na marcação de sessões de validação e certificação de júri.<br />Flexibilidade (permuta de grupos).<br />Critério6<br />Resultados dos adultos<br />
  13. 13. 2.2. Resultados<br /> Medir o tempo de espera entre as diferentes etapas do processo. Conhecer a taxa de participação em formação e eventos relacionados.<br />Implementação de inquéritos por questionário, no sentido de medir o desempenho, o grau de motivação, trabalho em equipa, a partilha de experiências e o relacionamento entre as pessoas.<br />Critério7<br />Resultados da Equipa Pedagógica (EP)<br />
  14. 14. 2.2. Resultados<br />Publicar os resultados e as actividades, no Moodle, no blogue, no placard do centro. Aplicar um inquérito de opinião à comunidade escolar. Recolher sugestões.<br />Organização de jornadas de trabalho com os outros centros. Divulgar, partilhar e avaliar experiências e resultados do trabalho com os adultos.<br />Critério8<br />Impacto na Sociedade<br />
  15. 15. 2.2. Resultados<br />Quantificar o número de sessões na elaboração da história de vida e validação de competências.<br />Conhecer o número de adultos certificados.<br />Quantificar o tempo de espera entre a inscrição e o diagnóstico; o<br />tempo de espera entre o diagnóstico e o encaminhamento; <br />Critério9<br />Resultados chave de desempenho<br />
  16. 16. 3. Chave de classificação<br />
  17. 17. 4. Reflexão final<br />A Estrutura organizacional, Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Augusto Gomes, criada pelo Despacho n.º 6950/2008 de 10 de Março, procurou implementar a sua auto-avaliação privilegiando a leitura da realidade, a melhoria e o aperfeiçoamento do trabalho desta entidade certificadora.<br />Tendo os Centros Novas Oportunidades um contexto de avaliação muito próprio, foi muito importante a metodologia usada ao longo do processo de auto-avaliação. Desde a desconstrução dos referenciais e dos critérios que presidiram à avaliação, passando pela implicação no levantamento de indicadores, pela selecção dos pontos fracos e fortes e pela localização de áreas de melhoria, até à ponderação final da pontuação a atribuir. <br />Este processo, partilhado por etapas, foi eficaz e muito positivo, uma vez que permitiu, em simultâneo, a explicação e a organização da realidade do centro, a possibilidade do seu conhecimento, da sua compreensão e do seu nível de sucesso, bem como as áreas e acções de melhoria a implementar.<br />
  18. 18. Fim da Apresentação<br />
  19. 19. Fim da Apresentação<br />
  20. 20. Fim da Apresentação<br />
  21. 21. Fim da Apresentação<br />
  22. 22. Fim da Apresentação<br />
  23. 23. Fim da Apresentação<br />

×