Os Catadores e a Administração     Pública em Curitiba     Trabalho de Conclusão de Curso Vinícius André Massuchetto
Conteúdo ●   Objetivos; ●   Metodologia; ●   O catador e a sustentabilidade; ●   Interpretação do questionário; ●   Levant...
Objetivos ●   Obter subsídio estatístico da situação dos     catadores em Curitiba; ●   Questionar a autonomia individual ...
Metodologia ●   Estudo teórico sobre globalização e     exploração do trabalho; ●   Aplicação de questionário para caracte...
O Catador e a Sustentabilidade ●   Sustentabilidade como bandeira indispensável; ●   Sistema corporativo de externalização...
Interpretação do Questionário ●   Maioria mulheres de média idade e com filhos; ●   Maioria não completou a 4ª série; ●   ...
Levantamento histórico ●   Década de 70:     ●   Intensificação dos moldes da globalização;     ●   Crescimento e necessid...
Levantamento histórico ●   Década de 80:     ●   Surgimento de novas profissões no ramo informal;     ●   Primeiros estudo...
Levantamento histórico ●   Década de 90:     ●   Industrialização e novas relações de trabalho;     ●   Organização das pr...
Levantamento histórico ●   Década de 00:     ●   Consolidação do movimento social;     ●   Retomada do “Lixo que não é Lix...
Desenvolvimento de Curitiba ●   Contraste com a região metropolitana e periferia; ●   Linhagem política prolongada; ●   Co...
Modelo de Gestão do Lixo ●   Grande informalidade na coleta seletiva; ●   Licitações milionários e renovações; ●   CAVO ge...
Considerações Finais ●   Catadores recebem atenção precária; ●   Nenhuma política até hoje atendeu a organização     dos c...
Proposições ●   Integrar os catadores com o gerenciamento     municipal mediante políticas públicas; ●   Instituir fundos ...
Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba
Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba
Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba
Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba
Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba

2.136 visualizações

Publicada em

Apresentação de Defesa do Trabalho de Conclusão do Curso de Tecnologia em Química Ambiental: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.136
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação de TCC: Os Catadores de Materiais Recicláveis e a Administração Pública de Curitiba

  1. 1. Os Catadores e a Administração Pública em Curitiba Trabalho de Conclusão de Curso Vinícius André Massuchetto
  2. 2. Conteúdo ● Objetivos; ● Metodologia; ● O catador e a sustentabilidade; ● Interpretação do questionário; ● Levantamento histórico; ● Desenvolvimento de Curitiba; ● Modelo de gestão do Lixo; ● Considerações finais; ● Proposições.
  3. 3. Objetivos ● Obter subsídio estatístico da situação dos catadores em Curitiba; ● Questionar a autonomia individual e organizacional; ● Apontar fragilidades na organização; ● Refletir sobre o desenvolvimento urbano de Curitiba; ● Questionar o modelo atual de gestão do lixo; ● Propor direcionamentos e posturas.
  4. 4. Metodologia ● Estudo teórico sobre globalização e exploração do trabalho; ● Aplicação de questionário para caracterização socioeconômica ● Levantamento bibliográfico em estudos acadêmicos, jornais e revistas desde a década de 60.
  5. 5. O Catador e a Sustentabilidade ● Sustentabilidade como bandeira indispensável; ● Sistema corporativo de externalização; ● Custo ambiental diferente do custo econômico; ● Atribuição de papel ambiental ao catador; ● Falsa ideia de ciclo da reciclagem; ● Processo de reciclagem: ● Utilização de energias não renováveis; ● Complementação com mais matérias primas; ● Utilização de subemprego.
  6. 6. Interpretação do Questionário ● Maioria mulheres de média idade e com filhos; ● Maioria não completou a 4ª série; ● Exclusão étnica e social; ● Precariedade de moradia e saneamento básico; ● Uma minoria se interessa por reciclagem; ● Mais da metade não sabe o preço dos resíduos; ● Média de renda familiar inferior a R$350. ● Falsa ideia de autonomia; ● Baixo interesse e participação política.
  7. 7. Levantamento histórico ● Década de 70: ● Intensificação dos moldes da globalização; ● Crescimento e necessidade da informalidade urbana; ● Sem estudos direcionados até então.
  8. 8. Levantamento histórico ● Década de 80: ● Surgimento de novas profissões no ramo informal; ● Primeiros estudos e aproximações políticas em Curitiba; ● Primeiras manifestações de organização; ● Modelo de trabalho semelhante ao atual; ● Lixo que não é Lixo. ● Forte insatisfação; ● Instituição de horários para circulação; ● Forte embate midiático.
  9. 9. Levantamento histórico ● Década de 90: ● Industrialização e novas relações de trabalho; ● Organização das primeiras cooperativas; ● Surgimento do “Carrinheiro Cidadão”; ● Características assistencialistas; ● Falta de planos, fundos e projetos.
  10. 10. Levantamento histórico ● Década de 00: ● Consolidação do movimento social; ● Retomada do “Lixo que não é Lixo”; ● Reconhecimento nacional com inserção em políticas públicas; ● EcoCidadão ● Baixo atendimento; ● Pouco embasamento associativista; ● Divergências na administração pública.
  11. 11. Desenvolvimento de Curitiba ● Contraste com a região metropolitana e periferia; ● Linhagem política prolongada; ● Cooperação público-privada; ● Desenvolvimento excludente.
  12. 12. Modelo de Gestão do Lixo ● Grande informalidade na coleta seletiva; ● Licitações milionários e renovações; ● CAVO gerencia os resíduos há mais de 15 anos; ● O modelo é omisso socialmente; ● Novo consórcio não possui fundos e incentivos para organização dos catadores.
  13. 13. Considerações Finais ● Catadores recebem atenção precária; ● Nenhuma política até hoje atendeu a organização dos catadores de modo satisfatório; ● Tradição social da cidade é tipicamente excludente; ● Gerenciamento de resíduos atual fortemente direcionado para interesses econômicos.
  14. 14. Proposições ● Integrar os catadores com o gerenciamento municipal mediante políticas públicas; ● Instituir fundos de apoio pautados na coleta seletiva para a organização de cooperativas; ● Priorizar o gerenciamento de resíduos para fins sociais; ● Refletir, discutir e educar sobre conceitos de sustentabilidade para que a sociedade aceite esta medida sem considerá-la onerosa; ● Romper com: ● a exclusão geográfica da periferia e RMC; ● a lógica financeira de beneficiamento público-privado.

×