SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
A Importância da Pesquisa
   no Ato de Conhecer




               Prof.a Dra. Suely Galli
Deus quer, o homem cria, a obra nasce




                    Fernando Pessoa
Ao interrogarmos sobre um dado conhecimento
ele se fragmenta, diversifica-se, multiplica-se
em inúmeras noções gerando cada uma delas,

outra Interrogação e com ela,
uma nova obra nasce...

A curiosidade, inerente à inteligência e
obra humana, é ponto de partida para a
investigação e construção de conhecimento




                            Prof.a Dra. Suely Galli
A busca de conhecimento
   investigação
 e esta se dá através do ato de
interrogar sobre ele, sua natureza
e validade.


                          Prof.a Dra. Suely Galli
AAinvestigação é movida pela dúvida e
necessidade de conhecimento.

A dúvida, quando disciplinada e
motivada, gera atitudes de pesquisa.


Pesquisa gera conhecimento

                             Prof.a Dra. Suely Galli
Conhecimento transforma a realidade
  A




                             Prof.a Dra. Suely Galli
Lembram da história da escrita ?
                             Dos riscos na pedra
       A                     aos tipos móveis na
                             imprensa de Gutenberg
                             se registra a evolução do
                             homem pela busca de conhecer mais


   Assim como o homem não é um ser acabado,
   A natureza se renova em cada
   broto, semente, filhote, minério, etc. O homem busca interagir
   com a natureza, interrogando sobre seus fenômenos.
   (O que?)
                                                   Prof.a Dra. Suely Galli
A    dialética



           antítese
    tese   síntese
                      Prof.a Dra. Suely Galli
A    dialética

                      CONSTANTE
                      VIR-A-SER
                      DE-VIR
           antítese
    tese   síntese
                       Prof.a Dra. Suely Galli
Tese – a afirmação, a certeza
Antítese – a negação, a dúvida sobre o dado como certo
      A
Síntese – o processo , a descoberta a nova certeza


   A dúvida gera pergunta
   A pergunta remete ao diálogo e
   à investigação        pesquisa conhecimento
   transformações




                                             Prof.a Dra. Suely Galli
Sobre a dúvida e a inquietação criadora

A




                                    Prof.a Dra. Suely Galli
O mundo não é aquilo que eu penso,
mas aquilo que vivo,
sou aberto ao mundo,
me comunico indubitavelmente com ele,
mas não o possuo, ele é inesgotável (Ponty)




                                  Prof.a Dra. Suely Galli
O que é pesquisa
Quem é que pesquisa
    A
Por que se pesquisa
Para que se pesquisa
Como se pesquisa


                       É preciso um ponto de partida
                       Um método




                                         Prof.a Dra. Suely Galli
Caminhante, não há caminho,
  A
caminhos faz-se
ao caminhar
 Antonio Machado




                        Prof.a Dra. Suely Galli
UM PROJETO DE PESQUISA DEVE CONTER:
 TÍTULO
 INTRODUÇÃO

 JUSTIFICATIVA

 OBJETIVOS

 METODOLOGIA
 RESULTADOS ESPERADOS

 FONTES

 BIBLIOGRAFIA

                              Prof.a Dra. Suely Galli
INTRODUÇÃO deve conter:
 Problematização - a partir da contextualização
 A idéia da pesquisa como um todo

JUSTIFICATIVA
Deve explicitar com objetividade a razão pela qual o
fenômeno merece ser pesquisado
OBJETIVOS
Devem ser claros e explicitar a visão que o pesquisador
tem do problema.
METODOLOGIA
Os caminhos que o pesquisador pretende construir
para chegar ao problema, desnudá-lo identificá-
lo, explicá-lo, interpretá-lo e transformá-lo.
A metodologia envolve - delimitação do universo

       Definição:
      - universo e seus sujeitos
      - instrumentos de coleta de dados
      - tratamento dos dados
      - das categorias de análise
      - enfoque de análise dos dados


                                      Prof.a Dra. Suely Galli
A pesquisa pode ter enfoque
quantitativo ou qualitativo        Qual é a diferença
Pesquisa qualitativa Enfoque fenomenológico
O método fenomenológico
objetiva desentranhar o       O método fenomenológico

fenômeno, desvelá-lo, pô-lo   objetiva o exercício de

a descoberto.                 compreensão que gera nova
                              interpretação a partir do que
Para isso não se limita a     já conhece e compreende,
descrição passiva, mas        é o que chamamos de
cumprir a tarefa de           hermenêutica... Circulo
interpretação do fenômeno.    hermenêutico.     Prof.a Dra. Suely Galli
A neutralidade, ocorre quando o pesquisador consegue não
deixar-se influenciar (durante o processo de coleta e análise
de dados) pela própria concepção do problema.


