SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Nossa visão para todas as crianças:
Vida em abundância
Nossa oração para todos os corações:
A vontade para tornar isso uma realidade


                                               0800 7070 374
                                           www.visaomundial.org.br
A Visão Mundial é uma organização não governamental (ONG)
humanitária cristã criada em 1950 e presente em, aproximadamente, 100 países.

A Visão Mundial atua no Brasil desde 1975 e, em seus projetos e programas, tem como
prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em
situação de vulnerabilidade.

Nesses 36 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma
organização comprometida com a erradicação da pobreza e da exclusão social.
Para que crianças e adolescentes tenham um
futuro mais digno, a Visão Mundial acredita ser
necessário transformar a realidade das famílias e
comunidades nas quais elas vivem.

Por isso, o foco do trabalho da Visão Mundial
está sustentado em três linhas ministeriais:
desenvolvimento transformador, advocacy e
promoção de justiça para a infância e
emergência e reabilitação.

As linhas de atuação da Visão Mundial no Brasil
garantem processos de transformação sempre
baseados nas comunidades e focados no bem-
estar das crianças de maneira sustentável.
A Visão Mundial está presente em cerca de 100 países. No Brasil, desenvolve projetos nas regiões
empobrecidas do semiárido (nordeste do País, Vale do Jequitinhonha e norte de Minas
Gerais), Amazonas, Tocantins e nas áreas metropolitanas de
Fortaleza, Salvador, Natal, Maceió, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.
O Programa de Desenvolvimento de Área (PDA)
é a principal estratégia de intervenção social da
Visão Mundial. Ele contribui para o
desenvolvimento das comunidades apoiadas, nas
quais são estabelecidas parcerias com
organizações locais.

O PDA dá apoio a grupos mais vulneráveis social
e economicamente, por meio de iniciativas
que objetivam diminuir as desigualdades,
promover a inclusão social, desenvolver o
protagonismo comunitário estimulando a vida
associativa e com objetivo de contribuir com o
alcance do bem-estar das crianças e
adolescentes.
Os programas da Visão Mundial desenvolvem ações nas seguintes áreas:

• Geração de renda e empreendedorismo
• Promoção da Justiça para a
 Infância e Juventude
• Promoção de Bons Tratos
• Educação para a vida
• Saúde materno-infantil
• Assistência humanitária e de emergência
A melhor forma de transformar a vida de uma
criança é transformar o mundo onde ela vive. Ao
apadrinhar uma criança pela Visão
Mundial, você passa a fazer contribuições
mensais para a organização; o valor de suas
doações será direcionado para o projeto da
Visão Mundial em que a criança estiver inscrita
e vai ajudar no suprimento das necessidades
imediatas e de longo prazo desse menino ou
menina.

Além de receber atendimento direto, com
alimentação adequada, apoio aos estudos e
assistência à saúde, a criança que você
apadrinhar também será beneficiada pela
melhoria das condições de vida da sua família e
comunidade.
Ao presentear uma comunidade, você
contribui para que o benefício seja
distribuído igualmente a todas as
famílias e crianças que participam do
projeto.




                                        Kit com uniforme e
                                                               Animais pequenos -    Uniformes para uso
                                        material esportivo
                                                               1 porco               na fabricação de
                                        R$ 55,00
                                                               R$ 100,00             alimentos
                                        Dê a várias
                                                               Oferaça um meio de    R$ 45,00
                                        comunidades a
                                                               alimentação e         Facilite o trabalho
                                        chance de
                                                               geração de renda      das mães que criam
                                        desenvolver a
                                                               para agricultores e   receitas a partir da
                                        cidadania através do
                                                               suas famílias.        agricultura familiar.
                                        esporte.
• 40 Programas de Desenvolvimento de Área (PDA)
• 28 Projetos Especiais
• 24 programas na região Nordeste, 10 na região Sudeste e 6 no região Norte
• Mais de 885 comunidades beneficiadas, abrangendo cerca de 51 municípios
 em 13 Estados brasileiros
• 646.495 beneficiários diretos e mais de 2.008.737 beneficiários indiretos,
 totalizando 2.665.232 beneficiários
• Presença em 16 aldeias indígenas
• Capacitação e desenvolvimento de 125.379 líderes comunitários
• 35 entidades locais parceiras nos PDAs
• 77.531 crianças inscritas na base de dados da Visão Mundial
105.904 beneficiários
em 2010
A Visão Mundial defende a garantia da saúde materna e infantil, atuando com programas que
tenham ênfase em saúde na primeira infância, segurança alimentar e gravidez na adolescência e
    promovendo ações que ajudem a romper os ciclos de desnutrição da infância brasileira.


