Religião e Sociologia

221 visualizações

Publicada em

Aula de Estrutura e Donâmica Social, UFABC, 11 de agosto de 2016

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Religião e Sociologia

  1. 1. Estrutura e Dinâmica Social Religião Vitor Vieira Vasconcelos BC0602 Agosto de 2016
  2. 2. Conteúdo  Definições de Religião  Proposições de Marx, Durkheim e Weber  Tendências Contemporâneas
  3. 3. Religião  Forma de cultura  Envolve  Crenças  Rituais  Finalidades e valores
  4. 4. Religião  Choque entre explicação mística X científica  Contraste entre  Sensação mística individual  Explicação sociológica da religião  Adoção da religião de sua família ou comunidade  Processos sociais que favorecem ou prejudicam as correntes religiosas  Diversidade de religiões que pretendem ser o único conhecimento correto
  5. 5. Karl Marx – Teses sobre Feuerbach  Valores sociais são projetados erroneamente sobre os deuses  Alienação por ignorância do processos históricos- sociais  Religião como “ópio do povo”  Justificativa e mascaramento das desigualdades sociais e dominações  Racionalização permite a sociedade reapropriar- se da responsabilidade desses valores sociais  Otimista sobre a capacidade humana de realizar os valores sociais
  6. 6. Émile Durkheim – Formas Elementares da Vida Religiosa  Estudo da religião como fato social  Distinção entre sagrado e profano  O Sagrado carrega os valores sociais e une a comunidade  Cerimônias e rituais  Religião e rituais se transformam frente ao racionalismo científico e moral  Coesão intra-comunidades pode levar a conflitos inter-comunidades
  7. 7. Max Weber  Diversidade de religiões pode levar a maior ou menor progresso econômico  Hinduísmo, budismo, confusionismo valorizando um “afastamento do mundo material”, calma e harmonia  Cristianismo levando as pessoas a ser inquietas, buscando a salvação dos pecados  Mudanças religiosas podem acarretar mudanças socioeconômicas  Exemplo: Calvinismo e Capitalismo
  8. 8. Tendências Contemporâneas  Marx, Weber e Durkheim sugerem um processo de secularização da sociedade  Exceções: EUA, Mundo Islâmico  Enfraquecimento das instituições religiosas tradicionais  Filiados não-praticantes  Estados laicos  Novos movimentos religiosos (seitas? cultos?)
  9. 9. Fonte: International Bulletin of Missionary Research
  10. 10. Fonte: Neri, M.C. (2011) O novo mapa das Religiões. FGV.
  11. 11. http://www.pewresearch.org/fact-tank/2015/03/12/how-do-americans-stand-out-from-the-rest-of-the-world/
  12. 12. http://www.kirainet.com/english/the-least-religious-countries/
  13. 13. Novos Movimentos Religiosos  Diversidade de opções em uma sociedade multicultural  Explicação sociológica por “competição” por fieis (Roger Fink e Rodney Stark)  Estratégias de marketing e contabilidade  Oferecer “benefícios” cativantes  Uso de meios de comunicação de massa  Mais vitalidade do que sociedades monoreligiosas  Crítica: suposição da racionalidade das escolhas dos indivíduos
  14. 14. Novos Movimentos Religiosos  Tipos de movimentos (Roy Wallis):  Afirmação do Mundo  Exemplos: Cientologia e Nova Era  Rejeição ao Mundo  Adesão à normas e rotinas totalizantes  Acomodação ao Mundo  Foco na devoção espiritual  Indivíduo continua sua vida normalmente
  15. 15. Patrick Johnston, The Future of the Global Church
  16. 16. Patrick Johnston, The Future of the Global Church
  17. 17. Desafios Contemporâneos  Discriminação de Gênero  Fundamentalismo
  18. 18. Religião no Brasil
  19. 19. Censo 2010. IBGE.
  20. 20. Censo 2010. IBGE.
  21. 21. Fluxo entre Religiões Fonte: Isto É. O novo retrato da Fé no Brasil. 19/08/2011
  22. 22. Exercício
  23. 23. Dúvidas? Comentários? Obrigado!

×