Successfully reported this slideshow.
DIABETES MELLITUS: INTERVENÇÃO DE  SAÚDE NA COMUNIDADE DA UNIDADEBÁSICA DE SAÚDE VIRGÍLIO DE CARVALHO           Jamile de ...
INTRODUÇÃODiabetes Mellitus é uma doença crônica,que não tem cura e atinge grande parteda   população      nos   dias     ...
METODOLOGIAA metodologia de pesquisa utilizada foi através de um estudodescritivo e qualitativo, baseado no relato de expe...
RESULTADOS PARCIAIS Tivemos a oportunidade de intervir, ainda que emuma dimensão delimitada, no processo de saúde-doença d...
RESULTADOS PARCIAIS      Percebemos que muitas pessoas      não possuem as informações      suficiente sobre a doença e so...
CONCLUSÕES PRELIMINARES Tal intervenção levou conhecimento e informação a comunidade daUnidade Básica de Saúde Virgílio de...
REFERÊNCIAS- Universidade Salvador – disponível em  www.unifacs.br- Diabetes – disponível em www.diabetes.org.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Diabetes mellitus intervenção de saúde na comunidade da unidade básica de saúde Virgílio de Carvalho.

2.943 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Diabetes mellitus intervenção de saúde na comunidade da unidade básica de saúde Virgílio de Carvalho.

  1. 1. DIABETES MELLITUS: INTERVENÇÃO DE SAÚDE NA COMUNIDADE DA UNIDADEBÁSICA DE SAÚDE VIRGÍLIO DE CARVALHO Jamile de Almeida Araújo Co-autores: Kezia Lopes Taquarí e Eneyda Diana Fonseca de Jesus Fonseca
  2. 2. INTRODUÇÃODiabetes Mellitus é uma doença crônica,que não tem cura e atinge grande parteda população nos dias atuais.Caracterizada pela deficiência deprodução e/ou ação insulínica, podeapresentar ou não sintomas quedenunciam a sua ocorrência no individuo. Quando a doença é sintomática, o individuo portador apresenta principalmente poliúria (vontade de urinar muitas vezes), bastante sede, fome exagerada, perda de peso, feridas que demoram de cicatrizar e fadiga excessiva.
  3. 3. METODOLOGIAA metodologia de pesquisa utilizada foi através de um estudodescritivo e qualitativo, baseado no relato de experiência prática,proporcionado pelo PISCO aos estudantes de graduação deenfermagem. Nesse sentido, foi realizada intervenção no centroVirgílio de Carvalho, que é mantido principalmente pormoradores locais. Na primeira etapa as pessoas forampreviamente convidadas e no dia agendado foram realizadasatividades como: teste glicêmico gratuito, distribuição depanfletos informativos e palestras sobre o tema em questão.Pretende-se construir um espaço participativo onde acomunidade possa eliminar ou diminuir possíveis duvidas sobrea Diabete Mellitus.
  4. 4. RESULTADOS PARCIAIS Tivemos a oportunidade de intervir, ainda que emuma dimensão delimitada, no processo de saúde-doença das pessoas desta comunidade portadorasde Diabetes Mellitus. Durante a intervençãopercebemos que tal ação possui grandereceptividade da população, que expressa umagradecimento pela oportunidade proporcionada..
  5. 5. RESULTADOS PARCIAIS Percebemos que muitas pessoas não possuem as informações suficiente sobre a doença e sobre os tratamentos necessários, o que dificulta o controle e repercute diretamente em agravos secundários à diabetes. Vale ressaltar, que tal eficácia se desenvolveu através do apoio das agentes comunitárias do PACS da UBSVC e dos docentes da UNIFACS
  6. 6. CONCLUSÕES PRELIMINARES Tal intervenção levou conhecimento e informação a comunidade daUnidade Básica de Saúde Virgílio de Carvalho . A participação foiefetiva e aceita pela população que compareceu ao local marcadopreviamente, ouviram as orientações, compartilharam experiênciaspróprias e tiraram dúvidas sobre o tema, tendo participado pessoasde diferentes faixas etárias, desde crianças até idosos.Diante desta vivência percebi a importância de melhorar as políticaspúblicas de saúde para intervir de forma mais significativa nestapopulação carente que demanda ações de promoção da saúde eprevenção de agravos, e que se coloca disponível a intervenções emsaúde. Essa experiência me proporcionou um contato único com osistema público de saúde, com a importância do atendimentohumanizado, pessoal por cumprir com o dever social de apoiar acomunidade e com certeza tornou-se o diferencial na minhaformação enquanto profissional de saúde.
  7. 7. REFERÊNCIAS- Universidade Salvador – disponível em www.unifacs.br- Diabetes – disponível em www.diabetes.org.br

×