186.211 beneficiários em 2010
                                                    “Sempre saio do barco gratificado, realizado.
                                                Tem muita importância o trabalho realizado aqui.
                                                       É uma experiência única atender no barco,
                                                      trabalhar com as comunidades. A parceria
                                                               da Prefeitura com a Visão Mundial
                                                         é essencial para a população ribeirinha.”

                                                                                 Dr. Edno Abensur Leite
                                                            Dentista, presta cerca de 150 atendimentos
                                                                          por semana no barco hospital
Processos educativos de esporte, arte, cultura e lazer com
crianças e adolescentes, com ênfase na formação de jovens
para desenvolvimento de ações empreendedoras e inserção
no mercado de trabalho.


528.267 beneficiários
em 2010
Participação e protagonismo
de crianças, adolescentes
e jovens:
94.652 beneficiários
em 2010
Controle social e participação
          política em prol do
     bem-estar das crianças,
      adolescentes e jovens:
        28.879 beneficiários
                     em 2010
. Assistência humanitária
. Resiliência de grupos
mais vulneráveis:
5.012 beneficiários
em 2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nubem - Colônia Santa Isabel
  Nubem - Colônia Santa Isabel  Nubem - Colônia Santa Isabel
Nubem - Colônia Santa IsabelAlexandre Trindade
 
Apresentação PIM
Apresentação PIMApresentação PIM
Apresentação PIMPim Das Ses
 
Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”
Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”
Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”coeppelotas
 
SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...
SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...
SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...BRANDAO.ILSON
 
Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...
Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...
Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...Márcia Lia
 
04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedadeEdinho Silva
 
Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira Infância
Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira InfânciaGuia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira Infância
Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira InfânciaKarenina Oliveira
 
Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016
Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016
Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016Celso Hideki Tanaka
 
Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :)
Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :) Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :)
Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :) Projeto Arrastão
 
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiarInovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiarDenise Dhiira Mazeto
 

Mais procurados (18)

Trabalho APAMI 2015
Trabalho APAMI 2015Trabalho APAMI 2015
Trabalho APAMI 2015
 
Ppt childfund brasil programa-transformar_medina
Ppt childfund brasil programa-transformar_medinaPpt childfund brasil programa-transformar_medina
Ppt childfund brasil programa-transformar_medina
 
ONG Orientavida
ONG OrientavidaONG Orientavida
ONG Orientavida
 
Catálogo IDE
Catálogo IDECatálogo IDE
Catálogo IDE
 
Nubem - Colônia Santa Isabel
  Nubem - Colônia Santa Isabel  Nubem - Colônia Santa Isabel
Nubem - Colônia Santa Isabel
 
Apresentação PIM
Apresentação PIMApresentação PIM
Apresentação PIM
 
Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”
Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”
Nures no 6º foro latinoamericano “memoria e identidad”
 
SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...
SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...
SEMEANDO A SEMENTE DO CARVALHO...
 
Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...
Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...
Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Segur...
 
04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade
 
Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira Infância
Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira InfânciaGuia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira Infância
Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira Infância
 
Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016
Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016
Plano de governo Florisvaldo e Cristina 2013 / 2016
 
Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :)
Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :) Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :)
Doe cupons fiscais para o Projeto Arrastão :)
 
2 Mikaelle - Santa Filomena
2 Mikaelle - Santa Filomena2 Mikaelle - Santa Filomena
2 Mikaelle - Santa Filomena
 
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiarInovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
 
Pindoretama2009
Pindoretama2009Pindoretama2009
Pindoretama2009
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE
"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE
"De semente em semente" | Quintais Produtivos no Diário de PE
 

Semelhante a Visão Mundial: vida em abundância para crianças

Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e ArticulaçãoPortfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e ArticulaçãoFernando Fischer
 
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantilmfvasconcelos
 
O trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeO trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeCamila Rodrigues
 