A falta de neutralidade, resulta num processo tendencioso
prejudicial às análises.




                                                  Prof.a Dra. Suely Galli
A objetividade, sofre a ameaça (da não neutralidade) de
descrições e interpretações do fenômeno que dificultam e
avanços e as propostas transformadoras.



O contexto é a realidade onde ocorre o fenômeno, não uma
realidade totalmente visível, mas uma realidade que
depende de visão crítica e apurada dos elementos que a
compõem. Muitas vezes ela escamoteia dados fundamentais
para sua leitura e compreensão.

                                                 Prof.a Dra. Suely Galli
Ao pesquisador torna-se decisivo conhecer o contexto para
compreender o problema em sua especificidade e poder então,

escolher o método que melhor possa estudá-lo.

•Contextualizar
•Perguntar
•Conhecer
•Compreender
•Organizar
•Analisar
•Socializar

                                                 Prof.a Dra. Suely Galli
Para apresentação no dia 06/11/2010



Parte da Manhã
Painel – apresentação dos projeto s de pesquisa em ppt ou pôster

Parte da Tarde
Retomada dos projeto s de pesquisa para orientação do Professor Responsável.



                                                             Prof.a Dra. Suely Galli

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Epistemologia do conhecimento cientifico blog
Epistemologia do conhecimento  cientifico blogEpistemologia do conhecimento  cientifico blog
Epistemologia do conhecimento cientifico blogRosilda Jesus
 
Conhecimento Científico
Conhecimento CientíficoConhecimento Científico
Conhecimento CientíficoSlovich
 
Fundamentos do conhecimento científico
Fundamentos do conhecimento científicoFundamentos do conhecimento científico
Fundamentos do conhecimento científicoprofguilhermeterra
 
Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisLeonardo Kaplan
 
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasAula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasLeonardo Kaplan
 
Metodologia do trabalho científico
Metodologia do trabalho científicoMetodologia do trabalho científico
Metodologia do trabalho científicoElis Gabriela
 
Resumo Método Científico
Resumo Método CientíficoResumo Método Científico
Resumo Método CientíficoDaniela Nunes
 
Ciência segundo ander egg
Ciência segundo ander eggCiência segundo ander egg
Ciência segundo ander eggconceicao1
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoJonathan Nascyn
 
Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional - Revi...
Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional  - Revi...Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional  - Revi...
Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional - Revi...Paulo Lima
 
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico    Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico Jarimbaa
 
Conhecimento Empirico X Conhecimento Cientifico
Conhecimento Empirico X Conhecimento CientificoConhecimento Empirico X Conhecimento Cientifico
Conhecimento Empirico X Conhecimento CientificoJulio Siqueira
 

Mais procurados (18)

Ciência e senso comum: concepções e abordagens
Ciência e senso comum: concepções e abordagensCiência e senso comum: concepções e abordagens
Ciência e senso comum: concepções e abordagens
 
Epistemologia do conhecimento cientifico blog
Epistemologia do conhecimento  cientifico blogEpistemologia do conhecimento  cientifico blog
Epistemologia do conhecimento cientifico blog
 
Conhecimento Científico
Conhecimento CientíficoConhecimento Científico
Conhecimento Científico
 
Fundamentos do conhecimento científico
Fundamentos do conhecimento científicoFundamentos do conhecimento científico
Fundamentos do conhecimento científico
 
A atitude científica
A atitude científicaA atitude científica
A atitude científica
 
Aula 1 __atitude_cient_fica
Aula 1 __atitude_cient_ficaAula 1 __atitude_cient_fica
Aula 1 __atitude_cient_fica
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências Sociais
 
A busca pelo conhecimento
A busca pelo conhecimentoA busca pelo conhecimento
A busca pelo conhecimento
 
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasAula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
 
Ciencia e conhecimento2
Ciencia e conhecimento2Ciencia e conhecimento2
Ciencia e conhecimento2
 
Metodologia do trabalho científico
Metodologia do trabalho científicoMetodologia do trabalho científico
Metodologia do trabalho científico
 
Resumo Método Científico
Resumo Método CientíficoResumo Método Científico
Resumo Método Científico
 
Ciência segundo ander egg
Ciência segundo ander eggCiência segundo ander egg
Ciência segundo ander egg
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
 
Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional - Revi...
Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional  - Revi...Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional  - Revi...
Ciencia e epistemologia: reflexões necessárias à Pesquisa Educacional - Revi...
 
