UNIVERSIDADE   CATÓLICA DE SANTOS OS SERVIÇOS DE SAÚDE QUALIFICADOS PELA EDUCAÇÃO PERMANENTE PAULA, G. S.
<ul><li>INTRODUÇÃO </li></ul><ul><li>A tecnologia exige profissionais cada vez mais qualificados, assumindo funções comple...
<ul><li>METODOLOGIA </li></ul><ul><li>Realização de revisão sistemática de literatura abordando o tema de educação em saúd...
CONCLUSÃO <ul><li>O processo de capacitação melhora o desempenho profissional em todos os níveis de atenção e funções, con...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>HADDAD, J.Q.; ROSCHKE, M. A.; DAVINI, M.C. (Ed).  Educación permanente de personal de s...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os serviços de saúde qualificados pela educação permanente

784 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os serviços de saúde qualificados pela educação permanente

  1. 1. UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS OS SERVIÇOS DE SAÚDE QUALIFICADOS PELA EDUCAÇÃO PERMANENTE PAULA, G. S.
  2. 2. <ul><li>INTRODUÇÃO </li></ul><ul><li>A tecnologia exige profissionais cada vez mais qualificados, assumindo funções complexas.Para a enfermagem, o desafio é investir em recursos humanos, pois o trabalho em saúde é exercício diário de escuta, determinante na qualidade da resposta assistencial. </li></ul><ul><li>OBJETIVO </li></ul><ul><li>Compreender por meio de revisão de literatura a importância da aplicação dos conceitos em educação permanente, ampliando a qualificação do profissional de saúde. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>METODOLOGIA </li></ul><ul><li>Realização de revisão sistemática de literatura abordando o tema de educação em saúde utilizando busca em base de dados como SCIELO, LILACS, PUBMED, sendo utilizado os descritores educação permanente e educação em saúde, com corte temporal de 2004 a 2011,utilizando artigos relevantes ao tema da pesquisa. </li></ul><ul><li>RESULTADOS </li></ul><ul><li>A análise dos artigos identificou a educação </li></ul><ul><li>permanente com finalidade de caracterizar </li></ul><ul><li>a necessidade de formação em saúde, com </li></ul><ul><li>identificação de categorias profissionais, e </li></ul><ul><li>seus atores envolvidos nos processos, rela- </li></ul><ul><li>ciona os problemas e as necessidades, for- </li></ul><ul><li>mulando propostas com metodologias de </li></ul><ul><li>execução resultando em metas e indicado- </li></ul><ul><li>res com acompanhamento a curto, médio e </li></ul><ul><li>longo prazo fortalecendo conhecimentos, </li></ul><ul><li>habilidades,atitudes e práticas que a dinâ- </li></ul><ul><li>mica das organizações não oferece em es- </li></ul><ul><li>cala suficiente. </li></ul>
  4. 4. CONCLUSÃO <ul><li>O processo de capacitação melhora o desempenho profissional em todos os níveis de atenção e funções, contribui para o desenvolvimento de novas competências, como a liderança e a gestão de qualidade, envolvendo toda a equipe da área da saúde, qualificando os serviços oferecidos, melhorando no atendimento à população assistida. </li></ul>
  5. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>HADDAD, J.Q.; ROSCHKE, M. A.; DAVINI, M.C. (Ed). Educación permanente de personal de salud. Washington: OPS/OMS, 1994. </li></ul><ul><li>CECCIM, R.B.; FEUERWERKER, L.C.M. O quadrilátero da formação para a área da saúde: ensino, gestão, atenção e controle social. PHYSIS: Rev. Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, Vol 14, 2004. </li></ul><ul><li>PASCHOAL, S.P.; MANTOVANI, M.F.; MÉIER, M.J. Percepção da educação permanente, continuada e em serviço para enfermeiros de um hospital de ensino. Rev. Enf. USP , vol 41. São Paulo. Set. 2007. </li></ul><ul><li>BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria 198 GM/MS. Política Nacional de Educação Permanente. Brasília (DF); 2004. </li></ul>

×