Relatório Maio - Agosto 2017 - CADI Valença
Relatório Maio - Agosto 2017 -  CADI ValençaRelatório Maio - Agosto 2017 -  CADI Valença
Relatório Maio - Agosto 2017 - CADI ValençaCADI BRASIL
 
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...APF - Associação Paulista de Fundações
 
16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão socialEdinho Silva
 
Nubem - Colônia Santa Isabel
  Nubem - Colônia Santa Isabel  Nubem - Colônia Santa Isabel
Nubem - Colônia Santa IsabelAlexandre Trindade
 
Revista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à FomeRevista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à FomeDialogoComunicacao
 
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebeArq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebedeborawilbert
 

Semelhante a Visão Mundial: vida em abundância para crianças (20)

Solidariedade
Solidariedade Solidariedade
Solidariedade
 
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e ArticulaçãoPortfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
 
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância! Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
Semana do BEBÊ - todos juntos pela primeiríssima infância!
 
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil00327   conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
00327 conhecendo o programa de erradicação do trabalho infantil
 
O trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúdeO trabalho do agente comunitário de saúde
O trabalho do agente comunitário de saúde
 
Artigo raquel sam2010
Artigo raquel sam2010Artigo raquel sam2010
Artigo raquel sam2010
 
Relatório Maio - Agosto 2017 - CADI Valença
Relatório Maio - Agosto 2017 -  CADI ValençaRelatório Maio - Agosto 2017 -  CADI Valença
Relatório Maio - Agosto 2017 - CADI Valença
 
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
8º Encontro Paulista de Fundações – 3º painel: “Inovação social e desenvolvim...
 
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da CriançaReunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
 
Manual do Voluntário
Manual do VoluntárioManual do Voluntário
Manual do Voluntário
 
Br guiagestantebebe
Br guiagestantebebeBr guiagestantebebe
Br guiagestantebebe
 
SP Carinhosa - CRS Norte
SP Carinhosa - CRS NorteSP Carinhosa - CRS Norte
SP Carinhosa - CRS Norte
 
Organizações Privadas Não Lucrativas
Organizações Privadas Não LucrativasOrganizações Privadas Não Lucrativas
Organizações Privadas Não Lucrativas
 
16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social
 
Nubem - Colônia Santa Isabel
  Nubem - Colônia Santa Isabel  Nubem - Colônia Santa Isabel
Nubem - Colônia Santa Isabel
 
A familia
A familiaA familia
A familia
 
Revista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à FomeRevista Segurança Alimentar e Combate à Fome
Revista Segurança Alimentar e Combate à Fome
 
Projecto ines costa 9 a
Projecto  ines costa 9 aProjecto  ines costa 9 a
Projecto ines costa 9 a
 
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebeArq 818 guia_direitos_gestante-bebe
Arq 818 guia_direitos_gestante-bebe
 
PAA 10 Anos de Aquisição de Alimentos
PAA 10 Anos de Aquisição de AlimentosPAA 10 Anos de Aquisição de Alimentos
PAA 10 Anos de Aquisição de Alimentos
 

Último

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 

Último (20)