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico    Conhecimento cientifico
Conhecimento cientifico
 
Conhecimento Empirico X Conhecimento Cientifico
Conhecimento Empirico X Conhecimento CientificoConhecimento Empirico X Conhecimento Cientifico
Conhecimento Empirico X Conhecimento Cientifico
 

Destaque

Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometriaCurso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometriaLeticia Strehl
 
Escrita científica
Escrita científica Escrita científica
Escrita científica Idalina Jorge
 
A escrita científica nov11
A escrita científica nov11A escrita científica nov11
A escrita científica nov11Marisa Paço
 
Pesquisas acadêmicas web: nível avançado
Pesquisas acadêmicas web: nível avançadoPesquisas acadêmicas web: nível avançado
Pesquisas acadêmicas web: nível avançadoCristina Marchetti Maia
 
Como fazer apresentações e conduzir reuniões com sucesso
Como fazer apresentações e conduzir reuniões com sucessoComo fazer apresentações e conduzir reuniões com sucesso
Como fazer apresentações e conduzir reuniões com sucessoAnderson Hernandes
 
#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita
#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita
#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. EscritaCarlos Lopes
 
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFEPalestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFEUniversidade de São Paulo
 
Apresentações de sucesso
Apresentações de sucesso Apresentações de sucesso
Apresentações de sucesso Vasco Gaspar
 

Destaque (11)

Apostila redação científica
Apostila   redação científicaApostila   redação científica
Apostila redação científica
 
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometriaCurso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
 
Escrita científica
Escrita científica Escrita científica
Escrita científica
 
A escrita científica nov11
A escrita científica nov11A escrita científica nov11
A escrita científica nov11
 
Pesquisas acadêmicas web: nível avançado
Pesquisas acadêmicas web: nível avançadoPesquisas acadêmicas web: nível avançado
Pesquisas acadêmicas web: nível avançado
 
Como fazer apresentações e conduzir reuniões com sucesso
Como fazer apresentações e conduzir reuniões com sucessoComo fazer apresentações e conduzir reuniões com sucesso
Como fazer apresentações e conduzir reuniões com sucesso
 
#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita
#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita
#11 e #12 Sessão do Curso de Metodologias: Comunicação oral vs. Escrita
 
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFEPalestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
 
Método lógico para redação científica
Método lógico para redação científicaMétodo lógico para redação científica
Método lógico para redação científica
 
Apresentações de sucesso
Apresentações de sucesso Apresentações de sucesso
Apresentações de sucesso
 
Comunicação oral e escrita
Comunicação oral e escritaComunicação oral e escrita
Comunicação oral e escrita
 

Semelhante a A Importância da Pesquisa no Ato de Conhecer

Apresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptxApresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptxssuserbdf8ee
 
Aula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdf
Aula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdfAula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdf
Aula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdfGiseleDias67
 
Oficina de pesquisa na escola
Oficina de pesquisa na escolaOficina de pesquisa na escola
Oficina de pesquisa na escolaEdilson Borges
 
Apresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptxApresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptxLuiz Eduardo
 
Algumas características do método científico
Algumas características do método científicoAlgumas características do método científico
Algumas características do método científicoWaleskaSampaio
 
A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER
A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER
A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER Joyce Mourão
 
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAlvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAndré de Oliveira
 
Metodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptx
Metodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptxMetodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptx
Metodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptxSinara Duarte
 
Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica
Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica   Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica
Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica jessicalaryl
 
Metodologia Científica na Publicação de Artigos no Brasil
Metodologia Científica na Publicação de Artigos no BrasilMetodologia Científica na Publicação de Artigos no Brasil
Metodologia Científica na Publicação de Artigos no BrasilGisele Finatti Baraglio
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científicaLudmila Moura
 
AULA - Introdução à Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais
AULA  - Introdução à  Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências SociaisAULA  - Introdução à  Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais
AULA - Introdução à Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências SociaisCleide Magáli dos Santos
 
Unidade 1 - 09-08-2023.pptx
Unidade 1 - 09-08-2023.pptxUnidade 1 - 09-08-2023.pptx
Unidade 1 - 09-08-2023.pptxIslanaPereira1
 
Apresentação pesquisa
Apresentação   pesquisaApresentação   pesquisa
Apresentação pesquisanina caroline
 

Semelhante a A Importância da Pesquisa no Ato de Conhecer (20)

Apresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptxApresentacao de MEP.pptx
Apresentacao de MEP.pptx
 
Aula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdf
Aula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdfAula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdf
Aula_I_-_Seminário_de_Pesquisa_I_-_Especialização.pdf
 
Oficina de pesquisa na escola
Oficina de pesquisa na escolaOficina de pesquisa na escola
Oficina de pesquisa na escola
 
Apresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptxApresentação e Aula Introdutória.pptx
Apresentação e Aula Introdutória.pptx
 
Algumas características do método científico
Algumas características do método científicoAlgumas características do método científico
Algumas características do método científico
 
A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER
A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER
A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA CIENTÍFICA: PESQUISAR PARA SABER
 
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAlvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
 
Metodologia Ead
Metodologia EadMetodologia Ead
Metodologia Ead
 
Metodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptx
Metodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptxMetodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptx
Metodologia do Trabalho Científico slides unidade 1.pptx
 
Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica
Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica   Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica
Introdução à Metodologia da Pesquisa Científica
 
Teorico.pdf1
Teorico.pdf1Teorico.pdf1
Teorico.pdf1
 
Metodologia Científica na Publicação de Artigos no Brasil
Metodologia Científica na Publicação de Artigos no BrasilMetodologia Científica na Publicação de Artigos no Brasil
Metodologia Científica na Publicação de Artigos no Brasil
 
Interpretação ambiental
Interpretação ambientalInterpretação ambiental
Interpretação ambiental
 
metodologia de pesquisa I
metodologia de pesquisa Imetodologia de pesquisa I
metodologia de pesquisa I
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
AULA - Introdução à Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais
AULA  - Introdução à  Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências SociaisAULA  - Introdução à  Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais
AULA - Introdução à Metodologia e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais
 
TIPOS DE PESQUISA
TIPOS DE PESQUISATIPOS DE PESQUISA
TIPOS DE PESQUISA
 
Unidade 1 - 09-08-2023.pptx
Unidade 1 - 09-08-2023.pptxUnidade 1 - 09-08-2023.pptx
Unidade 1 - 09-08-2023.pptx
 
Tipos de Pesquisa.
Tipos de Pesquisa.Tipos de Pesquisa.
Tipos de Pesquisa.
 
Apresentação pesquisa
Apresentação   pesquisaApresentação   pesquisa
Apresentação pesquisa
 

Mais de viviprof

A metamorfose do aprender na sociedade da informação
A metamorfose do aprender na sociedade da informaçãoA metamorfose do aprender na sociedade da informação
A metamorfose do aprender na sociedade da informaçãoviviprof
 
Hipertexto
HipertextoHipertexto
Hipertextoviviprof
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólioviviprof
 
Dispositivo de Avaliação
Dispositivo de AvaliaçãoDispositivo de Avaliação
Dispositivo de Avaliaçãoviviprof
 
Reflexão final
Reflexão finalReflexão final
Reflexão finalviviprof
 
Avaliação do desempenho docente
Avaliação do desempenho docenteAvaliação do desempenho docente
Avaliação do desempenho docenteviviprof
 
Avaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho DocenteAvaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho Docenteviviprof
 
Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisaProjeto de pesquisa
Projeto de pesquisaviviprof
 
Portfólio de aprendizagem
Portfólio de aprendizagemPortfólio de aprendizagem
Portfólio de aprendizagemviviprof
 
Formação moral
Formação moralFormação moral
Formação moralviviprof
 
Comunicação e tecnologias
Comunicação e tecnologiasComunicação e tecnologias
Comunicação e tecnologiasviviprof
 
Escola participativa
Escola participativaEscola participativa
Escola participativaviviprof
 
Comunicação e Tecnologias na Formação de Formadores
Comunicação e Tecnologias na Formação de FormadoresComunicação e Tecnologias na Formação de Formadores
Comunicação e Tecnologias na Formação de Formadoresviviprof
 