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 

Visão Mundial: vida em abundância para crianças

  • 1. Nossa visão para todas as crianças: Vida em abundância Nossa oração para todos os corações: A vontade para tornar isso uma realidade 0800 7070 374 www.visaomundial.org.br
  • 2. A Visão Mundial é uma organização não governamental (ONG) humanitária cristã criada em 1950 e presente em, aproximadamente, 100 países. A Visão Mundial atua no Brasil desde 1975 e, em seus projetos e programas, tem como prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade. Nesses 36 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma organização comprometida com a erradicação da pobreza e da exclusão social.
  • 3. Para que crianças e adolescentes tenham um futuro mais digno, a Visão Mundial acredita ser necessário transformar a realidade das famílias e comunidades nas quais elas vivem. Por isso, o foco do trabalho da Visão Mundial está sustentado em três linhas ministeriais: desenvolvimento transformador, advocacy e promoção de justiça para a infância e emergência e reabilitação. As linhas de atuação da Visão Mundial no Brasil garantem processos de transformação sempre baseados nas comunidades e focados no bem- estar das crianças de maneira sustentável.
  • 4. A Visão Mundial está presente em cerca de 100 países. No Brasil, desenvolve projetos nas regiões empobrecidas do semiárido (nordeste do País, Vale do Jequitinhonha e norte de Minas Gerais), Amazonas, Tocantins e nas áreas metropolitanas de Fortaleza, Salvador, Natal, Maceió, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.
  • 5. O Programa de Desenvolvimento de Área (PDA) é a principal estratégia de intervenção social da Visão Mundial. Ele contribui para o desenvolvimento das comunidades apoiadas, nas quais são estabelecidas parcerias com organizações locais. O PDA dá apoio a grupos mais vulneráveis social e economicamente, por meio de iniciativas que objetivam diminuir as desigualdades, promover a inclusão social, desenvolver o protagonismo comunitário estimulando a vida associativa e com objetivo de contribuir com o alcance do bem-estar das crianças e adolescentes.
  • 6. Os programas da Visão Mundial desenvolvem ações nas seguintes áreas: • Geração de renda e empreendedorismo • Promoção da Justiça para a Infância e Juventude • Promoção de Bons Tratos • Educação para a vida • Saúde materno-infantil • Assistência humanitária e de emergência
  • 7. A melhor forma de transformar a vida de uma criança é transformar o mundo onde ela vive. Ao apadrinhar uma criança pela Visão Mundial, você passa a fazer contribuições mensais para a organização; o valor de suas doações será direcionado para o projeto da Visão Mundial em que a criança estiver inscrita e vai ajudar no suprimento das necessidades imediatas e de longo prazo desse menino ou menina. Além de receber atendimento direto, com alimentação adequada, apoio aos estudos e assistência à saúde, a criança que você apadrinhar também será beneficiada pela melhoria das condições de vida da sua família e comunidade.
  • 8. Ao presentear uma comunidade, você contribui para que o benefício seja distribuído igualmente a todas as famílias e crianças que participam do projeto. Kit com uniforme e Animais pequenos - Uniformes para uso material esportivo 1 porco na fabricação de R$ 55,00 R$ 100,00 alimentos Dê a várias Oferaça um meio de R$ 45,00 comunidades a alimentação e Facilite o trabalho chance de geração de renda das mães que criam desenvolver a para agricultores e receitas a partir da cidadania através do suas famílias. agricultura familiar. esporte.
  • 9.
  • 10. • 40 Programas de Desenvolvimento de Área (PDA) • 28 Projetos Especiais • 24 programas na região Nordeste, 10 na região Sudeste e 6 no região Norte • Mais de 885 comunidades beneficiadas, abrangendo cerca de 51 municípios em 13 Estados brasileiros • 646.495 beneficiários diretos e mais de 2.008.737 beneficiários indiretos, totalizando 2.665.232 beneficiários • Presença em 16 aldeias indígenas • Capacitação e desenvolvimento de 125.379 líderes comunitários • 35 entidades locais parceiras nos PDAs • 77.531 crianças inscritas na base de dados da Visão Mundial
  • 12. A Visão Mundial defende a garantia da saúde materna e infantil, atuando com programas que tenham ênfase em saúde na primeira infância, segurança alimentar e gravidez na adolescência e promovendo ações que ajudem a romper os ciclos de desnutrição da infância brasileira. 186.211 beneficiários em 2010 “Sempre saio do barco gratificado, realizado. Tem muita importância o trabalho realizado aqui. É uma experiência única atender no barco, trabalhar com as comunidades. A parceria da Prefeitura com a Visão Mundial é essencial para a população ribeirinha.” Dr. Edno Abensur Leite Dentista, presta cerca de 150 atendimentos por semana no barco hospital
  • 13. Processos educativos de esporte, arte, cultura e lazer com crianças e adolescentes, com ênfase na formação de jovens para desenvolvimento de ações empreendedoras e inserção no mercado de trabalho. 528.267 beneficiários em 2010
  • 14. Participação e protagonismo de crianças, adolescentes e jovens: 94.652 beneficiários em 2010
  • 15. Controle social e participação política em prol do bem-estar das crianças, adolescentes e jovens: 28.879 beneficiários em 2010
  • 16. . Assistência humanitária . Resiliência de grupos mais vulneráveis: 5.012 beneficiários em 2010