15 outubro
15 outubro15 outubro
15 outubroviviprof
 
Mod. e prát. de formação de profs. aula 2
Mod. e prát. de formação de  profs.   aula 2Mod. e prát. de formação de  profs.   aula 2
Mod. e prát. de formação de profs. aula 2viviprof
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólioviviprof
 
K. Zeichner Entrevista
K. Zeichner EntrevistaK. Zeichner Entrevista
K. Zeichner Entrevistaviviprof
 
A organização Escola
A organização EscolaA organização Escola
A organização Escolaviviprof
 
O educador e a formação ética introdução
O educador e a formação ética introduçãoO educador e a formação ética introdução
O educador e a formação ética introduçãoviviprof
 
A supervisão escolar no município de esteio
A supervisão escolar no município de esteioA supervisão escolar no município de esteio
A supervisão escolar no município de esteioviviprof
 

Mais de viviprof (20)

A metamorfose do aprender na sociedade da informação
A metamorfose do aprender na sociedade da informaçãoA metamorfose do aprender na sociedade da informação
A metamorfose do aprender na sociedade da informação
 
Hipertexto
HipertextoHipertexto
Hipertexto
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
Dispositivo de Avaliação
Dispositivo de AvaliaçãoDispositivo de Avaliação
Dispositivo de Avaliação
 
Reflexão final
Reflexão finalReflexão final
Reflexão final
 
Avaliação do desempenho docente
Avaliação do desempenho docenteAvaliação do desempenho docente
Avaliação do desempenho docente
 
Avaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho DocenteAvaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho Docente
 
Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisaProjeto de pesquisa
Projeto de pesquisa
 
Portfólio de aprendizagem
Portfólio de aprendizagemPortfólio de aprendizagem
Portfólio de aprendizagem
 
Formação moral
Formação moralFormação moral
Formação moral
 
Comunicação e tecnologias
Comunicação e tecnologiasComunicação e tecnologias
Comunicação e tecnologias
 
Escola participativa
Escola participativaEscola participativa
Escola participativa
 
Comunicação e Tecnologias na Formação de Formadores
Comunicação e Tecnologias na Formação de FormadoresComunicação e Tecnologias na Formação de Formadores
Comunicação e Tecnologias na Formação de Formadores
 
15 outubro
15 outubro15 outubro
15 outubro
 
Mod. e prát. de formação de profs. aula 2
Mod. e prát. de formação de  profs.   aula 2Mod. e prát. de formação de  profs.   aula 2
Mod. e prát. de formação de profs. aula 2
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
K. Zeichner Entrevista
K. Zeichner EntrevistaK. Zeichner Entrevista
K. Zeichner Entrevista
 
A organização Escola
A organização EscolaA organização Escola
A organização Escola
 
O educador e a formação ética introdução
O educador e a formação ética introduçãoO educador e a formação ética introdução
O educador e a formação ética introdução
 
A supervisão escolar no município de esteio
A supervisão escolar no município de esteioA supervisão escolar no município de esteio
A supervisão escolar no município de esteio
 

Último

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

A Importância da Pesquisa no Ato de Conhecer

  • 1.
  • 2. A Importância da Pesquisa no Ato de Conhecer Prof.a Dra. Suely Galli
  • 3. Deus quer, o homem cria, a obra nasce Fernando Pessoa
  • 4. Ao interrogarmos sobre um dado conhecimento ele se fragmenta, diversifica-se, multiplica-se em inúmeras noções gerando cada uma delas, outra Interrogação e com ela, uma nova obra nasce... A curiosidade, inerente à inteligência e obra humana, é ponto de partida para a investigação e construção de conhecimento Prof.a Dra. Suely Galli
  • 5. A busca de conhecimento investigação e esta se dá através do ato de interrogar sobre ele, sua natureza e validade. Prof.a Dra. Suely Galli
  • 6. AAinvestigação é movida pela dúvida e necessidade de conhecimento. A dúvida, quando disciplinada e motivada, gera atitudes de pesquisa. Pesquisa gera conhecimento Prof.a Dra. Suely Galli
  • 7. Conhecimento transforma a realidade A Prof.a Dra. Suely Galli
  • 8. Lembram da história da escrita ? Dos riscos na pedra A aos tipos móveis na imprensa de Gutenberg se registra a evolução do homem pela busca de conhecer mais Assim como o homem não é um ser acabado, A natureza se renova em cada broto, semente, filhote, minério, etc. O homem busca interagir com a natureza, interrogando sobre seus fenômenos. (O que?) Prof.a Dra. Suely Galli
  • 9. A dialética antítese tese síntese Prof.a Dra. Suely Galli
  • 10. A dialética CONSTANTE VIR-A-SER DE-VIR antítese tese síntese Prof.a Dra. Suely Galli
  • 11. Tese – a afirmação, a certeza Antítese – a negação, a dúvida sobre o dado como certo A Síntese – o processo , a descoberta a nova certeza A dúvida gera pergunta A pergunta remete ao diálogo e à investigação pesquisa conhecimento transformações Prof.a Dra. Suely Galli
  • 12. Sobre a dúvida e a inquietação criadora A Prof.a Dra. Suely Galli
  • 13. O mundo não é aquilo que eu penso, mas aquilo que vivo, sou aberto ao mundo, me comunico indubitavelmente com ele, mas não o possuo, ele é inesgotável (Ponty) Prof.a Dra. Suely Galli
  • 14. O que é pesquisa Quem é que pesquisa A Por que se pesquisa Para que se pesquisa Como se pesquisa É preciso um ponto de partida Um método Prof.a Dra. Suely Galli
  • 15. Caminhante, não há caminho, A caminhos faz-se ao caminhar Antonio Machado Prof.a Dra. Suely Galli
  • 16. UM PROJETO DE PESQUISA DEVE CONTER: TÍTULO INTRODUÇÃO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS METODOLOGIA RESULTADOS ESPERADOS FONTES BIBLIOGRAFIA Prof.a Dra. Suely Galli
  • 17. INTRODUÇÃO deve conter: Problematização - a partir da contextualização A idéia da pesquisa como um todo JUSTIFICATIVA Deve explicitar com objetividade a razão pela qual o fenômeno merece ser pesquisado OBJETIVOS Devem ser claros e explicitar a visão que o pesquisador tem do problema. METODOLOGIA Os caminhos que o pesquisador pretende construir para chegar ao problema, desnudá-lo identificá- lo, explicá-lo, interpretá-lo e transformá-lo.
  • 18. A metodologia envolve - delimitação do universo Definição: - universo e seus sujeitos - instrumentos de coleta de dados - tratamento dos dados - das categorias de análise - enfoque de análise dos dados Prof.a Dra. Suely Galli
  • 19. A pesquisa pode ter enfoque quantitativo ou qualitativo Qual é a diferença Pesquisa qualitativa Enfoque fenomenológico O método fenomenológico objetiva desentranhar o O método fenomenológico fenômeno, desvelá-lo, pô-lo objetiva o exercício de a descoberto. compreensão que gera nova interpretação a partir do que Para isso não se limita a já conhece e compreende, descrição passiva, mas é o que chamamos de cumprir a tarefa de hermenêutica... Circulo interpretação do fenômeno. hermenêutico. Prof.a Dra. Suely Galli
  • 20. A neutralidade, ocorre quando o pesquisador consegue não deixar-se influenciar (durante o processo de coleta e análise de dados) pela própria concepção do problema. A falta de neutralidade, resulta num processo tendencioso prejudicial às análises. Prof.a Dra. Suely Galli
  • 21. A objetividade, sofre a ameaça (da não neutralidade) de descrições e interpretações do fenômeno que dificultam e avanços e as propostas transformadoras. O contexto é a realidade onde ocorre o fenômeno, não uma realidade totalmente visível, mas uma realidade que depende de visão crítica e apurada dos elementos que a compõem. Muitas vezes ela escamoteia dados fundamentais para sua leitura e compreensão. Prof.a Dra. Suely Galli
  • 22. Ao pesquisador torna-se decisivo conhecer o contexto para compreender o problema em sua especificidade e poder então, escolher o método que melhor possa estudá-lo. •Contextualizar •Perguntar •Conhecer •Compreender •Organizar •Analisar •Socializar Prof.a Dra. Suely Galli
  • 23. Para apresentação no dia 06/11/2010 Parte da Manhã Painel – apresentação dos projeto s de pesquisa em ppt ou pôster Parte da Tarde Retomada dos projeto s de pesquisa para orientação do Professor Responsável. Prof.a Dra. Suely Galli